29.5.12

#IB - Believe In Everything: 27º Parte

- Ah, finalmente em casa. – suspirei e me joguei no sofá da sala.

Justin riu de mim e sentou ao meu lado.

- Você não agüenta nem uma tarde de autógrafos. Como quer ser cantora desse jeito?
- Você é um chato.

Rimos juntos e levantei, sentando do lado dele e encostando minha cabeça no ombro dele. Sorri sem graça e Justin beijou minha bochecha.

- Mas foi divertido, não é?
- Foi sim. – suspirei de novo e mordi meus lábios.
- É... o que vamos fazer agora? – perguntou Justin.

O olhei surpresa e arqueei as sobrancelhas.

- Eu quero um banho quente e dormir na minha cama e você me diz isso?
- Você é muito preguiçosa.
- Sou mesmo.
Rimos juntos e ele levantou do sofá – Bem, se quer tomar um banho, vamos subir.
- Tá bom.

Ele pegou em minhas mãos e me ajudou a levantar. Subimos juntos e sentei na minha cama, exausta.

- Não ia tomar banho?
- Não posso nem ficar de preguiça na minha cama, Biebs?
- Eu que achava que você era super elétrica.

Ri dele e levantei. Andei cambaleando até o banheiro e só escutei as risadas dele atrás de mim.

- Seu idiota – mostrei minha língua pra ele e ri depois.

Entrei no banheiro e tomei um banho de limpar corpo e alma. Estava muito cansada, realmente. Nunca lidei com uma multidão de meninas atrás de mim, me pedindo autógrafos. E o pior era que elas quase nos atacaram. Aquela correria toda me matou. Me enrolei na toalha e vi que Justin estava lendo minha #IB.

Ri dele e me troquei, já que ele estava super vidrado na história. Coloquei um blusão e um short por baixo - minha mãe me mataria se eu ficasse sem um por baixo – e sentei na cama. Nem tinha me lembrado das lições de casa, mas não estou a fim de fazê-las.

Justin não desgrudava nem um pouco de lá. Parecia até hipnose. Isso me assusta. Como ele, logo ele, gostou da minha história? Jesus. É sorte demais. Sorri ao pensar isso e peguei meu celular. Já eram 19hs e eu estava varada de fome. Levantei e cutuquei Justin, que me olhou sorrindo.

- Quer ler comigo, Lulu?
- Eu ia perguntar se você estava com fome.
- Ah – rimos juntos e ele me puxou, me fazendo sentar em seu colo. – Na verdade, eu queria outra coisa.
- O que? – perguntei.

Justin sorriu e me deu um selinho demorado. Ri dele e repousei minha cabeça em seu ombro. Escutamos baterem na porta e mandei entrar.

- Filha, o Pedro acabou de chegar.
- Ah, que bom.

Minha mãe me olhou como se quisesse que eu saísse dali e fosse cumprimentar meu irmão.

- Justin, já volto.
- Tá bom Lulu.

Desci do colo dele e saí do quarto.

- Cadê ele?
- Lá em baixo.

Andei até a escada e vi o pentelho do meu irmão encostado na parede e – surpreendentemente, com roupas novas. Graças a Deus.

- Peeeeeedro! – gritei, descendo as escadas.

Ele me olhou assustado e o abracei forte.

- Seu sumido, esqueceu que tem irmã?
- Não...?

Ri dele e ele me abraçou de volta.

- Está com roupas novas, é?
- Já que você pediu que eu mudasse, eu comprei umas novas.
- Ainda bem. Você ta mais gatinho, sabia?

Rimos juntos e mordi meus lábios, muito alegre.

- E ai, como foi na casa do Túlio?
- O pai dele é legal.
- Bom saber. Vocês saíram muito? Pegaram umas gatinhas?
Ele riu de mim e começamos a subir as escadas – Até que não... ele pegou muitas.
- E por que você não?

Pedro sorriu para mim e entramos no quarto dele.

- Eu... eu posso te falar uma coisa, mas você promete não contar pra mãe?
- Claro! Eu juro solenemente que não vou falar.

Meu irmão riu de mim e sentamos na cama dele.

- Eu to namorando.

O olhei surpresa e cobri minha boca com minhas mãos.

- E quem é a sortuda? – perguntei enquanto ele ria da minha reação.
- Ela se chama Débora.
- Como ela é?
- Morena, tem os olhos verdes, simpática...
- E os beijos dela? Como são?
- Muito bons.

Ri dele e minha mãe bateu na porta.

- Pedro, você não quer jantar?
- Ah mãe, eu quero.
- E você, filha?
- É claro.

Rimos e fomos para a cozinha. Eu fui chamar Justin, é claro. Jantamos, conversamos muito e rimos também. Depois, foi a vez de o Justin tomar um banho. Eu tentava pensar em algo para escrever enquanto ele não iria me perguntar mais e mais. Já estava na segunda página quando escutei ele me chamar.

- Lulu, pega uma toalha pra mim?

Levantei e peguei uma toalha no armário. A porta estava escorada e deixei a toalha em cima da pia. Voltei para o computador e me concentrei de volta na história. Estava na parte em que o Felipe contava para a Maggie que o Justin tinha brigado com a Morgan por causa dela. O Justin não leu até essa parte. Sorri e senti um assopro em meu pescoço.

Arrepiei-me inteirinha e quase pulei da cadeira de susto. Que droga, todo mundo adora fazer isso comigo.

- Você quer me matar? – perguntei.

Justin riu de mim e beijou minha bochecha. - Desculpa Lulu, não era essa a minha intenção.

Ele fez um biquinho muito fofo e ri dele.

- Seu bobo. – apertei a bochecha dele e Justin olhou para a tela, curioso.
- Está escrevendo a história?
- Estou sim.
- Em que parte você está?
- Em uma que você não leu ainda.
- E você pode traduzir pra mim?
- Não senhor, você não chegou nela ainda.
- Aah Lulu, por favor!

Neguei e notei que ele estava de toalha. Ri dele e Justin me olhou malicioso.

- Se não contar, eu vou te beijar até você dizer que vai.
- Como se eu fosse me render, né?
- Então você quer que eu te beije?
- Não seria má idéia.

Rimos juntos e ele me levantou, me puxou pela cintura e me beijou. Justin foi me empurrando até a cama e caímos juntos, ele sobre mim. Sério, eu acho que ele ficou meio safado depois desse banho. Biebs segurou em minha cintura e colocou suas mãos por dentro do meu blusão, e eu segurava em sua nuca, sentindo seus cabelos molhados entre meus dedos.

As mãos dele acariciavam meu abdômen, me arrepiando muito. E, como se não bastasse, sua boca foi para meu pescoço, mordendo ele de leve.
............................................................................................................................

Hey Geliebers *-*

Bem, eu vi os comments de vocês no Aviso e, eu vou tentar postar um prólogo, só vou esperar a poeira abaixar aqui em casa, ok?  (:

Justin safado, lol. E ai, o que o Justin vai fazer com ela? No próximo capítulo ;* 

Gostaram? Comentem! 
~~ 10 comentários? ~~

Gih 

12 comentários:

  1. Anônimo11:16

    amooo essa ib, continua logo flor *-*

    ResponderExcluir
  2. Uuuuuuuuh, parou na melhor parte... sacanagem.
    Masok. Ficou muito perfeito o capítulo, amei como sempre. *-*
    Continua?! >.<

    ResponderExcluir
  3. Anônimo13:09

    PREVEJO SECÇO

    ResponderExcluir
  4. Isadora13:45

    Esta perfeito e louca para saber a continuação. Continua menisna hahaha

    ResponderExcluir
  5. woooooooooow, pq parou, parou pq? (8' ~le imagina eu cantando~ -n KKKKKKKKKK' ta perfeito como sempre amr,continua :B

    ResponderExcluir
  6. KKKKKKKK parou pq 2
    K continua SOS

    ResponderExcluir
  7. PAROU PQ PQ PARO(8~LE EU CANTANDO)NOSSA FICO CALOR ATE AQUI EM CASA KKKKK'
    CONTINUAA POR FAVOR...

    ResponderExcluir
  8. concordo com a "Thalia Bieber", nao devia ter parado agora nao hahaha, quer me matar é?!
    Continuuua prfvo
    @mrssswaggg
    dreamingwith-bieber.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
    continua continua
    pessoa mega curiosa aqui o/

    ResponderExcluir
  10. Anônimo20:49

    PQP QUE PERFEITA
    vou ir ali morrer. Justin safadenho HMMMMMMMMMMMMM
    continua amr

    ResponderExcluir
  11. Porq parou na melhor parte? Nao devia ter parado sua má kkkkk
    continuaa ta perfeito

    ResponderExcluir
  12. Anônimo21:57

    Omg.. continua logo ! ;)

    ResponderExcluir