7.11.12

#IB - Little Angel: Capítulo 38

respostas de comentários e aviso no final! 

Mode Justin on*

Ao vê-la naquele estado choroso, a única coisa que consegui fazer foi abraçá-la e oferecer um ombro amigo. Não entendia o motivo do choro, mas vou deixá-la desabafar em lágrimas, primeiro.

Tirando isso, nossa tarde foi perfeita. Desde quando a busquei na sua casa, vendo-a sentada na sua cadeira azul-escura e vendo sobre seu passado e de sua família. Depois, ao vê-la com aquela roupa romântica, me senti tão... abobado. Acho que até babei vendo minha boneca tão fofa, tão meiga.

E após meu treino, quando tinha terminado minha ducha, já vestindo minha camiseta, percebi o quanto ela ficou sem graça quando pedi sua ajuda. Sentir seu corpo perto ao meu era incrível, ainda mais vendo ela corada. Seus olhos estavam concentrados na minha camisa e, por um instante, em meus olhos. Até aqueles malditos nos interromperem.

Indo mais à frente, já em casa, quando minha mãe foi chamar meu irmão, que beijo foi aquele, senhor? Ela no meu colo, de saia. Pronto. Achei que minha cueca iria arrebentar ali mesmo. Até o palerma do Jason nos atrapalhar. Maldição. Achei que realizaria um dos meus sonhos hoje e esse babaca estraga.

Foi tão... fantástico aquele momento. Queria vivê-lo outra vez. Ter seu corpo de forma selvagem e gentil no meu. Eu sempre me controlei com a Angel, ainda mais por não conseguir ser um safado com ela, mas naquele momento, se o Jason não tivesse aparecido, não sei se teria ido adiante.

E depois, quando, sem querer, mencionei o Mackenzie High e as nerds gostosas – sem querer parecer mulherengo, mas em nenhuma escola que estudei ou joguei nas estaduais tinha nerds como aquelas. Ah, bons tempos. Três nerds em uma noite, eu parecia estar sonhando. Aqueles seios... Justin! Acorda rapaz! -, Angela havia ficado sentida – ou talvez fingiu estar sentida – e consegui dominá-la.

Quando a toquei, senti sua pele eriçar. Outra sensação incrível para um dia só. E quase a beijei novamente, porém, os rapazes me atrapalharam outra vez. Hoje é o dia das interrupções, fala sério.

Depois, aqui no parque. Eu acho que ela cumprimentou vinte pessoas – acho que foram vinte. Quem sabe não foram mais? - que passaram perto de nós. Sem contar nas crianças que a abraçavam nas pernas, já que elas nem esperavam Angela pegá-las no colo ou abaixar-se para abraçá-las. Ela é tão adorada por todos, sem exceção. Crianças, adolescentes, adultos e idosos. Até um bebê, que estava chorando, começou a sorrir quando a viu.

Parecia até bruxaria.

E paramos no agora. Angela respirava com dificuldade, suas mãos seguravam minha camisa e sua cabeça estava encostada em meu peitoral. Havia a posicionado de forma que ela ficasse entre minhas pernas, deixando nossos corpos mais próximos.

Olhei-a sem saber o que dizer e afaguei seus cabelos, o que a fez fechar os olhos. Queria poder saber por que ela chorava. Ela disse que estava com medo de tudo dar errado, mas o quê? Continuei acariciando seus cabelos e Angel me olhou nos olhos, aproximando seu rosto do meu.

Conseguia sentir sua respiração irregular em meu rosto ainda molhado devido o pranto. Ela tocou nossas testas, ainda olhando fundo nos meus olhos.

- Promete que ninguém vai estragar isso que estamos vivendo hoje?
Molhei meus lábios, assentindo – Prometo, meu amor. Faria tudo por você.

Angel esboçou um sorriso e sorri de volta.

- Mas, por que você ficou assim de repente? – perguntei, tirando uma mecha de cabelo que lhe cobria os olhos.
- Ontem, quando fui atender a campainha, não sabia que minha mãe tinha pedido pizza para o jantar e vi Dylan entregando pizza de pepperoni, e o recebi, é claro.
- Quem é Dylan? O entregador?
- Ele é meu amigo, o único que me apoiou depois que o Liam me traiu. Mas continuando, ele me contou que o Liam estava voltando de Londres. E hoje você comenta com o Chris sobre o Lil Will, que vai voltar de Londres nesse fim de semana. Eu estou com medo de ele, sei lá, me ver com você e estragar tudo, entende? Estava me segurando para não chorar, mas não deu muito certo.
- Talvez não seja o mesmo Liam, Angel. Ou o seu Liam vá demorar mais tempo para chegar.
- E se for ele?
- Vamos juntas as características, ok?
- Ok.
- Como ele é, Angel?
- Tem os cabelos de um castanho claro e os olhos azuis como o céu. Seu físico era o suficiente para deixar qualquer garota morrendo de amores por ele. Sua lábia era invencível, tanto que eu, burra, caí nela.
- O Lil Will tem os cabelos castanhos e olhos azuis também. Sempre foi ruim em matemática no geral e em física. Sempre tinha uma menina com ele, na maioria, morenas. Ele adorava morenas.
- Eu me lembro de ajudar ele nas provas de física e álgebra, se não ele iria reprovar.
- Ele sempre passava por décimos, aquele vagabundo.

Ela riu de mim e sorri, vendo que a fiz rir depois de todo aquele choro.

- Realmente, ele passou por três décimos da última vez.
- Foi por três décimos! – disse eu, surpreso – Exatamente três. Que porra! E eu reprovei nesse ano por exatos cinco décimos, achando que ele iria comigo.

Angela gargalhou, levantando de meu colo. Cara, que risada gostosa. Conseguia ser tão contagiante e sexy ao mesmo tempo. Revirei os olhos, rindo também.

- Você é muito bobo, Justin.

Sorri, fazendo graça e ela sentou no banco, ao meu lado.

- As semelhanças são muitas – disse ela, tirando aquele sorriso encantador do rosto –, ou seja, há grandes chances de eles serem o mesmo Liam.
- Não se preocupe, Angel. Eu não vou deixar aquele corno fazer isso. Aliás, ninguém vai fazer nada com a gente, eu não te prometi?

Angel assentiu, voltando a sorrir.

- Então! Não há com o que se preocupar.
- Obrigada – disse ela, deitando sua cabeça em meu ombro.
- Não foi nada, Angel.

Onde estávamos, havia uma visão ampla do céu, apesar das cerejeiras floridas. Já estava escuro, nos possibilitando ver as estrelas invadindo o céu.

- Tenho que voltar – disse ela, levantando.
- Eu te deixo em casa.

Levantei também e ela pegou a magnólia que entreguei a ela umas horas mais cedo. Fomos caminhando para fora do parque e Angel parecia observar o caminho, surpresa.

- Stravinsky! – gritou ela, correndo para o meio da trilha.
- Angel!

Saí correndo atrás dela e a encontrei com um gato gigante no colo, o acariciando.

- Meu bebê! Nunca mais faça isso comigo!
- Angel...?

Angela me olhou sorrindo e começou a rir, provavelmente da careta que fiz.

- De quem é esse gato?
- É meu! Ele sumiu há uns meses, achei que tinha o perdido. O nome dele é Stravinsky.

Ela se aproximou, me permitindo ver o gato mais de perto. Era um Maine Coon cinza. E era gigante. Todos dessa raça são gigantes.


- Que grande – disse, o acariciando, que começou a ronronar em seguida.
- Eu sei. Estava com saudades, meu bebezão! – disse ela, sorrindo – Minha mãe vai adorar saber que o achamos.
- Então vamos voltar e contar as boas novas.

Angel assentiu, seguindo junto a mim até sua casa. Quando saímos do parque, deixou Stravinsky no chão e ele começou a rodar em suas pernas, ronronando. Angela riu dele e me abraçou, deitando sua cabeça em meu ombro.

Paramos na frente de sua casa e ela olhou para o céu, em seguida me olhando nos olhos.

- Quando vamos nos ver novamente? – perguntou ela. – Tirando que amanhã tem aula? – ela riu em seguida. É verdade, nem me lembrava que hoje era quinta-feira.
- Vai fazer alguma coisa no sábado?
- Não.
- Então vamos passear pela cidade e tomar um café.
- Tudo bem. Amanhã nos falamos.
- Boa noite Angel – disse, beijando sua testa e a abraçando em seguida.

Stravinsky começou a miar, vendo que nós dois não nos separávamos nunca. Começamos a rir e Angel o pegou no colo, me selando sem seguida.

- Boa noite. Até amanhã.

Ela subiu os degraus e abriu a porta, acenando. Acenei de volta e a esperei entrar.

- Mãe! Encontrei o Stravinsky! – disse ela animada, fechando a porta.

Ri sozinho, voltando para casa.

(...)

- Seu corno! Como nos deixa sozinhos assim? – disse Chaz, me fazendo revirar os olhos.
- Não posso mais sair com a minha namorada? E o que vocês ainda estão fazendo aqui a essa hora? Acham que aqui é um albergue, hotel, ou coisa do tipo? Vazem!
- Seu grosso – disse Ryan, saindo do meu quarto.
- Mesmo assim, eu ainda de te amo! – disse Chaz, fazendo um coração com as mãos.

Mostrei o dedo do meio pra ele e Chaz saiu em seguida, ainda fazendo um coração com os dedos. Chris parou no meio do caminho e sorriu, mostrando um monte de malas.

- Vou dormir com você hoje.

Olhei-o de soslaio e mordi meus lábios.

- Só se for à luz da lua, no jardim.
- Sua mãe fez questão de que eu dormisse no quarto com você, então a ideia da luz da lua não vai cair bem.
- Só não te mato porque não tenho uma bazuca.
- Nossa, me matar com uma bazuca?
- É claro. Queria com uma bomba nuclear? Seria mais divertido ver você desintegrando.

Sorri maldoso e entrei no banheiro, indo tomar meu merecido banho. Adoro ser mau. Terminei-o e me sequei, escovei meus dentes e voltei para o quarto e vi um colchão arrumando ao lado de minha cama e não havia ninguém no quarto. Ignorei e vesti uma cueca, me jogando na cama e apagando a luz.

Logo em seguida, acendem a luz e ergo a cabeça, olhando para Chris, que usava uma cueca samba-canção e uma máscara facial verde. Olhei aquilo e comecei a gargalhar, rolando na cama. Chris me ignorou e foi tirar sua máscara.

- Cara, desde quando você usa isso?
- Minha pele é sensível e não gosto de ter espinhas. – disse ele, tirando aquela coisa verde de seu rosto.
- Seu gay.
- Sou tão gay que peguei as canadenses mais gostosas de Toronto.
- E eu com isso? Se elas soubessem que você usa máscara facial, iriam achar que você é gay.
- Vai te ferrar, Bieber.   

Comecei a rir outra vez e Chris deitou em seu colchão.

- Ei, aquela tua namorada é muito gostosa. – disse ele, se ajeitando.
- Quem te deu o direito de falar assim da Angel?
- Ela é boa de cama?
- Eu vou te bater.
- Deve ser, já que você está tão gamado nela.
- Cala a boca, palerma! – Chris me olhou assustado e respirei fundo. Ainda bem que sou controlado, se não o rosto dele já estaria desfigurado há tempos – Ela é diferente, tá? Você não entende. Eu mudei.
- Mudou como?
- Não estou ficando por ficar.
- Nem por sentir o prazer de uma transa?
- Não. A Angel tem que ser tratada como uma princesa.
- Que frescura.
- Frescura o caralho, duvido que você ache uma garota como ela.

Chris ficou um tempo sem conversar e me olhou, pensativo.

- Ela parece ser tipo a Cait, não é?
- Sua irmã é uma garota decente, mas eu não tenho nem coragem de olhar para ela outra vez. Não quero falar sobre isso.
- Mas ela é parecida, não é?
- Cada uma tem as suas qualidades, mas ambas conseguem ser extremamente meigas com todos.
- A Angel me disse o que minha irmã me disse uma vez.
- O que ela te disse? – perguntei.
- Que nós somos burros e não sabemos escolher a mulher certa. E a Cait já me disse isso uma vez, mas eu nem dei atenção. Agora que ela me disse isso, eu reparei que devem mesmo existir garotas decentes.
- E a sua irmã é uma delas. O homem que estiver com ela hoje é muito sortudo. E eu também sou um sortudo por ter a Angel comigo. Ela é incrível.
- Parece ser mesmo. Tão... meiga.
Sorri, me aconchegando em minhas cobertas. – Ela é sem palavras, meu amigo.

Apaguei a luz em seguida e fechei os olhos, ainda vendo aquele sorriso glorioso antes que a escuridão dos sonhos tomasse conta de minha mente.

***
Hey Geliebers!

Justin fofo ft. safado. E a vontade de morder ele, gente? ;3 E o Chris com a máscara facial? Ri muito agora! Achei o gatinho da Angel muito lindo! Stravinski é o nome de um pianista, para quem achou o nome super estranho. E agora? Será que a teoria da Angel vai mesmo se realizar? E essa história mal contada dos sonhadores? Ainda tem muito o que contar! 

O aviso que queria dizer é o seguinte: 

Estou me mudando! Isso pode ter as suas partes boas, mas minha mãe vai trocar minha net e vou ficar uns dias sem postar, garotas. Além de eu estar encaixotando tudo com ela, vou passar o fim de semana na casa da minha amiga otomi e, ela nem vai me deixar escrever pro blog. Sim, ela é muito ciumenta! Só para vocês verem o meu amor por vocês <3 

Bem, espero que entendam a minha ausência, não é minha culpa. Acho que até quarta feira  já volto, mas só acho. Mas eu vou ter meu quarto e isso é muito muito bom.    

E girls, minhas provas estão chegando. Sabem o que é ter três dias seguidos de provas de matérias totalmente diferentes? Isso é muito difícil. Mas eu vou me esforçar ao máximo para postar, ok? *-* 

Para a anony que perguntou como eu imagino a Angel, lá vai sua resposta.

Girl, só de me lembrar no nome "Angel", eu vejo uma moça de estatura média, com o rosto fino, magra, porém com curvas brasileiras, dos olhos cor de mel, boca rosada e a pele branquinha como a branca de neve. Os cabelos são de um castanho claro, parecendo até cor de avelã. Seu sorriso, ah, o sorriso da Angel é aquele bem divo, sabe? Que você sorri só de vê-lo, no caso, imaginá-lo. Já na personalidade, uma pessoa meiga, humilde, que não vê malícia na maioria das coisas. Inocente, de certa forma. Simpática e educada de todas as formas, amiga de todos. Aplicada nos estudos, que pensa em ser alguém importante no futuro. Que não tem medo de se expressar e de arriscar. Que ajuda as pessoas com coisas mínimas, como ela faz com a Sra. Stubin, limpa a casa de uma senhora que só vê os filhos duas vezes por mês. E que, infelizmente não tem um pai hoje, como eu. E, que teve seu coração dilacerado com a dor de uma traição, que tinha medo de amar novamente. E que agora tem um namorado que a merece. 

Eu sei que falei demais, mas eu não podia deixar nada transparecer. A Angel foi uma das melhores personagens que eu criei, apesar de ter um pouquinho de mim nela. Eu adoro a Angel, e é por isso que é uma das minhas histórias preferidas. Na verdade, não tem como favoritar, afinal, você acaba se integrando na história de uma forma... Enfim, espero que tenha entendido a minha forma de enxergá-la.

Para a outra girl que veio em anony me perguntar sobre partes hots. 

Bem, eu vou ser sincera com você. Todo mundo quer isso, né? Suas safadas! lol  Eu queria deixar vocês curiosas, já que a Angel é conservadora. Mas, quem sabe rola? Depende do rumo da história. Enfim, pode demorar ou não! Eu sei que não ajudei em nada, só piorei, mas, é essa a intenção! hahah ^^ 

Mais perguntas ou dúvidas? Respondo com prazer! 

Indicações:
http://mesninas-do-jb.blogspot.com.br/
http://imaginebelieberboy.blogspot.com.br/ < Imagine Belieber de um boylieber! fofo ^^ 
http://mypurpleninjakidrauhl.blogspot.com.br/
http://f-eelingalive.tumblr.com/

Gostaram? Comentem!


Para um fim de post, uma frase super #fact para vocês refletirem. 

"Juízo não significa fazer tudo certo, mas saber a hora de fazer a coisa errada." 
- Johnny Depp 

Amo vocês girls! Vou ficar com saudades ): 
Beijinhos, da Gih*! 

21 comentários:

  1. continua plmdds , que IB mais perfeita kra ! continua !

    http://mesninas-do-jb.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei, mas Gih, Stravinki. Você me disse que seria um nome nerd tipo Galileu ou Copérnico, mas, esse nome estranho ai? Da onde tirou?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo19:35

      Q?nome de quem seria esses nomes Horriveis ainda mais Copérnico!!!!!
      kkkkkkkkk
      Paula

      Excluir
  3. Sinceramente , eu amo de paixão essa IB . Toda a vez que eu vejo que você posto um capitulo dela pulo pela casa de tanta alegria. Espero que você possa postar logo , porque essa IB é um vicio .

    ResponderExcluir
  4. Perfeito, posta mais !

    ResponderExcluir
  5. Perfeito!
    Não para de postar.

    ResponderExcluir
  6. Tudo bem eu te perdoou por que ira ficar sem postar , tudo tem seus motivos neh ? Então e assim que você imagina a Angel ? Que cute >.< Justin safadinho neh >? e super lindo o jeito que ele trata a Angel , espero que você goste da sua nova casa Bjos !

    ResponderExcluir
  7. Júlia19:35

    Adoro.O Justin é muuuuuuuuuuuuito fofo cara , assim como a história.A Angel,também .. eu imagino ela como uma amiga que eu tenho mas com a personalidade um pouquinho diferente .. tipo na parte dos estudos.kk
    E eu acho que o Chris vai pegar a Angel. kkk #Sóacho.
    Enfim ..
    Continua,Beijos :)

    ResponderExcluir
  8. Continaaaaaaaaaaaaaaaau ta perfeitoo *-----------------*

    ResponderExcluir
  9. Anônimo21:28

    Bieber fofo, sim ou claro? n_n haha ''Prometo, meu amor. Faria tudo por você.'' Awn meu, essa parte foi tão demais! ^^ cara, tenho certeza que esse Liam vai atrapalhar o quase namoro deles -.- e slá meu, acho que o Chris vai gamar na Angel haha .-. Enfim, tá perfeito, sério! Continua logo, Gih *-* bjs Gata, @it_Stephanie_



    ResponderExcluir
  10. Anônimo22:14

    Hahaha!! A mei o chris de mascara!!!! Hahahah!! E o jus safadinhoooooo!!hahaha!! O gato da angel e SUPER fofo!! *.*
    flor to mtt feliz pq vc vai ter seu quarto!! *.* e pode demorar o tempo q precisar! Eu amo d+ little angel, mais eu entendo! Pode demorar o tempo q for! Bieber kiss!! :*
    Ass:Luiza (Lu)
    @Luiza__Bieber

    ResponderExcluir
  11. hahah , o Chris de máscara , rachei aqui. Eu vou ficar com sdd de L.A. , amo muito essa fic , eu me identifico em alguns aspectos com a Angel, eu entendo shawty , mas tenta postar o mais rápido possível ? :P bisous , bisous <3

    ResponderExcluir
  12. Anônimo12:19

    muitttooooo perfeito, perguntinha: o Chris tá afim da Angel ou é só impressão minha! beijinhos!

    ResponderExcluir
  13. Amei o capitulo. O Justin está gostando de verdade da Angel, dá para perceber através de seus atos, é muito lindo o jeito que ele a trata. O Justin foi muito fofo defendendo a Angel, aliás o jeito que ele falou da Angel foi muito grosseiro, mas acredito que o Bieber falava isso das outras então ele nem podia ficar muito bravo. O Chris com mascar facial foi para acabar, nem eu, que sou menina, faço mascara facial antes de dormir, masok. A Angel tem que para de se preocupar com o Liam, quem sabe se ela parar de pensar, deixa de atrair as coisas ruins. Essa história de sonhadores realmente está mal contada. Estou ansiosa para o próximo, mas não se preocupe demore o tempo que for necessario, eu não foi morrer por ficar sem ler

    ResponderExcluir
  14. Ah meu Deus! Mano, eu amo suas IB's e amo o jeito do Jus e dos amigos deles, sério eu me racho de rir! Continua logo, pfvr.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo19:12

    ai kra amei demais
    continua pfvrrrrrrrrrrr !!!!!!!
    @rightkidrauhl beijos

    ResponderExcluir
  16. Divulga pra mim , esse blog eu comecei a ser dona com minha outra amiga que não tinha tempo pra postar , então comecei a ib "How to love " lá divulga ? http://be-a-belieber-and-imagine.blogspot.com.br/ !B PLASE . Obrigada.

    ResponderExcluir
  17. Selinho amor http://believe-neversaynever.blogspot.com.br/2012/11/selinho.html E continua logo, que eu tô ansiosa haha :)

    ResponderExcluir
  18. eu sou completamente viciada em Little Angel,sério. Eu era apaixonada por The Skater Girl e agora Little Angel realmente me prendeu a ela. Também AMO Believe In Everything.... você escreve tão bem...!!! Continuaaa!!

    amor,se puder,divulga meu blog por favor? obrigada !!!

    http://imagine-belieberauhl.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Justin fofo mt safado. E a vontade de morder ele, gente? ;3 E o Chris com a máscara facial? kkkkkkk adorei esse capitulo... Tds que eu li ate agora n me arrependi.

    ResponderExcluir