30.6.11

#IB - 69° Parte

- Valeu por cortar o meu barato. 
- Também te amo. 
- ¬¬' 
- Ah, vem cá resmungão da minha vida. 

Ele veio até mim e me abraçou forte, sentia ele cheirando meu pescoço, sussurrava em meu ouvido dizendo: “Te quero meu amor, te quero” e dando leves mordidas, NHÁC. :P. 
Foi passando para minha boca, mordia meus lábios, dando um ar de sedução ao momento. Segurou forte em minha cintura puxando-me contra seu corpo quente, beijava-me com vigor, tenho harmonia nos movimentos de suas mãos coladas em minha cintura, deixando mais sensual, abaixava lentamente sua mão esquerda e apertava fazendo-me suspirar de ardor. 
Alguém toca em meu ombro, atrapalhando meu beijo: 

- Vão ficar se pegando mesmo? 
- Ah, nós não reclamamos quando vocês estavam. Agora dá licença. ~~ olhar sedutor pro Justin, que retribuiu com uma mordida bem quente em seus lábios. ~~ 
- Não, não dou licença, temos que voltar pro hotel.
- Primeiro vocês dois nos devem explicações.
- Tipo?
- O que aconteceu no quarto? Eu tinha ouvido um grito de socorro da Aileen.
- Ah, isso? Eu tinha carregado ela no colo até a escada, mas ficou gritando “Socorro” de brincadeira!
- Mas e os gemidos?
- Gemidos?
- É, gemidos. Precisa desenhar?
- Precisa.
- Tá doido é? Não vou desenhar cenas obscenas!
- Vocês est...
- Aham, estamos. Dava pra ouvir do meu quarto!
- É! Ficamos chocados!
- Não fizemos isso que estão pensando.
- Nãaaaaaaaaaaaaao Aileen, que isso! Maaaaaaaaaaagina! Já disse que você tem que arrumar mentiras melhores!
- Não estamos mentindo!
- Então aquela pilha de roupas suas, inclusive a cueca, o pacote de camisinha...
- Tin..
- Shh, tinha sim.
- É! Tinha sim!
- Nossa Scooter! Era um pacote de seis, só tinham 2 lá! My God. Que potência hein?
- Parem vocês dois! Não fizemos sexo e não tem nenhuma camisinha no meu quarto.
- Mas, e esse chupão na sua barriga?
- Onde? ~~ ela procurava feito uma louca ~~
- O.O’ Tá até roxo!
- Não tem nada aqui! ~~ ela tampava o chupão. KKK ~~
- Leen, não vamos esconder deles não é? Vão ficar perguntando até a morte.
- Então teve sim?
- Teve, e foi muito bom, agora parem de perguntar. 

Eu e Justin nos olhamos, um mais chocado que o outro, COMO? MA...MAS? 

- ENTÃO O NAMORO É MAIS QUE SÉRIO? *O*' QUEREM SE CASAR? QUEREM TER UM FILHO? MENINO OU MENINA? SE FOR MENINA VAI SE CHAMAR THAYNARA NÉ? RÁAAAAAAAA. VOU SER A MADRINHA DO CASAMENTO VIU! AWWWWWWWWWWWWWW, QUE LINDOOO. *----------------------*
- Se for menino vai se chamar Drew, ou Justin! *--*


Eles ficaram vermelhinhos, e aproveitaram o nosso entusiasmo e voltaram pro hotel sem que nós percebêssemos. Quando me toquei, eles nem estava mais aqui!


- Biebs... Eles já foram.
- Fugiram da gente! HAHA’
- Não acredito... e ainda fui eu que fiz isso.
- Como?
- Simples, os dois se amam, não é? Falei pra Aileen tomar uma atitude, e deu no que deu! Achei que ela não iria tãaaao longe assim.
- Eles foram rapidinhos demais... Mas ninguém manda nos sentimentos, não é meu amor? ~~ Ele me abraçou por trás ~~
- É, rsrs' 
- Vamos voltar?
- Mas primeiro...
- O que?

Eu me soltei dos braços dele, dei uns passos para trás e pulei em suas costas, meu cavalinho *--* haha' 

- Agora vamos cavalinho, anda! 
- Haha. Mas o Cavalinho Justin não anda se não ganhar um beijo.
- Não vou descer pra pular de novo.
- Ah vai, só um selinho!
- Ta bom, eu dou.  

Como estava com aquela maldita preguiça de descer das costas dele, dei um beijo no pescoço dele, ele ficou derretidinho, aww. Começou a correr, o vento batia em meu rosto, meus cabelos esvoaçantes voavam em direção ao vento. Entramos no quarto e Justin me colocou na cama:

- Meu amor, vou tomar um banho.
- Tudo bem, também vou, espionar os namorados safados cansa.
- Namorados Safados?
- Sim! Foi o único nome que veio a cabeça.
- ~~ sorriu gratificante ~~ Então, vamos chamar eles assim agora, vou indo Thay.
- OK.

Ele beijou minha testa e saiu. Tomei meu banho e vesti esse pijama:

  
E sentei na cama, esperando Justin chegar. Liguei a TV e fiquei passando os canais, não passava nada de bom, até que parei no filme > Harry Potter e a Ordem da fênix < e fiquei assistindo até ele chegar.


Gatas lyndas, foi mal por eu não ter feito um grande de novo, to mega ocupada e ainda mais, com minha mãe me monitorando aqui, como posta? hausasiahsais' desculpa mesmo, amanhã tenho o dia de folga, e posto beem grande ok? Juro. Sugestões? Tá ruim? Melosa? Chatinha? Péssima? KK' Me avisem pls *---* - Giiih x)' 

~~ 10 comentários? ~~ 

29.6.11

#IB - 68° Parte


Nós dois nos olhamos assustados, e fomos correndo para o
quarto dela ver o que tinha acontecido. Justin abriu a porta bruscamente e ninguém estava no quarto. A janela estava aberta e tinha uma mega pilha de roupas no chão, detalhe: roupas masculinas.  Ficamos procurando vestígios de sangue, ou até... Eca, não dá pra falar isso. Procuramos, procuramos e procuramos. Nada da Aileen, e nada do Scooter:

- Justin, não tem como alguém entrar aqui e seqüestrar eles... Tem?
- Não! Aqui é muito seguro, mas como isso aconteceu, eu não sei.
- Eles não podem ter sumido do nada só para nos assustar, e o Scooter não deixaria ~~ eu pego uma cueca da pilha de roupas ~~ as roupas dele aqui... CREEEEEEDO. O.o’
- Haha’ Mas... e se não for do Scooter? 
- Lógico que é dele. 
- Como sabe?
- Sabendo, ora.
- ~~ olhar sinistro ~~
- Aff, tá escrito SCOTT no cracházinho da blusa. ¬¬'
- Aaaaaaah tá. haha' 
- .-. Tá né.
- Vamos ver na recepção, eles devem ter visto eles saindo.
- Tá.

Nós descemos lá pra baixo e perguntamos para os recepcionistas, eles disseram que eles tinha ido à praia, e que só voltariam de noite. ELES SAÍRAM E NÃO NOS AVISARAM? DROGA.

- Tá pensando no mesmo que eu?
- Eu to pensando em matar a Aileen, você não tá pensando isso.
- É... Vamos atrás deles?
- Opa, vamos sim.

Fomos correndo para a praia, e o Justin quase caiu no caminho, haha’ quando nós vimos eles, pulamos em um arbusto pra nos esconder, soos espiões, não é?

- Olha eles nadando juntos! Que lindinhos! Vamos assustar eles? 1, 2, 3... JÁA... ~~ ele tampou minha boca ~~
- Shh, eles não podem nos ver aqui! 
- Ah Biebs! Por favor!
- Não! Vamos ver até aonde isso vai.
- Rá, seu safado, quer ver eles se pegando?
- Não né Thay! É só para constar que eles estão namorando, mas não contaram para gente.
- Ah tá. VERDADE. A AILEEN ME PAGA. 
- Calma Thay! Nuss, relaxa! Fica calma tá? Me abraça, vai se sentir melhor.
- Te abraçar? HAHA' 
- Não quer um abraço do papai aqui? 
- Agora não.
- ): 
- ~~ piscadinha misteriosa ~~ depois tá amor? 
- Tá.... O.O'
- O que foi?
- Presta atenção neles! MY GOD, QUE BEIJÃO.
- Beijo? Onde ond... MEL DELS. 
- Viu só? meu deus, que paixão hein?
- Haha' Acho que ainda não é paixão... Eles tão curtindo o momento... .-.
- Tá então. Abaixa!
- Hã? AAAAAAAH.

Ele me abaixou bruscamente, eu dei um tapão em suas costas, que fez um mega barulho:

- Nossa! DOEU!
- Por que me abaixou desse jeito?
- Porque eles estavam vindo!
- Me avisava primeiro!
- Tá, agora fica quieta, eles tão vin..
- Garotos! Não sabiam que trabalhavam de espiões!
- ~~ eu fiquei vermelha ~~ 
- Viramos Scooter, que legal né! Nosso primeiro trabalho foi espionar vocês, que pena que vocês nos viram...
- Thaynara, vem aqui.
- Mas.. eu não fiz nada!
- Vem!
- Ah não Aileen.
- Anda.
- Tá. Rum'

Ela me puxou pra fora dos arbustos e fomos para mais perto do mar, sentamos na areia e ela me olhou com um sorrisão no rosto:

- Obrigado pela dica.
- Dica? Que dica?
- De não desistir! Isso me fez pensar bastante.
- E agora, tão namorando?
- Não!
- Nãaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaao, magina, Aileen, tem que arranjar mentiras melhores!
- Tá, agente tá namorando sim.
- SÉRIO?
- Sim!

Eu pensei em sair gritando pro Justin que eles estavam namorando, mas acho que nem precisou! KK' Ele está vindo aqui todo saltitante!
- THAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAY, ELES ESTÃO NAMORANDO!
- OOOH, JURA?
- Valeu por cortar o meu barato.
- Também te amo. ~~ Sorisso amarelo ~~ 
- ¬¬' 
- Ah, vem cá resmungão da minha vida.
Ele veio até mim e me abraçou.


Gente, desculpa por ser pequeno desse jeito, tá tudo tão corrido! So sorry ): amanhã posto bem gigante tá? hsuiahusiahsua' Sugestões? Tá ruim? Melosa? Me falem pls *-* - Gih

~~ 10 comentários? ~~


28.6.11

#IB - 67° Parte

Thay falou algo bem baixinho, não deu para ouvir:

- O que disse? 
- Não vou repitir!
- Meu amor, fala! eu realmente não te ou...
- Você vai ser papai tá? 
- Hã?
- Descupa Biebs, devia ter te contado antes mas não sabia como!
-....
- Justin? Vo..você vai me a...ajudar né? Não posso cuidar dessa criança sozinha!
- Não acredito... 
- No que?
- EU VOU SER PAPAI! EEEEEEU VOU SER PAPAI! AAAAAAAH ~PULA~ 
- .-.
-Calma, preciso sentir esse menino! 
- What?

Justin ajoelhou-se na minha frente e abraçou minha barriga com uma carinha muito fofa, eu comecei a rir da cara dele. Depois ele me pegou no colo e começou a me rodar no ar, eu socava suas costas para ele me soltar, mas não adiantava, ele gritava pro mundo inteiro, "Eu vou ser Papai! Isso mesmo! Yeah Babe!", falava para todos que ele via, queria me matar de vergonha! Sentamos na areia, colocou sua cabeça nas minhas pernas, e  a encostou lentamente na minha barriga: 

- Por que ele não me chuta? 
- Biebs, ainda não dá pra perceber se tem uma criança completa ai.
- ~~ beijou minha barriga ~~ Meu filho, você vai se chamar Jason Born.  
- E se não for menino?
- Jazzy primeira.
- O.o' Justin!
- Haha' Você escolhe o nome se for menina.
- Bom mesmo, haha'
- Nós temos que contar isso pro Scooter, pra Aileen, pra minha mãe, pro meu pai...
- Calma! Que pressa é essa? Até agora, só a Aileen sabe.
- Já contou a ela?
- Sim. |:
- Haha' Hey, vamos voltar para o hotel, os dois pombinhos devem estar pre... Viu? É só eu falar! 
- Scooter?
- Sim, espera. 
- Tá.

Ele ficou falando com o Scooter no cell, nem ouvi a conversa, fiquei olhando para o horizonte, o mar estava tão calmo... 

- Amor, vamos?
- Ahm, oi? 
- Haha' vamos pro hotel?
- Vamos!

Biebs me ajudou a levantar e nós voltamos para o hotel. Entrei no meu quarto e joguei-me na cama, ele ficou me olhando com um lindo sorriso no rosto. 

- Então... Quando vamos contar à emprensa? 
- Justin, você que decide isso, se quiser contar conte, se não, não conte. Mas  isso não vai dar pra esconder por muito tempo.
- É... então, quando formos para a Austrália, nós contamos ok?
- OK (:, Mas só se tiver alguma entrevista perguntando sobre nós!
- Tá meu amor, vamos contar para os pombinhos?
- Onde estão?
- Lá em baixo na recepção.
- Então vamos tá ué. haha'

Desci da cama, ajeitei meu cabelo e fomos até lá de elevador. Chegamos, e eles estavam abraçados, bem, o Scooter segurava a Aileen pela cintura, aww que fofos! 
- SCOOOOOOTER, MEU AMIGÃAAO!
- Ah, oi Justin. ~~ ele tira a mãozona boba dele da cintura da Aileen e eles se viram para a nossa direção~~
- Olá meus amores! Estão bem? Nem vi vocês hoje! Onde estavam?
- Na praia passeando Aileen, e vocês?
- Nada não Thay.
- Ah, Scooter... pode falar comigo.. em particular?
- Claro Justin. 

Eles foram para um canto mais reservado, e eu me aproximei de Aileen:

- Eeeeh Aileen, to sabendo.
- Sabendo? Do que?
- Você sabe!
- Do que?
- U.Ú'. Do S.
- S? Que S? 
- Tenho que desenhar?
- Sim!
- Poxa Aileen! 
- Fala logo Thay! 
- ~~ sussurrando ~~ Do seu namorado, que começa com S.
- G.G' Não tenho namorado. 
- Aham, finjo que acredito.
- É serio!
- Então, quem é aquele que tá falando com o Justin? 
- O Scooter!
- Ráaaaaa, admitiu.
- .-. 
- Sou foda, aham~~ hahahaha'
- Eu não estou namorando ele! 
- Tá sim que eu sei.
- Então, como ficou sabendo?
- Dá pra perceber... vocês são dois pombinhos apaixonados, e você ainda admitiu de novo! Você ama ele, fala sério!
- Não amo, não sou namorada dele, e não vou ser! 
- Vai sim, eu fui numa cartomante ontem, e ela disse que você namoraria o Scooter. 
- Sério? Hã? Mas... Como?
- Ficou animadinha, ficou animadinha, a Aileen é namorada do Scooter. (8)
- Você não foi na cartomante né?
- Não, mas você ficou felizinha. É, já disse que sou demais? 
- Já, umas 38091289893489028 vezes. 
- Que bom, vou dizer mais uma vez, > EU SOU DEMAIS <.
- Ah, contou para ele?
- Sim!
- E como reagiu?
- Muito estérico! Haha' Ele saiu gritando pra todo mundo que ia ser papai! Nem morri de vergonha, nãao, que nada.
- Pelo menos, ele já sabe né?
- Sim, ainda bem, não aguentaria mais esconder isso dele.
- É, e eu NÃO estou namorando o Scott tá?
- Até chama ele de Scott!
- AAAH, para Thay!
- Você tá vermelhinha! Aww, você goste dele né? Não mente!
- Tá, eu gosto sim, mas ele não deve gostar.
- NÃAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAO, MAGINA. Ele só finje te odiar. 
- Você acha mesmo?
- Tá na cara né! Ele é lindo, e você também, são super amigos... Daria O par perfeito! Ain, até imagino vocês dois com um bebêzinho no colo! que fofura... 
- "Bebêzinho?" Thaynara! Já está indo longe demais não é?
- Longe é ver vocês dois velhinhos sentado em uma cadiera de balanço fazendo tapetes de crochê.
- u.ú'
- Ah, também te amo muito Aileen. *---* Olha eles! SCOOOOOOTER, A AILEEN QUER TE F... ~~ ela tampou a minha boca ~~ 
- Não fala nada! 
- Por que? Vocês se amam!
- Porque sim.

Scooter e Biebs vieram até nós, e o Justin me abraçou fortemente, me esmagando, e me deu um longo beijo, que saudade desses beijos.

- Não acredito que vamos ter um filho Thay! Isso é uma prova de amor verdadeiro muito linda.
- Scooter, estou muito feliz por vocês dois! Tha, você tinha me chamado?
- Sim! ~~ a Aileen dá um chute na minha bunda, bem discreto e fica me olhando com cara de bravinha ~~ Er, quer dizer, Não...
- Então tá, Vamos subir Leen?
- Vamos.

Eles subiram de mãos dadas, e eu e Justin ficamos nos segurando pra não rir, eles são muito lindinhos juntos! 

- Leen?
- É Justin, parece que não somos só nós dois os apaixonados...
- Hahaha. ~~ bocejo ~~ Vamos subir também? Estou com sono! 
- Vamos sim.

Subimos para meu quarto, e ouvimos uns gemidos vindos do quarto da Aileen, OMG, será que eles estão fazendo aquilo mesmo? :O

- Jus...
- eu também to ouvindo... Meu Deus!
- Meu Deus duplo! 
- Vamos espiar eles?
- Seu bobo, deixa eles! a Leen e o Scott estão em um momento delicado... HAHA' 
- HAHAHA'
- Meu amor.. espera.
- ~~ parei de rir ~~ O que é?
- Por que você contou para a Aileen primeiro, e não para mim? 
- Porque eu estava com medo de te contar!
- Mas entra nós não existem segredos!
- Eu estava com medo de você me deixar Justin!
- Te deixar? Eu nunca faria isso! Você sabe!
- Mas eu fiquei com medo, vai saber se você não aceitaria essa criança e e despachasse daqui de volta pra NY?
- O.O' Eu nunca faria isso contigo meu amor, nunca! Você é a mulher da minha vida ok? Nada vai mudar isso, nõ importa o que aconteça, sempre, sempre mesmo, vou estar do seu lado.
- Sério?
- Lógico! Nunca iria deixar a minha namorada magoada! Nunca irei te abandonar Thay. Te amo tá?
- Te amo mais.
- Não, e te amo mais que você me ama elevado ao quadrado.
- Não fala em linguágem matemática, estraga o clima ;s
- haha' Então, eu te amo infinitamente.
- Melhorou!

Ele se aproximou de meus lábios, e quando estava prestes a me beijar, ouço um grito:

- Calma, ouviu isso?
- Isso o que? 
- No quarto da Aileen, eu ouvi um grito.
- Grito? Ah, entraram no orgasmo.
- Não Justin, era um grito de socorro!
- Socorro?

Nós dois nos olhamos assustados, e fomos correndo para o
quarto dela ver o que tinha acontecido. Justin abriu a porta bruscamente e...




Rá, matei vocês né? KK' Gatas, me desculpem por não ter postado esses ultimos dias, estava viajando, e a Thay também não pôde postar para mim, então, matei vocês de suspense... .-. -nn. Gostaram? Está Ruim? Melosa? Péssima? Me avisem pls. *-* Ah, e muio obrigado pelos 37 comentários do capítulo passado! Thank you so much shawties. (;   - Gih 

~~~ 10 comentários? ~~~

23.6.11

#IB - 66° Parte



Não sei o que fazer de verdade, se conto ou não, mas vou ter que contar algum dia, minha barriga já está crescendo, não tem como esconder uma gravidez. Além de exausta, estou com a rosto muito inchado, fui tomar meu merecido banho e coloquei essa roupa: 



 E liguei o meu iPod, queria muito ouvir música, um desejo incontrolável, coloquei na música > Till The World Ends - Britney Spears. < Aumentei o volume no máximo e fiquei cantando, dançando, mexendo o cabelo, fingindo estar em um palco, como nos velhos tempos. Até que alguém bate na porta, é, ninguém me respeita. Abaixei a música, e fui atender, abri a porta, não tinha ninguém! ¬¬' quando ia fechar a porta, ouço alguém me chamar e vou lá fora novamente para ver quem era:

- Ah, é você, o que quer? 
- Eu ouvi você cantando e achei que já havia acordado, me desculpe Thay.
- Me desculpe nada, falei para não passar perto dessa porta! ~~ apontei para aporta de meu quarto ~~
- Já pedi desculpas.
- Ainda bem. ~~ revirei os olhos ~~
- Como está linda Thay, vai sair?
- Justin, se eu estava no meu quarto ouvindo música, eu nem ia sair do meu quarto, estou de mau humor hoje, não queria nem sair da cama, mas vocês fizeram esse favorzão pra mim.
- Aww, te amo também.
- Seu bobo. 

Entrei no quarto toda molenga, e ele me abraçou por trás, beijando meu pescoço:

- Já disse que te amo?
- Sim, umas mil vezes. 
- Então, vou dizer a mil e uma. Eu Te Amo Thaynara.
- ~~ sorri ~~ Também te amo Justin, demais! *-*
- Então...
- Então...
- Então o que?
- Não sei, to sem assunto. Só sei que você quer algo.
- EU? Hahaha.
- ~~ olhei ele descaradamente ~~
- Tá, quero sim, queria te levar para a praia.
- Eu vou, deixa eu só arrumar meu cabelo.
- Ok.

Ele me selou e saiu do quarto, no meu iPod tocava > I Can't Live Without Your Love - Dan Torres < bem baixinho, e fiquei triste, sabia que ele iria perguntar sobre o que eu escondia, não posso ficar assim! Anima garota! fiquei pulando e sacudindo o corpo, ria muito alto, parecia uma boba alegre no quarto, me joguei na cama e suspirei: 

- Como eu sou bobinha... haha' 

Dei um salto da cama, e arrumei meu cabelo, fiz um rabo de cavalo, e desliguei o iPod. Fui até o quarto do Justin, abri a porta e vi-o de cueca, tentei segurar o riso, mas não deu muito certo, comecei a rir descontroladamente e ele se assustou, e ficou me olhando como se eu fosse uma boba. Parei de rir, e sentei no chão:

- Você tá muito maluquinha hoje.
- Você acha que eu não percebi?
- Porque não bateu?
- Por que queria te assustar, e dei de cara com isso! Ah, já me desanimei de novo, isso não dá certo, não mesmo.
- Então, vou tirar esse seu desanimo.
Ele veio até mim, me levantou, agarrou minha cintura e me beijou loucamente, me escorou na parede e juntava nossos corpos, não deixando nenhum espaço entre eles. Estava amando aquilo, mas não estava me sentindo bem, me deu uma dor de cabeça de repente... Ele parou de me beijar quando viu que não aceitava o beijo:

- Ainda está desanimada?
- Me deu uma dor de cabeça de repente, estou um pouco tonta também.
- Mas... Meu beijo melhorou seu desanimo?
- Os seus beijos estão me animando hoje Biebs.
- Nossa Thay, o que houve? Meus beijos são tão ruins assim?
- Seu bobo, lógico que não! ~~ abracei ele ~~ Sou eu que estou ruim mesmo!

Justin me olhou com um olhar triste, e beijou minha testa, se soltou de meus braços e vestiu sua roupa, o que deu nele? Ficou magoado do nada! Será que fiz algo de errado? 

Sentei na poltrona do lado de sua cama e esperei ele se arrumar, e acabei cochilando.


~~ Mode Justin ON ~~

Terminei de me vestir e deparei com a Thay dorminindo na poltrona, ela parecia cansada mesmo, ela anda muito estranha esses dias... Coloquei meu tênis e sentei do lado dela, dando um beijo em sua bochecha, ela nem acordou, revirei os olhos e apertei sua bochecha, só assim pra acordar! 
- Doeu sabia?
- Você não acordou com meu beijo, só tive essa alternativa. Então, vamos?
- Vamos.

Eu peguei na mão dela e levei-a até a praia. Ficamos andando de mãos dadas na areia, rodando, brincando... Pareciamos criancinhas, nós sentamos na areia e tentamos fazer castelinhos, nem deu muito certo, mas nos divertimos muito, Começamos a caminhar na areia novamente, eu corria atrás dela, que sempre ficava correndo de mim, até que a alcancei e derrubei-a na areia sem querer, e caí em cima dela:
- Me desculpe amor! 
- Que isso Justin, vem aqui, me dá um beijo?
- Não precisa nem pedir.

Segurei em sua nuca e beijei-a com vontade, sentia seu corpo estremecer com minhas mordidas em seu pescoço, e ela me empurrou com uma cara meio triste:

- Justin, preciso te contar uma coisa.
- Eu também preciso.
- Você primeiro.
- Não! Você primeiro!
- Vamos falar juntos?
- Mas, a sua noticia é boa, ou ruim?
- Ruim.
- Ah não Justin, o que aconteceu? Agora sim fiquei preocupadíssima.
- Tá, eu falo. O Thomás conseguiu um advogado, e ele irá entrar em processo contra você.
- O QUE? TÁ BRINCANDO? NÃO, NÃO PODE SER! MA..MAS COMO? ELE É MUITO CANALHA! ELE DEVIA ESTAR PRE.. ~~ eu coloco meu dedo indicador em seus lábios~~
- Shh, relaxe, nós vamos conseguir por ele na cadeia tudo bem? Mas isso não vai ser agora, só daqui 5 ou 6 meses, até o juíz aceitar esse processo, fique calma! Vamos ter bastante tempo para detê-lo.
- Justin, mas como ele conseguiu? Quem seria o burro de acreditar que ele é inocente?
- Não sei meu amor, só sei que você podia parar de se preocupar com ele agora! 
- Vou tentar tá? Tentar...
- Ok, então, o que ia me contar mesmo? 

Ela saiu de cima de mim e levantou-se. Ficou com as mãos no rosto e respirava profundamente, como queria estar lendo os pensamentos dela! Se não tem nenhum garoto na jogada, o que é então? Ela me traiu? Sabe algo que não devia saber e está com vergonha de contar? Não sei, mas ela está muito triste e preocupada com isso e anda muito estranha.

- Ju..Jus..Justin.
- Fala meu amor.
-...Não consigo dizer.
- Vai, você consegue, não quero te pressionar, mas sei que isso está te incomodando, por favor, fala!
-...
- Thay! fala vai!

Thay falou algo bem baixinho, não deu para ouvir:

- O que disse? 
- Não vou repitir!
- Meu amor, fala! eu realmente não te ou...
- Você vai ser papai tá? 
- Hã?
  


Então lindas, eu amo matar vocês com meus suspenses KK' desculpe-me por não ter postado esses outros dias, eu estava sem net outra vez! Quero morrer com isso, a pior que existe é minha, só pode! Me desculpem mesmo ):
Ah, e fui eu > Giih < que postei ok? aposkoapksaops'
Gostaram? Está ruim? Boa? Melosa? Sem sal? KK' 

~~ 10 comentários? ~~