7.3.12

#IB - The Skater Girl: 86º Parte

Ficamos horas esperando aqueles atrasados. Bem, pelo menos, valeu à pena. O Chris, além de fofo comigo, adora jogar Mortal Kombat. Eu ganhei sete vezes e ele três. “Eu sei que sou demais”, pensei. Quando a galera chegou, eu já estava ganhando a décima primeira partida. Todos eles puxaram um pufe e sentaram para ver esse “espetáculo”.

- Ah não, não acredito que eu vou perder de novo! – disse Chris, quase quebrando meu controle.  
- Ele já perdeu quantas vezes de você? – perguntou Chaz, rindo de Ryan.
- Essa vai ser a oitava. – respondi, rindo também.
- Tudo isso? Eu perdi só seis! – Disse Justin, se sentindo humilhado e orgulhoso ao mesmo tempo.

Todos nós rimos juntos e acabei ganhando do Chris com um fatality muito sangrento.

- Quem vai ser o próximo?
- Não quero perder para uma menina. – disse Chaz, rolando os olhos.
- Mas você é tão machista assim, Chaz? Eu achava que você era doce, gentil, amigo, fofo, divertido, lindo, super...
- Tá, tá, eu jogo. – ele me interrompeu e rimos dele.

Chris passou o controle para Chaz e fomos escolher os jogadores. Como sempre, eu escolhi o Reptile e o Chaz escolheu o Sub zero. “Ele deve estar com medo de perder, já que escolheu o sub zero.”, pensei. Começamos a jogar e vi que Justin saiu do quarto com Ryan. “Estranho...”, pensei e voltei a minha atenção ao jogo.

Mode Justin on*

- Mas Ryan, porque você não pode me contar? Isso já está em estressando, sabia?
- Desculpa Justin, mas, eu jurei pra Cait que não iria te contar e nem pra (Seu nome).
- A (Seu nome) tem a ver com isso?
- Droga! Por que eu disse isso?
- Agora você vai ter que me dizer o que é!
- Não, eu não vou.
- Ryan Butler!
- Para Justin, eu não posso.
- É só você me contar e ela não ficar sabendo depois.
- Mas se você souber, você vai estragar tudo!
- Estragar o que, Ryan, sendo que você não me conta! Se não tem a ver comigo e tem com a minha marrentinha, o que é então? Eu tenho que saber, já que é sobre ela.
- Justin, para de pedir.
- Não vou parar até você me contar!
- Justin Bieber, pode ir parando.

Escutei uma voz feminina vinda do quarto e me virei para ver quem era. A minha princesa sabe tão bem chegar na hora certa.

- Porque está brigando com o Ryan? O que ele te fez? – perguntou ela, preocupada mais com ele do que comigo.
- Eu não fiz nada! – disse eu, já me tirando da jogada – Foi ele, ele e a Caitlin. Eles estão escondendo algo sobre você e não querem me dizer.
- Sobre mim? O que é Ryan?
- Eu não posso dizer. Desculpa, (Seu nome0, mas, não dá para falar agora.
- Então quando você vai dizer?
- Na hora certa, ok?
- Mas, é grave? Tipo, algum segredo meu? Eu não estou traindo o Justin!
- Não, não é isso! Não tem nada a ver com isso! Quero dizer, tem, mas...
- Você está me traindo com quem?
- Eu não estou...
- Chega! Chega gente! Que coisa! Justin, a (Seu nome) é tão leal a você quanto eu sou leal às minhas barras de chocolate. Ela nunca te trairia, bem, eu acho.
- É, eu nunca trairia o Justin, só se ele pedisse pra morrer.
- Mas eu nunca faria... Nossa, até nisso você é sarcástica? – disse eu, surpreso com ela.
Ela riu e apoiou-se no ombro do Ryan – Então Ry, mudando de assunto, quer jogar comigo?
- Só se nós jogássemos outro jogo.
- Ok, quando o Chaz ganhar da Cait eu mudo.
- Quer dizer, nunca, certo? – disse eu, e todos riram.
- É verdade! Ele nunca vai ganhar dela.

Rimos outra vez e voltamos para o quarto. Sinceramente, eu acho que o Ryan esconde algo tão sério que nem a (Seu nome) deve saber o que é. Sentei no pufe e fiquei vendo o Chaz perder para a Cait.

Horas depois.

- Garotos, desçam e venham comer pizza.
- Pizza! – Chaz, Ryan e Chris gritaram e desceram correndo até a cozinha.

Eu, (Seu nome) e Caitlin rimos deles e Cait desceu junto da minha tão querida sogra. Minha marrentinha ainda estava sentada no pufe, concentrada no violão. Ela tocava The Bard’s Song, do Blind Guardian. Essa música é super difícil, pelo menos eu acho. Porém, ela consegue tocar perfeitamente.

Sentei ao lado dela e comecei a cantar a parte onde ela tocava. (Seu apelido) sorriu e cantou junto comigo. Já estava no final, então nem deu para cantar com a minha anjinha direito. Ela terminou e beijei a bochecha dela, e em seguida, (Seu nome) deu uma risadinha muito fofa.

- Eu adoro quando você faz isso.
- E você é muito besta, sabia Justin?
- Besta? Por quê?
- Porque sim.
- Tá, não vou discutir com você.

Rimos juntos e ela levantou-se, guardando o violão sobre o pufe roxo em que ela estava sentada. Peguei em sua mão esquerda e fomos de mãos dadas até a cozinha.

Depois de comermos a pizza de pepperoni com abacaxi, todos nós ajudamos a dona Alyss a limpar a cozinha antes de subirmos. O Chris tirou a mesa, o Chaz lavou a louça, a Cait enxugou, a minha marrentinha guardou e eu e o Ryan ficamos conversando com a minha sogra querida.

- Mas Ryan, como você e o Justin conseguiram jogar no Barcelona?
- Ah Alyss, é uma longa história.
- Verdade. Ainda não caiu a ficha disso, mesmo fazendo tanto tempo que isso aconteceu.
- Foi engraçado ver você com uma roupa quase fluorescente, Justin. – disse Ryan, me zoando.
- Não liga para ele, Justin. Você ficou lindo com aquela roupa azul.
- E com a chuteira do Brasil também! – gritou (Seu nome), do outro lado da cozinha.

Rimos dela e Alyss continuou:

- Às vezes eu esqueço que ela é brasileira, ela nunca fala de lá.
- Pode ser porque ela sente saudades do pai dela quando se lembra disso. Eu sinto saudade do Canadá por lembrar-me do meu pai.
- Verdade Justin.
- A doida chegou! Do que estavam falando? Eu escutei meu nome no meio ou é coisa da minha cabeça? – disse (Seu nome) envolvendo eu e Ryan com seus braços.
- Se você tem saudades do Brasil, filha.
- Ah, às vezes eu sinto sim. De quando o papai fazia brigadeiro para mim, da casa da tia Andressa e do Theo.
- E eles são?
- Lembra quando você perguntou se eu era brasileira?
- Lembro. Você falou de uma tia sua... Ah, é ela?
- Isso mesmo, menino esperto. – ela me deu um cascudo muito forte e Ryan riu de mim.
- Eu ainda quero conhecer ela, sabia?
(Seu nome) parou na hora de me dar o cascudo e me olhou surpresa – Sério? Quer conhecer ela e o meu primo lindo?
- Opa, primo lindo?
- Viu Ryan, ele fica com ciúmes até do meu primo!
- Ele é ciumento demais.
- Percebi. Ele tem a minha idade, relaxa.
- E é isso que me preocupa!
- Acha mesmo que eu te largaria só para ficar com o meu primo? – ela soltou uma gargalhada altíssima, do jeito que eu adoro, dá vontade de rir junto – Você deve ser louco, Justin.
- E eu sou. Sou louco por você.
- Aww.

A minha sogra sorriu e saiu da roda. Olhei para a minha marrentinha e ela me beijou. Quando ouvimos o ‘eca’ do Ryan, rimos dele e voltei a beijar-la.
..............................................................................................................................

Hey Girls *-* 

Mesmo que a minha vida esteja uma merda, nunca deixaria vocês. Não sei quantos "Ah Gih, eu vou te matar" eu levei durante esse tempo que eu não postei, eu sei como é, eu também morro quando a escritora nunca posta no blog. É horrível! Mas, se vocês me entendessem, seria tão bom. 

Eu estou passando por uma transição radical de vida. Além da morte do meu pai, tudo mudou em casa, com os meus amigos... Depois eu explico tudo para vocês. 

Então... O Ryan e a Cait vão conseguir esconder esse "segredo" deles? O Justin vai realizar o sonho dele de conhecer a tia da (Seu nome)? Só no próximo capítulo! ;* 

Indicações: 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

Giih sz

11 comentários:

  1. Anônimo16:12

    Véi, está PERFEITA.
    Não acho que eles vão conseguir esconder por muito tempo. ;s
    Aaaaain, continua amore, está muito boa. *-*

    ResponderExcluir
  2. Anônimo17:26

    Sua ib é perfeita... tomara que não consigam né, por que já estou curiosa para saber o segredo . Tomara que tu consigas superar tudo isso que tu esta passando . beijos
    Ana

    ResponderExcluir
  3. Cara não imporata quanto tempo você demore pra posta , eu sei que eu sempre vou te espera , o seu é o melhor ib do mundoooooo , nunca nunquinha vou trocar minha giih por ninguem *-* , te amo Giih

    ResponderExcluir
  4. Anônimo18:19

    ai... espero q tudo de certo na sua vida, ok? TUDO! todo mundo merece paz, alegria e essas coisas de vez em quando, e vc tb!
    parabens pelo capitulo, ficou muito bom, continua, vai? bjs @belieberxoxoo xx

    ResponderExcluir
  5. ain amor teu pai morreu? Stay Strong meu amoor sério não sabia. meus pêsames. eu to amando amor *---* Beijos fofa :*

    ResponderExcluir
  6. Continua legggo tomara que tudo fique bem Na minha vida também muita coisa mudou tudo ficou difícil mais aqui estou eu Feia e forte lendo seu maravilhoso ib

    ResponderExcluir
  7. Anônimo10:05

    Deus vai iluminar sua vida amor s2

    ResponderExcluir
  8. Anônimo12:30

    Amoooooooooo de maiis essa IB!!! melhor que eu ja vi!!
    continuaa

    ResponderExcluir
  9. Júlia19:24

    Eu jamais iria te matar por que ai não teria como eu ler a #Ib...
    Mas falando serio,eu não posso diser que eu sei como é isso,de perder o pai e tall's.Mais eu imagino como seja,deve ser horrivel por que eu não me vejo sem o meu,quando quiser desabafar sei lá,as veses é bom.Ajuda..um pouco.
    Beijos :D

    ResponderExcluir
  10. que musica mais foda é essa que ela/eu tava tocando pqp *-------*

    ResponderExcluir