24.1.12

#IB - The Skater Girl: 76º Parte

- Você é a (Seu nome), não é?
- Seu monstro!
- Eu?
- É claro!

Revirei os olhos e alguém tocou em meu ombro, me virei e vi Will sorrindo.

- Ah, vejo que você encontrou o James!
- James, James... – respirei fundo e olhei magoada para ele - Ah, não tinha outra forma de acabar com o meu dia, Will?
- O que eu fiz?
- (Seu nome) – perguntou Justin, me olhando confuso -, aconteceu alguma coisa?

Eu ignorei os três e saí andando pela calçada a fora. Sempre tem alguém que estraga a felicidade da gente, sempre!

“Droga, logo agora?”, pensei. Sentia as lágrimas geladas correrem livremente pelo meu rosto e fazendo alguns fios do meu cabelo colar nelas. Escutei Justin e Will me chamarem em tom uníssono, mas, ignorei outra vez. Queria correr para casa e ficar sozinha, sem ninguém.
Dava para ouvir os três correndo atrás de mim, eu tentei ignorar e correr mais rápido, mas Justin me alcançou e me parou no meio da calçada.

- O que aconteceu?
- Não quero falar agora, tá?

Ele viu meu rosto molhado e os olhos inchados e me abraçou. Logo, Will e James nos alcançaram e ficaram em volta de mim.

- (Seu apelido), o que foi? – perguntou Will, segurando em minhas mãos.
- Pergunta pro seu primo, poxa.
- Eu?

Revirei os olhos e me soltei de Justin. “Odeio ignorantes”, pensei já vendo tudo embaçado. Apertei o passo e andei até a casa do Charlie. “Pelo menos lá, duvido que o ruivo deixe algum deles pisar sem sua permissão” imaginei convencida.

Toquei a campainha e vi a mãe de Charlie abrir o portão para mim.

- Senhora McDonnell, preciso falar urgentemente com o Charlie.
- Você sabe que não gosto que me chame assim. Só Sarah já é o bastante. 
Pode subir para o quarto dele, ele está lá.
- Obrigada – sorri e entrei na casa.

Até agora, comigo já subindo as escadas, ninguém veio atrás de mim. “Ótimo”, pensei “Até melhor do que eu esperava”. Sorri e parei na frente da porta do quarto. Rangidos e gemidos abafados vinham do quarto. Bem, a porta estava encostada e eu só dei uma espiada. Coloquei minhas mãos em meus lábios e fechei os olhos.

“Não quero nunca mais entrar nesse quarto novamente, nunca” disse mentalmente. Aquela mesma garota ruiva estava de quarto e quase gritava de prazer. Charlie a entocava rapidamente e também gemia. Ele segurava nos longos cabelos da ruiva e falava pra ela gemer mais alto.

Saí de frente da porta e encostei-me a parede. “Que nojo!”, pensei. Escutei passos vindos da escada e peguei meu celular rapidamente e fingi falar no celular.

- Ah, mas é claro que eu vou! – risadinha falsa – Como não deixaria de ir a sua festa Margareth? – revirei os olhos e vi a mãe de Charlie surgir na escada – Ah Margareth querida, depois nos falamos ok? Beijos!

Fingi desligar o celular e Sarah estava sorrindo para mim. "Margareth... de onde tirei essa?", perguntei para mim mesma. 

- Porque não entrou no quarto? O Charlie não quis te receber?
- Não dona Sarah, é que eu estava falando no telefone, é, sabe como é... – Sarah estava entrando no quarto quando notei e coloquei a mão no rosto imaginando o desastre.
- Charlie querido, tem alguém aqui querendo... CHARLIE, O QUE SIGNIFICA ISSO?

“Droga, tudo culpa minha”, pensei.

- MÃE? MEU DEUS.
- Outra vez, meu filho? Outra das suas “namoradas”?
- Não fala assim, ela não é minha namorada!
- Pensei que fossemos!
- Cala a boca Talita, eu disse que só queria ouvir você gritar.

Tentei não rir, mas, cara... essa foi de matar.

- Dá pra você parar de transar com essa garota e olhar pra mim?

De novo, quase deixei escapar aquela gargalhada. Esse Charlie...

- Tá mãe, porque veio aqui?
- Tem alguém aqui fora querendo falar com você.
- Quem?
- Se troca e vem ver.

Sinceramente, tenho certeza que ele vai me matar. Sarah saiu do quarto e fechou a porta, me olhou exausta e exibiu um sorriso sem vida.

- Você já deve ter se acostumado com isso, não é?
- Até que sim... – franzi o cenho e dei de ombros.
- Ele só vai se trocar, tudo bem?
- Claro, pode deixar.

A mãe de Charlie desceu as escadas e provavelmente foi terminar de lavar a louça para esquecer essa cena horrível. “Eu faria isso”, pensei mordiscando meu lábio inferior. Ouvi o ranger da porta e fiz um sinal da cruz pedindo para o cara lá de cima me ajudar. Charlie me olhou com uma sobrancelha levantada.

- O que foi?
- Primeiro, eu... – caramba, como eu falo isso pra ele? – queria me desculpar por agorinha, tá?
- Ah, tudo bem, já é a terceira vez essa semana mesmo.

“Obrigada Deus!” louvei em pensamento e sorri para Charlie.

- Mas, por que veio aqui tão cedo?
- Ah, longa história. Bem, acho que não vou me oferecer para entrar agora, seria... constrangedor.
- Que nada, pode entrar.

Ele entrou no quarto e balancei a cabeça negativamente. “Ele deve ter bebido muito, só pode”. Entrei no quarto e vi aquela ruiva descarada com o corpo todo coberto pelo lençol e tentei ignorá-la um pouco.

- Então Charlie... – molhei os lábios e olhei magoada para ele – eu encontrei o James na rua e...
- O James? Mas, como? Ele não tinha ido morar no Alasca?
- Se você se esqueceu, ele é primo do Will.
- Verdade. Mas, o que isso tem a ver?
- E eu tinha acabado de terminar as filmagens do clipe e eu estava voltando para a pista de skate, mas topei com ele e quase que eu brigo com aquele monstro, sabe?
- Também, barraqueira do jeito que você é...
- Ei! – o empurrei e rimos juntos.
- Então, era só isso?
- Não... calma, você está me expulsando?
- Não! É que...
- Ah, eu te entendo. Quero dizer, não entendo porra nenhuma, mas você quer terminar o que começou, não é? – olhei para Talita esperando uma resposta dele e ele assentiu.
- Viu só? Sabia. Eu vim aqui pedir sua proteção e você me expulsa, valeu ruivo.
- Ah, e cadê o Justin protetor nessas horas?
Revirei os olhos e reparei que os dele estavam começando a ferver de raiva e ciúme – Me procurando. Eu fugi dele e dos outros.
- Fugiu deles?
- Não, eu corri saltitando igual a um veado e vim aqui abanando o rabinho. – rolei os olhos e vi que Talita riu de meu sarcasmo.
- Espera, eu nem sei o que eu estou fazendo aqui. – olhei ao redor do quarto e Charlie me olhou sem entender.
- Como assim?
- Não sei por que vim aqui te atrapalhar, afinal, eu sabia que ela estaria aqui mesmo.
- Calma... você viu?
- Vi, é claro que vi!
- Ah, você anda me espionando?
- Eu? Ah Charlie, me respeita! Até parece que eu fico monitorando com quantas putas você sai por semana!
- Ei! – falou Talita, me olhando ofendida.

Dei de ombros e notei que Charlie já estava começando a se irritar. Suas veias do pescoço saltavam e seus olhos brilhavam de raiva.

- Putas não, agora quem pede respeito sou eu!
- Até parece. Você dorme com três por semana e fala que não são putas?
- Ah, vai me falar que você não transa com o Justin?
- Mas ele é meu namorado!
- Ah, eu não posso mais sair com outras meninas agora?
- Nossa, não sabia que sair era sinônimo de pegar e dormir.
Ele riu e apontou para si mesmo – Olhe pra mim, eu posso! – revirou os olhos e ficou com uma de suas mãos apoiada na cintura.
- Claro que pode – rolei os olhos e ajeitei meu cabelo.
- E você também pode “dormir” com o Bieber, não é?
- Dormir? Hã?

Calma lá. Já vi essa cena antes. Não pode ser... Será?

- Você acha que eu não vi?
- Viu o que?
- (Seu nome), você é muito sonsa sabia? Você achou mesmo que eu, logo eu, voltei pra casa quando você falou que conversaria com o Justin sobre assuntos íntimos?

“É, outro premonitório”, disse para mim mentalmente “Já estou ficando com raiva disso, que coisa”.

- Você adora me espionar, né? Se for assunto íntimo, é porque é intimo!
- E você me espiona no quarto enquanto estou fazendo sexo. Vai me falar que isso não é íntimo?
- A culpa não é minha se eu precisava de você e o senhor pegador está em mais uma de suas façanhas sexuais. E, além disso, eu não te espionei! De forma alguma! Eu só sabia que ela estava aqui porque eu estava na sacada e te vi! Já você, deve ter ficado esperando eu achar que estava sozinha e ficou escutando a conversa!  
- E vendo coisas que não devia ver.
- Ainda bem que você sabe. Ah, quer saber? Prefiro aturar o James e chorar muito depois a ter que ficar escutando desaforo seu.

Saí do quarto e bati a porta. “Charlie idiota, bisbilhoteiro e canalha”, repeti várias vezes só para mim. Desci a escada correndo e vi minha visão ficar embaçada. Nisso, tropecei em um degrau e rolei escada a baixo. Não me lembro de nada depois disso.
...........................................................................................................

Heey Girls *--* 

Meu deus. É, o sonho virou realidade, mas ninguém esperava por isso. O que vai acontecer daqui pra frente? 

Como vocês viram, eu postei o primeiro capítulo de Believe in Everything. Espero que tenham gostado do começo, haha. 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

Giih sz

15 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA,posttta lllllgggo suuuaa llllooookkkkkkaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  2. Continua amore!!!!!!!!!!!
    BIEBERKISSES
    By:Taty Cheloni

    ResponderExcluir
  3. Anônimo12:18

    coontinua logo
    By: Jéh
    beijos

    ResponderExcluir
  4. AI MEU DEUS SERA QUE ELA TÁ GRAVIDA???

    ResponderExcluir
  5. # DEISHA EU ME ATUALIZAR QE DESDE ANO PASSADO EU NUN COMENTO G.G , ATUALIZAÇÃO CONCLUÍDA COM SUCESSO~, NOSSA VEÉEY MAAIS ESSES ÚLTIMOS CAPÍTULOS ESTÃAO DEMAAIS , NOSSA NUN ACREDITO QE EU ME CORTEI POR AKELE VAGABUNDO ORDINÁRIO DO JAMES ¬¬' , ELE NAUN MERECE , && AGORA APARECE COMO SE NUN SOUBESSE DE NADA , ¬¬ VAAI A PUTA QE TE PARIU JAMES -'- , && O BIEBS COMO SEMPRE MUITO FOFO , AAIN COMO EU AMO MEU MARIDO >< [/ O #ib TA ATRASADO , AI NÓIS É NAMORADO MAIS NA VIDA REAAL JA SAMO CASADOS , MORAMOS EM COPACABANA && TO ESPERAANDO O NOSSO SEGUNDO FILHO SHUAHSAUHAUSHA , && O CHARLIE? AFF TA DE DOBOSHE ESSES MININU VIU -' , GIIIH TA PERFEEITO ><

    ResponderExcluir
  6. continuaaaaaa logoooo XD

    ResponderExcluir
  7. Anônimo15:32

    Meu deus, muito bom. Estou super curiosa!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Amei,amei,amei.Nossa ver uma sena dessas ui.kk
    Continua :)

    ResponderExcluir
  9. Meu Deus !
    Ri de mais, nessa parte que ela pegou o Charlie e a menina !
    Continua, tá muito bom :)

    ResponderExcluir
  10. AAAAAAAAAAAAAAAAA OMG
    continua continua
    foi engraçado essa de Charlie e suas putas. KKKKK

    ResponderExcluir
  11. O monstro voltou mesmo? Vaco U.U
    Esse Charlie é outro monstro, eu hein?
    Aimeudeus! Eu rolei escada a baixo O.O Coitada da minha pessoa!
    Continua continua Giih!

    ResponderExcluir
  12. OMG, continua continua *-*
    to vidrada nessa história.. mtmtmtmt boa *-*
    preciso saber o que aconteceu cmg depois que eu caí da escada!!!
    hahaha'

    ResponderExcluir
  13. Alice00:29

    Cara eu amo sua IB, e eu acho que não sou só eu, porque ela é incrível, eu recomendei sua IB para umas amigas e elas estão amando. Um beijo e continua please (;

    ResponderExcluir
  14. Nossa,ela sofreu um acidente. Que péssimo
    Continua flor.

    ResponderExcluir