19.11.12

#IB - Little Angel: Capítulo 39

Enquete no final *-*

Mode Angel on*

Era sábado. Uma tarde clara e com poucas nuvens no céu. Combinei de sair com Justin daqui meia hora. Estava brincando com Stravinsky enquanto o esperava. Varria o chão do quarto e o gato corria em volta da vassoura, ronronando em seguida. Ria dele quando batia a vassoura no chão e ele saia correndo, se escondendo debaixo de minha cama e olhando fixamente para a vassoura. Até que o assustei e ele saiu correndo para fora do quarto. Senti saudade disso. Terminei de varrer o quarto e fui me arrumar.

Coloquei uma blusa branca e uma jaqueta jeans por cima, vestindo uma saia florida e sandálias rasteirinhas.



Soltei meus cabelos presos pelo coque e sorri para mim no espelho, rindo em seguida. Fui procurar algo para fazer enquanto Biebs não chegava. Tentei terminar o meu trabalho de artes, porém não conseguia me concentrar.

Ontem, quando fui à casa da Sra. Stubin para arrumar sua casa como de costume – e em busca de respostas para o meu passado confuso, a senhora havia deixado um bilhete em sua porta, dizendo que queria que eu me cuidasse e que limpasse sua casa nos mesmos horários de sempre na sua ausência.

Queria entender o porquê de ela ter se ausentado sem me avisar, mas, não posso fazer nada. Limpei a casa dela e deixei-a cheirosa para quando ela voltasse, mesmo não sabendo quando a senhora voltaria de volta à sua casa, e até treinei um pouco no piano dela, já que era em uma sexta-feira, dia das aulas de piano.

Tentei tocar a música do Justin, mas não saiu como imaginei. Sorri ao me lembrar disso e senti beijarem-me a testa e olhei para cima, vendo Justin sorrindo para mim. Um sorriso terno e lindo. Sorri de volta e ele olhou para o monitor do computador e sorriu, olhando para mim em seguida.

- Você não parecia estar estudando... – ele tinha um sorriso curioso e ri dele, levantando da cadeira.
- Estava tentando estudar, mas fiquei pensando em você, se quer saber. Na sua música.
- Minha não, nossa. – disse ele, me corrigindo.

Sorri para ele e o abracei, me aconchegando em seus braços. Justin me apertou contra teu corpo e beijou o topo de minha cabeça, me levando para fora do quarto.

Passamos por minha mãe, que começou a elogiar o Biebs, dizendo que ele foi o melhor genro dela dentre os dois e coisas do tipo. Justin sorria sem graça e eu o olhava tentando não rir. Acabamos indo embora depois de minha mãe terminar seus elogios infinitos, indo passear pela cidade.

Fomos ao Starbucks e tomamos um café enquanto ele me contava sobre a vergonha que sentiu da minha mãe.  

- Odeio quando ela faz isso.
- Por quê? Não gosta de ser elogiado, Biebs?
- Gosto, claro que gosto. Mas, nunca recebi elogios do tipo, então... me sinto constrangido.

Ri dele e Justin me olhou perplexo, franzindo o cenho. Parei de rir e o olhei confusa.

- É sério mesmo que só teve dois namorados? – perguntou ele, desfazendo aquela cara indecisa.
- Se contar com você, são três namorados. E sim, é sério. Por quê?
- Você é muito linda para só ter tido dois na sua cola.
Ri dele e revirei os olhos. – Seu bobo. Eu acreditava que iria ter um príncipe encantado à minha espera, mas eu não sabia selecionar príncipes até chegar a você.
- Quem foi o primeiro? – disse ele, sorrindo malicioso.
- Conhece Mark Clarkson?
- Meu deus, o Blue? Logo o Blue, Angel!
- Por quê? Eu estava no quarto ano!
- Ele é muito sonso.
- Não fala assim dele, seu malvado.
- Eu já o joguei numa lata de lixo. – Justin sorriu para mim e empurrei seu ombro, o fazendo rir.
- Depois foi o Liam – disse, olhando para ele -, e agora é você!

Sorri igual uma lesada e ele riu de mim. Pagamos os cafés e deixamos a Starbucks, indo dar voltas por aí. Passamos pela banca do Sr. Brown e ele me deu uma rosa, deixando Justin com ciúmes e comecei a rir dele. Era um senhor de quase oitenta anos, por que o ciúme?

Depois vi a Sra. Clark segurando várias sacolas nas mãos e a ajudei a chegar a sua casa com as sacolas divididas entre mim e Justin. Ela é super amiga da Sra. Stubin e já aproveitei para perguntar sobre ela.

- Sra. Clark... – disse, colocando as sacolas sobre seu balcão – você tem notícias da Sra. Stubin? Ela saiu ontem sem me avisar e estou preocupada com ela.
- Ah Angela, não tenho idéia. A última vez que a vi foi quando ela estava no mercado comprando frutas, acho que foi semana passada.
- Tudo bem, e obrigado pela informação. Quer ajuda com o resto das compras?
- Não querida, pode ir passear com o seu namorado. Já vi que atrapalhei.

Sorri sem graça e olhei para Justin, que desviou seu olhar do meu, olhando para o teto e rindo em seguida.

- Obrigado por tudo Angela. – disse ela, fechando a porta quando saímos.

Fiquei de mãos dadas com Justin e continuamos a passear. Justin dizia parar mim que eu era muito solidária, que não via uma senhora na rua e já vou a ajudar.

- Você é muito chato. Eu gosto de ajudar porque me sinto necessitada disso.
- Tudo bem, eu acredito em você.

Nisso, vi um bebê de mais ou menos três aninhos andando na calçada e ele chorava muito. Andei até ele e abaixei, ficando na sua altura.

- Bebê, o que foi? Perdeu-se da sua mãe?

O garotinho assentiu esfregando suas mãos em seus olhos inchados e o peguei no colo, andando pela rua e perguntando para todos que via pela frente sobre a mãe do garoto. Justin parou ao meu lado e me olhava com um sorriso lindo no rosto. Abaixei minha cabeça em meio a um sorriso e escutei gritos vindos do outro lado da rua.

Justin e eu olhamos para lá e vimos uma mulher bonita de braços abertos e com uma aparência desesperada. A criança apontava para a mulher e ela atravessou a rua, pegando o menino do meu colo e o abraçando forte.

- Muito obrigado, eu o perdi de vista e fiquei louca atrás dele. Ainda bem que o encontraram.
- Não foi nada, moça.

A mulher saiu sorrindo perto de nós e brincava com seu filho. Sorri emocionada e Justin me olhava de forma apaixonada e me abraçou, beijando o topo de minha cabeça.

- Como você consegue ser desse jeito, meu amor?
- Como assim? – disse, olhando para aquele mar caramelo.
- Você se preocupa com tudo e todos à sua volta. Se fosse eu, eu passaria reto e riria da criança. É claro, isso era antes. Você me faz ter uma percepção maior dos meus atos antigos.
- Não acredito que passaria reto.
- Passaria. Eu não tinha coração, só servia para beber e transar. Eu não dava valor a nada, Angel. Mas agora eu dou, e muito.

Sorri para ele e mordi os lábios. Continuamos nossa caminhada daquela forma, Justin enlaçou seu braço em minha cintura e deitei minha cabeça em seu ombro. Em um lugar que passamos, alguns homens nos olhavam rindo e paramos de andar quando Biebs encontrou um amigo dele, ou melhor, de seu pai.

- Barry, meu amigão! – disse ele, fazendo um toque com as mãos com o homem.

Barry era um homem alto, corpulento e tinha seus cabelos negros e os olhos esverdeados. Era de deixar a Carol caída e morta no chão. O homem estava sentado em uma roda de quatro homens, sendo ele o quarto, e bebiam em um bar. Os outros me olhavam como se eu fosse a última cerveja que eles tomariam na vida.

- Caras, essa é a minha namorada, Angela.
- Que gata, Bieber. – disse um deles, o que fez Justin o olhar desconfiado.
- Vai se ferrar Jones, só eu posso chamar a minha Angel de gata, ok?

Ri dele e Justin me abraçou, escondendo minha vergonha.

- Não acredito que você está namorando, Bieber! Sempre achei que você seria um solteiro eterno!
- Eu também achava isso, Tonny. Mas eu mudei. O que eu fazia era errado.
- Como assim errado? Beber e pegar a mulherada são coisas que todos fazem.
- Todos podem fazer, mas eu decidir ser diferente. Prefiro me entregar a quem amo de verdade.
- Ah! – exclamaram todos eles – Seu meloso! Espera até seu pai saber que você está falando essas coisas por aí.
- Pode dizer a ele, é bom que ele saiba. Agora, até mais, tenho que ter um sábado divertido com a minha namorada. Bebam por mim!
- Claro!

Justin acenou para todos e saímos de lá. Ele começou a rir do nada e olhei sem entender.

- O que foi? – perguntei.
- Meu pai vai me bater – disse ele, rindo e voltando a me olhar -, só isso. Mas eu fui sincero com eles. Não quero mais ser aquele Justin cruel que usa e joga fora. 

Sorri e paramos de andar. Justin segurou em minha cintura, olhando nos meus olhos. Sentia-me presa naquele olhar carinhoso. Ele alisou meu rosto e me arrepiei com seu toque, olhando para sua mão e Biebs segurou meu queixo, me fazendo olhar para ele e fui pega de surpresa por seus lábios.

Um beijo calmo e convidativo, ainda mais com ele segurando em meu rosto. Escutamos uns gritos vindos de trás de nós e coloquei minha mão em seu peitoral e Justin tirou sua mão de meu rosto, o que fez os homens que estavam atrás de nós caírem na risada. Parei nosso beijo e o vi mostrando o dedo do meio para os homens que estavam no bar e ri dele.

- Seus cornos! – gritou ele, o que fez os caras rirem mais ainda. – Vem Angel, ignora esses cornos bêbados.

Assenti e ri dele. Justin enlaçou novamente seu braço em minha cintura e juntou seu corpo ao meu, beijando minha testa em seguida. Seguimos nossa caminhada e paramos na frente de uma igreja. Sua porta estava aberta e conseguia ver um padre no altar, conversando com uma mulher que estava em prantos. Eu me lembro dessa igreja. Eu sempre vinha aqui nas noites de domingo com meus pais celebrar a missa.

A mulher saiu da igreja após o padre colocar a mão em sua cabeça e fazer o sinal da cruz nela. Ela passou por nós secando seu rosto e subi as escadas com Justin segurando em minha mão. Meus passos ecoavam pela igreja e andei até o altar, olhando para o padre.

O senhor voltou sua atenção a mim e sorriu, saindo de trás da mesa forrada com uma toalha branca e ficando de frente para mim. Ele era mais alto que eu então tinha que olhar para cima para falar com ele.

- Eu sei quem você é. – disse ele, calmamente - Filha de Rachel e Peter Collins.
- Correto, Reverendo Harrison.
- Angela. Acertei?   

Ri dele e assenti, abraçando-o e lembrando-me dos bons tempos que passei na igreja.

- Angela!

Virei para trás e vi Mandy se aproximando. Libertei-me dos braços do Reverendo e corri até Mandy, abraçando-a.

- Estava com saudades, sua sumida!
- Olha quem fala, Mandy! Foi você quem foi para a Carolina do Norte!
- Você sabe por que fui para lá, Angel.
- Seus estudos em Humanas! Decidiu o que cursar?
- Psicologia.
- Ótimo!

Abracei Mandy mais forte e ela riu de mim, se soltando de meus braços e olhando para mim com um sorriso encantador.

- Veio confessar? Qual foi o pecado mínimo que fez dessa vez, Angel? – perguntou ela, revirando os olhos, o que me fez rir.
- Não Mandy, só passei para cumprimentar o Reverendo Harrison, não posso mais?
- Você e sua simpatia extrema.
- Sua chata.

Rimos juntas e virei para Justin, que estava de braços cruzados e em silêncio. Vi que ele estava um pouco incomodado com a situação e o Reverendo Harrison foi até ele e o segui.

- Também sei quem você é. Sua mãe me fala muito de você, Justin. – disse o Reverendo, me fazendo parar atrás dele.
- Sua mãe frequenta essa igreja, Biebs? – perguntei, saindo de trás do padre e indo até ele, parando a sua frente.
- Ela não frequenta Angel. Ela faz trabalhos sociais aqui.
- Que legal! – disse, o abraçando – Por que nunca me contou?
- Não sei, não sabia que se interessava... espera. – Justin fez uma cara pensativa e me olhou outra vez, sorrindo – Por que uma garota como você não se interessaria em coisas desse tipo? Eu sou muito burro. 

Ri dele e me aconcheguei em seus braços. O Reverendo pediu licença a nós e Mandy foi terminar de fazer seu trabalho. Conheci Mandy quando fiquei esperando minha mãe terminar de confessar com o padre. Ela limpava um piano de parede e comecei a conversar com ela sobre as músicas que já sabia tocar e acabamos virando amigas depois disso. Foi no ano em que meu pai morreu no acidente. A garota sempre me ajudou muito em relação a isso, e essa é uma das razões para que goste tanto dela.

Mandy é uma garota de 19 anos que adora seu tio, o Reverendo Harrison. Vive com ele há um tempo, desde quando se mudou para Atlanta. Seus cabelos castanhos longos realçam seu sorriso branco e seus olhos azuis como o céu. É tão bela, tão sincera. Ajuda-o na igreja cuidando dos instrumentos e na limpeza da igreja. Havia deixado Atlanta para fazer faculdade e provavelmente conseguiu um tempo para vir visitar o tio.

Deixamos a igreja e Justin me decidiu levar ao parque antes que escurecesse. Passeávamos de mãos dadas, sentindo a brisa em nossos rostos e via as folhas caindo conforme o vento as levava. Meus cabelos esvoaçavam com o vento e olhei para o céu colorido devido ao pôr do sol.

Paramos no meio da trilha calçada e Justin me olhou sorrindo e juntou seu corpo no meu, segurando em minha cintura. Olhei para aquele mar caramelo e sorri, segurando sua nuca e tomando seus lábios em seguida.

Seu beijo me entorpecia. Deixava-me calma de uma forma inexplicável. Meus dedos percorriam por seus cabelos macios e suas mãos ainda estavam em minha cintura, segurando-a de forma que me pressionava contra seu corpo. Senti uma sensação estranha de repente e parei de beijá-lo, o olhando aflita.

- Não sabia que tinha me trocado por outro, Angel.

Aquela voz me era muito familiar. Agora entendi o porquê da sensação estranha. Não queria que esse maldito dia chegasse nunca, mas não sou eu que controlo meu destino. Respirei fundo e me virei, vendo exatamente quem esperava ver.

Liam.
*** 

Hey Geliebers! 

Fiz um capítulo big de presente, estava inspirada u.u' Só eu achei a Angel uma fofa ajudando todo mundo? Prestativa forever! E agora? O que esse maldito do Liam vai fazer? E a Angel? 
Expectativa mil! 

A respeito da enquete, é que a Gi Flório me deu uma ideia de colocar playlist no blog. O que acham? Yes or No? E, se quiserem mesmo, eu pensei em colocar as músicas representativas de cada história e também outra músicas, é claro. Essa foi a ideia que tive até agora sobre as músicas representativas: 

Thay e Justin - não sei ainda );  
The Skater Girl - Skater Boy, da Avril diva.
Believe in Everything - Believe, do Biebs.
Little Angel - não sei ainda ): 
Runaway Love - Runaway Love, do Biebs. 
Blue Jeans - Blue Jeans, da Lana Del Rey. 

Bem, é isso que tenho em mente. Se tiverem ideias de músicas, também podem opinar! Seria uma boa vocês me ajudarem, já que vocês estariam ouvindo a música que realmente gostam. Peço que comentem muuito sobre isso também, ok? 

Indicações: 
http://imaginebeliebermyjuss.blogspot.com.br/ < desculpa girl se não indiquei nos outros capítulos. Eu não te ignorei não, ta? É mania minha de ler o blog e o fechar, sabe? Mas eu indiquei agora. Não fique brava comigo por isso, eu que sou uma lesada mesmo u-u. E eu adorei o design dele! ><  

Gostaram? Comentem! 

E para um fim de post, uma frase que eu vi no tumblr que achei muito eu e com o que estou passando nessas últimas semanas. 

"Não existe coisa pior que você chorar por aquilo que um dia te fez sorrir." 

Sim, eu estou muito sentimental ultimamente. ;'( 

Amo vocês Girls. 
Beijinhos, da Gih! ;* 

27 comentários:

  1. Owwwn, ficou incrível, babe ;)
    Eu nunca conseguiria pensar em tudo o que você pensa, apenas. Onde você consegue tanta inspiração pra escrever? Acho tão incrível o jeito que você escreve, as palavras que você coloca, como você descreve cada coisa, é tão... INCRÍVEL!
    Continue, por favor, não mate suas Geliebers ;D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. GII! Eu esqueci da música .-. Eu pensei pra Little Angel ser a música Angel ( '-' ) da Sarah Mclachlan!

      Excluir
  2. Ela e tudo caridosa sei lah eu consigo imaginar Angel e puxa ela e uma ótima garota , kkkkkk cornos bêbados , Jeremy vai bater em Justin ? kkkk , ele realmente mudou neh ? como pode ele mudar assim ? tao rápido , eles estão tao apaixonados , e lindo de ver ou melhor de ler ! Bjoks e continue !

    ResponderExcluir
  3. Poosta mais, amei o cap. gigante !

    ResponderExcluir
  4. muito perfeito! e agora????? meu Deus, quero ver o justin e o liam, vai ser TERRÍVEL! continuaaaaa pelo amor de Deus!

    ResponderExcluir
  5. Ameei,o que o Liam vai fazer???lol tô curiosaa continua e sobre o playlist eu acho que LA seria One love e thay e Justin Be alright

    ResponderExcluir
  6. Anônimo12:53

    Flor!! Esta super perfeitooo!!! Agrrrr!! Esse bosta do lian!! E agora?!!! To MT curiosa!! Adorei a ideia da playlist!! ;) <3<3
    By: Lu

    ResponderExcluir
  7. Anônimo14:31

    Continuaaa logo, ta mt bom ! :D

    ResponderExcluir
  8. Hey. To adorando sua IB. Um selinho para você *-* http://believeinyourdreams2226.blogspot.com.br/2012/11/primeiro-selinho.html

    ResponderExcluir
  9. Omg, perfeito: sim ou claro? Essa IB é muito fofa! Só quero ver o que vai acontecer agora que o Liam apareceu...continue logo hein?

    ResponderExcluir
  10. leitora nova aqui espero que nao se importe eu adorei na vdd amei to louca pra ver a continuaçao quando que vc vai postar de novo to louca pra ver o liam e o justin e a angel kkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Anônimo16:17

    Voçê é perfeita , estou amando suas ib's
    contiinua logo , estou ansiosa

    ResponderExcluir
  12. Anônimo18:07

    Isso ta muito perfeito! Queremos partes hots u-u

    ResponderExcluir
  13. Perfeito cara, amei o capítulo grande... estava bastante tempo sem entrar aqui, e perdi muitos capítulos =/ mas já consegui ler todos e vou estar sempre comentando ;)
    Enfim, idiota do Liam pareceu, que droga u.u Enfim², sobre as playlist eu não aconselharia você a colocar, pois muitas vezes fica mais lento de abrir a página quando se coloca uma no blog, então.. mas sei lá, você que sabe.
    Continua?!
    xoxo ;*

    ResponderExcluir
  14. Eu adorei a ideia de uma playlist. Ahh não sei que música você pode colocar a maioria que eu ouço é melancólica, mas uma música que eu adoro é Beirut - Elephant Gun.
    OMG!!! O Liam chegou, e acho que ele vai ser um obstáculo na relação da Angel e do Justin. Eu fico boba em ver o quanto o Justin não tem medo de demostrar o quanto a ama, um exemplo é falar o que falou para os amigos do pai. A Angel é um doce, e muito ingênua, esse é o meu grande medo, que devido a essa ingenuidade ela acabe se machucando. Huumm... Agora o Liam quer dar uma de ex-namorado vitima, aff, vai ver se a Angel tá na esquina, é muito babaquice ele querer exigir algo da Angel depois de tudo o que fez durante o namoro deles. Eu acho que ele vai tentar induzir o Justin a trair a Angel, certeza. Estou indo para o próximo. *-*
    Se não for incomodar muito, eu queria que você lesse a minha fic, na minha opinião está sem graça, então por isso estou pedindo a sua opnião. Beijos

    ResponderExcluir
  15. OMFB , fiquei curiosa agora , continua logo. E a ideia da playlist é uma boa, se bem que tem gente que pode gostar de sertanejo e forró, mas eu percebi que meus gostos musicais são parecidos com os seus. Eu amo a Taylor Momsem , ela é uma diva , eu gosto de You , do The Pretty Reckless. E eu sou apaixonada por Evanescence também, minha favorita é Bring Me To Life. Enfim , eu amo Be Alright do Justin gostoso ft. perfeito. Também amo muito a diva da Lana e amo Video Games e National Anthem. Essas são minhas sugestões :)

    ResponderExcluir
  16. amando d+ essa ib
    nossa angel é inspiradora ela é realmente incrivel
    justin nem se fala neeh eu me arrepio junto com ela kkk quando ele faz essas caricias rs

    liam mal entro na historia direito e ja odeio ele , ja passei pelo que ele fez com angel

    caramba eu estou me identificando com essa historia rsrs

    ansiosa para cap.40
    nao demora pf

    ResponderExcluir
  17. haaaaa uma musica do maroon 5 seria perfeito para Little Angel =)

    ResponderExcluir
  18. Little Angel música Be Alright! :) Adoreii Cooooooontinua! BJUSTIN :D

    ResponderExcluir
  19. perfeito , socorro asldjasldlasklçsa

    tem um selinho pra vc no meu blog (final do post) ;) http://imagine-belieberauhl.blogspot.com.br/2012/11/big-girls-dont-cry-capitulos-14-e-15.html

    ResponderExcluir
  20. CONTINUAAAAAA imaginebelieber-kidrauhlswaggy.blogspot.com :) Thay e Justin eu li essa faz tempo, acho que nem me lembro mais =/

    ResponderExcluir
  21. PERFEITO , VOCE GANHOU UM SELINHO >> http://imginadobelieber.blogspot.com.br/2012/11/selinho.html

    ResponderExcluir
  22. boom Gih, o cap. ta perfeito como sempre kk
    mas eu, minha opnião n gosto mt de plays em ib's, acho q n consigo imaginar as cenas 'sentir, viver' a história, eu me distraio com elas
    mas o blog é seu kk
    c q sabe

    ResponderExcluir
  23. Anônimo20:04

    aa mano q fofos essa Anjel é tipo muito fofa ela tão legal aaaaaaa que lindos to morrendo com tanta fofura beijokas :* e continuaa

    ResponderExcluir
  24. Indicaaaaa o meu??? Estou pedindo já a um tempo floor *-* ;) http://dreamonbelieber.blogspot.com.br

    ResponderExcluir