2.12.11

#IB - The Skater Girl: 48° Parte

Cheguei até o ônibus pensando na bronca que levaria e por ter que aturar a Selena. Nada me animava a um bom tempo. Meus sorrisos  e risadas são forçados, em exceção daqueles que o Dan conta as piadas mais engraçadas de todas, nisso sim. Mas, faz tempo que eu não sorrio de verdade. Entrei no ônibus e minha mãe me olhava com um olhar matador. Fiz uma cara de ‘não me mata!’ e ela levantou do sofá.

- Por que saiu daquele jeito e desligou o telefone? Achou que ninguém iria notar seu sumiço?
- Eu só queria ficar sozinho um pouco, um tempo para pensar. Me entenda mãe, ultimamente as coisas não andam boas comigo.
- Eu sei Justin, mas você tem que erguer a cabeça e mostrar que é forte!
- Eu não consigo sem ela.
- Consegue sim! Se for preciso, eu a faço vir aqui te visitar pra você melhorar.
- É diferente mãe. Eu não agüento ver ela com outro, pensando que poderia ser eu lá, abraçando ela, beijando ela...
- Para de ser dramático e foca na sua turnê, meu filho. Eu sei que é difícil, mas foca na turnê. Você vai ver, o trabalho vai te ocupar e você vai esquecer a (Seu nome).
- Vai ser difícil demais esquecer, mãe.
- Você pelo menos vai tentar?
- Eu vou, mas e se-
- Largue todo esse pessimismo e o negativismo. Seja positivo e Never Say Never. Se você quer, você alcança. Agora, me promete que vai tentar sem reclamar?

Demorei um pouco a responder. Tentar eu vou, mas, eu tenho direito de reclamar. Quer saber, eu topo. Eu não consigo seguir a frente sem ela, porém, vou tentar ficar sem ela.

- Prometo. – Disse eu, meio magoado.
- Eu a vi na TV. Foi por isso que você ficou daquele jeito?
- Foi.
- O Marcos queimou a mão minutos antes de o show começar e ela teve que tocar, não foi por escolha dela, querido.
- Como ele queimou a mão dele?
- Com o amplificador de som. Acho que ele estava queimado, não sei ao certo, e quando ele conectou a guitarra, ele queimou a mão e o amplificador queimou de vez. Por sorte, a guitarra ficou intacta.
- Eu vi, ela tocava com a guitarra do pai dela.
- Você devia se orgulhar dela, e não ter ficado daquela maneira.
- Não é minha culpa! É esse coração burro que me atormenta. Tem vezes que dá vontade de arrancar ele fora por me fazer sofrer.
- Nunca pensei que você sofreria tanto por causa de uma megera, Justin. – E a cobra chegou chegando.
Senti meu sangue ferver e a raiva tomar conta. - Pensou errado então, Selena. Mas, pra que se intrometer na conversa alheia? Conversa paralela entre duas pessoas, ponto A e ponto B. Nada de ponto C entrosado.
- Justin, se acalma – disse minha mãe, segurando em meu ombro – Vá tomar um banho quente, ok? Selena vem comigo, preciso conversar com você.
- Ok Pattie.

Elas duas saíram juntas e direcionei-me para meu quarto. Tranquei o quarto e me joguei na cama.

- Queria tanto esquecer, mas é impossível!

Levantei com dificuldade e fui tomar meu banho. Liguei o chuveiro e sentia a água quente me acalmar totalmente. Mesmo tentando tirar ela da cabeça, me lembrei de nosso primeiro banho juntos. Foi muito engraçado. Ela colocava espuma no meu nariz e eu no dela. Aqueles dias foram os mais perfeitos da minha vida, não teria como esquecê-los.

Sinceramente? Preferi me lembrar deles para me deixar feliz e não tentar esquecer para sofrer. É como se eu estivesse com ela naquele momento e isso me deixa feliz. Desliguei o chuveiro e me enrolei na toalha. O espelho estava todo embaçado. Escrevi com meu dedo “Forever and Always” e sorri. Sequei-me e voltei para meu quarto. Dessa vez, sem Selena. Coloquei uma cueca boxer preta e deitei-me pensando no que faria amanhã. Acabei adormecendo alguns minutos depois. 

Mode Justin off*

(...)

O show foi incrível, meu pai viu tudo pela TV e ficou muito orgulhoso de mim. Eu fiquei tão feliz por tudo. Nunca pensei que iria conseguir fazer o que fiz hoje!

Depois do show, fomos ver meu pai, que já estava bem, e voltamos pro hotel para arrumar nossas malas, já iríamos embarcar para Londres. Arrumei minhas malas e ajudei meu pai a arrumar as dele, já que sua mão não tinha se recuperado totalmente. 

- Filha, eu acho que até minha mão melhorar, você vai ser minha substituta.
- What? Não quero ver uma guitarra nos próximos dias! Meus dedos estão detonados, essas cordas machucam os dedos!
- Mas isso é só no começo! Eu também fiquei assim nos primeiros shows. Você não ficar mais que dez shows, então, pode ir se acostumando.
- Dez shows? Você quer matar meus dedinhos? – Mexi meus dedos cheios de bolhas para ele, que riu.
- Você quer machucar a minha mão mais do que está machucada?
- Droga, você ganhou. Tá, eu toco no seu lugar. 
- Sabia que você tocaria.
- HA-HA-HA. Agora, só falta isso para você guardar? – Apontei para um tênis dele que estava encostado na parede.
- Não, eu vou ir com ele. Pode fechá-la filha. Obrigado por ajudar.
- Não foi nada. Pai, eu queria conversar com você, se puder, lógico.
- Quer desabafar?
- É.
- Lógico que eu posso. Para a minha filha eu tenho todo o tempo do mundo.
Sorri para ele e o abracei. – Obrigada pai. É sobre o Justin.

Fiquei em silêncio e sentei na cama. Meu pai sentou ao meu lado e coçou sua cabeça.

- O que tem o Justin?
- Sei lá pai. Mesmo eu estando com o Ash, não consigo tirar o Justin da cabeça. É muito estranho. De uns dias pra cá, eu não paro de sonhar com ele. Teve um dia, que eu sonhei que estávamos em um julgamento e o Charlie estava julgando quem deveria me namorar.
- Que estranho!
- Estranho? Estranho é pouco. E ele tinha me falado sobre um encontro que ele teve comigo quando nós estávamos na França. E o Ash também estava nesse sonho, ele disse que eu estava namorando com ele por uns seis meses e que por causa do encontro que eu tive com o Justin eu estava confusa dos meus sentimentos com ele, e quando iriam declarar a sentença, minha mãe me acordou.
- Nossa.
- E não foi só isso, O Ash tinha dito que eu tinha feito um show com o Guns e que eu tinha tocado guitarra no seu lugar, porque você tinha machucado sua mão. E foi isso que aconteceu! Eu não costumo ter sonhos premonitórios, pai.
- Tem certeza? Não teve mais nenhum sonho que te confundiu?
- Não. Eu tive mais um sim. Foi bem antes de eu conhecer o Justin, eu tinha sonhado que eu estava em uma praia e do nada, uma pomba branca pousa do meu lado, e a pomba desaparece e apareceu um garoto, que era o Justin.

Não conseguia continuar, era tudo tão confuso. 

- E depois?
- É... E ele tinha me beijado. – Dei uma pausa e tentei achar uma maneira de continuar. - Hoje, quando eu estava na praia com o Ash, aconteceu exatamente como esse sonho, mas o garoto foi o Ash e não o Justin.
- Se fosse um sonho premonitório, seria com o Justin, não é?
- É! Isso que me confundiu! Por isso eu me joguei do píer. Eu fiquei tão confusa e sem noção das coisas que me joguei!
- Você já pensou em ir a um psicólogo?
- Tá me chamando de louca?
- Não minha filha! Ele poderia decifrar esse seu sonho para você, sabia? Nunca iria te chamar dessa maneira!
- Ok, bem, se ele me ajudasse a decifrar, quem sabe?
- É.

Escutamos alguém bater na porta e meu pai mandou abrir. Axl apareceu sorrindo na porta e rimos dele.

- Marcos, eu e a banda precisamos que você nos ajude com uma coisa.
- Pode esperar só um pouco? Estou resolvendo um assunto sério com minha filha.
- Ah, ok! Quando puder, vá lá para o quarto, não vou atrapalhar vocês.
- Obrigada Axl – disse eu, sorrindo.

Ele saiu do quarto e fechou a porta. Deitei nas pernas de meu pai e senti as lágrimas rolarem em meu rosto.

- Às vezes, eu penso de que eu não devia ter deixado o Justin. Mas, parece que ele está tão bem sem mim que eu nem consigo olhar para aquela cara de convencido dele.
- Sabia que ele não atura a Selena de jeito nenhum?
- Como assim?
- A Pattie me disse que eles não param de brigar. Que toda aquela felicidade diante das câmeras é só por insinuação. Ele quer que você veja que ele está bem, mas ele não está. Ele sofre tanto com isso. Ele se culpa por tudo, por te fazer sofrer, chorar, e só de lembrar-se de você com o Ash, ele não consegue mais sorrir o dia todo.
- Verdade pai?
- Verdade. Hoje mesmo quando eu liguei pra ela, ela me disse que o Justin e a Selena tinham tido uma briga feia e que o Justin tinha sumido, evaporado.
- Às vezes ele faz isso mesmo, quer se desligar de tudo e todos e acaba que preocupa a todos. – Ri de minhas palavras e sequei minhas lágrimas.
Meu pai riu também e continuou. – Por mim, eu gostaria muito de ver vocês dois juntos de novo, mas o Ash é um bom garoto, e isso dificulta muito as coisas.
- Por isso eu estou confusa. E desse “julgamento”, quem eu ficaria? Quem eu escolheria?
- Quem o seu coração mandasse minha filha. Agora, eu tenho que ir ver o que o Axl quer comigo, eu já volto, ok?
- Ok.

Sorri e levantei-me de suas pernas. Ele saiu do quarto e fechou a porta jogando um beijinho para mim, ri dele e peguei o beijo. Pensei no que meu pai me disse e senti mais lágrimas rolando pelo meu rosto. Deitei na cama e respirei fundo.

- Queria tanto esquecer, mas é impossível.

Escutava respingos de chuva bater na janela. Estava ficando escuro no quarto e apaguei a luz, deixando só a luz da lua iluminando-o. Acabei dormindo com a roupa que eu estava, com o rosto inchado e pensando no Justin.
...........................................................................................................


Heey Girls *-* 

Olha eu aqui de novo! o/ haha. Só para constar, eu postei agora porque amanhã não vai dar para mim postar, então, aqui está! 

Que fofos eles dois falando a mesma coisa ao se lembrarem deles dois *-*' E ai, será que a (Seu nome) vai se render aos seus sentimentos pelo Justin? Como vai ser esses shows? O que a Pattie queria falar com a Selena? Só no próximo capítulo babes ;* 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

- Giih

18 comentários:

  1. Aaaah continuaa perfeita e mara! Fofos os dois relembrando =)
    Beijihos :*

    ResponderExcluir
  2. Anônimo02:33

    continua amando akiee

    by: raher
    (obs:deu preguiça de entrar no blog hehe)

    ResponderExcluir
  3. awwwwwwwwwwntq lindooo q táa meeu *-*
    eu choreeei :')
    to amaaandoo ,
    continuua amoour s2

    ResponderExcluir
  4. annnnnnnnw, muito lindo *-*
    continua amor s2

    ResponderExcluir
  5. ameiiiii eu estou muito ansiosa para ver oque vai acontecer esta muito legallllllllll posta logo bjossss

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo, ótimo, maravilhoso, continua e pans ;) hauhsua
    2bjos :*

    ResponderExcluir
  7. Annnnw, que fofoss, eu quero ficar com o Jujubinho, o meu gatinho e das beliebers.haha
    Continua logoo lindaa...

    ResponderExcluir
  8. Anônimo14:55

    Awwww Justin, volta logo menino!!

    ResponderExcluir
  9. Hello14:55

    oooonnwwt que lindo *-*

    Continuaa pleease (yn'

    JB \õo/ >.<

    ResponderExcluir
  10. Ahhhhhhhhh que perfect
    continua continua

    ResponderExcluir
  11. Continua Continua plix!!
    Amandooo!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo20:47

    AAAAAAAH' Que droga q vc não vai poder postar amanha! Mas tudo bem... CONTINUAA LOGO!!
    Beijos, Luisa.

    ResponderExcluir
  13. OMG que lindo
    continua *-*

    ResponderExcluir
  14. HAHA continua eu quero ver o Jus e (seu nome)se encontrando *-* Bjoo

    ResponderExcluir
  15. Continuaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  16. MENINA, ESSAS PERGUNTAS QUE VOC FAZ SEMPRE ME DEIXAM ANSIOSA... ADORO VOC. CONTINUA LOGO, BJ BJ

    ResponderExcluir
  17. Anônimo13:01

    Vemmmm logo Justin \o/

    ResponderExcluir