9.4.12

#IB - The Skater Girl: 93º Parte

“Cara, isso vai ser muito divertido”, pensei e ri de mim. Logo, (Seu nome) me olhou e riu também. Senti alguém me cutucar e vi Alfredo fazendo caretas esquisitas. Ri outra vez e o diretor gritou corta do outro lado do set.

- Alfredo, o que está fazendo aí? – gritou Scooter, com um megafone.

Rimos dele e Alfredo respondeu com um “não sei” entre risadas. Decidimos dar um tempo e sentei em uma das cadeiras.

- Ei marrentinha, você é muito boa atriz, sabia?
Ela rolou os olhos e puxei-a para perto de mim - Até parece.
- E você é muito modesta também.
Minha princesa sorriu e sentou no meu colo. - Justin – ela me olhou pensativa e mordeu os lábios -, não acha que eu estou sendo má demais com você, no clipe?
- Não! Tem que ser até mais. Pense que eu só amo garotas muito difíceis.
- E eu sou difícil?
- É. E é demais!

(Seu nome) riu de mim e beijei sua bochecha. Quando ela me perguntou isso, me fez lembrar-me dos velhos tempos, de quando eu encontrei-a na pista de skate, quando caiu do skate e a levamos no hospital. De eu jogando Xbox com ela e depois, me desmascarar. Foi muito estranho aquele dia. Os olhos dela quando ela disse “Seus olhos cor de mel, Biebs” e de ficar sem graça depois, do jeito que ela me tratava e de me beijar ferozmente por causa de uma chave. E pensar que isso é só o começo de uma longa história.

- Biebs?
- O que? – respondi, voltando a realidade.
- No que estava pensando?
- Ah... Depois te conto. É... Vamos filmar?
- Claro!

Sorrimos e ela voltou para o seu lugar.

(...)

Depois de um grande dia de filmagem, com tudo pronto, nós fomos até a pizzaria. Conversamos, comemos e rimos demais. Afinal, quem não adora se divertir com os amigos?

Posteriormente, fomos para o hotel e esperamos Scooter, Marcos e Usher com boas notícias. Fiquei no quarto com (Seu nome) enquanto os outros estavam lá em baixo esperando eles dois. De repente, seu celular começa a tocar e a olho curioso. O olhar dela era de raiva.

- Espera só um pouco?
- Quem é?

Ela me olhou culpada e assenti. (Seu nome) atendeu e levantou da cama.

- Charlie, dá pra parar de me atentar?

Rolei os olhos e minha marrentinha saiu do quarto. Cruzei os braços e respirei fundo. “Quando esse ruivo chato vai parar de encher a minha namorada?”, disse para mim mesmo e Chaz entrou no quarto, me olhando com uma cara não muito boa.

- A coisa tá feia lá fora. – disse ele, sentando do meu lado.
- Dá pra sentir. O Charlie não a deixa em paz.
- Quando você me explicou dele, não deu pra entender direito. Ele era amigo dela, mas também era apaixonado.
- Isso. Mas, ele é tão louco que sequestrou e espancou-a, dizendo que era por amor. E também me impediu de ficar com ela por um bom tempo.
- Mas ela continua sendo amiga desse ruivo?
- Não. Mas ele insiste nesse “amor”. Já tem uns três anos que eu conheço a minha marrentinha e ele nunca se esqueceu dela. Até mesmo quando eu não a namorava mais.
- Que amor doentio.
- Concordo. Mas, eu acho que se ele a amasse de verdade, deixaria ela livre para amar qualquer um.
- Estão falando de quem? – Chris entrou no quarto também e sentou na cama.
- Da (Seu apelido) e do amigo dela. – disse Chaz, olhando as horas em seu relógio.
- Quem? O ruivo louco?
- Ele mesmo. – respondi.
- Esse cara é drogado?
- Não sei. Mas, deve ser.

Eles deram de ombros e minha anjinha entrou no quarto com uma cara horrível.

- O que ele te disse, meu amor?

Ela sentou na poltrona vermelha ao lado da cama e colocou as mãos no rosto. Dava para ouvir os soluços que ela fazia. Andei até a poltrona e sentei no braço dela, abraçando a minha marrentinha e acariciei seu rosto.

- Ei, o que ele te fez?
- Biebs, ele disse que se eu não voltasse com ele até amanhã, ele se suicidaria. Sabe quando te dá um peso enorme na consciência?
- Peso? Por quê? Você não fez nada pra ele!
- Ele merece morrer mesmo, (Seu apelido). – disse Chris, chegando perto de nós dois.
- Não fala assim Chris! Ele já foi muito bom nas horas que eu precisei de alguém. E agora ele precisa de mim, mas...
- Meu amor, ele deve estar pensando que você vai acreditar nele. Por isso inventou essa mentira.
- Não é verdade, dava pra ver no tom de voz dele. Ai Justin, eu preciso ficar com ele, só por hoje!
- Não! Você endoidou? E se ele te sequestrar de novo?
- Ele quem te sequestrar, (Seu nome)?

Olhamos para a porta e vimos Marcos, acompanhado de Scooter e Usher. Fechei os olhos e tentei pedir ao senhor que ele conseguisse ajudar a minha princesa a pensar de que isso é errado.

- Pai, é o Charlie, ele...
- Ele ameaçou te sequestrar? Ah, eu mato esse moleque!
- Não Sr. Marcos, é que ele...
- Pode me chamar de Marcos, Chaz.
- Ok.
- Pai, podemos conversar em particular?
- Claro minha filha, vamos para o meu quarto.

Ajudei-a ir até seu pai e eles saíram do quarto. Scooter e Usher me olharam exigindo respostas e explicamos tudo para eles.

- Mas, ele ameaçou se suicidar?
- É! Viu só que cara louco?
- Louco é pouco JB. Ela vai atrás dele?
- Eu acho que vai.
- E que atitude você vai tomar diante disso?
- Você sabe que eu iria até a Antártida por ela, Scott. Eu poderia até deixar de ser cantor só para ficar ao lado dela. – respirei fundo e molhei os lábios.
- Nós sabemos disso, Justin.  
- Então! Mas, eu juro que se ele encostar um dedo dela, é capaz de eu o matar ao invés dele se matar.  
- Você não é louco a esse ponto.
- Por ela, sou sim Chaz.

Estralei meus dedos e levantei da cama.

- Sou até demais.
.............................................................................................................................

Heey Geliebers *-* 

Meu deus, o que será que a (Seu nome) vai decidir? e o Justin? Vai intervir na decisão dela? Só no próximo capítulo! ;* 

Indicações: 

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~~

Gih 

11 comentários:

  1. OMG ... continuaaa diva, tô super curiosa ^^...

    P.S: Tá perfeito ><

    ResponderExcluir
  2. aaaawn, ele é capaz de tudo por "mim" *-* ownt, como eu amo esse garoto gente u.u >< haha' continua amr ta perfeito com ever :$ haha

    ResponderExcluir
  3. Oh Lord, o que sera que ela vai fazer hein? Ir atras do Charlie?
    Estou muito curiosa, continua logo vaaai kkkk
    To amando muiiito sua fanfic
    Divulga?
    http://bieber-belieber.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. OMB *_*
    curiosa demais
    continua continua

    ResponderExcluir
  5. pooo meeeu coontinuuuaa loogoo
    e nao demora tanto pra postar por favor!!
    aaah' que tal ela ir pra lá com ele, mas o Justin ficar, ai quando ela chegar na casa do Charlie esta estaria quase se suicidando, ai ela fala "naaaaooo" e tals, ai ele diz "só se você ficar comigo" ai ela fala "entao pode se matar" ai ele pega oque for e se mata, ai ela começa chorar ai o Justin chega, ai depois de 2 semanas a (seunome) ainda nao se recuperou ai ela fica depressiva, e começa a se cortar de volta e tals
    meeeeoo quuee massa né? Ta eu sei que eu sou loca!
    ksopakspako'

    ResponderExcluir
  6. Isadora22:26

    Nossa coitado, por mais que ele tenha feito tantas coisas erradas, ele não merece morrer e se suicidar. Mas ao mesmo tempo ela tem que ficar com o Justin e não com ele, ela vai ter que convencer ele a não se matar. Beijos e continua logo, está mais que perfeito. Estou amando *-*

    ResponderExcluir
  7. OMG o que sera que ela vai faze O.O , to anciosa demais kkkkkkkkkkk . CONTINUAAAAAA LOGOOOOOOOOOOOOOOOO SUAAAAA LINDAAAAAAAAAAA *-* beijos

    ResponderExcluir
  8. Anônimo21:31

    SÉRIO TA MUITO PERFEITA, to morrendo de ansiedade pro próximo cap
    e me desculpe, eu não venho comentando pq nunca dá tempo :/
    eu to amando a ib, continua ♥

    ResponderExcluir
  9. Leitora nova '-' Essa web tá perfeita demazi | 3bjs da sua Gelieber AUSHUAHSUA

    ResponderExcluir
  10. I'M BACK! CONTINUA AMOR !

    ResponderExcluir