18.12.12

#IB - Blue Jeans: Capítulo 25


Esconder não vai esconder
Sorrir não vai esconder
Como se eu não tivesse tentado
Todos já tentaram agora
E fracassaram de algum jeitoAll Time Low , The Wanted 



                            
Justin mode on 

Liguei o motor do carro e segui em direção ao aeroporto .
       

Quando estava quase chegando ao meu destino recebi a ligação de minha mãe .

Ligação on *


   Justin onde está ?

Indo te buscar 

Filho, o voo foi cancelado 

Que ? Como assim mãe ?

Não estão passando muita informação , simplesmente avisaram que só podemos embarcar amanhã 

     Quer que eu mande um avião te buscar . Ele chega em poucas horas . 

       Não precisa Justin , amanhã mesmo eu embarco. Não precisa se preocupar . 

Desliguei o celular e dei meia volta pela avenida .

Alice mode on 


Hoje não tenho que acordar cedo pra ir a escola . Não tenho aula mesmo , hoje é meu primeiro dia de detenção ! Estou totalmente sem paciência, mas graças a boa vontade do diretor o horário de detenção da Sophie é diferente do meu .

Levantei quando o céu já estava bem ensolarado, diferente de ontem . Incrível como o clima mudou tão rapidamente . Olhei para janela e vi que o carro de Scooter estava na porta da casa de Justin, e lembrei-me que ele disse que tínhamos que conversar, mas agora eu não posso . E também não iria na casa de Justin depois do que aconteceu .

 Entrei em meu closet e escolhi uma roupa . Ainda estava mau por causa das mensagens de  Carol e a única coisa que me distraia de pensamentos ruins naquele momento era eu ter que escolher um look .



Me despi e tomei um banho bem gelado , para acordar . 

Desci as escadas e encontrei minha mãe na mesa da sala mexendo em uns papeis.

-O que é isso ? - ela olhou pra mim surpresa juntando todas as folhas -

-São só algumas ... contas que eu estava organizando - disse lentamente e com a voz estremecida -

-Tem certeza que era só isso ? Pareceu se assustar quando me viu .

-Você não deveria estar na escola ? - la vem minha mãe mudando de assunto -

-Estou indo agora - olhei com os olhos cerrados , demonstrando desconfiança -

-Tenha um bom dia de detenção - disse ela colocando os papéis em uma pasta .

-Obrigada - disse fitando a pasta , logo após sai andando em direção a porta- 

Minha mãe estava muito estranha , parecia tentar esconder aqueles papéis . Começo a desconfiar de que não eram contas . Mais tarde poderia tentar descobrir , se ela saísse de casa e eu ficasse sozinha. Tanta coisa pra eu resolver e ainda fico pensando em besteira, que pode não significar nada . 

Chego na escola totalmente desorientada , não tenho a minima ideia de onde fica a ´´detenção´´ . Ando por alguns corredores a procura de alguém, mas nada . Olho pro iphone onde marca 11 horas e lembro do aviso : Cada dia que chegarem atrasadas será acrescentado mais um dia de detenção .

No mesmo instante desço as escadas correndo  , que dão em direção a secretaria   e esbarro em alguém  , caindo nos degraus  . Sinto a pessoa me erguer e percebo que derrubei um menino .

-Me desculpe .

-Não foi nada , está bem ?

-Sim , sim, obrigada . - não falo mais nada e continuo descendo as escadas, antes de pisar no ultimo degrau pude olhar pra trás e ver o garoto pegando suas coisas no chão. Deveria ter perguntado seu nome , mas agora não da mais tempo , penso.

Chego a secretaria muito ofegante e suada .

-Pode me informar onde fica a detenção ?

-Suba as escadas e vire a direita .

Legal ! Acabei de vim de lá e não achei essa droga de sala ! Não respondo nada a mulher, pois me ponho a correr novamente . Agora olho pelos vidros a procura de pessoas com cara de rebeldes fazendo algum tipo de trabalho comunitário ou algo do tipo . Depois de olhar umas cinco salas avisto uma menina no corredor, indo em direção ao banheiro . 

-Hey ! Por favor ! - a menina olha pra trás e consigo me aproximar - Sabe onde fica a sala de detenção?

-É aquela sala ali - apontando pra onde acabara de sair - acabei de sair de lá .

-Obrigada 

-Nada 

Finalmente havia encontrado aquela maldita sala . Bato na porta e entro . Esperava encontrar o senhor Cullen , mas ao contrário , a pessoa que dava ordem por ali era uma mulher, uma senhora . 

-Bom dia querida - disse se aproximando de mim - Qual seu nome ?

-Alice - ela olha pra mim com um pesar nos olhos, em sinal de que não fazia a minima ideia quem eu fosse - Alice Raison . Sou aluna nova . 

-A sim ! Avisaram-me que viria - disse com um delicado sorriso no rosto -

-Claro que avisaram - o professor Cullen não iria perder a oportunidade de me difamar - A senhora quem é ?

-E sou Elizabeth Beterry , professora de filosofia e teatro . Chegou um pouco atrasada não é ?

-Desculpe, não achava a sala .

-Tudo bem , vou lhe dar um desconto porque é aluna nova .

-Obrigada .

-Aqui nós trabalhamos em dupla - ela se virou olhando para o restante da classe, que aliás era maior que as outras , e não tinha carteiras, eram apenas mesas com alguns materiais espalhados - Sente-se com Sam .

-Desculpe , quem é Sam ?

-Sou eu ! - olhei pra trás e dei de cara com um menino ,  muito bonito por sinal .

-Bom , já que foram apresentados comecem a trabalhar que a amanha teremos um longo passeio pela frente .

A senhora Elizabeth se afastou deixando-nos sozinhos .

-Chegou viva aqui ? - disse o menino cabisbaixo e com um sorriso de canto -

-Que ? - fiquei confusa não entendera do que ele estava falando -

-Você é meio doidinha mesmo né ?! Foi em mim que você esbarrou na escada .

-A é verdade ! Agora  lembrei , me desculpe .

-Não foi nada - ele saiu andando em direção a uma mesa e fez sinal com a mão para segui-lo .

Chegando perto da mesa pude observar melhor os materiais que ali havia. Cola, tesoura, mascaras , uma capa azul com algumas agulhas . Olhei ao redor e vi que existiam três máquinas de costurar , mas pra que ? Olho novamente pra Sam que agora esta colorindo uma mascara com tinta guache . Continuo o fitando sem dizer ou fazer nada .

- É nova por aqui ?

-Sou sim , vim do Brasil .

-An Brasil , legal . Acho que já ouvi falar de você .

-Então as pessoas falam de mim ?!

-Você sabe ... ´´a garota brasileira ´´ - disse ele dando um leve risinho -

Um silêncio paira no ar , e eu fico pensando o que ´´a garota brasileira ´´ pode significar : estranha, diferente , ou a garota que arrumou briga com Sophie , a cheerleader , entre outras coisas que não precisam ser citadas .

-Não quer ajudar  ? - pergunta Sam me estendendo um pincel -

-Claro - pego o pincel de suas mãos e o ajudo a terminar de pintar aquela máscara - Por que está aqui?

-Cabulei aula .

- Vivendo perigosamente então ? Hahahaha - tentei quebrar aquele clima chato de detenção -

-Ainda não, só cabulei porque queria andar de skate.

-Eu também ando de skate !

-Você ? Aham

- Ando mesmo tá ! Mas mudando um pouco de assunto, porque temos que fazer essas mascaras , capas , e tudo mais ?

-Para as crianças

-Que crianças ? - estava confusa , sera que ele estava se referindo as crianças da escola ? -

-As crianças dos hospital de câncer de Los Angeles , é para lá que vamos amanha .

Isso me deixou realmente surpresa , nunca imaginei que uma detenção fosse assim . Pensei que era igual a do High School Musical , toda glamurosa , todo mundo cantando - mentira não imaginava assim !

-Você está dizendo que somos ... ( não sabia se falava-se assim em inglês ) ... Doutores da alegria .

-Basicamente... sim . Enquanto você estiver de detenção é - fiquei realmente chocada , não esperava isso - Esta surpresa ?

-É claro

-É isso ai ... Alice . Vamos continuar trabalhando se não a senhora Beterry vai brigar com a gente !

Depois de umas quatro horas fazendo mascaras, brinquedos, capas de super heróis , finalmente acabou.

Senhora Beterry  : Por hoje é só isso pessoal , amanha quero vocês aqui bem cedo para irmos ao hospital . Dispensados .

Senti meu celular vibrar , o peguei na mão e era Scooter me ligando .

                           Ligação on

Olá Scooter 

Bom dia Alice , onde está ?

Saindo da detenção 

Pode passar mais tarde na casa de Justin ?

Na casa dele ?

Aham, pode ser ?

Claro !


Desliguei o telefone com um enorme frio na barriga, na verdade , pareciam borboletas só de ouvir o nome dele . Justin . Como apenas uma palavra pode fazer isso comigo ?! Olhava pra tela do celular quando Sam me chamou .

-Hey Alice ! Vamos andar de skate pelo bairro ? 

-Agora ? 

-É ! Tem alguma coisa pra fazer ?

Parei pra pensar um pouco : só tinha uma amiga nessa escola , Mary, não seria uma má ideia fazer amizade com Sam , ele parece legal . 

Caminhamos até minha casa, Sam ficou esperando na porta enquanto pegava meu skate . Minha mãe não estava em casa , essa seria uma ótima oportunidade de procurar aquela pasta, mas não podia deixar Sam esperando , então desisti de procura-la . 

Deixei um recado pra minha mãe em cima da mesa : 


To indo andar de skate com um amigo, mas tarde tenho uma reunião com  Scooter , não me espere pro jantar . Beijos , Ali 

-Onde vamos andar ? Não conheço nada aqui .

-Tem uma rampas aqui perto . Alias, não é ali que mora o Justin Bieber ?

Olhei pra onde Sam apontava e não era a casa de Justin . 

- Não a casa dele é aquela - disse a pontando para a  certa 

-Vocês são mesmo amigos ?

-Podemos falar de outra coisa ? 

Sam assentiu com a cabeça . Andamos por uns 10 minutos até avistar a as rampas que ele tinha falado.

Eu era uma completa amadora perto do que ele conseguia fazer com o skate , mas Sam prometeu me ensinar .

Depois de umas duas horas tentando aprender o que Sam fazia toda a minha alegria, aquela pequena alegria que sentia naquele momento , foi por água a baixo . Os fotógrafos apareceram . Eram muitos . Uns dez no minimo . Eles gritavam meu nome , pediam pra olhar pra eles, estava ficando furiosa .

-Quer ir embora Alice ? Posso te acompanhar até em casa ... se quiser .

-Quero sim Sam, obrigada .

Tentei caminhar o mais rápido que podia . Durante o caminhos de dez minutos recebi a mensagem de Scooter pedindo pra eu ir pra casa do Justin . Os seguranças do condomínio não deixaram os fotógrafos passarem , obvio . Me despedi de Sam e fui direto pra casa de Justin,com o skate mesmo .

Chegando lá percebi que o carro de Scooter estava parado em frente ao portão, menos mau . Não terei que encarar o Justin , depois que te-lo deixado falando sozinho do lado de fora da minha casa naquela noite estou morrendo de vergonha de ficarmos a sós .

Toquei a campainha , e após alguns segundos Justin abriu a porta .

                                                     
                                                                                 
  



                                                                      ***
Oi pessoas lindas ! Tudo bem com vocês ? Espero que sim . Ok . Queria avisar que mudei de user no twitter (de novo Giovanna ?) pois é , agora fico assim : @yaykidrauhl 

Amosou meu user novo hahahah me sigam lá bebês eu sempre aviso quando posto e tals. 

Espero que tenham gostado do capítulo  ~ comentem ~ Fiquei um pouco xatiada feat. bolada com vocês , é que os capítulos tem bastante visualização (uma média de 300 a 400 ) mas poucos comentários , why ? Comentem pls . 

Divulgando :
imaginebeliebermyjuss.blogspot.com.br
Imagineswagbelieberlove.blogspot.com
imaginebelieberyourlife.blogspot.com.br
imaginando-jasonmccan.blogspot.com


Beijos, Gi Flório 



13 comentários:

  1. Ai meu deussss, que tenso, sacanagem parar nessa parte hahahaha
    Continuuaa looogo lindinhaaa
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  2. Anônimo13:26

    continuaa

    ResponderExcluir
  3. Poxa, vc termina bem na parte que eles vão se falar (ou não) enfim, to amando, mas fico anciosa de mais, isso acaba comigo, posta o mais rapido possivel, sem preção é claro, mas quando puder... :D

    ResponderExcluir
  4. Jhenny15:27

    Continua, continua *-*

    ResponderExcluir
  5. Anônimo15:57

    Ouw que perfeito linda :) # estou amando a tua ib , contiinua , por favor !
    como voce imagina a Alice ? tipo fisicamente ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Morena , cabelo comprido , olhos castanhos , um pouco mais baixa que o Justin ... imagino ela sim hahhaha Obrigada por comentar <3

      Excluir
  6. continua leitora nova akii !!!!*_*!!!!

    ResponderExcluir
  7. Perfeito *-*.
    Continua?
    Beijos.
    Larissa

    ResponderExcluir
  8. Trollagem comigo? Parasse logo ai mulé. Ox
    kkkkkk
    continua,
    Bjs,
    (@itscamilasoares)

    ResponderExcluir
  9. Anônimo10:03

    Eu adoro seu fic , e estou anciosa pra saber o que vai acontecer bjs Paula @oacmussa

    ResponderExcluir