21.10.11

#IB - The Skater Girl: 25° Parte

- Filha, eu tenho certeza absoluta que ele quer se aproveitar de você.
- Aproveitar como?
- Tirando alguma coisa de você. Não tenho idéia do que seja, mas fique atenta, por favor.
- Ok paizinho.

Senti minha barriga roncar. Que horror, nem estou com tanta fome assim.

- Está com fome?
- Você ouviu? – O olhei incrédula.
- Sim.
- Fuck. É... Eu estou com fome sim, problem?

Meu pai riu e pegou seu celular.

- Posso pedir uma pizza?
- À vontade!

Rimos e ele pediu a pizza. Ele foi até a locadora e pegou uns DVDs de terror, – mesmo eu odiando terror – e fizemos a bagunça em casa. Comemos a pizza, cantamos muito GnR, morri de medo nos filmes...  Enfim, fazia mais de anos que não fazia isso com meu pai. Acho que dormi em um dos colchões que colocamos na sala, mas eu acordei na minha cama, então...

Dois dias depois

Já eram duas da tarde. Estava lendo um livro que encontrei nas coisas de minha mãe. Ele se chama ‘A Ultima Música. ’ Já estava na pagina 90 quando escuto um dedilhar de dedos em um violão lá fora.  Fechei o livro e sai na sacada. Vi Justin com um violão em seus braços e tinha um buque de rosas vermelhas em cima de minha cadeira.

Peguei o buque e um turbilhão de pensamentos me veio à mente. Ele cantava Favorite Girl. Uma lágrima caiu em meu pijama – não tinha tirado ainda, é – e escorei meus braços nas barras de ferro. Cantei junto com ele, cheirei as rosas, eram perfumadas e lindas. Ele terminou de cantar e o olhei molhando os lábios.

- Gostou shawty? – Disse ele, com um sorriso lindo no rosto.
- Eu amei Justin. Mas se você acha que vai me reconquistar de volta, está enganado.
Seu sorriso desapareceu na hora. - Espera. Você se lembra, agora?
- Lembro. Por que veio aqui sendo que a sua namoradinha tá lá no hotel te esperando? Justin cai na real, eu já sei a verdade. Eu pedi para não me procurar! Que coisa Justin!
- Para de ser marrenta (Seu nome)! A Selena nem está mais aqui! Eu briguei com ela feio ontem. Eu já te disse, eu NÃO estava namorando ela por mensagens! Ela só me aturava todo dia! “Ah Justin, larga essa putinha e volta pra mim! Eu sei que você não a ama de verdade!” Meu amor, acha que eu ficaria com você todos esses dias se não te amasse? Eu te amo incondicionalmente e nunca vou deixar de te amar!
- Tá, vou fingir que acreditei nesse discurso ensaiado. Ah, pega aqui as suas rosas de volta. Acabou Justin, acabou!

Joguei o buque na grama e o olhei com desprezo.

- Sequer terminar tudo bem, só vim dizer adeus mesmo.

Ele saiu com seu violão nas costas enxugando lágrimas entre lágrimas. Revirei os olhos e voltei a ler o livro. Comecei a chorar lembrando-me de nossos momentos felizes juntos. Como fui idiota. Como pude acreditar nele? Eu só era um contratempo. Ouvi batidas na porta e abaixei o livro que cobria meu rosto.

- O que aconteceu filha?

Joguei o livro no chão e abracei meu pai.

- Me lembrei dele pai. De tudo. Justin acabou de vir aqui e fez uma serenata para mim.
- E vocês voltaram?
- Me respeita pai! Eu sou mulher de ficar vadiando com um menino arrogante e mentiroso?
- O Justin não é assim. Ele é humilde e generoso. Adora ver todos sorrindo. Ele só veio aqui na esperança de você se lembrar e o perdoar. Filha, você é tão ignorante e marrenta que não percebeu que ele veio aqui como um gesto de carinho. – Revirei os olhos secando meu rosto. -Ele me contou tudo o que aconteceu. Até dos seus cortes. Afinal de contas, olhando por outro lado, foram por causa deles que isso tudo aconteceu, não é?

Senti-me gelada por uns segundos. Até ele sabe.

- Esses cortes? Eu só falei de um para ele. Os outros três eu não...
- Mas ele viu. E de todo jeito o magoou por você não ter contado.
- E ele me magoou mais ainda por ter me traído!
- (Seu nome completo), você já está me irritando garota!
- Foda-se! Ninguém me agüenta mesmo.
- A única pessoa que te agüentava de verdade você deixou ir embora.
- Como assim?

Ele saiu do quarto e me olhou sem expressão alguma no rosto. Bateu a porta e sentei no chão. O que ele quis dizer com isso? Argh. Peguei o livro de volta e voltei a ler.

(...)

Acordei de manhã e estava muito frio. Tinha esquecido a porta de vidro aberta. Fui até lá e vi o buque de rosas ainda no chão.

- Devia ter jogado no lixo. – Pensei.

Desci cuidadosamente pela árvore por causa de meu braço e pego o buque. Tinha uma carta dentro dele. Retirei a carta e a abri.

“NY, 20 de outubro de 2011.

(Seu nome),

Eu sei que a essa altura do campeonato você já deve ter se lembrado de mim e deve estar me xingando agora. Só quero que saiba que as próximas palavras que você ler são a mais pura verdade.

No dia que saí de sua casa depois que fique sabendo do seu acidente, vi Selena usando o anel que havia te dado. Tudo se encaixou perfeitamente. Esperei para ver se ela me contaria alguma coisa, mas não disse nada. Então, hoje, eu briguei com ela. Fiz de tudo para que ela me falasse o que fez realmente para que você desse o anel para ela. Sabe o que ela realmente armou? Nos separar.

Aproveitando que eu estava desacordado e te deixando indefesa, inventou essa história de que eu era namorado dela e que só estava com você por ‘Diversão’. É mentira. Quando vim para NY já tinha terminado com ela. Mas, como a Selena é teimosa, ficou me enchendo todos os dias por celular. Mandando mensagens, DMs, ligações, tudo! Porém, eu só tinha olhos para a minha marrentinha. Não te tirava da minha cabeça por nada...

Eu sei que errei em não ter te contado, mas é que eu te amo demais e não queria te ver triste por causa dela me enchendo. Desculpe-me se te magoei, fiz chorar. Tudo aconteceu em dobro comigo. Eu errei com você e te peço perdão. Espero que reconheça e me perdoe (seu nome). Vou sentir muito a sua falta, não sei quando vou voltar para NY de novo, então, é um adeus. Mas a distância não vai mudar em nada o amor que sinto por você. Vou me lembrar com carinho de todas as nossas palhaçadas juntos, dos beijos, dos bons momentos. Com lágrimas nos olhos agora lhe digo Adeus, meu amor.

Com amor,
Justin Bieber.”

Chorava sem parar. Minhas lágrimas molhavam a carta, borrando a caneta que ele tinha escrito. Subi correndo e troquei de roupa.



Nem tomei café e já fui correndo para o hotel.

(...)

- Senhor, você pode me informar se o Justin Bieber ainda está no hotel?
- Ele saiu faz uma hora mocinha.
- É... Você sabe para onde ele foi?
- Para o aeroporto.
- WHAT?! OMG. Preciso ir. Obrigada pela informação!
- Não há de que!

Sai correndo e voltei para casa. Quase atropelei meu pai, trombamos um no outro e cai no chão, ele me levantou preocupado.

- O que aconteceu? Aonde você foi?
- Vou atrás da única pessoa que me agüenta pai! Me leva no aeroporto?

Ele sorriu e concordou. Fomos para a BMW e saímos em disparada para o aeroporto.

(...)

Estávamos correndo entre as plataformas e paramos.
- Em que vôo o Justin deve estar?
- Aquele que está cheio de meninas rodeadas?

Olhei para o portão ao nosso lado e vi Justin entrando no avião.

- AH PAI! EU PRECISO IR LÁ! Distrai o povo!
- Como?
- Não sei! Inventa!

Saímos correndo. Meu pai pegou uma guitarra e um amplificador de som de um dos passageiros e o ligou. Começou a fazer um solo de guitarra e todos olharam para ele, vi que Justin tinha parado de subir a escada e parou para olhar também. Aproveitei e corri até ele. Ultrapassei a multidão e os seguranças, as meninas me xingavam, é. Subi a escada e parei na frente dele. Me olhou surpreso e sorri.

- Como...
- Não importa, não vou te deixar ir embora enquanto não ouvir o que tenho a dizer. Desculpa por ser idiota e não ver que você estava certo. Eu li a carta hoje de manhã e percebi o erro que cometi com você. Não sabe como eu e meu pai corremos nessa cidade para chegar aqui a tempo de te ver.
- E eu iria até o fim do mundo por você.

Sorrimos e ele me beijou calmamente. Ouvimos os aplausos das Beliebers e paramos de nos beijar. Alguém chamou o Justin no avião e vi Pattie e Scooter sorrindo.

- Mãe, agora eu sei que ela é a minha pequena.
- E eu sei que ele é o meu gayzinho lindo.

Ele me olhou rindo e me selou. Todos gritaram e vi meu pai passar pela multidão, ele segurava algumas malas nas mãos e me entregou.

- Vai com ele. Eu já falei com sua mãe, ela deixou você entrar em turnê com o Justin.
- Sério?
- Sério. Cuida bem dela Justin. – Meu pai deu um tapinha no ombro dele e rimos.
- Pode deixar Senhor Marcos, quer dizer, Marcos. Vou fazer dela a mulher mais feliz do universo.

Justin beijou minha testa e abracei meu pai. Não queria deixá-lo outra vez.

- Vou sentir sua falta pai.
- Quem disse que é pra sentir falta? Eu vou com você!
- AAAH PAI, TE AMO! ♥

Rimos e entramos no avião. Sentei ao lado de Justin e encostei minha cabeça 
em seu ombro.

- Sabia que me perdoaria. Você não é tãao marrenta quanto aparenta ser.
- Tá, admito, eu sou muito sensível tá?

Ele sorriu e mordeu os lábios. Segurou em minha mão e beijou minha testa. Adormeci em seu ombro em questão de minutos.
..........................................................................................................



Heey Girls *-* 

Gente, desculpa mesmo por não ter postado ontem. Eu não parei em casa! Mas, postei hoje e esperam que tenham gostado. (: 

Aw gentix, ela lembrou e ainda perdoou! Bem, só no final né, mas beleza. Tem muito mais por ai! 

Gostaram? Me avisem pls! *-* 
~~ 10 comentários? ~~ 

- Giih

30 comentários:

  1. Continua Diva tá perfeitooooooooo

    ResponderExcluir
  2. Aaaaaaa! Ameei ! Cooontiinuaa ? *--------------*

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem. Esse capítulo foi demais, yep!

    ResponderExcluir
  4. Ingridi Belieber17:10

    Amei, esse capítulo me fez chorar, fico muito lindo
    Continua pleaseeee

    ResponderExcluir
  5. Ta mt lindo !
    Continua por favor (:

    Tuane >.<

    ResponderExcluir
  6. Meu Deus que capitulo maravilhosoooo *-*

    Continua por favoooooor

    ResponderExcluir
  7. Anônimo18:32

    continua pfffffffffffff

    ResponderExcluir
  8. ainn que fofis amei moree

    ResponderExcluir
  9. Anônimo19:39

    awnn eu sabia que ela (eu) o perdoaria *-*

    -Anna Luisa

    ResponderExcluir
  10. Anônimo20:30

    Continua Perfect *-*

    ResponderExcluir
  11. Anônimo21:31

    Nem sei o que falar, só que está perfeita, sem mais.

    ResponderExcluir
  12. PERFEITO. só digo isso.
    continua *-*

    ResponderExcluir
  13. Own que lindo *-*
    continua

    ResponderExcluir
  14. Lindooooooooooooooooo perfeitooooooooooooooooooooooooooooo :)

    ResponderExcluir
  15. Anônimo16:26

    [aaaaaaaaaaaa] se eu gosteei ? maginaa u_u
    eér claro ke eu gosttei , tta foda como sempre . CONTINUA !!

    By: Isaah Sousa

    ResponderExcluir
  16. Julie18:28

    AAAAAH! TO AMANDO ! a cada capitulo voce nos surpreende cada vez mais!

    ResponderExcluir
  17. ei bebe, pode divulga que eu estou a procura de novas moderadoras para meu blog de #IB? o blog é rafbee-jb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. aaaaaaaaaaaaaah amei flor parabéns mais uma vez sua #ib e perfeita :D

    ResponderExcluir
  19. Anônimo13:42

    Nossa, to amando muito sua #IB, tá mt linda, mt perfeita !!!!!! Por favorzinho continua o mais rápido possível !!! Beijuuuus !!!!
    By: Gi

    ResponderExcluir
  20. Continuaaaaaaaaa Fofa ta ótimo ASS:BIA

    ResponderExcluir
  21. Anônimo12:05

    Meu Deus! Que demoraa. não aguento mais! Continuaa. logooooo!
    Luisa

    ResponderExcluir
  22. Anônimo14:21

    continuaaaaa!!!!Tá muito legal!!

    ResponderExcluir
  23. Anônimo15:45

    Tá muito lindo amore !! Continua, eu to amando de paixão !!
    BieberKisses S2

    ResponderExcluir
  24. muito legal, continua por favor
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Oie amor...sou leitora nova e OMG...que ib incrivel!!!
    Continua o mais rapido possivel..haha

    Bjiim sz

    ResponderExcluir
  26. Anônimo17:32

    A-M-E-I ! Hmmmm vai rolar o que nessa turnê hein? continua!

    ResponderExcluir
  27. Aaaaah amr continuaa plz' to super ansiosa aquii !! Tah foda pra caralho esse #IB haha'

    ResponderExcluir
  28. Luiza Ludolf Biasizzo Discacciati Ballesteros13:30

    a-d-o-r-e-i *-* hahaha Selena vilã!

    ResponderExcluir
  29. Raissa13:11

    To chorando vey :'c

    ResponderExcluir