16.3.15

#IB - Little Angel, Second Season: Capítulo 9

Hello! 
Feliz ano novo mais que atrasado, e que vocês tenham um ano repleto de felicidade e amor! Feliz aniversário, também atrasado, para nosso querido ídolo! 21 aninhos de pura lindeza :3 Avisinho costumeiro no final, e por favor, não me matem! Obrigada pela compreensão, agora vamos ao capítulo!  

Aniversariantes de todos esses meses de ausência, se considerem perfeitamente presenteadas! <3
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mode Greg on*

- Você só sabe estragar tudo! 
- Eu? Estrago tudo? Já pensou que seus planos também são horríveis?
- Meus planos não são horríveis, você que é incompetente e não consegue executá-los!

Estávamos no porão da casa de Lilian. Eu vim aqui para dar uma fumada sem intoxicar a casa inteira, e parece que eles me seguiram. Eles só sabem gritar um com o outro. Acho que eles tem medo de os vizinhos ligarem para a polícia ou sei lá, porque berrar que irá matar alguém no final de semana não parece soar bem aos ouvidos alheios. E eles gritando só está fazendo piorar a minha dor de cabeça. 

- Você acha que eu não quero matar essa puta também? Ela feriu meu coração, porra! Ela tem que pagar pelo que fez!
- Mas você não deixa de ser um incompetente!

Liam está bravo porque a tia diz que foi culpa dele que Angela quebrou seu braço e descobriu que ele estava em Orlando. Na verdade, também foi dele, mas não quero brigar com eles. Já estou sentindo dor demais para gastar minhas energias à toa. Passei a mão pelos cabelos enquanto sentia minha cabeça querer explodir. Traguei lentamente o cigarro e o joguei no chão de madeira, pisando nele logo em seguida. 

- Vocês poderiam, por favor, parar de gritar no meu ouvido? Minha cabeça está explodindo e nem a cocaína está aliviando essa porra de dor. 

17.7.14

#IB - Little Angel, Second Season: Capítulo 8

Aviso no final! (lê-se motivo do meu sumiço)

Desculpem pelo meu desaparecimento do hemisfério blogueiro, estava em Hogwarts, comprei docinhos e bebidas gasosas em Hogsmeade e depois dei um pulinho no Condado conversar com o Sam meigo, vendo se ele tinha notícias do Frodo e do Gandalf, ainda tentei falar com o Legolas para ele me ensinar a fazer pão élfico mas não consegui, foi uma viagem exaustiva, espero que entendam. (amantes de Harry Potter e Senhor dos Anéis me abracem, amo vocês) ♥

Aniversariantes de todos esses meses que eu fiquei sem postar se considerem presenteados devidamente com este capítulo meigo e destruidor de carreiras uhashs

Espero que gostem!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mode Liam on*

Minha cabeça doía muito. Ouvia um celular tocando, mas não sabia de onde vinha o som. Não conseguia abrir os olhos. Sentia meu corpo doer, minhas costas estavam formigando. Estava deitado em algo rijo e áspero, grosso. O barulho do celular voltou a soar em meus ouvidos. Levei minhas mãos à cabeça, tocando em algo. Parecia uma folha seca. Franzi o cenho e toquei onde estava deitado. 

Não pude evitar ranger os dentes. Angela me pegou outra vez. Abri os olhos com dificuldade e ouvi ruídos. Havia um esquilo sobre meu tórax me olhando com a cabeça levemente inclinada para a esquerda. Revirei os olhos e ouvi outra vez o celular tocar. Busquei-o em meus bolsos e olhei para o chão, vendo o quão alto eu me encontrava no momento. Mais ou menos uns dois metros. Pelo menos meu celular resistiu à queda. O esquilo grunhiu e olhei para ele, logo mordeu meu nariz e gemi de dor, me contorcendo e caí do galho. 

Não havia palavras para descrever a minha dor. Tinha uma dor gritante no braço direito. É claro que o quebrei, não esperava cair de uma queda dessa ileso. Ajeitei-me nas folhas e consegui avistar aquele maldito esquilo, que parecia tirar chacota de mim no topo da árvore até correr por dentre os galhos. O ringtone do celular ecoou nos meus ouvidos, o celular estava do lado da minha orelha e quase fiquei surdo.

"Deixa esse celular no máximo, Liam. Quero ver se não vai me atender por conta disso." 

Sim, minha tia é uma chata.

10.4.14

Anúncio da Duda

Oi oi gente (Kéfera da vida), aqui é a Duda e queria anunciar minha saída do blog, a Gih já sabe e tals.

"Mas e STL?" Eu ainda não sei, talvez eu peça pra Gih apenas excluir ou ficaria sem final, mas eu não acho que eu vá escrever um final, pois não tem um final para o que está acontecendo, o final que eu imaginava quando tinha esperança da fic ir para frente era totalmente inesperado e precisaria de um contexto todo, então STL sem final. Se quiserem muito eu faço um resuminho do que eu queria fazer na fic, mas não teria nenhuma estrutura de uma narrativa e tals, seria apenas um resumão informal.

Outra solução seria o que a Gi Flório fez, concurso, mas eu sei que no dela só apareceram duas pessoas não descentes e eu, por isso nao sei se daria certo.

Bem, era apenas isso. Beijo para as que gostavam e para as que não gostavam um "vá se foder" sincero do fundo do meu coração.

Duda

9.3.14

Surpresa!

Olá meninas! 

Como prometido, eu disse que postaria uma surpresa aqui. Eu e a Duda estamos fazendo uma challenge, recrutando novas fanfics para serem postadas aqui no blog. Fanfics diferentes e estimulantes, com assuntos variados. Se estiverem interessadas, leiam abaixo.

Terá de enviar até o 5º capítulo da sua fanfic para o meu e-mail, giovanna__amorim@hotmail.com, contendo seu nome, idade, contato e disponibilidade de 
postagem. Eu avalio ortografia e criatividade. 

Estou apenas esperando para ler as ideias de vocês. Vou colocar as fanfics vencedoras no Grupo do blog, ou seja, fiquem atentas. Colocarei um prazo de um mês para vocês me mandarem as fics, ok?

Tia Gigi está a espera! hahah. Beijinhos!

5.3.14

#IB - Runaway Love: Capítulo 6

“Paixão escondida”

Mode Tori on*

Acordei com dor de cabeça. Caralho, não acredito que tomei dois litros de vodka sozinha. Notei que estava agarrada a um homem em uma cama macia. Espera, eu não tinha dormido no carro? Meu deus. Ele está só de cueca. Que sexy. Nossas pernas estavam enlaçadas e minha cabeça estava sobre seu peitoral. Ergui-me e vi um rapaz de cabelos dourados. Aquela boca carnuda me fez lembrar a noite de ontem. Mas, como eu vim parar aqui?

Separei minhas pernas das dele e fiquei o admirando. Algo me dizia de que eu o conheço, mas, não consigo me lembrar. É tão vago o meu passado em Startford. Esses três anos me destruíram. Tanta coisa aconteceu que nem consigo me lembrar dos meus preciosos catorze anos.