21.11.11

#IB - The Skater Girl: 40° Parte

Já de noite, após passar um dia inteiro com meu pai comprando roupas para minha mãe – ela esqueceu a mala dela na casa da vovó - e para mim também, finalmente estávamos quase prontos para ir até o aeroporto. Minha mãe vestia suas roupas enquanto eu e meu pai a esperávamos.

(...)

Meu pai pagava nossa estadia no hotel quando fomos surpreendidos por Pattie, Scooter, Kenny e Dan. Meu pai e Pattie afastaram-se de nós e pensei maliciosa.

- Foram pro escurinho é? – Perguntei a eles três, que riram logo em seguida.
- Acho que sim! Eles não desgrudam um do outro! – Scooter afirmou.
- Concordo. Mas, porque vocês vão embora? – Dan perguntou curioso.
- Meu pai vai entrar em turnê novamente.
- E você vai junto?
- Vou! Não vou perder a chance de conhecer o Axl!

Eles riram e os pombinhos namoradores voltaram. Deixei escapar um risinho um tanto maliciosa, e os rapazes riram de volta.

- Porque estão rindo?
- Ah... Você é muito piadista Kenny! – Scooter deu uma cotovelada no Kenny, que me fez rir mais.
- É!

Rimos novamente e dei um abraço em cada um. Faltava só Pattie. Corri para seus braços deixando algumas lágrimas caírem, sentirei muita falta dela, muita mesmo.

- Vou sentir muito a sua falta querida, você sempre será a minha norinha brasileira.
Ri dela e a abracei forte. – E você sempre será a mãe que nunca tive.

Pattie olhou para minha mãe, que nos olhou de cabeça baixa. Deixei uma inocente lágrima rolar em meu rosto ao lembrar-me de Justin, mesmo sabendo que não posso chorar por alguém que não devia ter derramado uma única lágrima.

- O que foi querida? – Ela perguntou.
Soltei-me dela e olhei-a em seus olhos. - Sabe Pattie, por mim eu voltaria correndo para os braços aconchegantes de Justin e o perdoaria por tudo.
- E por que não faz isso?
- Porque seria mu...  - Olhei para Pattie sem entender ao perceber que aquelas palavras não saíram de sua boca. – Não foi você quem disse isso, foi?

Ela negou e virei para ver quem era. Vi Justin se aproximando de nós. Sequei meu rosto e ele me olhou triste.

- Onde está indo? – Perguntou ele, fitando minhas malas.  
- Para San Diego. – Respondi fria e direta.
- E por que não me avisou antes?
- Eu preciso de um tempo para pensar e...
- Como você acha que eu vou ficar depois de tudo isso? Já não basta você terminar comigo e me-
- Justin, vai ser bem melhor para nós dois e você sabe disso. Pra que ficar discutindo? – Interrompi-o. – Meu pai vai para lá, e eu quis ir com ele. Algum problema?
- Sim.
- Qual então?
Ele ficou em silêncio e molhou os lábios. – Você ia embora sem se despedir de mim?
O olhei segurando o choro e respondi. – Já disse que prefiro sofrer sozinha.

Justin me olhou sem palavras a declarar. Olhei-o em seus olhos enquanto ele chegava mais perto de mim. Imploravam por um simples abraço. Tentei conter as malditas lágrimas que sempre querer cair na hora errada.

- Pode pelo menos... Dar um abraço de despedida?

Revirei os olhos e andei até um mínimo espaço que tínhamos entre nós. Parei em sua frente, olhando em seus lindos e penetrantes olhos cor de mel, que me fazem sonhar em cada troca de olhares. Abraçou-me forte. Não consegui resistir, sabia que seria o ultima abraço caloroso, confortante e carinhoso que receberia dele pelos próximos dias, então cedi, abracei-o de volta de senti lágrimas geladas rolarem pelo meu rosto. Soltei-me de seus braços e ele aproximou-se de meus lábios para me selar, esquivei-me e mudei seu alvo para minha bochecha. Parou de me beijar e voltei para perto de meu pai, secando novamente meu rosto.

Meu pai pagou a estadia e direcionamos para o táxi que estava a nossa espera. A última coisa que me lembro de ver era os olhos dele mostrando seu arrependimento. As lágrimas também não ajudaram muito, já que essa seria a última vez que veria ele.

(...)

Acordei com os cutucões de meu pai, avisando que já tínhamos chegado. Espreguicei-me e ajeitei meu cabelo. Estava morrendo de sono. Saímos do aeroporto e fomos direto para o hotel. Mal podia esperar para conhecer toda a banda. Meu pai notava a minha euforia e tentou me acalmar. Finalmente, depois de minutos intermináveis, chegamos ao hotel. Meu pai ficou conversando com a moça da recepção e sentei em um banco. Para o meu azar, um grupo de beliebers estava entrando no hotel. Como eu sei que são beliebers? Todas as garotas vestiam blusas do Justin.

- Ih, Fudeu. – Pensei.

Abaixei a cabeça e tentei disfarçar, mas foi em vão, elas me reconheceram e vieram histéricas até mim.

- AAAAAAAH, É A NAMORADA DO JUSTIN!
- PODE DAR UM AUTÓGRAFO?
- CADE O BIEBS?
- É! CADÊ O BIEBS?
- AAAAAAAAAH, QUEREMOS VER O JUSTIN!

Olhei-a assustadas e ri delas.

- Eu não estou com o Justin! Eu vim com meu pai.
- Ah... Mas, me dá um autógrafo?
- É! Pra mim também!
- E eu também!

Elas tiraram umas cadernetas de suas bolsas e assinei todas. Coitadas, depois que descobrirem que eu terminei com ele, vão querer rasgar esses autógrafos. Meu pai me chamou depois de ver toda aquela histeria e sai sã e salva de lá. Entramos no elevador e respirei fundo.

- Elas quiseram te atacar?
- Pai, a mídia não é tão rápida como você pensa tá? Só vão anunciar que ele está solteiro daqui alguns dias, e se alguém comentar, porque se for por ele, vai demorar a ele assumir.
- É, isso é verdade.
- Filha, você vai ficar no quarto com todos aqueles homens ou comigo? – Perguntou minha mãe, muito inocente.
- Acho bem melhor você ficar com sua mãe, ainda mais que tem mais de quatro homens no quarto onde eu vou ficar.
- Quem vai ficar no seu quarto?
- O Axl, eu, Tommy, Frank e Ash.  
- Ash? Que Ash? Integrante novo?
- O filho do Axl.
- Ahm... Não sabia que ele tinha um filho.
- E nem eu! Ele me disse que o filho dele iria ficar conosco na turnê, e eu concordei. Afinal, nada como fazer mais amigos!
- E ele tem... Quer saber, esquece. Vou dormir com você mãe, prefiro não ficar com drogados no mesmo quarto que eu.

Rimos e a porta do elevador abriu-se. Andamos pelo corredor e meu pai indicou nosso quarto. Minha mãe abriu a porta e eu me joguei na cama. Logo em seguida, o entregador de malas trouxe-as para cá, me assustando. Meu pai me chamou para conhecer a banda e fui correndo com ele, haha.

- Aqui é o quarto.

Estava a maior barulheira lá dentro, gritaria e sons de bateria e baixo, além de o Axl cantando. Parecia estar em um show, sei lá. Meu pai colocou a mão na maçaneta e me perguntou:

- Está pronta?
- Não!

Ele riu e abriu a porta, fiquei de queixo caído. Era como imaginei, eles estavam ensaiando. Tentei me controlar para não sair correndo e abraçar o Axl e não soltar mais.

- Então essa é sua filha? – Axl aproximou-se de nós, apertando a mão de meu pai.
- Sim Axl. Já disse que ela é sua fã?
- Não! Você é minha fã?

Sorri meio envergonhada e concordei. Mordi os lábios de ansiedade e abracei-o. Droga, eu disse que ia me conter! Ele riu e me abraçou de volta, aw.

- Como é seu nome?
- (Seu nome).
- Sabe, eu tenho um filho que é da sua idade, bem, parece ser da sua! Quantos anos tem?
- Quinze.
- Ah, o Ash tem 17, quase da mesma idade!
- Ah... Legal...

Se eu estava com vergonha? Que isso, imagina! Ele falando assim do filho dele, até parece que ele é bom partido pra mim, logo eu que sou tão santa! Tá, tá, parei.

- Você canta?
- Ah... Vamos dizer que mais ou menos.
- Ela iria fazem um dueto com o ex-namorado dela, mas acabou que por causa desse desentendimento não deu muito certo, sabe?
- Ah sim, e ela namorava quem?
- Justin Bieber. – disse eu, baixinho.  
- Você que era a namorada do Bieber? Espera, vocês terminaram?
- Sim e sim. É Axl, se não se importa, não quero falar sobre isso ok? É meio... Pessoal.
- Não tem problema! Eu que sou um enxerido e fico perguntando isso.

Ri dele e ele convidou-nos para entrar. Conheci todos que estavam lá, mas infelizmente Ash não residia no quarto, tinha acabado de sair. Tommy era o baixista, Frank o baterista. Ainda tem o Chris e o Dizzy, que são os tecladistas e Richard e Ron, outros guitarristas, que estavam no outro quarto. Eles me ensinaram um pouco de cada instrumento, mesmo eu sendo um desastre em todos. Divertimos-nos a beça, eles são muito divertidos e animados, porém, meio loucos!

Meu pai me ensinou três acordes na guitarra, que eu finalmente consegui tocar – depois de anos! – sem errar uma vez sequer. Axl me chamou para cantar com ele também, que ficaram surpresos com minha voz. Por mim, deve ter sido um horror! Mas de acordo com eles, minha voz é super forte, emotiva... Se eu me senti? Ah, pode ter certeza que eu me senti a tal! Já era tarde, umas 23h mais ou menos, e meu pai me mandou ir dormir. Desde quando eu tenho hora pra 
dormir? Mas, não ia dar uma de problemática na frente deles, não mesmo.

Estava andando pelo corredor quando trombei em um rapaz. Espatifei-me no chão e ele me ajudou a levantar. Eu estou sonhando ou tem um Deus Grego diante de mim? Pele clara, cabelos lisos e loiros claros, olhos azuis de deixar qualquer uma vidrada, seus lábios eram carnudos e vermelhos, super beijáveis, haha. Muito musculoso e ainda por cima, muito alto. Senti-me uma baixinha perto dele. Vestia uma blusa com a bandeira dos Estados Unidos e um bermudão rasgado. Chinelos de dedo, e seus cabelos estava meio bagunçados. Meu deus, isso que é homem. Ele sorriu e me olhou dos pés a cabeça.

- Desculpe, eu estava super distraído, se machucou?

Tentei acordar para a realidade e neguei meio vidrada naqueles olhos azuis hipnotizantes.  

- A que devo estar diante de uma princesa linda como você?

Olhei-o envergonhada e senti minhas bochechas corarem, molhei os lábios e sorri.

- Bem, eu que devia perguntar isso. A que devo estar diante de um deus grego? Eu desmaiei e estou sonhando?   

Ele riu de mim e sorriu. Seu sorriso era encantador. Sorri de volta e molhei os lábios novamente.

- É... Preciso ir, foi bom te conhecer! – Disse eu, a senhora sem assunto, é.
- Foi ótimo te conhecer. Tomara que eu consiga trombar em você de novo!

Ri dele e já estava indo para o quarto quando ele me interrompeu.

- Espera!
- O que foi?
- Como é seu nome?
- (Seu nome)!
- Ah, bonito nome!

Sorri e virei-me de volta, seguindo até o quarto. De repente, sinto uma mão gelada me tocar, viro-me e sou surpreendida com um beijo. Um beijo muito bom, digo. Eram as tardes quentes de verão misturando-se com as noites gélidas do inverno, céu e inferno, água e fogo. Os opostos se atraindo, entregando-se sem rendimento algum ao outro. Ele segurava em minha cintura e parecia que nunca mais soltaria. Só até eu me soltar de seus braços e entrar no meu quarto sorrindo igual a uma boba. Sinceramente? O Justin perdeu feio agora.
........................................................................................................


Heey Girls *-* 

OMG, será que ela nunca mais vai ver o Justin? Como ela vai lidar com tudo isso? As beliebers, o ódio? E esse Ash, vai mudar tudo pelo que ela sente - ou pelo menos sentia - pelo Justin? Essa turnê vai dar o que falar! 

Para quem perguntou, o meu twitter é @GennahBieber e meu tumblr é thekindsoflove. me sigam lá! (: 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

- Giih

20 comentários:

  1. Primeira a comentar Uhuuuu ~dançinha~
    Omg O.o ta PERFEITO *-*
    Ta muito bom, to super, hiper , mega viciada.
    Continua *-*
    Te Amoo Gih minha Diva <3

    ResponderExcluir
  2. Anônimo16:23

    Continua amore bom d+ <3
    By: Jana

    ResponderExcluir
  3. Ta divo linda, mais eu nã queria termina com o justin. Eu ainda o amo eu que amo mais nçao quero admitir.
    CONTINUA.

    ResponderExcluir
  4. aaaaaaaaaaaaaah continua
    to com dó do nosso juju *-*
    ta perfeira

    ResponderExcluir
  5. Anônimo17:59

    continuaaa
    esse menino pode se um deus grego mais não gaha o justin
    eu sinto falta de ler dele aqui
    tomare que eles voltem logo
    se enxem de bejos e ...

    ResponderExcluir
  6. Anônimo18:02

    continuaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  7. aaawn tadinho do Juus !
    tomara que eles voltem (yn)
    mas deixa que esse rolo vá pra imprensa..tipo,pro Justin achar que ela esqueceu ele, sabe ?
    seria legal MUAHAHA
    tadin

    ResponderExcluir
  8. Hello18:14

    My God ! O JB perdeeu feeio msm dessa vez hein ! Quee dóo ! Continua

    ResponderExcluir
  9. Anônimo18:16

    ahh, amei mas estou doida para saber quando o jus vai voltar com a (seu nome)

    ResponderExcluir
  10. Anônimo18:43

    [aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa] Que perfeito !
    Cara eu amo seu IB e se você
    Não continuar eu acho que morro !
    HAHA ! Juss perdeu feio !
    Ninguém mandoou dar mole !

    ResponderExcluir
  11. Laísa19:31

    AAiiiiiii táh perfeitamente perfeito, to muito viciada no seu IB que por sinal é muito bem escrito*-* PARABENS VIU TO AMANDO !!!!

    ResponderExcluir
  12. [aaaaa] cara , meeu , eu nem me sentti quando a melhor banda de rock me elogiou neeh u_u , aaaaain deeeeos & as beliebers ? pedindo autógrafo ?? óó tto podendo [/sou fooda beyb :3 , meeeeeu com o Ash eu vou desencanar fácil fácil do Bieber heen ; coontiinua amr , ameeey o capítulo de hog

    ResponderExcluir
  13. Continua,ta muito perfeito!
    -Alany

    ResponderExcluir
  14. OMB ! Morri, tadinho do Justin KKK, continua

    ResponderExcluir
  15. haha perdeu em Justin
    continuaa

    ResponderExcluir
  16. Anônimo13:30

    Demais amei,adore,maravilhoso,perfeito,tudo de bom e assim por diante.Sabe amore eu queria ver uma foto do Ash(se for possível).Continue.Por favor.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo14:29

    http://lauralocci.tumblr.com/

    ResponderExcluir
  18. aaaaaaaaaaaaaah que lindo !! TÁ perfeitão !
    Meninas leiam o meu blog http://justimaginebeliebers.blogspot.com/ POR FAVOR !

    ResponderExcluir