10.10.11

#IB - The Skater Girl: 15° Parte

Acordei com algo me lambendo, fiquei me contorcendo como uma cobra e acabei caindo do banco e rolando até o final da pista de skate. Um cachorrinho lindo estava tentando me acordar. Era um beagle tricolor! Sempre quis ter um desses.



Levantei meio tonta. Olhei para o céu, ainda estava escuro, devia estar de madrugada. Olhei no meu celular, eram cinco da matina. Acabei dormindo no banco, é. O cachorrinho estava sentado no meu colo e me olhando inocente. Olhei sua coleira e vi que seu nome era Rex, e que tinha o endereço dos donos dele. Vou deixar ele em casa, seria o mais justo.

 - Rex, meu lindinho, você deve estar com sede amiguinho! Vou te levar para a minha casa e te dou água, ok? Gente eu to doida, falando com um cachorro.

Ri de mim e peguei-o no colo. Acariciei seu pelo macio e fui correndo para casa.

(...)

- Pronto amiguinho, pode beber a vontade!

Ele tomava água que coloquei em uma vasilha e outra com uns biscoitos caninos que eu tinha guardados. Eu tinha uma golden retriever, mas ele morreu faz dois anos de velhice, então...

Rex latia e eu o acalmava, não queria acordar meu pai.

- Shh garoto! Para Rex, para!

Ele calou-se e sentou abanando o rabinho. Aww.

- Seu fofinho! Agora vou te levar para casa.

Abaixei e olhei o endereço na coleira. Parecia ser meio longe daqui, mas vou ser solidária pelo menos uma vez na vida. Peguei uma corda e amarrei na coleira dele e fomos procurar a tal casa dele.

Andei, andei e andei. Para a minha sorte, tinham várias pessoas caminhando e me indicavam o caminho. Um homem até me ajudou a ir a uma rua perto da casa do Pequeno Rex! Povo simpático pra caramba. Finalmente cheguei a casa dele.

- N° 569, é essa mesmo! Rex, nós chegamos!

Ele começou a pular no portão e a latir. Ri dele e toquei no interfone. Olhei no relógio, eram 06:47. Tomara que tenha alguém acordado. Ficamos esperando uns minutos e uma mulher veio até o portão e o abriu.

- Senhora, desculpe incomodar, mas...
- REX! VOCÊ ACHOU MEU REX! AAAAAAAH, MUITO OBRIGADA!

Ela me abraçou e sorri sem graça.

- Muito obrigada mesmo! Ele estava há semanas perdido!
- Eu achei ele na pista de skate hoje de madrugada, eu dei água e comida para ele, se não se importa.
- Não! Nem um pouco! Até agradeço! Como é seu nome, querida?
- (Seu nome).
- Muito obrigada (Seu nome) por encontrar meu bebê!
- De nada senhora.

Ela me abraçou novamente e me chamou para tomar café com a família dela, mas neguei.

- Desculpa, mas meu pai deve ter acordado e eu nem fiz o café lá em casa ainda, tenho que correr para casa. – Ri sem graça e ela me olhou sorrindo.
- Quer que eu te leve para a sua casa, mocinha?
- Ah... Até que sim, se não te incomodar.
- Só vou pegar a chave do carro e já te levo!
- Ok.

Ela entrou na casa e Rex foi atrás. Voltou em poucos segundos com a chave na mão e abriu o carro e entrou. Entrei em seguida e Rex pulou em meu colo, rimos dele e fechei a porta. Ela pisou fundo no acelerador e indiquei o caminho para minha casa. Rex não parava de me lamber, ria dele demais.

- Parece que ele gostou de você, (Seu nome).
- Eu adoro cachorros. Eu tinha uma Golden, sabe? Linda ela, mas morreu de velhice. Era a minha princesa.
- Sei como é. Eles viram integrantes da família, é tão ruim perde-los.
- É mesmo.

Ficamos em silêncio, Rex não parava de latir. Riamos dele até!

- É aqui! Muito obrigada senhora pela carona.
- Eu que sou grata por você! Se quiser, quando eu estiver em dias cheios, trago o Rex para vir brincar com você aqui na sua casa, ele adora passear.
Sorri sem graça. – Se não for incomodo...
- Lógico que não querida.
- Ok. Tchau Rex!

Ele lambeu meu rosto inteiro, ri dele e desamarrei a corda que tinha colocado em sua coleira, me despedi da moça e sai do carro. Entrei sem fazer barulho, tirei meu all star e a blusa xadrez também, não estava agüentando de calor. Prendi meu cabelo e fui até a cozinha fazer o café para meu pai.

Depois de terminar tudo, sentei-me à mesa e tomei meu café com leite, logo em seguida, meu pai desceu de chinelos e só de cueca samba-canção. Ri dele e tentei esconder meu braço de alguma maneira. Coloquei debaixo da mesa e sorri. Ele sentou do meu lado e sorriu.

- Vai aonde com essa roupa?
- Não vou mentir pai, eu sai ontem de noite.
- Saiu? Com quem?
- Com ninguém. Fui para a pista de skate para pensar um pouco e tomar um pouco de ar puro, sabe?
- Ah... Sei sim. Pelo menos você não está mentindo.
- É. Eu acabei dormindo lá e um beagle pulou em cima de mim e começou a me lamber, eu acordei assustada e caí do banco e rolei junto com ele para dentro da pista. Foi muito engraçado. Ele parou em cima da minha barriga.
Meu pai riu de mim e tomou um gole do café quente. – Deve ser sido mesmo, e cadê o Beagle?
- Eu levei para a dona dele, super simpática ela, pai! Ela me disse que quando ela tivesse tempo, traria o Rex para brincar comigo.
- Rex é o nome do Beagle?
- Sim, sim. Um Beagle tricolor filhote, lindo ele. Eu o trouxe para casa e dei água e comida, as vasilhas estão ainda no chão, olha. – Apontei para o lugar onde elas estavam e ri. – Ele ficava latindo toda hora, eu estava morrendo de medo de o senhor acordar pai. Eu não parava de brigar com ele, e de rir dele também.
- Até imagino.

Sorrimos e terminamos nosso café. Levantei da mesa e escondi rapidamente meu braço, corri para a sala, coloquei a minha blusa xadrez em cima dele e peguei meu tênis e subi para meu quarto. Fechei a porta e deslizei até o chão, aliviada.

- Ainda bem, ele não viu.

Suspirei, tirando o cabelo que ficou em meu olho e colocando atrás da orelha. 
Levantei e sentei na cama. Olhei meu quarto e pensei. Vou dar uma arrumada nele. Ri de mim e arrumei meu quarto. Tinha roupas para tudo quanto é lado, skates no meio do quarto, meus all stars também. Arrumei meu guarda roupa, guardei tudo que estava fora do lugar, arrumei minha cama, meus materiais da escola... Nossa, que bagunça. Terminei de arrumar tudo e tomei um banho frio. Coloquei essa roupa:



E um all star vermelho clássico. Mandei uma mensagem para a Melanie, dizendo que ia passar na casa dela para programar o que iríamos fazer no show e tal, e ela me respondeu que poderia ir agora mesmo. Peguei os ingressos e meu celular e coloquei um em casa bolso da calça, ajeitei meu boné e sorri. Desci as escadas escorregando sentada no corrimão e pulei. Meu pai me olhou assustado e ri dele.

- Pai, eu vou para a casa da Melanie tá?
- Volta que horas?
- Hm... Quando terminar lá te ligo, ok?
- Ok. Quer que eu te leve?
- Não, não. A casa dela é uma quadra daqui, não se preocupa.
- Tá, beijo.

Ele beijou minha testa e fui correndo para a casa da Mel.

(...)

- Vamos fazer cartazes? Quem sabe ele nos vê por causa deles!
- Alguma coisa me diz que ele vai nos ver sim Melanie. Quer levar alguma coisa para ele no M&G?
- COM CERTEZA! Vou fazer mil e uma cartas.

Ri dela e ela foi correndo pegar tudo que iríamos usar. Não conseguia tirar o Justin da cabeça, de como seria o show... Melanie me cutucou e ri dela.

- Que foi?
- Você tá com cara de boba, sabia?
- Boba?
- É! De boba. Posso saber como conseguiu os ingressos?
- Um amigo meu me deu.
- Para (Seu nome), eu sei que foi o Drew. Onde vocês estavam?
- No hotel.
- HÃ? Como assim?
- Não vai pensar putaria Melanie.
- Você fala hotel ora, como não quer que eu pense isso?
- Vá à merda. Eu tenho cara de puta, por acaso?
- Tem.
- HEY!
- Estou brincando (Seu apelido), vamos fazer os cartazes?
- Vamos.

Ela pegou três cartolinas brancas e escreveu uma frase bem grande e colocamos umas fotos do Biebs que ela tinha guardadas e tal. Ficou bonito, admito. Os três ficaram. Um tinha “We U Bieber” escrito em preto, no outro cartaz “WEJB” escrito em roxo e decorado com glitter e o ultimo tinha escrito “Marry Me!” Essa Melanie é doida. Rimos demais, nos sujamos de glitter roxo, fizemos uma maior bagunça...

- Ficou ótimo Mel. Só falta esperar a hora do show, né?
- Não! Temos que fazer as cartas para o meet&greet, as camisetas...
- Melanie, é só um show! Você já deve ter camisetas do Justin, coloca uma e pronto! Eu me viro, nem se for com uma roupa exclusiva de belieber. Esqueceu que eu NÃO gosto dele?
- Por um momento sim, você parecia amar! Sabe tudo dele, e beijava as fotos dele.
- Tudo por zoação. Quero te ver sorrindo! E ajudar uma amiga é coisa de amigos, não é?
- É. Então vamos fazer assim, mais tarde vou à sua casa, eu levo as minhas coisas e nos arrumamos lá, pode ser?
- Sim! O m&g é 19h, agora são 15h, mais ou menos, então... Arruma as suas coisas agora e vamos nos arrumar quando chegarmos em casa, meu pai vai nos levar, e vemos o Bieber, ok?
- Ok!

Ela pegou tudo que ia precisar, pegou os cartazes e umas algumas coisas que ela queria que ele autografasse e fomos para a minha casa. Chegamos, meu pai lia seu jornal na varanda e o chamei, ele me olhou sorridente e levantou da poltrona. Ele estava usando uns óculos geek muito fofo. Ri dele e me abraçou.

- Fizeram festa de purpurina?
- Para pai, era para os cartazes. Mel, esse é o meu pai Marcos.
- Prazer senhor Marcos.
- Pode me chamar de Marcos, Melanie.

Ela sorriu sem graça e rimos.

- Pai, nós vamos nos arrumar, quando terminarmos, você nos leva no show?
- Com certeza minha filha.
- Ok!

Subimos correndo e Melanie ficou de boca aberta.

- Wow, que quarto lindo!
- Lindo? Esse muquifo aqui? Para Mel de ser modesta.
- Não estou sendo modesta, e esse tapete de guitarra! Que lindo!
- Tá, tá, você quer tomar banho primeiro?
- Ok.

Ela pegou as roupas e foi para o banheiro. Vasculhei meu guarda roupa e achei um moletom escrito ‘I got Bieber Fever’ e me deu vontade de rasgá-lo inteirinho.



Peguei uma roupa de sempre, uma camiseta estampada, uma calça jeans surrada e um all star preto e coloquei em cima da cama, observei a roupa e vi meu braço e pensei muito.

- Ninguém vai notar isso, se eu riscar de caneta ou algo parecido. Vou com essa roupa mesmo.

Sorri e Mel saiu do banheiro com a roupa. Ela vestia uma blusa do Biebs, como já suspeitava, e um short curto e All star roxo.



(Vocês escolhem a que quiserem)

- Wow, que gata.
- Haha’ Thanks!
- You’re welcome. Agora sou eu, já volto.

Peguei minhas roupas e fui tomar meu banho. Coloquei minha roupa em cima da pia e tirei o anel, não queria molhá-lo. Entrei no Box e fiquei imaginando como seria o show. Muita gritaria, empurra-empurra, mas quem sabe vale a pena. E no M&G? Se o Justin me beijar, eu mato ele. Ri de mim e terminei meu banho.

Sequei-me, coloquei minha roupa e olhei meu braço. Mexi em minhas gavetas e achei um delineador à prova d’água e passei no meu braço, fazendo um “NSN” e cobrindo minhas cicatrizes. Peguei o estojo de maquiagem e levei para o quarto. Deixei-os em cima da cama e olhei Melanie, ela segurava o meu moletom maldito e o olhava confusa.

- Você gostava do Justin?

Olhei para ela pensativa e neguei. Ela revirou os olhos e me mostrou o moletom.

- Então, o que significa isso? Por isso sabe tanta coisa do Justin! Você era Belieber, não era?
- Não!
- E isso no seu braço? “NSN”? O lema do Biebs riscado de... Delineador preto!
- Quero parecer como uma belieber, não posso?
- E porque não coloca esse moletom então?
- Decidi mudar um pouco. Mel não vai brigar agora comigo agora, vai? Na véspera do show, faltando uma hora... Não quero brigar, mas também não quero esclarecer nada. Aqui está o meu estojo de maquiagem, pode usar a vontade.
- Tá... Não vou brigar com você.
- Bom mesmo.

Rimos e ela pegou meu estojo, colocou em cima da minha cadeira do lado de meu espelho e ela começou a se maquiar. Tinha pegado o delineador e um simples gloss e passei olhando no espelho, soltei meu cabelo e o penteei graciosamente. Coloquei meu all star e sentei na cama, esperando ela terminar de se arrumar. Peguei meu celular e entrei no twitter do Justin, ele estava on.

Preparing the show in NEW YORK! LEGGOO!

Ele já deve estar lá. Chamei a Melanie e ela viu o tweet e começou a gritar 
feito uma louca. Belieber é belieber. Ri dela e pegamos todas as coisas e descemos correndo, chamei meu pai e fomos até a garagem, colocamos todas as coisas na BMW e entramos.

Chegamos ao local do show, já estava lotado. Meu pai se despediu de gente e voltou para casa. Ficamos na fila por alguns minutos e Kenny nos levou ate a área do M&G. Só tinha umas cinco meninas e nós duas. Melanie não parecia acreditar, eu estava tão de boa, sério. De repente aparecem Justin e Pattie, todas começaram a gritar, eu fiquei meio assustada, mas gritei também, para me enturmar.

- Não precisam gritar, guardem todas as suas energias para o show!

Agora sim que elas gritaram. Ri de Justin e eles se aproximaram de nós duas. 
Melanie se mordia de ansiedade.

- Calma Melanie!
- Calma nada, o Justin Bieber tá no mesmo lugar que eu, respirando o mesmo ar que eu! OMB.

Ri dela e Justin me olhou dos pés a cabeça e sorriu.

- Justin, posso te dar um abraço?
- Claro shawty.

Melanie o abraçou quase morrendo e deu um beijo em sua bochecha. Eu só sorria sem graça.

- Quer um abraço também? – disse Justin, me olhando com um lindo sorriso no rosto.
- Ah, não custa nada.

Ele sorriu e me abraçou. Sussurrou no meu ouvido que estava com saudades e que estava muito grato por eu ter vindo, e por ter escrito NSN no braço por causa dele. Deu-me uma puta vontade de chorar, só escrevi aquilo para disfarçar minhas cicatrizes horríveis, mas se ele pensou isso, já é uma boa impressão. Me soltei dele e sorri.

- É... Minha amiga trouxe umas coisas para você autografar Justin.
- É!
- Ok!

Melanie pegou a pilha de revistas e Justin me olhou surpreso.

- Não foi minha ideia! – Disse eu, baixinho.

Ele riu e começou a autografar. Era incrível sua velocidade com as mãos, ele autografou tudo em menos de cinco minutos!

- Para terminar, vamos tirar uma foto, Mel?
- Claro (Seu nome)!

Justin ficou no meio de nós duas, e sem deixar de ser aquele namorado abusado, segurou em minha cintura forte. Só faltava ter me beijado lá no meio das meninas. Ele tirou a foto e colocou um bilhete dentro de meu bolso e o olhei.

“Te espero lá no meu camarim depois do show shawty, tenho uma surpresa para você. By: Justin Bieber.”   

Sorri sem graça e ele piscou para mim, Melanie viu a piscadela e me olhou com cara de safadinha.

- É impressão minha, ou ele piscou para você?
- É, ele piscou sim.
- Arrasando corações, como sempre.
- Vá à merda Melanie!

Rimos juntas e fomos para a pista Premium.
.......................................................................................................



Heey Girls--*

Fiz outro big de presente, aproveitando que eu estou de férias, tempo é oq não falta kakak' Gente, não to acreditando, como assim tem 27 comentários? eu to cega? kkk' ~le eu com cara de wtf~ É serio isso mesmo? OMFG. Thanks! 

Se eu me emocionei com o Beagle? Com certeza! kkkk' Adoro filhotes. '--' quem tá curioso para o próximo capítulo? o/ 

Indicações:

Gostaram? Me avisem!

~~ 10 comentários? ~~ 

- Giih.  

24 comentários:

  1. Lindo *-* perfeeitoooooooooooooooooooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. LEITORA NOVA AQI
    Que perfeitoo, ela é tão enigmática *-*
    continuaa, adorei *-*

    ResponderExcluir
  4. Woooooooooooooooooooooowwwwwwwwwwwwwww
    M&G , foi bom em ? A Mel num vai vir procurar eu depois do show ? Pera quem vai levar eu pra casa , a Mel vaii só ?

    ResponderExcluir
  5. Anônimo17:05

    UIA! Que chiiik tem uma surpresa para mim kkkkkkk'
    Aaaaah! Coooontinuaaa *-----*

    ResponderExcluir
  6. Anônimo17:09

    LIIIIIIIIIIIIINDO! POSTA MAIS MOOORE

    Gabi Krempel

    ResponderExcluir
  7. Anônimo17:13

    Wooooooooooooooooooooooooooow
    posta mais mulheeeeeeeeeer
    muito perfeitaaa *-*

    @Anonima U.U

    ResponderExcluir
  8. aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaamei muito

    ResponderExcluir
  9. Anônimo17:44

    leitora nova, amo sua IB

    ResponderExcluir
  10. Anônimo17:57

    continuaaa ta muito perfeito @justinbieberffc

    ResponderExcluir
  11. Anônimo18:06

    Leitora nova.
    Que perfeito *_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*_*
    Bieber me mandando bilhetinho? Que surpresa é essa?
    Lindo demaaaaaaaaaaaaaais.
    Posta, please, please :* Beijustin
    by: Bia

    ResponderExcluir
  12. Anônimo18:20

    Meeu velho! Ta muito perfeito! PQP! Cê é d+++.. CONTINUAA... Beijos'
    Clara

    ResponderExcluir
  13. HAAAAAA, que perfeitoo.
    Continuaa amoree.

    Mas akii, eu quero saber o q tem no braçoo, sobre as cicatrizes, curiosaa aki.

    ResponderExcluir
  14. Continua'h
    ameiiii,justin safadenhoo!
    Beijos
    -Alany

    ResponderExcluir
  15. Anônimo20:08

    não demora pra postar o proximo capituloo !! por favor , renho que aproveitar que estou sem provas .......... posta siim ....... sou sua fã e da sua #IB hahahah
    te adorooo , e continua !! não demoraaaaaaa !

    ResponderExcluir
  16. Amanda20:23

    Awn tá perfeito ... Continua *-*

    ResponderExcluir
  17. Muitoo perfeito
    continua logo gata *-*

    ResponderExcluir
  18. continua pelo amor de Deus q eu to morrendo de curiosidade,quero saber logo oq "eu" tenho no braço...@LoveJDrew4ever

    ResponderExcluir
  19. awn flor voce merece todos os comentários do mundo! hehe sua ib é perfeitissima e eu achei muito fofo aquele caozinho!
    O justin é muito lindo,fofo e tudo de bom! adorei esse finalzinho haha continua rapidão ta bom!? e faz outro capitulo big? aaa eu ADORO! bjo bjo

    ResponderExcluir
  20. Anônimo23:28

    Parabééns Amor Mara :D , Indica o Meu www.imaginefearless.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Aii,noossa sem palavras,esse IB é perfeito! *-*

    ResponderExcluir
  22. Gih , acaba logo com esse mistério tdo ... Pq ela tem akelas cicatrizes no braço ? E pq realmente ela decidiu se tornar rebelde ? São tantas perguntas ... Tô mt nervosa , cara !
    Continuaa !
    Diva s2 '

    ResponderExcluir
  23. Anônimo12:53

    me pq vc pra na melhor parte?????????????
    Continuahhh ta PERFECT
    BIEBERKISS
    S2

    @brendajessika_

    ResponderExcluir
  24. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir