23.4.12

#IB - Believe In Everything: 22º Parte

“Minha princesa. Só minha... minha”. Era o que ele dizia ao pé de meu ouvido enquanto nos beijávamos. Dava pra sentir que aquilo iria além, mas algo me dizia que não era a hora, que não estava pronta. Me separei de Otávio e ele me olhou sem entender.

- Já não acha que deu o tempo? – perguntei, tentando quebrar o gelo.
- Só deram cinco minutos, Lulu. Temos mais dois de prazer, amor.

Ele beijou meu pescoço e levantei de suas pernas.

- Eu não quero mais te beijar.
- Como assim?
- Você sabe do que eu estou falando.
- Tá, eu paro. Mas, o que vamos fazer durante esses dois minutos?
- Quantas garotas você pegou quando eu estive fora?
- Não sei, foram muitas.

Sorri rolando os olhos e Otávio me abraçou.

- Mas, coloca uma coisa nessa sua cabecinha de nerd.
- Eu não sou nerd!
- Só me escuta, meu bem.
- Claro.

Rimos juntos e ele beijou minha bochecha.

- Eu só ficava com elas para tirar a dor da solidão, se é que me entende.
- Só está dizendo isso para parecer fofo.
- É sério! Pode perguntar pro Thiago como eram as minhas noites. Eu só pensava em você e ficava arrependido depois de ter ficado com duas ou três tentando te esquecer.
- Ainda não me convenceu.
- Como não? Quer que eu fale o que para te provar o quanto eu te amo?
- Não sei.
- Quer que eu...
- Você vai ter que parar de reclamar de mim e do Justin. – O interrompi e ele me olhou cabisbaixo.
- Mas eu não consigo.
- Não consegue aguentar três dias?
- Depende. O que eu vou ter em troca?
- Surpresa.
- Ah não!
- Ah sim. Vai ser surpresa.
- Então tá, eu paro de encher você e o Justin.
Otávio rolou os olhos e ri dele – Seu ciumento.
- Sou mesmo. – ele fez um biquinho e o selei.
- Vamos descer? Já deram os sete minutos.
- Tá bom. 

Andamos até a sala e sentamos em nossos respectivos lugares no círculo. As garotas nos olharam com olhares maliciosos e Manu apertou minha mão com um sorriso no rosto. “Desculpe por elas...”, seus olhos pareciam dizer. Dei de ombros e começaram o jogo novamente. Sinceramente, eu me sentia uma estranha no meio delas. Eram todas muito mais velhas que eu e, os hormônios afetavam mais a cabeça. Digamos que era só a “putaria” naquele círculo.

Depois de umas horas, Manu pediu para que Otávio e Thiago se retirassem, já que tudo estava saindo do controle – completamente. Otávio implorou para que eu subisse junto com eles. Ele também sentiu a tensão no ambiente e queria me tirar de lá antes que acontecesse algo comigo. Manu deixou e fui para o quarto deles.

- Obrigado Otávio, você me salvou!

Eles riram e sentei no colchão que ainda estava lá no quarto.

- Você vai dormir aqui, não vai?
- Acho que sim.
- Você acha ou tem certeza?
Ri dele e molhei os lábios – Eu tenho certeza. Aquelas garotas são... maliciosas.
- E safadas também, Luísa. – disse Thiago, sorrindo.
- O que você fez com ela, irmão?
- Coisas...

Não aguentei e ri dele. “Nem um pouco safado”, pensei, mordendo os lábios.

- Não foi nada demais!
- Pela sua cara, ela deve até ter feito sexo oral em você!
- Concordo Otávio.
- E qual o problema?

Nos olhamos e Otávio levantou da cama, pasmo.

- Não acredito.
- É sério. – disse ele, superconvencido.

“Só de pensar, já me enoja inteira!”

- Credo Thiago, você deixou aquela vadia fazer isso? – disse eu, também pasma.
- Mesmo você sendo um minuto mais velho que eu, sei lá, é estranho que você tenha feito isso primeiro que eu, e ainda com uma menina que você nem conhece direito.
- O problema é meu, Otávio.
- Eu concordo com o Otávio, Thiago. Desculpa falar, mas usar seu corpo sem amor é muita...

Não encontrava a palavra certa. Idiotice? Talvez. Mas, é bem mais grave que uma idiotice. Meu pai me ensinou que a única coisa que temos de valorizar ao máximo é o nosso corpo, já que ele é instrumento de deus. Mas, se ele preferiu assim, quem sou eu pra julgar, certo?

- “Muita” o que?
- Como você preferir chamar. Não sei a palavra certa.
Ele deu de ombros – É muito bom.
- Ah, chega de falar disso, ok?

Eles riram de mim e ficamos conversando até cairmos no sono.

Mode Justin on*

Acabei de chegar ao cinema com Kenny e Alfredo. Estava com dois pacotes grandes de pipoca nas mãos e esperando eles até entrarmos na sala de cinema. Quando sentei, senti meu celular vibrar em meu bolso. Deixei as pipocas de lado e quase as derrubei quando vi que era a Selena que me ligava. Atendi correndo e tentei me acalmar.

- Justin! Meu amor! Finalmente!
- É... finalmente.
- Estou morrendo de saudades de você, sabia? Onde você está?
- No cinema, Sel.
- Sério? Com quem?
- Com o Kenny e com o Alfredo.
- Ah, que legal.

De repente, escutei umas garotas dizerem o meu nome e me virei para elas. É muito azar você encontrar beliebers no cinema quando o seu segurança não está com você. Saí correndo, mesmo eu querendo as agradar. “A Selena vai achar estranho o modo como elas falam o meu nome, droga!”. Eu nunca vou esquecer o dia em que aquela entrevistadora brasileira falava o meu nome errado, e ainda nem conseguia falar em inglês comigo. Acho que é Sabrina o nome dela. Eu estava cansado demais e ainda tinha aquela chata para piorar tudo.

- Justin! Me dá teu autógrafo!
- Justiiiiiiiin! (pronuncia-se Justín, LOL).  
- Meu deus! – disse eu, correndo até o banheiro masculino.

Coloquei o telefone a minha escuta e vi que Selena me chamava.

- Ei amor, é, desculpa!
- Que nada Biebs, mas, porque elas estão te chamando de Justin?
- É... é que...
- Justin Bieber, onde você está?

“E agora?”, disse para mim mesmo, tentando encontrar uma solução, “Será que eu conto a verdade?”.

- Sel, é que eu estou no Brasil.
- Brasil?! Como assim? Você endoidou? É muito fora de mão!

Ela gritava no telefone. Tive até que tirar de perto do meu ouvido!

- Para Selena, é por causa de uma belieber. Você sabe como eu sou louco por elas!
- É tão louco que é capaz de ver uma brasileira quando se está nos Estados Unidos!
- É claro! Ah Sel, quer saber? Depois nós nos falamos, tá? Eu estou perdendo o filme.
- Tá Justin, depois você me liga.
- Beijo.

Selena desligou e suspirei aliviado, mas, ao mesmo tempo, me culpando de tudo. “Eu sei que é fora de mão, mas, sei lá, quando eu vi a Luísa, meu mundo virou de cabeça para baixo!”

Alfredo e Kenny entraram no banheiro e me chamaram para ver o filme. Porém, ainda tinha aquelas fãs para satisfazer. Que agora, já era uma multidão. É isso que dá esquecer-se de colocar a peruca de cabelos negros! Sorri ao pensar isso e tirei fotos com todas as “belebiebers” que chamavam por mim. Depois, ainda assisti ao filme e voltei para casa pensando como está a minha Lulu na casa dos gêmeos.
...........................................................................................................................

Hey "Gelebiebers"! hahah'

Para ambos os dois, terminaram mais ou menos bem o dia. Calma, hã? Ah, esquece. Como será essa conversa da Selena e do Justin? E o Biebs, vai ficar com ciúmes da Luísa? Só no próximo capítulo! 

Gostaram? Me avisem!
~~ 10 comentários? ~~

Gih 

13 comentários:

  1. Amei como sempre , continua :D

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19:01

    perfect continua logo!

    ResponderExcluir
  3. Ameei ammr *-* please continuaaa ...

    ResponderExcluir
  4. Que nojo do Thiago! Eca!
    Gostei dos dois juntinhos, hehe.
    Vish, Selly teve um ataquezinho .-.
    Uhsaauhsauhs' Justín é ótimo! Amei!
    Continua Giih ;)

    ResponderExcluir
  5. Anônimo22:16

    Continua Gih, tá perfeita - @imisterswag

    ResponderExcluir
  6. Sou fã da Luíza velho, tem dois gatos aos pés dela haha
    Continua gatinha

    ResponderExcluir
  7. Ágatha00:47

    Continua fofa,leitora nova

    ResponderExcluir
  8. Muitoo perfeito mais tipo,eu sou fã da Selena e nao gostei do fato do Justin estar traindo ela,eu sei é só uma fic e tal,mais tipo,tem como o Justin terminar logo com a Sel na historia?Porque é sempre a mesma coisa ou a Selena é a vilã,ou ela é corna e isso fica chato pra nós Selenators sabe?Então desculpa qualquer coisa,capitulo muito lindo,tadinho do Justin fugindo das brasileiras haha então espero que leia meu comentario *-*
    xoxo
    ps:continua plys!

    ResponderExcluir
  9. Concordo com a Jubs , sou selenators e belieber . Amo o Justin e gosto muito da Selly , então faz ele terminar logo com ela , ela é legal pra sair da historia como ''Corna'', Sua Fic tá linda , E é isso desculpa qualquer coisa também , continua .

    ResponderExcluir
  10. adorei continua amore to muito ansiosa a agora

    ResponderExcluir
  11. Continuuaa divulga meu blog? imaginebelieber-swaag.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Cooooooooooooontina flor '. você poderia divulgar o meu blog ? http://umavezbelieberparasemprebelieber.blogspot.com.br

    ResponderExcluir