2.1.13

#IB - Blue Jeans: Capítulo 28


Outra noite passada,
Eu pensei que eu ouvi você chorar
Pedindo para voltar,
E prendê-la em meus braços
Eu posso ouvir suas preces,
Suas cruzes eu carregarei
Mas primeiro eu preciso da sua mão,
Então a eternidade pode começarYou Are Not Alone,Michael Jackson

                                                   
                     


                                                             Alice mode on

Quando acordo o outro lado da cama está frio. Meus dedos se esticam à procura do calor de Nip, mas só encontram a cobertura macia de meu edredom . Ele deve ter tido sonhos ruins e pulou para a cama de minha mãe . É claro que foi isso . 

Eu me apoio sobre o cotovelo . Há luz suficiente no quarto para que eu possa enxerga-lo . Ele esta deitado próximo a minha penteadeira dourada , ao lado da janela , onde fica sua cama deixada pela antiga dona . Talvez ele não teve sonhos ruins, apenas lembrou de seu passado e como foi recebido por mim . Nunca imaginei que um animal pudesse ser tão sentimental até o dia que vi Nip ser tirado do colo de sua dona , que tentava disfarçar seu estado temeroso .

Ele está conosco a poucos dias , lembro-me daquela conversa fora de foco que mantive com uma garota do olhar pesado, Cathariny . Era meu segundo dia no hospital de Los Angeles. Já havia notado sua presença , mas ela sempre pareceu querer manter uma certa distância , nunca soube o porquê. E provavelmente nunca saberei .

Tinha pouco conhecimento sobra a garota que confiou em mim o grande companheiro de sua vida , Nip. Math , o médico responsável pela parte cancerosa do hospital , deu-me algumas informações : a garota se chamava Cathariny , tinha 19 anos , era órfã. Sua mãe morreu de câncer quando ela tinha apenas dois anos , deixando-a só no mundo . Ela foi levada a um orfanato , mas acabou perdendo a chance de ser adotada  . Em seu aniversário de quatorze anos o câncer no coração foi detectado. Os médicos deram-lhe meses para sua triste morte alcança-la , mas como um milagre , ela se atrasou cinco anos . Essa eram as informações que tinha , além de saber que aquele gato a acompanha desde que sua mãe faleceu , quando ela era viva o ganhara em sua infância . Cathariny e sua irmã foram levadas ao abrigo junto com Nip .

Uma história que começara triste e acabara triste . Cathariny faleceu durante meu segundo dia no hospital . Antes disso , pude ter uma única conversa com ela . Uma conversa totalmente sem sentido , que parecia não levar a lugar nenhum :

Cathariny : Gosto do jeito como trata as crianças, como as deixa feliz ... gostaria de ter sido tratada assim em minha infância .

Alice : Sinto muito por sua mãe .

Cathariny : pelo menos ela descansou, parou de sofrer - silencio - sei que também chegou minha hora, na verdade ela se atrasou muito .

Aice : não diga isso ...

Cathariny : mas é verdade ,ainda é uma incógnita como estou aqui diante de você, depois de tanto tempo . Não vejo outra pessoa melhor  pra ficar com Nip - ele estava em seu colo, ouvindo atentamente a conversa - Quero que cuide dele , que o ame - o gato agora me encarava com aqueles olhos cor de abobora podre - promete ?

Como você nega algo a uma pessoa que está a beira da morte ? Mesmo achando aquele gato horripilante , não seria tão fria a esse ponto .

Alice : prometo - ela me entregou Nip , que teimava em não desgrudar de seus braços, e fechou os olhos . Parecia estar dormindo ao em vez de morrendo , mas é claro que a segunda opção era mais provável .Por um instante permaneço lá observando minhas lágrimas caírem em seu rosto . Inclino-me para a frente e pressiono meus lábios na sua têmpora .Lentamente, como se não quisesse acordá-la , coloco sua cabeça no travesseiro e solto sua mão .

Segurei o gato com firmeza e deixei seu quarto . Dando uma último olhada para o corpo daquela garota que não tinha mais alma, não tinha mais vida . ´Sã e salva ´´ penso .

Levantei de minha cama , calçando minha pantufa e fui em direção aquele gato horrendo , infelizmente ele realmente era feio , não era nenhum exagero de minha parte . Ele estava muito gelado a pesar de a noite ter sido quente e seca . 

Dá pra dizer , pela luz, que ainda estamos bem no começo do dia . Tem um copo de água na minha mesinha de cabeceira e engulo o líquido sofregamente . Meu estômago e minha cabeça estão pesados, mas não dou muita importância .Coloco Nip em meu colo e desço as escadas . Antes de descer, paro no primeiro degrau da escada, sentindo-me ligeiramente enjoada e com as pernas tremulas.

Procuro por alguém , mas percebo que todos ainda estão dormindo . Nip meche-se em meu colo e o coloco no chão . Ele não gosta muito de mim, apenas me considera por ser a única a lembrar de lhe dar comida . E é o que faço em seguida , vou até a lavanderia onde fica sua comida . 

Encho seu pote vermelho de ração e ele se farta . A noite deve ter sido dolorosa para ele . Não deve ser fácil ser abandonado , mesmo o motivo sendo puro . Puro . A alma daquela garota, Cathariny, deve ser pura , conseguia perceber isso em seu olhar .

Balanço a cabeça para tentar me livrar desses pensamentos, que geralmente me deixam estranha ... me irritam . Na verdade não são os pensamentos e sim a ação que eles giram em torno : morrer. Morte . Dormir para sempre . Não tenho medo de morrer, só tenho medo de ir sem fazer o que tinha que ser feito . Sem ser feliz .

Sei onde posso achar minha felicidade , ela esteve longe por muito tempo, mas agora esta a poucos metros de mim , apenas precisaria atravessar a rua para encontra-la .

Enquanto Nip come vou até a janela de minha casa e fito o outro lado da rua . De repente faço uma comparação a situação que estou vivendo e o livro Ponte para Terabítia . Aqueles jovens aventureiros não tinham medo de atravessar a ponte e encontrar a felicidade , mas pagaram a consequência : morte . É uma comparação desigual por minha consequência ser bem diferente , mas não tão menos dolorosa .

 Penso na hipótese se ser mais do que a dor que aquela menininha sentiu ao cair da ponte . Não cairia sozinha .

Escuto um barulho vindo de dentro de mim ... fome . Não como desde ontem de manhã , não sei como ainda não desmaiei . Estou assim desde que vi na internet sobre o término de Jelena e que vi a mensagem que Justin me mandou :

´´Pronta pra fazer parte de minha vida ? ´´

Não lhe respondi porque realmente não sei a resposta . Começo a achar que estou entrando em uma leve depressão . Tudo o que aconteceu nesses últimos dias me abalaram muito : Carol ignorando minhas ligações assim como Josh , esses fotógrafos me fazendo perder a vontade de sair as ruas , as noticias na internet , minhas mentions no twitter, já tenho até haters, a morte daquela garota indefesa . Acho que tudo isso até influencio de uma certa forma em minha carreira . A propaganda já tinha ido ao ar mas eu não recebi nenhum convite para outro ensaio .

Apenas duas coisas conseguem arrancar um sorrido de mim : minha idas ao hospital que já não são tão frequentes e a lembrança que tenho do beijo que Justin me deu . Fora isso, estou livre de qualquer outra coisa que possa provocar alguma emoção dentro de mim .

A última vez que fui ao hospital, mas não como obrigação porque minha detenção já acabou, foi um tanto quanto triste , diferente de todas as outras vezes, quando conseguia alegrar aquelas crianças com mais facilidade . Consegui arrancar algumas risadas , mas claramente percebi que todos estavam tristes por Cathariny . Não insisti , então me sentei em uma cadeira e passei o dia contando histórias para crianças que aparentemente já tinham perdido as esperanças de um futuro melhor . 

Deixo Nip devorando sua ração e decido comer alguma coisa depois de 24 horas de jejum, talvez tenha passado disso , mas o que importa ?!

Atravesso a sala , ainda sem nenhum sinal de alguém ter acordado , e vou até a cozinha . Abro a geladeira e me enjoo facilmente só de ver aqueles alimentos . Pego uma jarra de suco de laranja e encho um copo pela metade . Em cima da mesa há um pacote de pão integral , pego duas fatias e sento-me . Delicadamente dou um gole no suco de laranja e mordo o pão . Essa mistura desce dolorosamente até meu estomago , sinto Nip lambendo minha perna. Acho que ele quer um pouco . Jogo um pedaço de pão no chão e ele rapidamente o pega . Coloco mais um pedaço na boca e dou mais um gole no suco . Fito o pacote do pão e o sinto revirar em meu estomago . Levanto da cadeira chutando Nip sem querer . Sinto aquela asquerosa mistura voltando e disparo para o banheiro onde ponho tudo pra fora em forma de vomito , então percebo que realmente não estou bem .

Encosto na parede do banheiro esperando que algo mais tente sair de dentro de mim , mas nada acontece . Nem tem o que sair de dentro de mim agora , apenas lágrimas .


                                                                    

                                                                  ***

                                             20 comentário pra postar o próximo ?

Aposto que quando começaram a ler acharam que era outra ib, tipo ... quem é Nip ??? hahhahah Esse capítulo considero um dos mais tristes por contar a história de Cathariny, quero dizer ... uma pequena parte de sua vida . Talvez algumas das leitoras conseguiram retirar algo mais do que minhas palavras puderam expressar , essas tem a chance de estar um passo a frente da história . Não vou dar mais dicas do que vai acontecer .

Gostaria de muitos comentários nesse capítulo , sobre o que vocês estão achando , o que acham que irá acontecer ... essas coisas . 

Então é isso girls , xoxo .

Gi

                                             20 comentário pra postar o próximo ...

33 comentários:

  1. PRIMEIRA A COMENTAR, BJJ CONTInua

    ResponderExcluir
  2. Anônimo11:26

    continua, lindo e triste esse capitulo ):

    ResponderExcluir
  3. Anônimo11:34

    Tá, nao entendi mto .
    Fala mto de morte, tristezas, doenças ...
    Sera, qe Ali esta doente? Ta parecendo qe ela esta gravida, mais acho qe nao... kkk .
    Ela deve ta doente );
    Ali e Jus tem qe ficar juntos logo *---* .
    Comecei a ler essa IB a poucos dias, me apaixonei (: Continua, please .
    By: Carol Hommerding .

    ResponderExcluir
  4. Estou amando, adornado e me viciando! Continuua!
    Indica? imaginejbeliebers.blogspot.com.br

    Beijooos

    ResponderExcluir
  5. Anônimo12:41

    Adorei esse cap diferente, porem lindo vc tem mt talento pra escrever ... continua ta beijinhos Paula @oacmussa

    ResponderExcluir
  6. DIVA AMEEEEEIIII
    Muito DIVO continua logo eu amei
    http://imaginedastephanie.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. continua estou amando :)

    ResponderExcluir
  8. Anônimo15:25

    continuaaaaaa Giii

    E BIE ?

    ResponderExcluir
  9. Poxa, vc disse que tem gente que ja deve saber o que vai acontece... E eu ñ #XATIADA.
    Ela vai gicar doente? Ai meu dels, continua logo...

    ResponderExcluir
  10. Anônimo19:42

    Continua

    ResponderExcluir
  11. Anônimo20:19

    quem nao se apaixonaria por essa ib ? é mais do que perfeita... igual as demais.. amooooooooooooo

    ResponderExcluir
  12. Anônimo21:21

    continuaaaa ta perfeito

    ResponderExcluir
  13. Oiee, entao eu estou sem computador, tablet, e notbook estou sem nada só com o celular que esta dando a louca também entao eu vou ficar um pouco sumida kkk poisé kk mais eu juro que eu volto quando chegar um desses que queimou e ta lindo Beijoooos e tipo assim eu to com medo-- o que vai acontecer continua por favooor? tipo eu nao sei se eu saquei mais se for isso que eu tô pensando acho melhor você mudar se nao você nao vai ter uma leitora por que eu vou morrer, é serio sou muito emocional com tudo tando é que quando eu descobri que tinha queimado o meu computador, notbook e o tablet eu tava chorando eu choro por tudo kk ta perfeito mais nada de doenca ok ?? eeeba beijoos

    ResponderExcluir
  14. Amei, continua to morrendo de curiosidade, achei muito triste esse cap. mas continua perfeito *-*

    ResponderExcluir
  15. Anônimo23:06

    Perfeição \o/ to adorando a sua IB, continua amore

    ResponderExcluir
  16. Anônimo23:16

    continuaaaaaaaaa to adorando me avisa pelo twitter esta aqui o meu RaizaaRibeiro

    ResponderExcluir
  17. Eu acho q saquei o rumo q isso vai tomar. Mas seila, sou mt lerda!
    Adorei esse cap, ele tava diferente. Eu gosto. :3
    continua, bjs

    (@itscamilasoares)

    ResponderExcluir
  18. Amei, ela.não pode estar grávida pensei que ela era virgem bjss continua

    ResponderExcluir
  19. Anônimo00:51

    Perfeicao, continua !!!!!
    Não havia entendidoa parte do gato,mas tudo bem

    BJS Carolina florio

    ResponderExcluir
  20. Continua logo quero saber o que Ali tem , e quero ver os dois juntos logo

    ResponderExcluir
  21. Anônimo08:51

    Sua IB é perfeita . Continuua . Rayssa

    ResponderExcluir
  22. Anônimo12:30

    Esse capitulo ta lindo, triste e fofinho. Mas o que aconteceu com a Alice? Ela ficou doente? Ela surtou ou algo do tipo? Porque no capitulo anterior ela estava triste mas estava bem! Eu não entendi nada! Fiquei perdidinha agora :P

    @

    ResponderExcluir
  23. Anônimo14:38

    continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa pffffffffff

    ResponderExcluir
  24. Anônimo14:40

    continua já tem mais de 20 comentarios pffff

    ResponderExcluir
  25. Anônimo15:19

    Continua .. @_mesninaswag_

    ResponderExcluir
  26. Continua,ta incrível,me desculpe pela demora de ler e comentar,beijos
    me avise no @teamobi3ber

    ResponderExcluir
  27. Continua tá perfeito nosssa que criatividade em ! Parabens :)

    ResponderExcluir
  28. Continuaaaaaaaa
    ameiiii tá perfeito esse cap.

    ResponderExcluir
  29. to morrendo por dentro quanto sofrimento!!!!
    eu to curiosa pra saber o q vai acontecer !!

    ResponderExcluir
  30. Anônimo21:17

    Girl você escreve muito!! Mas tenhonquebadmjtir que não entendi nada! A Ali ta doente? No ultimo capitulo ela esta triste mas não estava doente nem nada do tipo! Me perdi legal! Ou esse foi um capitulo a parte dedicado a alguem? ~~já passou dos 20 coments~~ haha eu sei que sou chata u.u

    Beijos e SWAG @anaclara_pn

    ResponderExcluir
  31. Eu entendi e amei ! Eu me pergunto onde vc acha tanta inspiração? Cara, eu to amando muiito ! Beijos

    ResponderExcluir