13.4.12

#IB - The Skater Girl: 94º Parte

Mode Justin off*

- Então... o que o Charlie fez dessa vez?
- Pai... – solucei e molhei meus lábios, pensando no pior – o Charlie me disse que se eu não voltasse com ele...
- O que ele disse? Que iria te sequestrar? Moleque desgraçado!
- Não pai, ele disse que se suicidaria.

Minha visão ficava embaçada à medida que eu tentava imaginar o que ele faria por eu não ter ido. Meu pai me abraçou e enxugou minhas lágrimas.

- Mas, vocês já ficaram juntos alguma vez?
- Não, ele que é um doido mesmo. Nós só fomos muito amigos.
- E por que “voltar”?
- Voltar a ser amiga dele, eu acho. Mas, não é isso, ele me quer longe do Justin, pai.
- Mas ele que é o seu namorado e não o Charlie.
- E quem disse que ele entende isso?
- Eu o faço entender!
- Pai!
- O Justin é um bom garoto, e eu não queria vocês dois separados outra vez. Vê-lo contando os dias só para te ver, me fez perceber que ele sim é o genro que qualquer pai gostaria de ter.
- Mas pai, o Charlie não vai me machucar. É só por um dia! Eu vou de avião para NY e...
- Nem pensar mocinha! Você não vai embora daqui enquanto não terminarmos tudo.
- Mas...
- Sem mas. Diga ao Charlie que você não pode sair daqui, e quando você terminar todas as filmagens e as entrevistas que você vai voltar para NY.
- Até lá ele já vai estar morto!
- Por que não tenta conversar com ele? Já que você quer o ver tanto assim, peça para ele esperar uns dias.
- E se ele não concordar?
- Ele morra no fogo do inferno, mas você não sai daqui.
- Credo pai, ele não é um demônio.
- Por bater na minha filha, é claro que é.

Respirei fundo e ele beijou minha testa.

- Assunto encerrado, ok? Não quero mais ouvir você choramingando por causa dele se ele não aceitar.
- Tá pai. Afinal, era para esses dias serem alegres, e não preocupantes.
- Concordo. Mudando de assunto, o Axl me ligou e disse que em menos de horas eles já estariam chegando.
- Ótimo! Mas, o Ash vem?
- Não, ele foi preso.
Comecei a rir e olhei irônica para meu pai – Até parece que ele ficaria muito tempo ser ir pra cadeia.
- Sem querer desconsiderar o Axl, isso é verdade.

Ri novamente e levantei da poltrona.

- Eu posso contar isso ao Justin?
- Claro filha, ele vai ficar muito feliz em saber disso.

Dei de ombros e saí do quarto. Andava pelo corredor com o maior desânimo do planeta. “Não queria perder o Charlie por bobeiras minhas”, pensei, ”já que é tudo culpa minha mesmo”. De repente, alguém me abraça por trás e tampa minha boca com um pano, abafando meus gritos. Chutava o homem com toda a força que eu tinha, mas, parei ao perceber que tudo estava ficando preto e embaçado.

Mode Justin on*

- Cadê a (Seu nome), Marcos?
- Ela já devia estar aqui.
- Concordo. Você sabe se ela foi a algum lugar antes?
- Não. Quer saber, vou procurá-la.
- Também vou.

Levantamos e fomos procurar minha princesa. Eu queria saber o que ela decidiu, já que Marcos não quis me contar. Vasculhamos todo o hotel e nada dela. Perguntamos a, praticamente, todos os hóspedes e ninguém a viu. Tem algo errado nessa história, e eu quero saber o que é.

Mode Justin off*

Abri os olhos e revirei os olhos ao ver Charlie sentado na cama com um sorriso muito malicioso no rosto.

- Você é um patife mesmo, né Charlie. Até me seguir você está fazendo agora.
- Quer saber, não quero deixar você sozinha com o loiro gay.
- Olha o respeito! – levantei bruscamente e ele me olhou com uma sobrancelha levantada.
- Respeito? Aquele garoto não merece respeito.
- Homem, um homem muito...
- Dócil, gentil, humilde e blá, blá, blá. Cansei de ouvir você falar dele. Vamos falar de nós.
- Nunca existiu um nós, por que agora terá um?
- Como não existiu? E quando você me chamou de amor no telefone? Das rosas que eu te mandava? Das cartas?
- Cartas? Flores? Faz quantos anos isso, Charlie? Acorda! Eu não tenho mais 13 anos!
- Mesmo assim, continua sendo gostosa.
- Me respeita moleque.
- E eu estou mentindo?
- Está!
- Você é que está.

Ele se aproximava de mim e do nada, colou nossos corpos. Fechei os olhos com medo e desejei estar em qualquer lugar, menos trancada em um quarto escuro com ele.

- Sua boca é tão linda, sabia?
- Nem pensa em encosta...

Ele me interrompeu com um beijo horrível. Empurrei-o e levantei da cama, tentando abrir a porta trancada.

- E toda aquela história de “eu vou me suicidar”?
- Mentira. Acha mesmo que eu me mataria? Só depois de você ser minha, só minha.
Estremeci de nojo e ele me olhou malicioso – A chave está bem guardada – ele apontava para sua parte íntima e fechei os olhos só de imaginar – e se quiser sair, vai ter que pegar.
- Preferia ficar trancada com você aqui a fazer isso.
- De qualquer jeito, você terá que fazer isso. – ele mostrou um canivete para mim, que havia retirado de seu bolso e me lembrei na hora dele – Lembra-se dele, meu amor? Então, ou você pega, ou ele vai parar no seu pescoço.
- Duvido que você me mate só para eu fazer sexo com você.
- Não duvide de mim, babe.
- É claro que eu duvido. Depois de tudo aquilo, como eu não posso duvidar de você?
- É verdade, mas não precisa dar uma de corajosa nessas horas.

Charlie se aproximava com o canivete aberto. Sentia meu coração acelerar a mil. Acho de dessa vez, eu não vou conseguir escapar. Mas, e se eu...

- E ai, o que você escolhe? – ele interrompeu meus pensamentos e notei que Charlie estava na minha frente.
- Você tem camisinha, pelo menos?
- É claro. Mas, você vai mesmo?
- Por que não? Quero logo sair daqui.
- É pra já.
- Mas, você vai jurar que nunca mais você vai me encher, ouviu bem?
- Claro. Vamos logo, quero te ver nua e supersexy.

Senti-me um monstro após dizer isso, mas, eu nunca perco. Bem, eu tirei minhas roupas, mas, fiquei de roupas íntimas, lógico. Charlie estava sobre a cama me esperando e senti meu estômago revirar por um segundo. Andei até a cama e Charlie me agarrou, me beijando ferozmente e apalpando minha bunda.

Lembrei-me que ele tinha guardado o canivete no seu bolso depois que eu disse aquilo tudo. Desci minhas mãos até seu bolso de trás e procurei o canivete, e de brinde, ganhei a chave. Que mentiroso, não estava dentro da cueca dele, e sim no bolso. Coloquei a chave entre meus dedos e abri o canivete enquanto o beijava. Consegui cortar um pouco seu braço e ele me olhou sem acreditar.

Sorri vitoriosa e desci correndo da cama, já na frente da porta. Ele correu até mim e consegui abrir a porta a tempo e a fechá-la em sua cara. Corri pelo corredor gritando pelo Justin e vi-o me procurando. Ele me viu sem roupas e saí correndo até ele quando vi que Charlie estava me alcançando. Protegi-me atrás de Justin e quando ele aproximou-se de nós, Justin o socou em cheio do nariz. Ele ajoelhou de dor e dei uma paulada em sua cabeça, que o deixou desacordado.

Justin me abraçou forte e me olhou dos pés a cabeça.

- Como ele...?
- Depois eu te conto. Eu só queria as minhas roupas de volta.

Rimos juntos e fomos até o quarto para pegar minhas roupas.
.........................................................................................................................

Hey Geliebers *-* 

Caramba! O Charlie enlouqueceu de vez! Mas, será que ele vai tirar essa história a limpo? No próximo capítulo ;* 

Indicações:

Gostaram? Me avisem! 
~~ 10 comentários? ~~ 

Gih 

12 comentários:

  1. AAAAAAAAAAAAA ta perfeita como sempre, omg' Charlie filho da Mãe, continua amor *-*
    pode indicar, se não for incomodo? http://destinymademeloveyou.blogspot.com.br/ *-* obg

    ResponderExcluir
  2. AHH MEU DEUS! QUE SAFADO! Charlie maluco! Ainda bem que consgiu enganar ele! kkkkkkkk IB perfeitaaa!!! bjokas @JBieberMinhaVid

    ResponderExcluir
  3. Júlia19:21

    Continua logo,pelo o amor do Cristo Bieber..tipo esse Charlie enlouqueceu de ves,né?E ela ainda querendo ajudar ele,ah vá,né?
    Continuaaaaaaa Beijos :)

    ResponderExcluir
  4. raaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaawn continua :)

    ResponderExcluir
  5. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    to mega curiosa
    continua, por favor, continua

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKK AMEI MUITO BOM (;
    Continua '

    ResponderExcluir
  7. Cap. incrível!!!!!nova leitora O/ to mega ansiosa,mal posso esperar pelo proximo cap.!!poderia divulgar minha IB?Acabei de começar :) http://onepurpleninja.blogspot.com.br/ obrigado Gih!!:D

    ResponderExcluir
  8. OMG OMG OMG OMG OMG OMG tá parei
    maas taa muuito show mano,
    melhor do que eu pensava caraalhoo
    da onde tu tira tanta imaginação sei lá (esqueci a palavra rsrsrs)
    sei lá velho, tu é muito fera cara
    bom é isso aí saopksapok'

    ResponderExcluir
  9. OMB CONTINUAA TA MUITO BOM

    ResponderExcluir
  10. Anônimo19:39

    Quase morri mas okay

    ResponderExcluir