24.2.12

#IB - Believe In Everything: 10º Parte

- Sério que você acha sexy quando eu ando com as calças baixas?
- É claro. Dá pra saber se você combina a cueca com a roupa, ver seu bumbum sedução... Calma, eu disse isso mesmo?
Ele riu e beijou minha cabeça – Disse sim. Você é muito safada.
- Ah, você não viu nada.

Justin me olhou surpreso e mordeu os lábios. Ri dele e o empurrei, levantando do chão e ajudando-o a levantar.

- Ei, lembra da promessa que você fez comigo?
- Que promessa Justin?
- A que, quando eu te visse você teria que cantar uma música da Nicki Minaj pra mim.
- Verdade! Não me lembrava mais disso. Mas, agora, Justin?
- Sim! Canta Super Bass pra mim, vai.
- Tá, tá.

Respirei fundo e pensei no ritmo de Super Bass rapidamente.

- I said, excuse me you're a hell of a guy, I mean my, my, my, my you're like pelican fly. I mean, you're so shy and I'm loving your tie, you're like slicker than the guy with the thing on his eye, oh.

Comecei a rir depois e ele me aplaudiu.

- Caramba. Já pensou em virar rapper?
Ri de Justin e empurrei-o – Não e não quero virar rapper.
- Por quê? Você ficaria muito bem cantando rap. Sério.
- Seu mentiroso. Nossa, me deu uma vontade de ir lá embaixo.
- Então, pode ir.
- E você vai ficar sozinho?
- Qual o problema?  
- Não senhor, você vem comigo.

Ele revirou os olhos e ri dele. Puxei-o para fora do quarto e descemos até a cozinha. Não havia ninguém lá. Peguei dois copos e entreguei um para o Justin.

- Quer beber o que?
- Não quero nada.  
- Nem ficar perto de mim? – fiz uma carinha de coitada e ele me olhou negando.
- Calma, não é isso.
- To brincando, bobão. Bem, fica mais refrigerante pra mim.

Justin riu e coloquei refrigerante para mim. Sentamos nos banquinhos ao lado do balcão e vi Otávio se aproximar de nós.

- Finalmente te achei! – Otávio me abraçou forte e me espremeu, me deixando sem ar.
- É... – respondi, sem ar.
Ele me soltou e me olhou constrangido – Desculpa. Mas, eu estava preocupado!
- Eu estava com o Justin, Otávio.
- Ah... – ele olhou para Justin dos pés a cabeça e Biebs sorriu, fazendo Otávio sorrir de volta – Legal.
- Por que não fica aqui com a gente? – perguntou Justin.   
- Quem dera... Meu irmão está me esperando. Até depois Lulu.

Otávio beijou minha bochecha e saiu de cabeça baixa. “Isso pra mim é ciúmes...”, pensei, sorrindo pensativa.

- O que foi Lulu?
- Ah, nada não Justin.
- Tem certeza?
- Absoluta. Eu só estava pensando em uma coisinha... Mas, deixa pra lá.
- Ok... Ei, o que é aquilo ali?
- O que?

Me virei aonde Justin apontava, vi que não tinha nada e quando virei para brigar com ele, pensar que Biebs tinha me enganado só para me beijar era demais. Ele me deu um selinho e riu.

- Seu safado.
- Sua safada.
- Não sou safada.
- É sim.
- Ah Biebs, para.
- Só se você me dizer o que estava pensando, miss safadinha.
- Justin!

Ele me olhou com as sobrancelhas arqueadas e o olhei mordendo os lábios. Ele fechou os olhos e os tampou com suas mãos.

- O que foi?
- Não posso te olhar.
- Por que?
- Se eu te olhar de novo vou te beijar.
Revirei os olhos – O que eu fiz dessa vez?
- Tenho que dizer? – Justin destampou um de seus olhos e mordeu os lábios.
- Sim né.
Biebs ficou em silencio e molhou os lábios – Não faz mais isso de novo?
- Fazer o que?
- Morder os lábios daquele jeito. – ele falou com uma voz de coitado que me fez abaixar os ombros – É sério, na próxima eu te beijo.

Ri dele e respirei fundo.

- E ai, não vai me dizer?
- Vou, mas tenha calma.
- Vou ter que esperar muito?
- Justin, me deixa pensar em uma forma de te dizer isso?
- Deixo.  
- Então, fica quieto.
- Tá bom Lulu.

Ele ficou balançando as pernas e ri dele. Como que eu falo pro Justin que gosto do Otávio e que ele está com ciúmes de mim? Bem, é o que parece.  

- É o seguinte.
- O que?
- Sabe o Otávio?
- Sei. O moreno que veio aqui e te abraçou?
- Ele mesmo.
- O que tem ele?
- Tipo, eu... gosto dele.
- Gosta ou ama?
Fiquei em silêncio e molhei os meus lábios – Tá, eu amo ele.
- E eu? Você gosta ou ama?
- Eu amo também, mas...
- Posso interromper?
- À vontade.
- Não é amor de amigo? Tipo, por você ser amiga dele, tem um certo carinho e tal.
Neguei e abaixei a cabeça – E aquela hora que ele veio, eu acho que ele tava com ciúmes de você. Ele nunca me abraçou daquele jeito. Bem, ele nunca me abraça.
- Que tipo de amigo não abraça o outro?
- Ele é diferente. Mesmo sendo amigo de infância, eu sou mais íntima do Thiago. Mas, sempre gostei mais do Otávio.
- E você quer dizer que...?
- Eu acho que ele ficou com ciúmes por eu ter ficado trancada no quarto com você por horas.
- Bem, se for um ciúme de “irmão”...
- Eu não sei se ele também gosta de mim, Biebs.
- Sinceramente, cansei de falar dele. Olha, eu preferia falar sobre a sua boca, que está longe demais da minha.

Ele sorriu malicioso e ri dele.

- Seu bobo.

Rimos e ele levantou, ficando atrás de mim e beijou meu pescoço.

- Justin, para, você tem namorada.
- Só tem nós dois aqui baby, relaxa.
- Não dá pra relaxar. Eu me sinto como uma puta, sei lá.
Ele parou o que estava fazendo e me olhou surpreso – Puta? Por que?
- Não puta, mas tipo uma amante. E a maioria das amantes são meio putas.
- Então, você se considera minha amante?

“Não foi isso que eu quis dizer!”

- Não Justin, mas é errado isso que você tá fazendo.
- Tá, eu paro. Mas, vem comigo lá pra fora, por favor.
- Tá bom.      

Nós saímos da sala e fomos até a varanda, onde todo mundo estava. Thiago, Otávio, Rafa e o Dudu, o namorado dela, minha mãe, meu irmão, Scooter, Kenny, Alfredo, Pattie e mais um monte de gente.

- Meu Deus...
- O que foi Lulu?
- Sua mãe tá aqui?
- Tá sim! Mãe! Vem cá!

Senti meu coração acelerar e dei um tapa em minha testa. Pattie se aproximou de nós e sorriu para mim.

- Então essa que é a Luísa, Justin?
- É sim mãe.
- É um prazer em te conhecer, Pattie. Nós nos vimos no webcam aquele dia...
- Isso mesmo. Você é bem mais bonita pessoalmente.
- Concordo com você, mãe.

Sorri morrendo de vergonha e minha mãe também veio até nós três.

- Sarah, sua filha é linda.
- Obrigada Pattie. Então Justin, já contou o que queria fazer com a Luísa?
- Fazer o que, Justin?
- É... Eu me esqueci de contar. Mãe, Sarah, se me dão licença...
- Claro querido.

Biebs me puxou para a sala outra vez e segurou em minhas mãos.

- Está preparada?
- Pra que?
- Para a notícia que mudará a sua vida.
- Jesus Cristo, que notícia Justin?
- A que você... 
.............................................................................................................................



Hey Girls *-*


Matei vocês, haha. Qual é essa notícia? O Otávio está mesmo com ciúmes da Luísa? Só no próximo capítulo ;*


Indicações:
http://www.bestthingineverhadjb.blogspot.com/
http://imaginebelieberparasempre.blogspot.com/ 



Gostaram? me avisem!
~~ 10 comentários? ~~


Giih sz

12 comentários:

  1. perfeitoo liiinda *--*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. psée, conseguiu me matar msm

      Excluir
  2. Morri... como para na melhor parte mulé? shaush' continua ta perfeito.. pode indicar minhas Ib's ? pls ><
    http://imaginebelieber-jdb.blogspot.com/
    http://destinymademeloveyou.blogspot.com/
    Continuaaaaaaaa ><

    ResponderExcluir
  3. oi me segui é esse aqui o http://ireallylovethebieber.blogspot.com/ e leiam o meu recado importante ta la no blog(dã é obvio que tá nossa como sou burrakkkk)obrigada pela atenção

    ResponderExcluir
  4. Não me mate de curiosidade, voce é uma garotá muito má kkkk
    Continua please

    ResponderExcluir
  5. continua.... deixa eu te pedir um favor? segue meu blog...

    http://ourthoughtsnp.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Aimeudeus, que perfect! Coisa mais linda esse cap!
    Otávio ciumento?!?! *-*
    Continua logo Giiih ;)

    ResponderExcluir
  7. Anônimo23:13

    ta muito perfeito
    quero que ela fique com o Jus
    continua

    ResponderExcluir
  8. Anônimo13:47

    continua
    Ta perfeito d++++
    Ela vai ficar com o Otavio, ele vai se declarar pra ela??????

    ResponderExcluir
  9. nossa ta muito bom
    continua

    ResponderExcluir