6.8.11

#IB - 79° Parte


~~ Mode Justin OFF. ~~~


Abri os olhos lentamente, observei o local que estava, vi meu pulso, minha perna, ambos enfaixados. Reaprei na porta do quarto e vi um médico virado de costas, ele virou-se e me viu tentando sentar na maca. Ele vai até mim e me ajudou a sentar, e me olhou triste.

- Senhorita, eu tenho uma má noticia a lhe dar.
- Qual?
- Pela gravidade do susto que levou, digo susto poir não se feriu gravemente, você acabou perdendo seu bebê.
- Hã? Mas, como? Está brincando comigo? Isso é uma pegadinha?
- Não senhorita. É a mais pura verdade. - Doutor, por favor, me diga que isso não é verdade! Não posso perder meu filho, ele representa um laço de amor! Diga que não!
- Não posso negar a você! Os exames que fizeste constaram a perda do seu filho.
- Quer quebrar meus sentimentos como se eles fossem de vidro? Isso não pode acontecer! Eu previ isso, passei por maus presságios todos os dias e sofria demais com isso, agora que tudo se realizou você me diz isso? Mais um obstáculo a superar! Como vou superar esse trauma? Me diz? Onde está o Justin? Quero vê-lo imediatamente!
- Calma senhorita! Se acalme!
- Não vou me acalmar!

Comecei a chorar, não sabia se era de raiva ou tristeza, tudo o que eu via em minha mente se realizou, tudo! Por que comigo? O que eu fiz para merecer isso? Só mais um castigo? Um sofrimento pra eu passar e me machucar mais ainda? E o Justin? Já sabe? Como ele reagiu? Abracei meus joelhos e chorei litros. O doutor me consolava com palavras que eu nem entendia, nem dei ouvidos a elas mesmas. Só quero o meu Justin do meu lado agora. Como vou viver com esse peso na consciência? Agora, pro meu desespero, só falta o Thomás conseguir a minha guarda e me torturar para o resto da vida. Como fazia antes, não quero morrer na mão dele! Ele quase me matou, não quero vir à beira da morte outra vez. Senti alguém levantando meu queixo e olhei diretamente para seus lindos olhos cor de mel, ele sorriu e secou minhas lágrimas, beijou minha testa e me abraçou.

- Estou desesperado por nós dois.
- Você já sabe?
- Infelizmente. Eu quebrei o hospital inteiro de raiva, sabia? Mas, já passou. Meu amor, eu quero que saiba que vou te ajudar a superar isso ok? Não fique mal por isso, também estou traumatizado com tudo que aconteceu, seus presságios... Por favor, não fique mal. Vou estar contigo no que der e vier, nas horas boas e ruins, do desespero e na alegria, na saúde e na doença. Thay, você quer ir à entrevista da TV australiana comigo?
- Éeer, vou sim?

Sorri enquanto uma lágrima escorria em meu rosto, ele sempre me conforta com palavras tão lindas... Ele sorriu de volta e deslizou sua mão em meu rosto e beijando minha bochecha. Olhei em direção a porta, e um médico a abriu, e pela sua expressão, parecia ser uma boa notícia. Ele entrou no quarto, segurando um papel.

- Como se sente Thaynara?
- Eu? Posso dizer que embora ainda muito chocada e um pouco fraca, me sinto mais confortável e situada ao que está ocorrendo.
- Isso é normal. Você esteve tomando muito soro, e adormecida, por isso esta se sentido dessa forma.
- Bom, venho aqui para te permitir à alta. Mas, você tem que seguir algumas regras, e tomar alguns medicamentos para sua total recuperação.

Ele me deu uma receita com uma letra péssima que não pude entender nada. Olhei, fiz cara de entendida, e respondi:

- Ok doutor. Vou cumprir.

Ele saiu do quarto, e logo em seguida uma enfermeira entrou para retirar alguns fios que ainda estavam em meu pulso. Odeio agulhas. Definitivamente. Encostei meu rosto no ombro do Justin para evitar olhar o procedimento. Ele me acariciava, e segurava minha mão esquerda, no intuito de me dar forças. Quando ela finalizou, disse que eu poderia trocar de roupa, e ir para casa, seguir as regras, nas quais estavam incluídas no repouso.

- O que? Repouso pleno?
- Exatamente. Por pelo menos mais quatro dias.
- Quatro? Não sou capaz de ficar deitada nem mais um dia! Estou dolorida de tanto ficar deitada. Preciso voltar a minha rotina, caminhar, fazer os shows... OMG! Justin!
- O que?
- E os shows?
- Calma Thay. Foram todos reagendados. Nesse momento o mundo todo está sabendo sobre a queda do avião, e estão apreensivos para saber mais noticias.
- Bom, então é isso. Serão quatro dias senhorita. Como havia dito, pode se arrumar, e ir embora.

Nossa, confesso que ainda estou confusa. O médico disse que eu passei por maus momentos no hospital. Que fiz vários exames delicados, e fui submetida a fortes medicamentos. Mas, parece que todos esses dias foram como uma única noite. Onde, quando acordei, enfrentei a realidade, parecendo estar num pesadelo.

- Justin, você sabe onde está minha mala?
- Ah, o Scoot tinha dito que esta dentro do armário do banheiro.
- Ok. Vou tomar um banho e me arrumar. Aliás, de que adianta ficar lamentando agora? Só vou piorar, tenho q continuar com a nossa vida enquanto podemos ser feliz. Mesmo que eu esteja lutando com meus pensamentos, sei que só assim vou me recuperar. 

Justin me olhou surpreso, abriu um sorriso largo, concordou com a cabeça e disse com entusiasmo:

- Claro shawty. Temos que vencer esse obstáculo, e sairmos mais fortes dessa. Ainda temos o resto da vida para formarmos uma família enorme!

Eu ri do jeito que ele encara as coisas tudo de uma forma mais prática, porém ele tem toda razão. Vamos ter a oportunidade de ter filhos mais pro futuro. Talvez agora eu não estivesse preparada para isso. Tudo tem seu tempo. Nunca podemos ultrapassar esses limites. O beijei intensamente. Esse beijo me fez sentir que estávamos mais conectados do que nunca, que a nossa união se tornou ainda mais resistente, e que o amor só aumentou. Fui me afastando delicadamente, e ele sorriu. Com esse beijo me revigorei, foi como uma inspiração, e um preenchimento acompanhado de estímulos para eu jamais desistir de ser feliz ao lado dele. Levantei da cama, com certo alívio na consciência. Sentia-me completamente renovada. Aqueles pensamentos não me atormentariam de novo. Embora eles tivessem se concretizado, parecia que uma força maior que eu, me dizia que isso era necessário. Isso não daria certo, porém aconteceu para que eu tivesse uma lição de vida. Caminhei até a porta do banheiro, e vi em cima desta, Jesus na cruz. Ao vê-lo me ajoelhei. Percebi que Justin se apavorou com a minha atitude, mas logo entendeu o que eu estaria fazendo. Comecei a agradecer a Deus por minha vida, pela vida do Justin e de todos os que estavam no avião. Pedi a Ele que me dessa força, e acolhesse meu filho em seu reino. Porque embora ele não estivesse mais comigo, sei que estaria num legar melhor. Também pedi para que Ele pudesse me confortar cada dia mais, pois sabia que não seria fácil essa nova realidade. Entrei no banheiro, abri o armarinho, peguei uma peça de roupa. Escolhi uma bem larguinha, queria-me sentir livre. Tomei um banho quente e renovador, lavei meus cabelos, massageando-os. Senti a água me transmitir leveza. Comecei a pensar em tudo. Uma grande taxa de responsabilidade que eu mesma já estava me cobrando por causa do bebe desapareceu. Meu corpo estava menos inchado. Sentia-me bem, e aquela confusão que estava como um verdadeiro dilúvio em meus pensamentos que estavam amenizados. Justin bateu na porta:

- Thay, esta tudo bem aí?
- Sim, por quê?
- Faz mais de 30 min. que você esta embaixo do chuveiro...
- Já estou terminando.

Nem reparei no tempo, aquele momento no chuveiro estava me proporcionando tanta leveza e calma, que estive em outro mundo enquanto aquelas águas quentes me renovava. Desliguei o chuveiro, me enxuguei, coloquei meu vestido, sequei meu cabelo e me maquiei. Olhei no espelho, e estive diante de uma nova Thaynara. Não sei explicar se foi meu novo jeito de querer encarar a vida, ou se foi os dias que estive adormecendo e descansando muito.

Guardei minhas coisas, terminei de me ajeitar, e sai do banheiro. Justin estava na poltrona do quarto, e quanto me viu me disse:

-Está linda minha princesa. Deixa que eu carrego essa bolsa.
- Ok, já que insiste.

Levantou-se correndo e pegou minha bolsa.

-Vamos? O hotel nos espera!
-E eu nem vejo a hora! Cansei deste ambiente hospitalar!

Ele gentilmente abriu a porta do quarto para que eu pudesse sair, ele estava me tratando ainda mais romântico. E eu, como sempre, me encatava com cada gentileza por parte dele. Scoot estava sentado no final do corredor, e quando nos avistou veio em nossa direção.

-Como se sente Thay?
-Estou conformada Scoot.

Falei com dificuldade para lidar com essa nova justificativa. Ele percebeu, mas mudou de assunto para nos alegrar...

- Vão juntos na entrevista?
- Vamos sim! Mal posso esperar para contar às minhas beliebers que estou bem!  
- E eu aos meus fãs! 
- Então vamos logo, falta meia hora para a entrevista. 
- Ok! 

Coramos e rimos juntos e Scoot nos levou até o local da entrevista, no caminho, abraços e carinhos como sempre, beijos quentes e ofegantes, de tirar o folego, que saudade dos lábios macios dele, My God.  

........................................................................................................



Gatas, Comentário a parte, eu e a Nathy fizemos esse capítulo! Falem sério, nós duas juntas não arrasamos? Bem, eu acho! kkk' Modéstia a parte. Só faltou a Thay ): mas tudo bem. 

Indicações: 

http://rafbee-jb.blogspot.com/ 


Gostaram? Falta algo? Me avisem plz. *--*


- Giiih (: 


~~ 15 comentários? ~~



15 comentários:

  1. aaaaaaaaaaaaaaaaah gata, posta ta muito fodastico uhuuuuuuu amo D-E-M-A-I-S !

    ResponderExcluir
  2. aaiii que perfeitoo *--*
    muito lindoo ..
    continua pliis !

    ResponderExcluir
  3. continua pleaseee
    obrigado pela indicação
    ta perfeito
    posta logo

    ResponderExcluir
  4. Continuaaaaa *-*
    mais;mais;mais!!!!

    EU TO AMANDOOOOO *-*

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA Continua pf pf ...
    http://loucasporjdb.blogspot.com/ BieberBeijos ♥

    ResponderExcluir
  6. Anônimo15:28

    eu q n q n gosto do justin to lendo
    pf continua ta muuito bom :)

    ResponderExcluir
  7. AAAAAAAAAAAAH que perfeito manola
    continua pleaseeeee
    posta logo por favorrrr

    ResponderExcluir
  8. Anônimo16:51

    Quando eles vão ter outro Filhoo ?
    To muito Curiosa .OMG .Ajuda aí Meninas. Qui Tragédia ... WHONT

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAA continua to amando (:

    ResponderExcluir
  10. AAAAAAAAAAAAAH CONTINUAAAA GAROTAAA, TA PERFECT DEMAAAIIIIISSSSS

    ResponderExcluir
  11. Cara , seu #IB é mt perfeito , vooc ussa cada palavra linda ...
    Continua !

    ResponderExcluir
  12. Ta muiito bom ! continuaa ! beeijos!

    ResponderExcluir
  13. OMMMG TA LINDOOOO MENINAS, ESCREVERAM MUUUITO BEM COMO SEMPRE, CONTINUUUUUUUEE E NAO FALTA NADA OOOK? BEIJOOOOOS :*

    ResponderExcluir
  14. continua meeeeeeeeeu deus amei amei amei (:

    ResponderExcluir
  15. aaaaa ta lindooo continuaa!

    ResponderExcluir