27.12.12

#IB - Little Angel: Capítulo 48


- Ah, olha só quem eu encontrei! – disse Liam, sorrindo e me olhando dos pés a cabeça, mordendo os lábios.
- Mas que merda – sussurrei, me escorando à porta.

Quando ele vai parar de me encher?

- Justin, amigão! Fazendo visitas à namorada tarde da noite ou pondo arrancar gemidos?

Abaixei a cabeça, segurando a raiva que eu sentia no momento. Justin parou atrás de mim, enroscando seu braço em minha cintura e tomando a pizza do Dylan, olhando sério para Liam.

- Na verdade, vim deixá-la em casa. Mas a minha sogra quis que eu ficasse um pouco. Acho que você nem sabe o que é isso. Amor de sogra. – antes que Liam retrucasse, Justin continuou. – E não sou insensível como você para "arrancar gemidos" assim tão cedo.

O rapaz gargalhou sarcástico e mordi meus lábios, tensa.

- Mas já fez muito isso, não é? – Liam sorriu convencido e ergueu uma sobrancelha. – Estranho você já não ter feito isso no primeiro encontro. Ah, são 13,50 dólares.

Que desaforo. Não admito ouvir isso na minha casa. 

- Carly, pode pegar a pizza aqui?

A garota levantou do sofá com o dinheiro e o entregando a mim e Justin entregou a pizza para ela. Olhei para Dylan, que sussurrou um “desculpe” e assenti, me voltando para Liam.

- Toma o seu dinheiro. – disse, o entregando e ele pegou na minha mão, me fazendo morder os lábios e olhar para aquele azul apaixonante.
- Nós não terminamos nossa conversa, não é? Não pode terminar agora? – ele tinha uma voz amável e ainda estava perdida naqueles olhos. 
- Mas Liam, eu tenho mais pizzas para... – disse Dylan, com uma voz preocupada. 
- Vai logo Dylan, e toma o boné de volta.
- Não, não vai. – disse, parando o rapaz. – Liam, pode me fazer um favor e entrar? Justin, cuida dessa coisa pra mim.
- Mas...? – perguntou Justin, confuso.
- Anda. – respondi ríspida.

Liam entrou com um sorriso vitorioso no rosto e fechei a porta, deixando os dois ali. Respirei fundo, olhando para o Dylan. Sentei nos degraus e ele fez o mesmo.

- Desculpe Angel, mas ele me obrigou.
- Você não tem culpa de ele ser um lesado. Eu vou dar um jeito nele. Mas, você pode me dizer as intenções dele antes de eu o bater até a morte? – perguntei, fazendo Dylan rir e ele colocou o boné sobre as pernas.
- Ele só me disse que precisava ir a sua casa para acertar as contas entre vocês dois. Eu disse a ele que você estava namorando o Bieber e ele ficou bravo, brigou comigo e me obrigou a levá-lo junto para entregarmos a pizza que sua mãe pediu. Ele está trabalhando para o Carl só por um tempo.
- Ele não te disse nada sobre o que queria faze comigo, sem ser acertar as contas?
- Não. Eu juro. Ele parece decidido, Angel. Não quero que se machuque.
- Quem vai se machucar é ele, aquele canalha.

Dylan riu de mim e escutamos um baque vindo de dentro de casa. Ambos levantamos e abri a porta da sala, vendo Justin por cima de Liam e o espancando no rosto, que já sangrava.

- Justin! Para! – disse, indo até eles e ajoelhando, tentando pará-lo.

Biebs parou de socá-lo e saiu de cima dele. Liam estava atordoado no chão, com as mãos na cabeça e gemendo de dor. Olhei para Justin e vi o ódio o consumindo. Minha mãe estava parada na escada, olhando para a cena sem entender.

“O que aconteceu aqui?”

“Depois te conto.”

- Justin, foi você?
- Desculpe Rachel, eu...
- Venha aqui rapaz, você precisa de um copo d’água. E que belos socos.

Segurei o riso e Dylan foi levantar Liam do chão, sorrindo para mim.

- Eu disse que quem iria se machucar seria ele, não disse? – sorri para ele e Dylan assentiu, erguendo o amigo.
- Angel... meu amor... – a voz dele era vacilante – viu o que seu namorado fez comigo? Ele é um grosso e nem me deixou terminar de dizer a ele sobre....
- Você merecia muito mais que isso, Liam. – disse, o interrompendo – Agora some da minha casa e nunca mais pisa aqui. Desculpa Dylan, se o Carl perguntar, pode mandar ele me ligar, viu?

Ele assentiu, levando Liam para fora e ele se virou, me olhando com um sorriso no rosto.

- Você ainda será minha, Angela.

Revirei os olhos e fechei a porta na cara dele. Garoto infernal. Corri até a cozinha e vi Justin com um sorriso vitorioso enquanto tomava a água. Carly comia a pizza satisfeita e minha mãe também estava com um pedaço em mãos, me olhando quando surgi na cozinha.

- O que ele te disse? – perguntei, parando na porta.

Justin estremeceu e negou para mim e assenti, entendendo que o Liam deve ter falado muita merda para ele. Sabia que não deveria ter deixado eles sozinhos, mas bem que ele mereceu apanhar.

- A sua mãe acabou de me ligar, querido. Ela estava preocupada.
- Ah, isso é normal vindo da minha mãe. Ela se preocupa demais. Mas eu já vou indo, se não ela faz chilique.

Eu e minha mãe rimos dele e Justin deixou o copo de lado e abraçou minha mãe e fiquei parada na porta. Ele deu um beijo no topo da cabeça de Carly e andamos juntos até a varanda. Paramos na calçada e ele me olhou aflito, me abraçando em seguida.

- Eu não queria fazer isso, mas não consegui me controlar. – disse ele, me apertando contra seu corpo. – As palavras dele foram aumentando, a raiva me consumindo e meu punho fechando.

Sorri, olhando para ele, que à luz da lua, era mais lindo ainda. Deixei meus ombros caírem ao suspirar e ele beijou minha testa, unindo nossas mãos.

- Mas você deu um jeito nele, e isso que importa. Eu perguntei ao Dylan sobre o que ele estava tramando e ele me disse que ele queria acertar as contas comigo. – ri baixinho e me aconcheguei em seu peito – Vê se pode? Ele deve ter endoidado de vez.
- Deixa o moleque. Se ele vir outra vez me falar daquilo que ele falou, vai apanhar mais ainda.

Ri de Justin e mordi os lábios. Soltei-me de seu corpo e selei nossos lábios, olhando nos olhos dele em seguida.

- Até amanhã na aula, amor.
- Até, Justin.

Ele atravessou a rua e esperei-o virar a esquina para entrar em casa. Joguei um beijo ao longe e ele o pegou, guardando no bolso e piscando para mim. Ri dele e Justin foi embora. Entrei em casa, exausta. Roubei um pedaço de pizza – sim, eu sou uma gulosa – e peguei um copo, despejando refrigerante nele. Minha mãe ainda comia com Carly, que me olhou desconfiada e abaixei a cabeça.

“Parece que o Liam disse ao Justin sobre o dia que tentou transar com você. Ele ficou arrasado, filha. Se visse os pensamentos dele...”

“Imagino. Ele parecia destruído por dentro. Não tive coragem de ler os pensamentos dele. Ah! E descobri que sou telepata. Legal, não?”

“Mais que legal. E esse é só o primeiro.”

“Então tem mais?”

“Claro. Mas deixarei você descobri-los sozinha.”

“Ah mãe!”

Ambas sorrimos e terminei minha pizza, limpando as minhas mãos no guardanapo e bebendo meu refrigerante, Carly fez o mesmo e saiu da mesa, voltando ao seu sagrado desenho. Minha mãe jogou fora a embalagem da pizza e bebeu o seu refrigerante também, deixando seu copo na pia.

- Como foi com a Sra. Stubin? Ela te disse algo da viagem?
Deixei meu copo sobre a pia também e peguei a bucha e o detergente, lavando os três copos. – Ela só disse “Consegui fazer tudo o que queria”, algo assim. E soou bem sombrio.
- Posso ser sincera?
- Claro.
- A minha intuição de sonhadora diz que ela não foi a Jacksonville à toa, ela só vai visitar o túmulo do marido no dia de finados, no aniversário de casamento deles e no aniversário dele. E não era nenhuma dessas datas.
- Então porque ela iria até lá? 
- Jacksonville é onde um dos clãs dos sonhadores, os Sparks, é mais concentrado. É como se existisse as regiões oriundas e de aglomeração de cada sonhador, entende? Os Collins são da Geórgia, os Hannagan são de Nebraska, os Stubin de Nova York e os Sparks da Flórida. Eu pelo menos não conheço nenhum Sparks que seja relacionado a ela, apenas um amigo do seu pai, o Josh. Mas ele se mudou daqui há um tempo.
- Quer dizer que ela foi se encontrar com o clã? Mas, por quê?
- Era isso que gostaria de saber. Tente descobrir isso, Angela. Pesquise e se informe. Eu sinto que isso tem a ver com você, mas não tenho certeza. Pode ser só coincidência.
- Tudo bem. Vou fazer isso agora mesmo.

Sequei os copos e os guardei, deixando o pano pendurado no gancho.

- Antes disso, como é ter poderes? – perguntou ela, sorrindo.
- Eu estou achando um máximo. Descobri que o Justin fica excitado quando fico com esses blusões e que sou cheirosa. Ah, e que ele me acha meiga.

Minha mãe riu de mim e senti minhas bochechas corarem.

- Posso perguntar uma coisa antes de subir?
- À vontade.
- Ler pensamentos e conversar telepaticamente são dois poderes diferentes?
- Bem, eles englobam um só, que é a telepatia em si. A telepatia engloba vários poderes, você vai ter que pesquisar sobre isso. Pelo menos você herdou um dos meus poderes. Queria que herdasse os dois.
Sorri, dando de ombros. – Quem sabe? E pode deixar que eu pesquiso sim. Boa noite mãe.
- Boa noite. E não se esqueça da aula amanhã.

Assenti, subindo as escadas após dar um beijo na bochecha dela. Dei uma revisada no conteúdo para ver se tinha alguma tarefa que me esqueci de fazer e fiz as de sexta também. Tendo tudo terminado, guardei meus materiais e fui pesquisar sobre os poderes.

A telepatia é um poder muito complexo, que engloba varias capacidades em uma só, dependendo do indivíduo. E os que eu tive até agora faziam parte da telepatia comum, e não da avançada, que eram a Leitura de pensamentos, que te proporciona se "infiltrar" nos pensamentos das pessoas e a Comunicação telepática, a qual te faz conversar telepaticamente, ou para quem não tem poderes, apenas no pensamento. Os que eu mais fiquei interessada foram os de habilidades psíquicas e mentais. Esses são os poderes que eu gostaria de ter, os que são controlados pela mente.

Para mim, eles são os que me deixam mais curiosa, como a telecinese (habilidade de levitar qualquer objeto com a mente e mãos), e a manipulação da matéria e do ser humano. Fiquei a noite toda estudando sobre eles e entendi mais a minha capacidade mental telepata, até que ponto eu podia alcançar e mais uma série de coisas. Acabei cochilando na minha cadeira azul, toda torta, que se estendeu a um profundo sono seguido dos mais mirabolantes sonhos com poderes que eu tive até hoje.

[...]

Senti me sacudirem e ergui minha cabeça, discernindo minha mãe depois de ter a visão ofuscada pela luz forte vinda das janelas. Mas que droga. Tinha que ter aula logo hoje?

- Mãe – resmunguei e gemi de dor ao levantar da cadeira -, não posso faltar hoje? Eu peguei atestado e posso muito bem apresentá-lo para Jamie.
- Não. Pode ir para o chuveiro. Sabia que deveria ter dado uma última olhada no seu quarto antes de ter ido dormir. Você vai passar o dia todo dolorida.
Cerrei meus olhos apara encontrar a porta do banheiro e a abri, toda mole. – Mas valeu à pena. – disse, sorrindo para ela e fechei a porta.

Despi-me e entrei no Box, ligando o chuveiro e deixando a água quente cair sobre mim, aliviando a dor dos meus músculos rígidos. Senti-me mais relaxada de imediato. Quem mandou eu cochilar na cadeira? Mas, era tão interessante que não conseguia parar de ler. O conteúdo era simplesmente fantástico. É uma dor que vale a pena, de verdade. Quando chegar da escola estudo mais sobre os Sparks. 

Queria entender a ligação que a minha mãe diz sentir sobre mim e a ida da Sra. Stubin a Jacksonville. E isso me martelava demais. Por que eu estou no meio disso? Será que era só porque me tornei sonhadora? As perguntas me sufocavam. Não conseguia uma resposta direta para elas, mas irei encontrá-las.

Terminei meu banho e me sequei, passei meu hidratante e me enrolei na toalha, voltando ao quarto e vendo que minha mãe não se encontrava mais lá. Vesti uma regata preta justa e uma calça jeans, completando com um suéter de cor creme e deixei meus cabelos soltos. 


Estava um pouco frio e esfreguei meus braços, tentando me esquentar enquanto descia, sentindo o aroma delicioso da torrada e da manteiga e sentei-me à mesa, já as comendo e tomando meu café com leite em seguida.

Fiquei esperando a Carly dar as suas crises "reais" e pensei no Justin, no que ele poderia estar fazendo agora. 

"Mas que droga. O Jason só sabe reclamar e reclamar. Eu quero ir logo para o colégio para me encontrar com Angel. Maldito seja esse pirralho se eu não a ver."

Voltei a mim e notei que havia lido os pensamentos dele sem mesmo estar aqui do meu lado. Então era assim que a Sra. Stubin se comunicava comigo. É só pensar na pessoa e pronto. Que legal. Ouvi minha mãe me chamar e fui até o carro, indo no banco do passageiro. Minha mãe me deixou na escola primeiro e desci, ajeitando os cadernos em minhas mãos. Ouvi me gritarem atrás de mim e me virei, revirando os olhos ao ver quem era. 

Liam. 

- Ei Angie – disse ele, sorrindo. -, sabia que te encontraria aqui a esse horário. 

Odeio quando ele me chama de Angie. Engoli em seco e olhei para ele, reparando os sinais da briga de ontem. Tinha um corte ao lado de sua sobrancelha e ele estava com o rosto um pouco roxo, principalmente no lado direito. Tentei não rir dele e fiquei de cabeça baixa, escondendo o sorriso. 

- Não sei por que ainda tem coragem de falar comigo. – disse, chutando uma pedra que avistei no chão. 
- Seu namorado não está aqui para me bater. E ele me pegou desprevenido, se não ele também tinha saído machucado dessa.  – sorri levemente ao pensar que ele sairia machucado de qualquer jeito. – Ah, e sobre a promessa que fiz, não pretendo quebrá-la.
- Que promessa?
- De que você ainda será minha.
Ergui uma sobrancelha, voltando a olhar para ele. – Hm. Eu não diria o mesmo. 

Sorri zombeteira a ele e lhe dei as costas, entrando no West High. Ainda bem que ele não foi atrás de mim. Fui até meu armário e peguei os livros da próxima aula e senti braços me envolverem e sorri, me virando e vendo Justin. Olhei nos olhos dele e sorri levemente, e ele sorriu de volta. 

- Ei, você está com os olhos fundos. – ele alisou meu rosto carinhosamente. – Não conseguiu dormir ontem? 
- Na verdade, estou dolorida e com sono. Fiquei estudando ontem à noite sobre os poderes e acabei dormindo na cadeira do computador. Fiquei tão fascinada que o meu sono sumiu. 
- Mas ele voltou e nem te deixou ir para a cama, hein. 

Ri da piadinha dele e me aconcheguei em seu peito. Ele também vestia um casaco, para ser mais exata, um moletom muito quentinho que tirou o meu frio. Escutamos o sinal tocar e ele beijou minha testa, indo até a sala dele. E eu fiz o mesmo. Era aula de química. Belo jeito de começar um dia que você não queria que estivesse sendo assim. 

Não conseguia prestar atenção na aula do Sr. Turner. As fórmulas aumentavam no quadro e só conseguia copiá-las no caderno. Depois que ele parou de explicar e deixou uns exercícios para nós fazermos. Simplesmente olhava para o caderno e as letras voavam em meio a ele. Deitei minha cabeça na mesa, colocando meus braços como travesseiro. Minha cabeça começou a doer outra vez. Parecia explodir de tanta dor. E eu pensando que já estava livre delas. Ergui-a levemente para ter certeza se era mais uma das crises de sonhadores e suspirei ao não enxergar mais o quadro e nem o professor, apenas borrões deles. 

Concentrei-me em Justin, franzindo a testa. Minha cabeça latejava sem parar. Precisava avisá-lo. 

Ele estava rindo de alguma coisa que fez na aula da Sra. Margaret. Esperei-o sair daquele êxtase e tentei me comunicar com ele. 

"Justin... Acho que estou tendo enxaquecas de novo." 

Ele parou de rir bruscamente e sorri levemente ao vê-lo franzir o cenho. 

"Angel?"

"E quem mais seria, bobinho?" 

"Você tá...? Ah. Tenho que me acostumar com isso."

Ri em pensamento. Senti meus dedos se retorcerem contra minha vontade. Meu Deus. 

"Te vejo na enfermaria." 

"Na enfermaria? Por quê?"

Não consegui responder. Olhei para o quadro outra vez e tudo ia enegrecendo-se lentamente, até deitar-me na carteira e vendo o Sr. Turner vir a mim, desesperado. E a escuridão me levou rapidamente.    

[...]

Mode Justin on*

Não entendi o que ela fez. Mas, depois da aula da Marguerita, fui à sala da Jamie, pedindo uma autorização para faltar à aula do Carter para ver a Angel. Só essa. 

- Como sabe que ela está na enfermaria, Justin? 
- Eu sinto isso, Jamie. Se quiser ir comigo para ter certeza de que não estou matando aula. 
- Só de você ter dito isso, sei que não é mentira. Mas ficarei sabendo se matou aula. 
- Pode deixar Jamie. Não estou mentindo. 

Ela me olhou sorrindo e escreveu em um papelzinho a autorização. Deixei a sua sala e fui direto a enfermaria. Mas antes disso, fui parado pelo monitor de corredor, James Parker, do décimo ano. Revirei os olhos e mostrei a autorização a ele.

- Achei que estava matando aula. 
- Por que todo mundo acha isso? Mas que coisa. Posso ir logo? Minha namorada precisa de mim. 
- Você? Namorando? – ele gargalhou e olhei sério para ele – Não consigo acreditar. Com quem? Voltou com a Selena? 
- Não. Não estou mais com ela e nunca mais quero estar. Agora, se me dá licença, tenho que ir. 

James assentiu e me entregou a autorização. Fui correndo até a enfermaria e dei de cara com Angel, deitada na maca e com a enfermeira Hannah espetando o braço dela. Minha princesa estava desacordada. Bati na porta e a enfermeira me olhou enfezada. 

- Hm, Hannah... o que aconteceu com a Angel? 
- O Turner a trouxe aqui e disse que ela desmaiou. Da última vez também foi assim, só que o David a trouxe. Enxaqueca, provavelmente. Já dei a injeção a ela. Daqui alguns minutos ela estará acordada. E você Bieber? O que aconteceu? 
- Só vim vê-la. Posso ficar aqui até ela acordar? Tenho autorização da Jamie. 
- Claro. Cuide dela enquanto atendo os outros. 

Assenti e sentei na maca ao lado dela. Peguei em sua mão e ela, por incrível que pareça, não estava fria. Estava quentinha. Alisei seu rosto e suspirei. Ela está ficando boa nisso a ponto de falar comigo à distância. Mas, se ela já teve os poderes, por que ainda continua tendo esses desmaios? 

- Ah, eu sei muito bem por que. 

Olhei para ela e a vi sorrindo. Sorri de volta e ela se ergueu, me abraçando. Ajeitei-a em meu colo e sentia se encolher em meu peito. 

- Eu disse para você me avisar, não disse?
- Desculpe. – ela riu baixinho e olhou nos meus olhos. – Não resisti. Você estava com uma cara de pensativo e quis ver o que pensava.
Molhei os lábios e dei de ombros. – Mas você disse que sabia por que teve isso. 
- Ah. Minha mãe me disse enquanto estava desmaiada. Costumo ter sonhos quando apago. Dessa vez foi com ela. E ela disse que eu estava adquirindo o meu segundo poder. 
- Sério? E qual é?
- Não sei. Tenho que testar. 

Ela me olhou travessa e mordeu os lábios, me beijando em seguida. E que beijo. Enlacei meus braços em sua cintura e ela se encaixou direitinho em meu corpo. Mordi os lábios dela e suas mãos percorriam minhas costas. Era o segundo beijo mais quente que dei nela. Aliás, que ela me deu. Sentia-me excitado. Nossas línguas dançavam sensualmente. Pressionava o corpo dela no meu e sentia nossas partes íntimas se roçando gentilmente. 

Angel queria isso tanto quanto eu. 

Sentia-a arranhando minhas costas com suas unhas medianas e gemi em meio ao beijo. Angela olhou em meus olhos e me senti hipnotizado, sentindo seu hálito quente em meu rosto e sua boca tão perto da minha. Mordi meus lábios e ela sorriu maliciosa a mim. Estávamos prestes a nos beijar novamente e escutamos um pigarro. Inclinei minha cabeça para o lado e dei um sorriso amarelo para Hannah. 

Que constrangedor. Logo na enfermaria. Tenho que parar com esses beijos em lugares indevidos.


***


Hey Geliebers! 

Huuuuum, alguém ai teve um #biebergasm? haha. Mas, vocês não acharam estranho a Angel, do nada, ficar "safadinha"? Hm. Mistério. Só eu ri muito do Liam apanhando? Bem feito! E ele ainda tem coragem de ir atrás dela. Ele ainda vai se ferrar, mas já vi que não vai desistir fácil. E essa história da Sra. Stubin? Será que tem mesmo uma ligação com a Angel? 

Ah, e finalmente estou com net de novo. Vocês não acreditam no que eu fiz pra postar na véspera. Escrevi no iMac da minha prima o final e o começo tava salvo em casa, mas como eu sou muito espertinha, peguei o arquivo e salvei no celular e só colei na hora, haha. Foi um truque de ninja supremo level 1000 e que deu certo. 

Que tal mais 30 comentários para o próximo capítulo? *-*

Reposta para Isa: 

Girl, eu entendo o seu desespero ft curiosidade infinita para ver o que vem a seguir, eu também tenho isso, mas, não precisa comentar um monte de vezes. Tudo bem que você não sabia e eu te perdoo, mas é chato e não dá oportunidade para as outras leitoras (a maioria fantasminhas que nunca aparecem '-') comentarem. Não fiquei triste, ok? Eu te perdoo (:

Resposta para a anony que perguntou da Sra. Stubin:

A Sra. Stubin é boa, com certeza. Mas é misteriosa, ainda mais sobre os sonhadores. Mas a Angel vai dar um jeitinho nisso. Bem, eu imagino uma senhora de mais ou menos, 75 anos, cabelos todos brancos, pele enrugada e mãos e pés nodosos. Os olhos azuis claros, a pele branquinha e um sorriso lindo. Tem cara de vó boa, sabe? Eu pelo menos a vejo assim. Simples, divertida e que dá bons conselhos. Mas sabe ser misteriosa e sombria quando quer. 

Resposta para Layza:    

Responder o que? Aaaa God. Eu não recebi nenhum e-mail seu ): As imagens simples são de cor? .-. Nem sou lerda ft confusa, magina. Me manda um e-mail quando puder, ok? *-* 

E ai? Como foi o natal de vocês? O meu foi incrível. Chorei, morri com os meus presentes, dancei até e comi até também. Eu adoro a minha família, sério. Pode até ser louca, mas é a melhor. Vocês não acreditam o que eu ganhei. Foi o primeiro natal que ganhei mais que três presentes, que, ao total, foram 10! Quase morri do coração. 

Ganhei um Someday! É MUITO PERFEITO FT CHEIROSO FT APAIXONANTE, CARA. E um livro do Justin, que chama "Fama, fé e coração". Ganhei uma bolsa muito linda, uma pulseira swaggy, dois casacos da GAP, (sempre sonhei em ter eles *0*), um hidratante da VS e um iPhone 3G s. Nossa, só infartei quando vi a caixinha do iPhone ali. Eu tirei uma foto e quero que vocês vejam eles. Só faltou a caixinha do iPhone que eu esqueci de colocar *u* 



Só que não quero que pensem que eu sou "a rica". Pior que não sou não. Não fui na MWT por estar sem grana. E eu não estou me gabando também, foi meio que um natal merecido e eu queria compartilhar com vocês a minha felicidade. Minha mãe foi no Paraguai e comprou o Someday, eu já tinha pedido antes. Mas os casacos e o livro foram surpresa. O iPhone, eu nem sei como, mas ganhei. E já é de presente de 15 anos também. kkk.  

Enfim, para quem não tem nenhum dos perfumes do Justin, acredite. Eu esperei todo esse tempo pra ganhar, e olha que eu ia ganhar no começo do ano, mas ocorreu um imprevisto e perdi ele. Acabei esperando o ano todo e finalmente ganhei. É só não perder a fé, ok? Eu garanto que, se você acreditar, Deus vai ajudar. 

Foi muito legal, pra fechar o ano com #swaggy. E o natal de vocês? Foi mágico igual o meu? *-* 

Indicações: 
http://i-love-imagine-belieber.blogspot.com.br/ < blog da minha prima swagueira. Super Recomendo!
http://ruthnarafanfictions.blogspot.com.br
http://www.fcbieber-forever.blogspot.com.br/
http://imagine-beliebersuperhot.blogspot.com.br/
http://believeandimaginebelieber2012.blogspot.com.br/
http://justdream-jdb.blogspot.com.br/
http://imagine-beliebers-s2.blogspot.com.br/


Gostaram? Comentem! ^^ 


Para um fim de post, uma frase 'true story' para vocês. 

"Eu estou chorando por algo que nunca tive. Que ridículo."
 50 tons de cinza. 

Quem nunca? u.u

Amo vocês meninas!
Beijos, da Gih. 

38 comentários:

  1. Anônimo18:18

    Que cap mais que perfeito! E a angel safada heim? Haha
    Débora

    ResponderExcluir
  2. Continua gara tá perfeito.. Hey aproveita e visita lá meu blog http://fanficsmayajb-1d.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Isadora18:59

    Muito perfeito o capitulo. Continua, to muito ansiosa para saber sobre o Liam e a Angel com o Justin. kkk
    Sua ib é uma das melhores que leio. beijos

    Obs: não sou a mesma pessoa que comenta como Isa.

    ResponderExcluir
  4. Anônimo19:13

    aaaaaaaah que perfeitooooooooooooo!
    eu tenho o girlfriend aklcdjiakcjdsis queria um iphone :/ skljcsdkjsd
    continua :)
    @iswagdrew

    ResponderExcluir
  5. Anônimo19:54

    aaaa continua ta perfeito
    PS:Melhor blog que ja li

    By: Duda

    ResponderExcluir
  6. Selinho :D

    http://imaginejdrewbieber.blogspot.com.br/2012/12/selinho.html

    ResponderExcluir
  7. Anônimo20:13

    *leitora nova* cara QUE #ib é essa, pqp é perfeita , comecei a ler ontem e terminei hoje, é demais de perfeita, continua logo viu haha, @iphonedrew aqui

    ResponderExcluir
  8. Uuuuuuh quase teve hot :B
    Faz o proximo hot pleeeeease! Continua logo!
    De natal eu ganhei o girlfriend e um scarpin preto cheio de brilho! O girlfriend vai chegar só daqui 30 dias uteis!

    ResponderExcluir
  9. Myllena20:34

    Ahhhhh deus ,eu não tenho nem o que dizer sobre a sua IB, estou morrendo de curiosidade para o proximo cap. e gostaria de saber se esta por vir a parte hot u.u hasuhaush ,eu sempre vejo sua IB mais nunca comento então estou eu aqui KKKKK ."Leitora que ama muito sua IB" hehe, beijos. @Semprecomojus

    ResponderExcluir
  10. anww que perfeito divaa *-* continue u.u

    ResponderExcluir
  11. Dayani21:24

    OMG,OMG! quero saber qual é o próximo poder que ela vai obter \õ/ continua bjs

    ResponderExcluir
  12. Perfeito, SEM MAIS s2
    ai amooor eu ganhei um iPhone 4 DE NATAL É MUUUUUUITO PERFEITO NÉ? E AQUELAS CAPINHAS FOFAS QUE DA PRA COLOCAR? AWWWWWN TO APAIXONADA PELO MEU CURTE MUITO TEUS PRESENTES. PARABÉNS E FELIZ NATAL ATRASADO SDFGH'
    5bjs

    ResponderExcluir
  13. Júlia21:33

    Beeem feito pro Liam! u.u
    Sinto partes hot's se aproximando .. muahaha !
    Legal .. quero saber qual é o novo poder dela!
    Sorry,se eu não comento muitas vezes é maldita preguiça!Rsrs ..
    Adorei o livro,o someday e o Iphone! kk
    Eu ganhei uma bolsa e uma camiseta do Justin!Que to usando agora - ninguém perguntou mas tô falando u.u -
    Bjjs,sua linda!
    Continua,logo!

    ResponderExcluir
  14. peeeeerfeito amor, continua logo q to amando... ui, amei ver eles quase se amassando ali, ;9 kasikaosk xoxo

    ResponderExcluir
  15. Anônimo23:26

    A angel muito safadinha...mas se eu estivese do lado do bieber eu também ficaria safadinha;)kkkkkkk
    amei o capítulo,qual sera o novo poder dela estou mega curiosa********
    o liam apanhou kkk bem feito sentiu a presão do punho do JB
    PLEASEI CONTINUA PRA SEMPRE KKKK

    ResponderExcluir
  16. Na boa, o capitulo está perfeito. O Liam gosta de apanhar é a única explicação, ele sabe que da próxima vez que chegar pero da Angel com o Justin perto vai apanhar, mas ele insiste em ir atrás dela, na minha opinião é gostar de ser saco de pancada. O Justin anda muito fofo, parece que o Justin galinha se foi de vez. Incrível como a Angel está conseguindo controlar os poderes dela. Eu estou encucada com a sra. Stubin, ela anda muito suspeita. Eu não tenho ideia do que aconteceu com a Angel para ficar safada, talvez a mãe dela tenha falado algo durante o sonho ou ela resolveu depois dos pensamentos do Bieber, ou ela resolveu tirar a prova de que o Justin não está a usando, mas essa é menos provável. Estou ansiosa para o próximo. Eu ganhei um relógio, dinheiro e uma camiseta de Natal. Bom se você não postar antes do ano novo, Feliz Ano Novo! Que este ano seja repleto de realizações e felicidades na sua vida!! :) Beijos sua linda. AHHH e muito obrigada por ler a minha fic, nem tenho como te agradecer, se tiver interessada em continuar a ler eu já postei o próximo capitulo.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo00:13

    Awwnn que perfeito o capítulo!!!
    Bem feito pro Liam, ainda merece apanhar mais u.u
    E a Angel sendo safadinha!?!? Será que essa safadeza é alguma coisa relacionada aos novos poderes!?!?
    Continuaaaa flôr !!!!!


    @_BiebsOurAngel ;*

    ResponderExcluir
  18. ai meu Deus, gostei dessa Angel safadinha kkkkkkkkkk continua logo =)

    ResponderExcluir
  19. Brunna Breezy01:31

    leitora nova ameeeei , ja acompanho o blog a um bom tempo e so agora comentei. cooontinua bjoos

    ResponderExcluir
  20. Dude , eu estou AMANDO a Angel com os poderes! Angel muito saidinha hahaha , continua <3

    ResponderExcluir
  21. Anônimo02:44

    A Angel safadinha como assim??! Haha super legal esse capitulo!!
    Ahhhh eu ganhei o kit fo Girlfriend de Natal *-* so q ainda n chegou pq comprei pelo Mercado Livre!
    Continua..
    Alice

    ResponderExcluir
  22. Anônimo11:29

    Sua IB é perfeitaaaaa demais!! Amo muito!! To super curiosaaaaa será o q vai acontecer ??? Posta logooo flor!

    @iogurtebieber

    ResponderExcluir
  23. Anônimo12:23

    Sonhei com a IB vei serião UASHUASH eu tava com minha amiga ai eu chamei ela e fiquei olhando pra ela, ai eu falei: Não só a Angel consegue fazer isso. USAHUHUHSAUAHS

    ResponderExcluir
  24. AnoonyGirl13:45

    KKKKKKKKKKKKK ta peerfeito.. KKKKKKKK vai ver o outro poder da Angel é ser safadinha em certos momentos skaoskaoska Oh god

    ResponderExcluir
  25. Giih, na boa, se vc escrevesse um livro, eu seria uma das primeiras a comprar. Você escreve muito bem vei *------*

    ResponderExcluir
  26. Continuaaaa..ta mt perfeito a sua #IB estou aguaradndo anciosamente paa o proximo capitulo e parabéns pelos presentes de natal.....mas por favor continuaaa rápido meu Deus não aguento esperar kkkkk' bjus flor

    ResponderExcluir
  27. Bem feito pro Liam tava merecendo faz tempo essa surra, a Angel tava testando seus poderes ficando safadinha? hahahaha
    CARA PERGUNTA PRA SUA MÃE EM QUE LOJA ELA COMPROU O SOMEDAY E QUANTO ELA PAGOU, por favor e me responda, eu vou ir agora em Janeiro e quero comprar, POR FAVOR NÃO ME IGNORA

    ResponderExcluir
  28. Anônimo22:17

    Continuaaaaaa *o* to super ansiosa pra saber o que vai acontecer o/

    ResponderExcluir
  29. selinho pra ti amr http://imaginebelieber-jdb.blogspot.com.br/2012/12/mds-mais-selinhos.html

    ResponderExcluir
  30. Anônimo00:06

    Continuaaa,amo sua IB e estou louca para o proximo cap. (partes hot´s estão por vir u.u)

    ResponderExcluir
  31. Anônimo00:56

    Continuaaaaa

    ResponderExcluir
  32. que lgl amor *-*
    amei o cap.
    beijos

    ResponderExcluir
  33. Achei muito Legal Gih :)
    Flor, claro que te ajudo.
    Me manda a playlist em si que você me disse. Aí se você quiser eu posso colocar no seu blog. Mas flor, tem como você esperar até quinta (03/01)? P
    Beijos , MI

    ResponderExcluir
  34. OMG! Ta perfeiiito! Pode ler meu comentario por favor? Me escuta, vc tem MUITO futuro como escritora, devia escrever um livro, mesmo eu nao sabendo qos anos vc tem! Eu to super apaixonada pooooosta looogo quero saberpq ela ficou safada do nada hihihi.. Sou sua fa! :*

    ResponderExcluir
  35. continuaa amei eu nao to triste ok passou e obrigado por me entender ta bjsss

    ResponderExcluir
  36. Ameiii, liam apanhando... E a Angel, fico ssfadenha ja sei cm vai ser o proximo cap k.

    ResponderExcluir