25.9.11

#IB - The Skater Girl: 1° Parte

The Skater Girl


Era tardezinha. Estava com meu biquíni e uma blusa por cima, cabelo úmido e preso, chinelos de dedo e óculos escuros. Sentada na areia branca na praia, sentia a brisa do vento em meus cabelos, olhava o por do sol no horizonte na imensidão do infinito e avistei uma pomba branca vindo em minha direção. Pousou calma do meu lado, olhei-a entediada e um garoto apareceu misteriosamente no lugar dela. Ele sorria radiante. Era loiro, tinha um corpo meio atlético meio magro, usava um colar de prata em seu pescoço com um pingente retangular com escritos, não deu para ver direito. O que eu vi era que tinha uns desenhos e um JB cravado nele. Vestia um calção de banho azul e óculos escuros, chinelos e um anel preto em seu dedo anelar.

Fiquei sem graça diante de sua presença. Parecia que já havia visto ele em outro lugar, sonho, não sei ao certo. Ficamos em silencio, ninguém dizia uma sequer palavra, ele só sorria para mim e fiquei de cabeça baixa vendo o Sol se pondo. 

Acordei com o despertador apitando em meu ouvido, taquei-o no chão e me cobri novamente. Voltando ao sonho, o Sol desapareceu no horizonte e sai andando chutando a areia branca da praia. Ele veio correndo atrás de mim e gritava meu nome, me virei para ver o que queria e, ele me beijou. Minha mãe puxou meu cobertor, acabando com a minha ilusão perfeita.  Em seguida, abriu as cortinas, cegando-me. Tampei meu rosto com o travesseiro e gritei.

- Mãe!
- Anda filha, vai se atrasar para a escola.
- Dona Watson, hoje é sábado! Me dá um tempo! – disse, tentando enganá-la.
- Me dá um tempo nada. Pensa que vai me enganar? Pode ir parando. Hoje é segunda-feira.
- Aff. Tá mãe, você ganhou. Na próxima vou ser mais convincente. – Revirei os olhos e fiquei emburrada.

Ela riu e me entregou o uniforme da escola e o vesti. Roupa cafona que deus me acuda. Como eles mandam fazer uma roupa dessas? 

Peguei minha calça jeans rasgada e tirei a calça do uniforme. Coloquei um moletom por cima do uniforme e estiquei-o. Assim está melhor. Fui até o banheiro. Escovei os dentes, lavei o rosto e prendi meu cabelo, fiz um rabo de cavalo alto em meus cabelos emaranhados e amassados. 

Peguei meu boné da NY preto e vermelho e ajeitei-o na esperança de cobrir o meu cabelo armado que nem pente segura. Olhei-me no espelho e joguei o boné no chão, baguncei meu cabelo inteiro e sentei no chão. Odeio meu cabelo. Minha mãe bate na porta e entra. Me vê descabelada e sentada no chão e me ajuda a levantar.

- Quer ajuda?
- Assim não vou aprender a fazer sozinha.
- Seu cabelo é tão bonito solto. Deixe solto, não preso. 
- Pô mãe. Só você acha essa bucha aqui bonita.
- Alguém fala que seu cabelo é uma bucha?
- Eu falo! – Revirei os olhos e mordi os lábios.
- Não é feio e nem é uma bucha, só você que acha isso minha filha. Você só anda com ele preso, vai com ele solto hoje.
- Tá mãe. 
- Ok, vou terminar de fazer o café.

Saiu do banheiro e penteei meu cabelo e coloquei o boné, inclinando-o levemente para a esquerda. Peguei minha mochila e meu skate e desci deslizando no corrimão da escada com o skate, fazendo um giro de 360° na caída, minha mãe me olhou brava e sorri.

Sentei-me à mesa e tomei meu café com leite matinal, minha mãe me ofereceu uma carona e recusei com a boca cheia de café, ela riu e tomei tudo em um gole. Deu-me um beijo na testa e me mandou ir voando para a escola. Corri até a porta e subi no skate, fui direto para a escola, eram duas quadras abaixo de casa, até que perto.

Não me saia do pensamento aquele sonho, que garoto era aquele? O que isso quer dizer? Vou conhecer esse menino? Voltei a realidade com uma buzina alta do meu lado, quase fui atropelada. Quando penso nem vejo o que faço. O homem que dirigia a Ranger Rover preta me xingou até morrer e mostrei a língua para ele. Olhei no banco traseiro e tinha um garoto mexendo em um celular. Usava um boné e um moletom Adidas com capuz cobrindo sua cabeça. Estava tão concentrado que nem percebeu a freada que o motorista deu. Voltei para a calçada e continuei meu curso até a escola.

Cheguei, os portões estavam fechados, para o meu azar. Como vou entrar agora? Gritei até morrer de dor na garganta, ninguém veio. Caralho. Querem me matar? Bem, por mim nem iria à aula, mas a minha mãe vai me matar depois. Gritei mais e mais, e alguém escutou. Anjo da salvação! Um menino abriu o portão e me deixou entrar. Era o monitor do corredor central. Abracei-o, guardei meu skate e sai correndo até a minha sala. Bati na porta e a professora me deixou entrar, mesmo estando atrasada por 10 minutos pelo meu quase atropelamento. 

Sentei em uma cadeira dupla no fundo da sala, estava vazia. Tinha um nome riscado na mesa. “(Seu apelido) e Will. ♥”. WTF? Quem daqui me conhece? Ou melhor, alguém daqui me conhece? Quem é Will? Apaguei o rabisco de raiva. A professora se apresentou e uma menina disse que eu era uma antiga aluna da escola. Voltava-me a memória da minha primeira série, várias meninas brincando de boneca e eu sentada em um banco mexendo em meu vídeo-game portátil, tinha vários meninos ao meu redor admirando-me vencer o Bowser e resgatar a princesa Peach. É eu já estudei aqui. Desde a primeira série e fiquei até a quinta. Depois mudei de escola, fui para a Laplan e fiquei lá durante quatro anos e, agora, voltei para a K. Polk.

- Você já estudou aqui (Seu nome)?
- Sim professora, mas mudei de escola e estou de volta, depois de quatro anos.
- Ah, que maravilha! Então, vamos voltar à aula de química quântica. (Seu nome), vai sentar sozinha? Não seria melhor em grupo? Melanie está sem par, sente-se com ela!
- Eu estou bem sem par professora, pode deixar. – Sorri, tentando não ser irônica.
- A Melanie está à disposição de sentar com você, não é Melanie?
- Sim! Venha (Seu apelido)!

Povo insistente esse não é? Tive que ir. Dei de ombros e peguei minhas coisas, sentei no lado dela e a professora continuou a aula. Melanie era ruiva com os cabelos longos e levemente ondulados, formando lindos cachos nas pontas e liso na raiz. Tinha um rosto cheio de sardas, mas era um rosto impecável, sem nenhuma imperfeição. Rosto de porcelana, digo. Ela é muito simpática, carismática, alegre, sorridente e, pelo visto, é ótima em química. Odeio química. ODEIO.

Perguntei para ela quem era Will, e ela me mostrou um garoto duas mesas a frente da nossa, ele tinha os cabelos pretos e olhos azuis. Espera, já vi esse menino. Ela me explicou tudo sobre ele. Chama-se William Parker, tem 17 anos e duas irmãs mais novas, gêmeas. Também disse que estava apaixonado por uma menina, mas nunca contou a ninguém quem era. Já vi o porquê do rabisco. Ele era meu melhor amigo, até mudar de escola. Perdi meu contato com ele. Tinha mudado de cidade também, mas depois voltei e nunca mais o encontrei. Nem me lembrava mais dele! Conheci tantos meninos em Orlando que acabei me esquecendo dele.

- Ele ainda ama essa garota?
- Dizem que ele a espera desde quando era pequeno, nunca quis se envolver com ninguém por causa dela. Mas, por que perguntou por ele?
- Ah, é que... Umas meninas me contaram sobre um tal de Will e que ele estudava aqui, só quis saber mais sobre ele.
 - Se interessou por ele é?
- Não... A professora está nos olhando Melanie.
- Hã? Ah, desculpa professora.

Ela revirou os olhos e voltou a explicar. Será que o Will gosta de mim?

(...)

Finalmente termina a aula, Melanie tinha me mostrado as áreas novas da escola. Agora tem uma nova cafeteria e um ginásio renomado. Salas novas, mais gramado e uma piscina para aulas de natação. É, a K. Polk mudou demais depois que eu me mudei daqui. Ela me mostrou as amigas delas. São umas chatas. Por quê? São fanáticas pelo Justen Biéber. Nossa, eu odeio esse menino. Odeio não, tenho nojo daquele gayzinho com voz de menina. Essa sociedade atual é a pior que já existiu. Prefiro muito mais Guns N’ Roses, Red Hot Chilli Peppers ou Metallica.   

Peguei meu skate e fui para a calçada em frente à escola, aquela Ranger Rover preta estava estacionada do outro lado da rua, em frente à gravadora UR IV. Notei que aquele mesmo menino encostado na parede do lado da porta e mexia no Iphone. Vi algo brilhar em seu peitoral, um colar de prata com um pingente retangular. Estranho.

Sentei na calçada e esperei Melanie, pediu que eu a esperasse. Ela mora uma quadra acima da escola, somos praticamente vizinhas! Ela chegou gritando e o garoto nos olhou com uma sobrancelha levantada, ri discretamente e ela me puxou para começarmos nossa volta para casa. Mostrei várias manobras, meus saltos e arrancadas. Ela ficava muito surpresa, afinal, é raro encontrar uma menina skatista como eu.

Sentia estar sendo observada. Olhava para os lados, não via ninguém além da Melanie pulando e cantando músicas do Biéber. Ela diz ser uma beliéber, já me explicou milhões de vezes o que significa e ainda nem sei o que é isso.

Levei-a até sua casa e fui direto para a minha. Pulava no skate, fazia mais manobras e mais manobras e ainda me sentia desconfortável. Eu não estou ficando louca, tem alguém me seguindo. Parei o skate e sentei na mureta de uma casa, fingi estar escrevendo algo no meu Smartfone e observei a rua por completo. Estava tudo deserto, não tinha ninguém. Só carros estacionados na frente das casas e cachorrinhos passando toda hora pela rua.

Meu Deus, eu enlouqueci? Mas, e se estiverem mesmo me seguindo? Bem... Só se estiver algum espião do FBI atrás de mim por eu ter quebrado o vidro do banco central, ou por pichar a prefeitura, mandar o chefe de minha mãe tomar no c* dele por não deixar a minha mãe sair mais cedo... Se eu sou rebelde? É... Admito. Rebelde é pouco para me descrever.

Estava morrendo de calor, essa blusa de frio não está me ajudando. Não quero tirá-la, e nem vou. Prefiro passar calor à tristeza. Levantei da mureta e voltei para casa. Entrei, peguei minha mochila e coloquei em cima do skate e os empurrei para o meio da sala. Dei uns passos para trás e deitei no sofá like a boss. Calma, replay, replay. Como eu fiz isso? Ok, eu explico.

Depois de colocar o meu skate, corri para trás e depois dei uma arrancada e pulei, dando três mortais no ar e deitando no sofá sem se machucar, com direito a almofada e tudo. Minha mãe me olhou com a cabeça inclinada para a esquerda e ri dela, sempre fiz isso. Só fiz uma manobra sem skate, normal. Peguei o controle e fiquei passando os canais até parar na MTV, fiquei vendo os clipes e acabei dormindo no sofá.

Alguém me sacode, assustando-me. Olhei meio zonza e vi minha mãe roendo as unhas de ansiedade. Escutei uma voz que me parecia familiar, era masculina e vinha da TV, tentei abrir os olhos. A preguiça nem deixou. Esfreguei as mãos nos meus olhos e disse com dificuldade:

- O que é?
- Olha filha! Tá passando o Justin Bieber na TV!
- Porra mãe, tira disso!
-... Ok.

Minha mãe desligou na hora. Olhei brava para ela e estralei os dedos.

- Eu falei pra tirar desse canal e não desligar a TV né.
- Desculpa filha.

Ela ligou de volta e eu levantei para ver quem era o dono daquela voz, porém só mostrava a apresentadora dizendo que tinha entrevistado o Biéber. Eu reconheço essa voz, mas não dei de onde. Dei de ombros e peguei minhas coisas e subi para o meu quarto. Tirei meu casaco, que alívio! Finalmente poder mostrar os braços sem ninguém te julgar. Liguei a TV e depois o Play 3, coloquei Mortal Kombat para rodar e comecei a jogar.
.....................................................................................................

Heey Girls *-*' como estão? 

Para a surpresa de vocês, decidi postar hoje porque várias meninas me pediram para postar logo e eu não resisti. Isa, eu adorei o que você escreveu. Muito obrigada por você admirar o que eu escrevo! Me senti muito feliz, sério. Não só com você, com que muitas escreveram também. Muito obrigada mesmo. (:

Ah, vocês estão perguntando da Thay e eu nem respondo, aiai' Ela está ótima, e me disse que iria escrever alguns capítulos se eu quisesse, ou seja, em breve vai ter capítulo especial da Thay  e da Nathy também! *-*' /Minhas maridas\ kk 

Indicações: 

Querem que eu indique seu blog? Manda o link que indico todos! 

Gostaram? Me avisem! *-*' 


~~ 10 comentários? ~~ 

- Giih.

36 comentários:

  1. UAII, continua esta perfeito e como eu esperava esta mais que perfeito, graças ao seu talento e criatividade...
    Eu vou começar a comentar assim com Nome/URL, pois deve ser melhor para você, antes eu comentava como anônimo. Mas se caso não for me avisa,OK?
    Continue logo, esta maravilhoso...! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  2. Rafaela16:15

    nem começou direito , mais pareçe que vai ser otima ! continuaa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  3. Putzzzz' tá muito tri essa #IB!
    Continua?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  4. Nossa você simplesmente é perfeita pra escrever #ibs , eu ja to amando essa , continua gi pf !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  5. WOW' Que super tudo essa imagine *--*
    Xonei'
    Coontinua Srta. Perfeita >.<

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  6. indica o meu blog??http://www.imaginebiebeer.blogspot.com/
    passa msn??
    amei o ib

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
    2. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  7. Raquel21:50

    perfeita,perfeita e... PERFEITA !*--* amei esse capitulo ! com certeza vai ser uma das melhores ib's ou até a melhor ! continua logo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  8. OMB, mal começou e eu já amo. Mas sério, não sei andar nem de carrinho de rolimã imagina de skate? Por isso to amando. Diferente sabe? Ameu muito amor! Continua logo, morrendo de curiozidade aki!


    Meu IB: http://imaginebelieber-talkingtothemoon.blogspot.com/ - Indica?

    BEIJOS <3

    Gabi

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  9. nossa tá perfeito...........
    aiiiii dia 09 de outubro o justin faz show em sampa, a radio jovem pan ta fazendo uma promoção pras fãs irem ao show dele com dudu surita e um acompanhante.......
    o site da promoção é esse
    http://pocosdecaldas.jovempanfm.virgula.uol.com.br/promocao/input/justinbieber_dudusurita1.php

    participem se quiserem ter a chance ir ao show..........
    eu ñ vou poder participar da pro pq vou estar em um PDC(permacultura e designer)de 08 a 16 de outubro em baependi......
    :(:(:(:(:(:(:(:(:(:(:(:(:(......
    bjs
    ro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  10. Anônimo14:28

    Muuuuuuuuuito bomm o 1° cap. Ammeeeeei! Continuaaaaa *-*
    Janaina da Bahia

    ResponderExcluir
  11. Anônimo14:52

    Minha nossa, muito perfeita a sua IB Gi
    já amava a outra desde o comecinho, quando a Thaynara escrevia, depois com a união de vocês começou a ficar muuuito mais perfeita, e depois que você começou a escrever sozinha, ficou mais perfeita ainda. Claro, eu não estou desmerecendo a Thay, até porque, ela escreve muuuuuuito bem! Tenho uma sugestão! Porque vocês não voltam a escrever a IB juntas? Você e a Thay, e a Thay e você? AIUSHAIUSH
    Sei lá, só acho que iria ficar MAIS QUE PERFEITA ESSA IB *-------------------*
    Girls, quem concorda comigo, please! Concordem em seus comentários! UAISHUIAHS

    ResponderExcluir
  12. Nova leitora aqui.!
    Olá prazer,bem já fazia tempo que eu não lia um imagine como o seu,todos que até hoje eu li não era o que eu esperava de um #imagine e olha que não tenho muito tempo.Já vai fazer alguns meses que eu estou fora do Brasil com minha mãe.Gosto muito do seu #imagine continue sempre com esta criatividade que você tem,logo,logo esta com minha irmãs belieber Brasileira,na esperança que nosso sonho se realize.Bkjustin

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  13. nova leitora!muito linda essa história...pode indicar o meu por favor?http://imaginecomjdrew.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  14. nossa parece que vai ser boa essa IB hoje mesmo terminei de ler aquela IB que tinha a Thaynara e que tinha 99° capitulos amei ela ate comentei no ultimo capitulo de uma olhadinha depois.. rsrs sou leitora nova rsrs espero que essa IB seja tão bom quanto a outra bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  15. Leitora nova aki! vc escreve super bem! adoro esse ib pq fala de duas coisas que sçao minha paixão Justin e Skate! ainda bem que tem um monte de capitulos. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  16. cara eu to amando ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  17. Monaah Alves19:07

    Geente coloca fotos dos looks e taals ! to amando ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir
  18. Anônimo17:20

    Eu tb sou fa do Harry Potter ;)

    ResponderExcluir
  19. http://imaginabelieberibh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amor acompanha minha IB? imaginebelieberalmagemea.blogspot.com.br

      Excluir