29.12.11

#IB - The Skater Girl: 64° Parte

Cara, nem dá para acreditar que a música foi um sucesso total. Parecia ser até um sonho maluco, mas, felizmente foi real.

Estávamos na festa em comemoração ao show bem sucedido. Tinham vários famosos: Katy Perry, Bruno Mars, Miley Cyrus e até a Selena teve coragem de aparecer aqui – mas sem encher ninguém. Fazia horas que todos nos elogiavam pela canção bem cantada e pela melodia. “Vocês foram demais!”, “Não tinha como ter sido mais perfeito! Vocês dois juntos são perfeitos!” “Vocês dois juntos ainda vão ser sucesso mundial.” Se eu fiquei sem graça? Sim ou claro? Depois de ser elogiada ao máximo por todos, sentei-me ao lado da piscina e vi Usher e Avril se aproximarem.

- Podemos conversar, em particular? – disse Usher, apontando para dentro da enorme casa de Justin.
- Claro.

Entramos e fiquei muito surpresa com o tamanho da casa dele, afinal, só tinha ficado até agora no quintal – que é enorme -, mas não dentro da casa.


Subimos e entramos em um dos quartos, que parecia ser o do Justin. Ele estava sentado em sua cama e tocando violão enquanto nos esperava. Justin cantava Can't Live Without You, e seus olhos brilharam ao me ver sorrindo admirada com sua voz. Parou de tocar e deixou seu violão de lado.

Um silêncio mortal dominou o quarto. Justin e eu trocávamos olhares calmos, até que Usher quebrou o gelo, deixando todos atentos a ele.

- Garotos, eu e Scooter andamos discutindo e... Depois de ter essa idéia maluca, conversamos com o empresário da Avril, que concordou plenamente em colaborar conosco.
- Do que você está falando, Usher? – perguntei sem entender nada.
- Queremos dar o privilégio da música Sk8er Girl ter seu vídeo oficial. O que acham?

Justin me olhou surpreso e sorridente. Levantou-se da cama e me abraçou forte, falando que só a música já foi um grande sucesso, imagine o vídeo! Eu já tinha imaginado que me diriam isso, mas, sei lá, não tão cedo assim.

- Adorei a idéia! Vai ser ótimo trabalhar com a minha marrentinha, quero dizer, com a (Seu nome), ainda mais gravando um vídeo!
Empurrei Justin e revirei os olhos – Mas, se você falou com o empresário da Avril, quer dizer que...
- Ela vai trabalhar com vocês no vídeo – disse Usher, me interrompendo.    
- Sério? – dissemos eu e Justin, em tom uníssono.
- Sério.

Olhei para Avril surpresa e ela sorriu. Eu a adoro de coração, mesmo eu tendo alma de roqueira, ela é uma das melhores cantoras de pop rock do mundo!

- Será um prazer colaborar com vocês.
- Também acho – Usher concordou e saiu do quarto com o celular colado em seu ouvido.
- Mas... Onde iremos fazer o vídeo? – perguntou Avril.
- Que tal em NY? Lá tem as melhores pistas de skate que eu conheço.
Justin sorriu depois que eu disse isso – Foi em uma dessas pistas que conheci a (Seu nome).

Olhei para ele com olhar de piedade: Cala a boca, seu Mané – Ah, eu me lembro desse dia, foi tão... Estranho. Mas, pensando bem, não me arrependo de nada. Justin sorriu sombrio e, inevitavelmente, surpreso. Usher voltou ao quarto e, dessa vez com Scooter.

- Então... Vão mesmo fazer o clipe?

Biebs me olhou sorrindo e concordou. Scooter, praticamente me obrigando a dizer sim com seu olhar esmagadoramente ansioso, sorriu para mim também.
- Bem, não tenho nada a perder mesmo!

Rimos juntos e passamos as últimas horas conversando sobre como seria o clipe.

(...)

Acordei com um despertador altíssimo apitando em meu ouvido. Abri os olhos com dificuldade e taquei meu celular no chão. Com a batida, minutos depois, sinto uma mão morna tocar-me em meu rosto, me acariciando lentamente. Abri os olhos sem vontade alguma de saber quem era e me virei de lado, cobrindo uma cabeça. Justin riu de mim e sentou do meu lado na cama, puxando meu cobertor.

- Acorda (Seu nome), temos uma entrevista daqui vinte minutos!
- Foda-se, eles querem você e não a mim.
- Eles querem nós dois.
- Não, eles te querem. Você tem os seus fãs, os seus paparazzi. Agora, me deixa dormir, deve ser umas cinco da manhã agora.

Ele riu e deitou do meu lado e ficou mordendo minha bochecha. Fazia cócegas, sinceramente. Sorri levemente e empurrei-o da cama, e o malandro segurou em meu blusão a fim de tentar se agarrar em algo e nos espatifamos no chão. Nossos corpos colados e respirações entrelaçadas. Estava por cima dele e aquela imensa vontade de morder seus lábios carnudos e vermelhos veio à tona, mas não sou louca e nem atirada.

Seus olhos penetrantes com seus tons cor de mel magnífico não me deixaram sair daquela posição “colada”. Ficamos minutos em silêncio só olhando nos olhos um do outro. Não sei por que, mas o olhar dele tinha ciúme, muito ciúme. Não sei de que, mas tinha ciúme.

Sua respiração era quente e seus lábios me chamavam. Molhei os lábios e me levantei, ajeitando meu blusão. Justin levantou também e ficou me fitando enquanto procurava algo debaixo de minha cama – minhas pantufas, é. Bem, eu só estava com aquele blusão, então, já até sei onde Justin olhava. Eu estava de bruços na cama com a cabeça olhando debaixo da cama e me abaixando lentamente para agarrar as minhas pantufas de coelhinho.

- Porque você insiste em me provocar, hein, senhorita (Seu nome)?
- Eu? Te provocar?
- Lógico! Você fica com uma blusa dessas, usando um dos seus famosos Victória’s Secret® e fica nessa posição na cama?
Ri dele enquanto dava uma cambalhota na tentativa de cair no chão e pegar as pantufas – Ah Justin, a culpa não é minha que você insiste em saber qual tipo de lingerie eu estou usando... É... Como eu disse: a culpa não é minha.
Peguei-as e vi-o mordendo os lábios – Verdade. Não consigo resistir. Você tem curvas lindas e ainda usa lingeries que te valorizam mais ainda.

O olhei irônica e joguei um travesseiro em seu rosto. Ele o pegou e jogou em mim de volta.

- É... Não quero começar uma guerra de travesseiros, agora, se me der licença.

Mostrei a porta para ele e com meu olhar inocente. Ele me suplicou com um olhar de piedade, pedindo para ficar e revirei os olhos.

- Se não se lembra, estamos namorando escondido, então, você tem que agir como se não fosse meu namorado!
- Mas não consigo fazer isso. E qual o problema de eu ficar aqui?
- Daqui a pouco sua mãe ou qualquer outro vão entrar aqui e procurar você. Então, é bom você cair fora antes que eu te obrigue – sorri maléfica e ele cruzou os braços, fazendo um biquinho de ‘não vou’.

Ri dele e empurrei-o para fora do quarto. Porém, ele é tão malandro que conseguiu se virar e tropeçar, caindo em cima de mim. Murmurei e tentei sair de cima dele.

- Agora você não me escapa – Justin disse lentamente, molhando seus lábios.
- E quem disse que eu quero escapar do meu quarto?

Ele esboçou um sorriso e colou nossas testas, fazendo nossas respirações unirem-se novamente. Sinceramente, eu queria beijar ele e muito, mas não posso.

- Para Justin, sai de cima de mim, por favor.

Virei o rosto e olhei triste para o chão esbranquiçado. Ele finalmente entendeu meus pedidos e levantou me dando sua mão direita.

- Desculpa marrentinha, eu saio do quarto. Esteja pronta em... – ele olhou no relógio preto preso em seu pulso e focou seu olhar no meu novamente – dez minutos.
- Ok, você sabe que eu me arrumo rápido.

Ele sorriu e saiu do quarto. Virei-me para pegar uma roupa em minha mala e alguém me vira de volta e me beija. Esse Justin...

Coloquei essa roupa e corri para o ônibus de Justin para esperá-lo.


(...)

- A música de vocês foi um sucesso total!
- Que nada, não acho isso – dei de ombros e Justin riu de mim.
- Ela é muito modesta. Realmente, o sucesso foi evidente. – Usher, que estava sentado ao lado de Justin, abriu um sorriso largo e uniu suas mãos.
- Concordo. Ainda mais quando eles trabalharam sem parar nisso.
- Sem nenhum ressentimento?
- Nenhum.

E lá vem o burburinho começando seus boatos maldosos – pensei.

- Ótimo! Então, vocês voltaram a ser amigos como se nada tivesse acontecido?
- Não – admiti – é claro que aconteceram muitas coisas e é impossível evitar isso. Mas, isso não influência em nada hoje. Passado é passado, presente é presente.

Mesmo disfarçando muito bem, eu vi que Justin ficou magoado com o que eu disse. Mas, eles têm que pensar que é isso que está acontecendo! Nada, nadinha entre nós dois.

- Legal... E, vocês estão pensando em fazer o clipe de Skater Girl?
- Sim, sim – disse Usher, já interessado no assunto – Estamos planejando tudo. Em poucos dias, vamos nos direcionar para o local das filmagens que já está sendo preparado e começaremos a filmar com todo o vapor.

Todos da platéia gritaram. Meu deus, nem foi tão bom assim!  

- Então... Para encerrar, podem cantar para nós?

Sorrimos juntos e levantamos já indo para o centro do palco. A música começou a tocar e mordi os lábios enquanto ouvia a voz melódica de Justin cantando. Cantei, dancei e ri de Justin com suas palhaçadas enquanto cantava. Terminamos a música com vários aplausos vindos de todos e com gritos. Acho que ainda vou ter que me acostumar com isso, haha.
..........................................................................................................

Heey Girls *-* 

Caramba, eu consegui escrever hoje, e muito ainda! LOL' Porém, acho que não vou postar pelos próximos três dias. E contra a minha vontade! Droga :/'. Mas, eu vou tentar, tá? Never Say Never (: 

Como será que vai ser o clipe? Só no próximo capítulo! ;* 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

Giih ♥ 

11 comentários:

  1. Anônimo19:23

    1° !!! o/ yees! Ta perfeito, continua..
    Ah que pena' mas estamos esperando' kkkk'
    Beijos, Luisa

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19:37

    Nossa ta perfeita a ib
    eu quero que eles assumem logo
    o namoro :) To amando
    continua

    ResponderExcluir
  3. perfeitoooo continuaaa s2

    ResponderExcluir
  4. Ain contiiinuaaa pleaseee *-* to amandoo sua #IB *-* kkk pode divulgar a miinha?? se puder é www.imaginecombeliebers.blogspot.com *-*

    ResponderExcluir
  5. Muito perfeito, continua *-*

    ResponderExcluir
  6. Hello22:27

    Peeeerfeito ! *-*

    ResponderExcluir
  7. Anônimo23:04

    Aii continua qnd der pfff!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Lindooooooos *-* continuaaaa

    ResponderExcluir
  9. Alice13:12

    C-O-N-T-I-N-U-A

    ResponderExcluir
  10. Anônimo06:25

    Faz um imagine do matty braps ele e famoso no youtube ele canta varias musicas do justin porvafor

    ResponderExcluir