9.10.11

#IB - The Skater Girl: 14° Parte

- Vocês dois formam um lindo casal. – Disse meu pai, sorrindo animado.
- Concordo Marcos. – Pattie nos olhou sorrindo.
Justin sorriu e beijou minha bochecha, ri dele e abraçou minha cintura.
- Sua mãe vai gostar de saber disso, minha filha. Vamos ligar para ela e avisar?
Meu sorriso desapareceu de meu rosto na hora. Olhei para baixo, meio sentida e neguei para meu pai. – Ela me pediu para não ligar, pai.
- Como assim?
Justin viu que fiquei triste ao lembrar-me de minha mãe e me abraçou forte.
- Depois ela te explica Marcos. Eu vi como foi. Ela foi muito fria com a (Seu apelido).
- Você ouviu?
- Sim. Por que ela te tratou daquele jeito?
- Longa história.
- Vai me falar depois?
- Ahm, sim. – Ri sem graça e ele beijou minha bochecha novamente.  
- Sabia que ter você do meu lado, foi meu sonho de ontem à noite?
- Teve um sonho premonitório é?
- Acho que sim. – Ele me olhou confuso e mordeu os lábios.

Todos nós rimos e Justin quis me mostrar seu quarto. Subi junto com ele no elevador e reparei que ele estava incomodado.

- O que foi Biebs?
- Detesto elevadores.
- Claustrofobia, não é?
- Como sabe?
- Palpite.
- Você é muito misteriosa, sabia?
- Sabia, e prefiro assim.
- E eu vou tirar todo esse mistério de você, pode ter certeza.
- Nossa. O Mister Fantástico vai me mudar de forma?
- Só com uma arma. 
- Que arma?

Ele se aproximou e segurou em minha cintura. No mesmo instante que ia me beijar, o elevador para e a porta se abre. Rio dele e me solto de seus braços.

- Vem! Não queria me mostrar seu quarto?
- Quero, vamos.

Ele pegou em minha mão e me levou até o quarto.

- Nossa Justin, que lindo!
- Fui eu que escolhi.
- Bom gosto o seu.  
- Agora eu sei disso. – Disse ele, me olhando sorridente.
Senti que as minhas bochechas coraram. Olhei para ele e sorri sem graça. – É... Esse que é o seu famoso Iphone? – Disse pegando no celular em cima da cama e tentando mudar de assunto.
- É sim, ele é das cores do Canadá.
- Estou vendo mesmo. – Disse virando o Iphone e vendo suas tão famosas cores.

Ficamos em silêncio. Maldito clima de velório. Um olhando para o outro sem dizer uma sequer palavra.

- Nossa, que silêncio... – Disse, tentando fazê-lo rir.
- É... – Justin disse entre risadas. – Você quer ir ao show de amanhã comigo?
Fiquei em silencio outra vez. Não sabia se respondia ou não. – Biebs, querer eu quero, mas a Melanie vai, sabe? Se ela me ver com você, vai ser o desastre natural depois. “Você saiu com o Justin Bieber e não me disse?” Aff.
- Te entendo. Se achar melhor, eu te dou dois ingressos, um para a Melanie, e outro para você. Assim, você vê o show e fica com a Melanie.
- Gostei da idéia, me deixa só ver se ela já tem o ingresso. Espera só um pouquinho?
- Lógico minha pequena.

Sorri sem graça e peguei meu celular de meu bolso e sai do quarto. Liguei para a Melanie duas vezes e ela nem me atendeu.

- Quer saber? Vai sozinha mesmo, rum. – Bufei.

Nem deu tempo de colocar o celular no bolso de volta e ela me ligou de volta.

- (Seu nome), você me ligou?
- Sim, duas vezes.
- Ahm, desculpa. Meu irmãozinho estava com o meu celular.
- Ah... É... Você já tem os ingressos do show do Biebs? Éer, do Justin?
- Não! Eu ia comprar hoje! Por quê?
- Ah... – Enquanto procurava uma resposta, entrei correndo no quarto do Justin e perguntei baixinho. – Hey, ela não tem os ingressos, quais você vai dar, Justin?
- Na pista Premium, segunda fileira.
- Sério?
- Se quiser, também pode ter Meet&Greet.
- Ahm... Pode ser isso mesmo.

Ele sorriu e levantou da cama.

- Mel, são dois ingressos para a pista Premium, segunda fileira.
- WHAT? SÉRIO?
- Sim! E tem Meet&Greet também.
- (SEU NOME), VOCÊ É UM ANJO!
Ri dela e mordi os lábios. – Prefiro uma diabinha, mas já que fala...
- AAAAH, EU VOU VER O BIEBER DE PERTO!
Ria dela demais, e Justin estava agarrado em minha cintura, beijando meu pescoço. – Éer, Melanie, vo-vo-vou ter que de-desligar ok?
- Ué, deu gagueira do nada?
- A-a-a-aham, meu pai tá me cha-chamando.
- Para de mentir amor, fala que sou eu que estou te beijando.
- Quem tá ai (Seu apelido)?
- Cala a Boca Drew!
- HUUM, É O DREW?
- Fuck... É, é ele. Mel, vou desligar, tchau.

Desliguei na hora e dei um soco no braço do Justin.

- Hey!
- Quem mandou me atrapalhar? Agora ela vai achar que... Que eu sou safada.
Ele riu de mim e me abraçou. - Depois do “diabinha”, acredito que é sim.
- Vá à merda, tá?

Riu e me selou. Pegou-me no colo e me colou na cama.

- Virei noiva, é?
Sorriu cheio de malícia. – Virou, e estamos prestes a ter nossa lua de mel. – Ele mordeu os lábios e ficou por cima de mim.
- Lua de mel em pleno hotel cinco estrelas, em NYC. Gostei.

Sorri mordendo os lábios. Justin me olhou cheio de malícia nos olhos e acariciou meu rosto. Trocando olhares e carinhos, até que ele não agüentou e me beijou loucamente. Segurava em minha coxa e a apertava de leve. Não soltava minhas mãos de seus cabelos por nada. Ouvimos um pigarro vindo da porta e paramos de nos beijar e vimos nossos pais parados na porta, que belezinha.

- Filha, nós temos que ir.
- Tinha que atrapalhar logo agora, pai?
- Tinha, mesmo sendo bonzinho com esse namoro, não quero ver você se pegando assim de novo, ok?

“Se pegando”? Sorri sem graça e Justin saiu de cima de mim e me ajudou a levantar.

- Desculpa Marcos e mãe.
- Eu digo o mesmo.

Nossas bochechas coraram e abaixamos a cabeça sem graças. Eles riram e saímos do quarto. Justin me abraçou e me olhou espantado.

Marrentinha, quase esquecemos os ingressos!
- É mesmo. 
- Espere, vou pegar aqui.

Ele correu de volta pra o quarto e pegou os ingressos dentro de uma caixa e me entregou.

- Te espero lá.
Sorri mexendo em meu cabelo. – Ok!

Rimos e ele me selou. Meu pai segurava o elevador, fui até ele e acenei para Justin. A porta fechou e descemos.

- Sabia que iria herdar a minha malícia, minha filha.
- O senhor é malicioso, pai? Quero dizer, você é malicioso pai?
- Fui muito. Com sua mãe então...
- Safadinho, haha.
- Você também!
- Hey!

Rimos e o elevador parou e sua porta abriu devagar. Saímos e voltamos para casa.

(...)

- Termine de arrumar essa bagunça na cozinha e suba para o quarto de sua mãe, quero falar com você.
- Ok pai.

Tive que limpar a bagunça que eu e Justin deixamos na cozinha, ele deve ter arrumado um pouco antes de sairmos. Guardei a nutella e a pasta de amendoim, coloquei os cookies de volta no forno e varri os farelos de biscoito do chão, lembrando de como foi divertido fazer toda essa bagunça.
Pensar que eu o chamava de gayzinho há horas atrás e perceber que estou com um anel de compromisso da mãe dele é tão confuso. Ele dominou mesmo minha rebeldia e me deixou louca por ele, de novo. De novo não, tira isso da cabeça, tira, tira!  

- Passado é passado, presente é presente. – Pensei alto.

Respirei fundo e encostei a vassoura na parede e molhei os lábios. Olhei meu braço por uns segundos e ergui a cabeça.

- Quer saber? Você não vai me torturar mais, seu passado idiota. – Disse baixinho, olhando para o teto e sorri gratificante.

Subi correndo e fui para o quarto de minha mãe e vi meu pai segurando um porta retrato nas mãos. Estava meio longe, só vi dois rostos. Cheguei perto dele com cautela e vi a foto. Era uma foto dele com a minha mãe, eles estavam abraçados. Aww.

- Pai?

Ele virou-se para mim e vi que seus olhos estavam vermelhos e seu rosto inchado. Secou rapidamente seu rosto e me olhou. – O que foi filha?

- Chorando por causa da Dona Watson?
- Sim.
- Ainda sente falta dela, não é?
- Sinto. Mas eu já estou casado de novo e sua mãe me odeia, então nem tenho chances.
- Não pensa assim pai. Como o Justin mesmo diz: Never Say Never.
Ele sorriu e sentei na cama ao lado dele. – Vou começar a usar o lema dele.

Ri de meu pai e ajeitei o cabelo dele, estava todo bagunçado. Sequei seu rosto e ele sorriu.

- Obrigado minha filha.
- De nada. Agora... Quem fala primeiro? Você ou eu?
- Eu falo.
- Ok. – Queria que fosse eu, mas tudo bem.
- Que história é essa de você virar rebelde? Você era tão educada, carinhosa, quietinha...
- Isso mesmo pai, falou certo! E-R-A. Eu cresci! Não sou mais burra e babaca como era antes.
- Você nunca foi nenhuma dessas coisas, algum motivo tem.
- Motivo? Sabe qual é? Essa separação!
- Mas você não era assim até os seus 12 anos que eu me lembro.
- Foi nessa época que a separação me afetou pai. Quando eu já sabia de tudo, tinha cabeça pra entender... E acabei enlouquecendo. Pai... Sabe como é ficar longe da pessoa que você mais amou na sua vida inteira?
- Sei, é horrível.
- Então! E eu era muito nova. Eu pensei que sendo fria e ingênua me tratariam diferente, e deu certo. Tudo que eu queria está acontecendo, olha o tanto e amigos que tenho hoje! Pelo contrário de antigamente, que tinha um ou dois, e nem eram verdadeiros. Hoje tenho o Charlie, a Melanie, O Will e sem falar no Justin! Na pista de skate sou tratada como rainha pelos meninos. O que mais eu iria querer? 
- Amor de mãe.

Olhei para meu pai, muito chocada e fiquei sem palavras. Não sabia o que dizer.

- Vai falar que é mentira?
- Não, não é mentira.
- E ela me dizia que tentava, todo dia. E você só a tratava mal.
- Ela que implicava comigo.
- Implicava com o que?
- Com tudo pai! Me dando ordens, me dando limitações...
- Mas você tem que ter isso e muito mais! Sua mãe me falava que você fugia de casa e não dava notícias, voltava só de noite, isso quando ela te encontrava. Suas notas baixaram, só pensa em andar de skate, ficar sozinha, isolada. E ainda mais, só saia com meninos!
- Não é minha culpa que tudo aquilo deu uma revira-volta na minha vida pai!
- Para (Seu nome)! Eu tenho certeza que é por outra coisa, e você vai me falar o que é!
- Mas eu já falei! Não acredita em mim?
Ele ficou em silêncio e respirei fundo. – Acredito, mas não parece ser só isso. Parece não, está na cara que também tem mais. Por que não me conta?
- Porque não tem mais nada! Será que ninguém entende? Nem você, nem a minha mãe!

Já estava com lágrimas nos olhos. Não queria brigar com ele, mas já estava brigando. Levantei da cama e sai do quarto, fechei a porta e fui correndo para o meu quarto, tranquei a porta e sentei no chão.

- Era para ser perfeito, sem brigas, sem discussões.  – Pensei alto.      

Eu sempre tenho que ser a culpada? A encrenqueira? Eu não fiz nada! Só fiz o que o meu coração quis que eu fizesse. Agora ficam me julgando? As pessoas que eu mais amo, que eram para estar do meu lado, estão longe, eu muito longe. Minha mãe está em LV por minha causa, e meu pai, mesmo estando a um corredor de distância, parecem quilômetros. Não vou lá para o quarto de minha mãe por nada. Só quero ficar sozinha e chorar até dormir.

Já se passavam horas. O que fiz? Chorei, chorei e chorei. Estava em cima de meu tapete em forma de guitarra, uma Gibson Flying V branca e preta, e abraçada com um travesseiro. Meu único amigo nessas horas. Escutei batidas na porta, mas nem pensei em abrir.

Pensei por um momento em esquecer tudo e sair para tomar um ar puro. Quer saber? Vou sim. Tomei um banho frio e me troquei, coloquei um mini short desfiado e uma blusa branca escrita ‘What the Hell’ em preto com uma blusa xadrez por cima. Coloquei meu all star com a bandeira do USA e me olhei no espelho. Lembrei-me daquela música da Avril Lavigne, What The Hell e sorri.

- Quer saber? What the Hell! – Ri de mim e fui até a sacada.

(Na tradução da música, What the Hell significa “Que se dane”)

Olhei para trás e pensei duas vezes antes de fazer isso. Minha mãe me pediu para não fugir. Mas, desde quando eu a obedeço? – Pensei.

Pulei a sacada e sentei no gramado. Olhei a lua cheia no céu iluminado de estrelas. Pensei no meu pai e no Justin. Por um momento não queria ir, mas por outro queria sumir. Levantei e corri até a pista de skate. Estava um deserto. Fui até a pista de profissionais e sentei no banco que fica em cima da borda da pista. Abracei os joelhos e olhei o nada. Estava tudo escuro, só um poste meio longe da pista era o ponto de luz mais perto de onde estava. Era sombrio e dava medo. O vento soprava forte e fazia meu cabelo voar praticamente. Não consegui evitar e uma lágrima deslizou em meu rosto e olhei nem braço.

- Era a chance que eu tinha para contar para ele, mas desperdicei. Burra, burra!

Senti meu celular vibrar e vi que tinha uma mensagem de Justin.

Queria te ver marrentinha. Está em casa? Passo ai para te pegar.

Sorri sem graça. Queria ver ele, mas preciso ficar sozinha. Respondi:

Biebs me desculpa por ser inconveniente, mas preciso ficar sozinha tá? Te vejo no M&G, pode ser?

Enviei e coloquei o celular de lado. Não deu um minuto e ele já respondeu.

Ah... Ok (Seu apelido), se precisar de mim é só avisar. Boa noite. (:

Vi a mensagem e desliguei o celular. Não dá para acreditar, não dá! Depois de tudo que eu passei por causa dele, estou namorando com ele hoje. É... Maluco. Olhei o anel em meu dedo e sorri. Deitei no banco e respirei fundo. Será que vou aguentar isso por muito tempo? Vou conseguir esconder?
................................................................................................



Heey Girls *-* 

É, eu postei super tarde. Mas postei! 

E o flagra? Nuss. até eu ficaria em graça kk' E essa briga? omg. ainda precisa-se de explicações, é. kk

Gostaram? Me avisem! 
~~10 comentários? ~~ 

- Giih.  

30 comentários:

  1. AAAAAA ta perfeita ! Continua *-*

    ResponderExcluir
  2. http://belieberf.blogspot.com/ DIVULGA POR FAVOR E CONTINUA LEGO

    ResponderExcluir
  3. AHHH o que ela está escondendo?? to super hiper mega curiosa #como sempre kk' continua loguinho :)

    ResponderExcluir
  4. Juliana09:48

    Nossa ta perfeita,continua *-* Ela sofria antes pelo Biebs ? To curiosa haha

    ResponderExcluir
  5. aahhaahh ! o que ela esconde?? OMB! estoou morrendo de curiosidade! continua

    ResponderExcluir
  6. Anônimo11:50

    continua mulher de Deus. Santo flagra hein. AIUHSUIHASHUAS
    eu acho que eu sei o que ela tem nos braços, é.
    RÁ, ME INVEJEM. UAHSIUASIASUIHUASH
    muito perfeito ♥

    ResponderExcluir
  7. Ingridi Belieber11:58

    AHHHHH fiquei mais curiosa ainda, esse negoço no braço dela tem haver com o Bieber???
    Posta logo pleaseeeee, a #IB ta maravilhosa!!

    ResponderExcluir
  8. amando muito ta demais posta mais pleaseeee por favor espero que o povo comente muito e rapido pois to anciosa pro proximo capitulo beijos floor

    ResponderExcluir
  9. le eu super hiper ultra curiosa, por que né... já estou começando a entender u____ú ~sou detetive~

    continua \Õ/

    ResponderExcluir
  10. AAA....perfeita,o justin e ''eu'' por pouco(6'!
    Beijos,continua'h!
    -Alany

    ResponderExcluir
  11. Anônimo13:35

    Eu amei,ñ vejo a hora de saber +.Ha e recomendo muito a minhas amigas.

    ResponderExcluir
  12. ãah super curiosa
    da pra parar de matar a gente de curiosidade u.u
    obrigada
    mas como sempre estou amando a sua IB haha
    no msn eu te dou uma bronca maior poq esta me matando u.u
    continua *--*

    ResponderExcluir
  13. Ingridi Belieber13:55

    Flor divulga esse blog pra mim?http://justinbielieber.blogspot.com/
    esse blog não é meu, mas ele está no começo e eu gosto muito
    Obrigada

    ResponderExcluir
  14. Anônimo14:16

    UAU! Liindaa... Só consegui ler hoje... Pena.
    Continuaaa Looogo.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo14:18

    P E R F E I T A
    E
    R
    F
    E
    I
    T
    A

    Ouuuuushi! Cooooontinuaaa! Noossa... O que ela esconde? COOOOOOOOONTIIIINUAAAA !

    ResponderExcluir
  16. Rafaelaa sz14:37

    Cara , o aconteceu no passado dela ??? e ainda mais tem haver com o Bieber ! to super curiosa ! continuaaa !

    ResponderExcluir
  17. Anônimo16:27

    amandoo super super
    amor você vou no show do Bieber?

    ResponderExcluir
  18. Anônimo17:14

    AAAAAAAAMANDO DEEEEEMAIS CAARA TERMINAAA !

    ResponderExcluir
  19. OMGG, QUE SUSPENSE É ESSE GIH?
    O que pode acontecer no M&G *o* '
    Nem "eu" sei o que eu tenho no braço kk -q

    ResponderExcluir
  20. tá muito perfeitoo
    continua *-*

    ResponderExcluir
  21. To amando tá perfeiiita, mas tipo tem tantos mistérios é suspenses ,tem que revelar logo esses mistérios !aaaah mano ainda to muito mal por nçao ter ido ao show do justin =/ mas voltando a ib continua tá perfeiita

    ResponderExcluir
  22. Anônimo19:28

    CONTINUAAAAAAAAA
    TAH
    P
    E
    R
    F
    E
    I
    T
    A


    D
    E




    M
    A
    I
    S


    @brendajessika_

    ResponderExcluir
  23. Continuaaa logo flor, revela esses mistérios aiii continua' Será se a Melaine vai ficar com raiva ? axo q não ' continua adoro sua #IB

    ResponderExcluir
  24. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA vou ficar careca é muita coisa para descobrir
    CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  25. Anônimo21:29

    Cheguei a dar GARGALHADA com o flagra ! Eu parecia uma loca rindo na frente do PC ! Meus pais me olhando assim >> O.o !! ushushs Continua Flor ! By: @Brunaa_and

    ResponderExcluir
  26. Anônimo14:17

    posta logo pleaseee , se não eu vou ter um ataquee !! hahah
    PFVVV!!

    ResponderExcluir
  27. eu quero saber o que ela tem no braço!!É um corte, uma cicatriz, tatoo .. mais tá PERFEITo!

    ResponderExcluir
  28. Anônimo10:30

    tá perfeitaaa amor!! *-*

    ResponderExcluir
  29. http://mybreathisyourbreath-joyce.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. haaaa nossa q d+ :) oq ela tem no braço?????? (:

    ResponderExcluir