13.1.13

#IB - Blue Jeans: Capítulo 32

Eu sei
No meio do fogo cruzado
Eu choro um pouco
Quando penso em deixar para lá
Oh não
Desisti da charada
Eu choro um pouco
Quando penso em deixar para láI Cry, Flo Rida 


                                                        


                   Estava vasculhando a terceira gaveta quando ouvi a porta bater.
        
                                                        Alice mode on

Naquele momento meu coração parou, parei de me mexer deixando um silencio tão grande que era possível ouvir nitidamente o ar arfando de meus pulmões. Minha pulsão devia estar acelerada porque comecei a tremer,derrubei as pastas que estavam na minha mão em cima do carpete bege que cobre aquele corredor, não fazendo barulho.

Tentei me recompor levantando-me e tentando parecer calma, apos alguns segundos minha respiração voltou ao normal. Fechei as gavetas que havia aberto enquanto ouvia alguém fechando as do escritório, tive apenas três segundos para pensar em uma desculpa convincente na hora que meu pai brotou ao meu lado.

Ele ainda estava com seu pijama azul listrado e com um pesar nos olhos devido ao sono e ao estado de confusão. Me fitou por uns segundos, talvez esperando que dissesse algo, mas eu estava perplexa, sem palavras para a situação, ainda tentando arrumar meus pensamentos para uma mal planejada desculpa.

-O que faz aqui Alice ? - não respondi nada, minha garganta roçava e minha mente girava, confundido-me em meus próprios pensamentos - sabe que aqui é um lugar proibido pra você, não sabe ?

-Sei sim pai - pausei por uns dois segundos, arfando. E então decidi colocar em prática aquele plano elaborado por minha mente em poucos segundos - eu estava procurando minha identidade.

Péssima ideia, minha identidade fica comigo, no meu quarto, sob minha responsabilidade, e meu pai sabe disso.

-Sua identidade ? - disse enrugando a têmpora - assenti com a cabeça - mas a sua identidade fica com você, e se estava mesmo procurando por ela por que não esperou que sua mãe acordasse para encontra-la ? - não respondi, estava obvio que tudo isso era uma mentira.

Se eu falasse a verdade eu nunca mais viria aquela pasta na minha vida, e essa curiosidade roeria meu ser atá a eternidade. Então penso : nada como uma boa mentira para esconder outra.

ODEIO mentiras, ODEIO quem mente ou quem aceita uma mentira, mas agora não era o caso de eu repensar meus pensamentos, meu caráter, agora é uma situação que a mentira é necessária e benéfica, como diz minha mãe em alguns momentos.

-Tudo bem, eu menti - ele confirmou com a cabeça como se já esperava essa resposta - estava procurando a identidade da mamãe .

E aí se vai outra mentira...

-O que pretendia fazer com a identidade de sua mãe ?

Sei que teria que arcar com as consequência do que estou prestes a dizer, mas não tenho outra alternativa. Respiro fundo e falo :

-Eu queria ir a uma balada que só entra maior de 18 anos e precisava de uma identidade...

-Como é que é ?

-Não queria fazer uma identidade falsa então pensei que passaria despercebida com a da mamãe. Sinto muito.

-Quem colocou isso na sua cabeça ? Roubar identidades, ir nessas baladas ? Pensei que você quase não conhecia ninguém aqui, e se conhece quero saber quem são essas pessoas, ande ... fale !

-Ninguém colocou isso na minha cabeça pai, eu que decidi e se você não sabe com quem eu ando é porque VOCÊ só pensa no trabalho e todas essas coisas, quase não olha na minha cara e agora quer saber com quem ando ou com quem deixo de andar ?!

Acabei me irritando de verdade com o que ele falou, mesmo sabendo que eu não estava com a rasão... Naquele momento veio em minha cabeça aquilo que deveria ter falado com mais delicadeza e em um momento diferente, porque eu literalmente não estou em condições de exigir algo dele contando essas mentiras. Por isso odeio mentira, a gente perde a moral... a confiança dos outros .

-Se eu trabalho tanto é pra dar uma vida boa pra você ! Não pra encontrar minha filha roubando uma identidade ! - disse ele aumentando o tom da voz -

- Excelente a vida que você me dá não é : escola boa, carros a minha disposição, essa casa gigante pra receber os amigos. Amigos ? Que amigos né ? Se você conversasse comigo saberia que eu quase não tenho amigos, que eu sou ´´a garota estranha de outro país ´´ , que sou infeliz ! Por que isso tudo aqui - digo com os braços abertos e girando no escritório - não é nada ! A única pessoa que consegue arrancar um sorriso de mim nesses últimos tempos eu sou obrigada a fingir que mal conheço - olho pra ele com toda a fúria possível e percebo seu olhar de indignação - mas você também DEVERIA saber disso !

Saio batendo a porta e deixando-o parado, como uma estatua apenas absorvendo minhas palavras . Não deixo nenhuma lágrima cair ate o momento que fecho a porta, mas continuo firme por mais que as palavras não tenham doido apenas em meu pai.

Subo as escadas correndo, trancando-me em meu quarto. Agarro- me a cortina fitando a casa da frente, a casa dele, o único motivo de seu sorrir : Justin , e deixo as lágrimas caírem. Dizem que é bom chorar ´´lava a alma´´ , já estou acostumada.

Ligo o chuveiro e não espero a água esquentar, tomo banho gelado mesmo. Sento dentro do box e deixo  aquela agua gelada cair sobre meu corpo enquanto penso no que acabo de fazer. Eu simplesmente desmoronei com as minhas palavras, tudo que estava dentro de mim joguei na cara de meu pai, como se ele tivesse culpa. Mas quem realmente é culpado por tudo isso acontecer sou eu . Eu que não me inturmei, eu que aceitei todas aquelas palavras/olhares ofensivos de cabeça baixa, ate que em um momento estourei mas deveria ter mantido a calma e resolvido a situação. Mas como uma pessoa que aguentou tanta coisa ainda pode exigir calma dela mesma ?

Ainda estou jogada no chão do box quando aquela vontade de morrer acerta em cheio meu coração, mas lembro-me de uma coisa, uma pessoa que me da todos os motivos do munda para continuar aqui : Justin.

Lembro-me que hoje veria aquele sorriso, aquele olhar, escutaria aquela risada... talvez isso seja tudo já que continuamos com aquela farsa de apenas amigos. Como isso dói, mas sei que tudo vai mudar, que Justin não vai deixar que eu fique sofrendo por mais tempo.

Saio do banho e tento deixar fazer com que toda aquelas lagrimas e aquela tristeza que dominavam meu corpo fosse embora pelo ralo como a água do banho. Olho para o relógio e percebo que passei horas debaixo do chuveiro, escolho uma roupa e ligo meu computador.

                                                     
             
Minha cabeça lateja como uma bomba prestes a explodir, pego um remédio em minha penteadeira dourada e o tomo, torcendo para que ele faça efeito logo, não quero que Justin pense que ainda estou doente.

Checo se Gabriela já acordou, mas como previa ela ainda estava dormindo. Sei que não é certo e que Justin pediu inúmeras vezes para eu não fazer isso mas é quase inevitável : entro nos sites de fofocas, procuro meu nome no google (sei que parece uma coisa estranha mas depois da propaganda do someday e das minhas fotos com o Justin meu nome anda aparecendo muito em revista,tabloids... coisas do tipo ) e acho o que procurava, alguns sites insistem e persistem que Justin tem algo comigo e que a eu era a causa de seu termino com Selena. Uma reportagem me chamou bastante atenção, ela dizia que Selena ficou dias sem comer e chorando por causa do término, sei que pode ser mentira... provavelmente é , mas não deixo de me sentir culpada.

Termino de me arrumar e pego meu celular, fito por alguns segundos lembrando-me que tenho o número de Selena, que tive a oportunidade de pegar na primeira vez que conversamos. Penso que talvez, antes de assumirmos nossa relação, eu deveria falar/ conversar com Selena. Quero ter certeza de que o caminho está livre, para não machucar os sentimentos de ninguém.

Eu não deveria me preocupar tanto com os sentimentos dos outros, ninguém, além de Justin, parece dar o minimo de importância a eles. Mas eu não sou uma pessoa assim, mesmo me magoando continuo me preocupando com os sentimentos dos outras, mesmo quando não tenho tanta intimidade como é o caso com Selena. Sei que devo uma explicação a ela, minha consciência, meu coração diz que devo.

O telefone chama, chama , mas ninguém atende, na terceira tentativa ( não sou de desistir fácil) ouço a voz dela, Selena atende...

                                                      ****

Ola meninas, demorei um pouco pra postar mas é que aqui em casa ta tudo muito corrido. Depois tenho que falar com vocês sobre a Believe Tour, que eu vou dia 25 desse mês em Orlando, vou tentar deixar uns capítulos prontos. Um dia antes de eu embarcar deixo tudo avisadinho aqui pra vocês, não se preocupem .
Também queria lembrar vocês desse recadinho :
Podem mandar os desenhos que eu posto antes de viajar, só estou chateada com a quantidade de comentários, o ultimo capítulo teve umas 500 visualizações mas poucos comentários, why ??

Comentem pls

Divulgando :
http://imaginebelieberls2.blogspot.com.br/
believeinyourdreamsz.blogspot.com.br



     

14 comentários:

  1. Ta perfeito Gi, fiquei curiosa pra saber o que a Selena vai dizer, socorro. Mas enfim, amei o capitulo.
    -Lari

    ResponderExcluir
  2. Anônimo14:09

    UHH você para bem nessas horas de suspense! Isso é maldade! Cruel >< Continua logo :3

    Beijos & SWAG @anaclara_pn

    ResponderExcluir
  3. Cara, porque você sempre para na melhor parte? Tipo, isso não é justo u.u Tipo assim, eles juntos são vida/ar/chão/terra. Eu acho o Rayn fofo KKKKK' Ta muito swag sahistória! Continua o mais rápido possível pelo amor do papai da bicicletinha :33 Divulga meu blog? please please please *-* http://imaginebelieberjustadreamnsn.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. ui. gostei da discuçao dela com o pai. foi bom ela ter dito tudo aquilo.
    adorei o cap, continua.
    bjs
    (@itscamilasoares)

    ResponderExcluir
  5. Anônimo20:40

    Não fica chateada não, está tão perfeito

    ResponderExcluir
  6. gostei muito!!!continua loguuu!!!*-*
    selinho pra o seu blog:
    http://jdrewbfever69.blogspot.com.br
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo01:20

    continua ta perfeito voce sempre para na melhor parte! Voce vai na BT ? velho que sorte voce tem escreve imagine muito bem e ainda vai no show do Justeeeeeen! Boa viagem e boa sorte >< - Carolina.

    ResponderExcluir
  8. Voceee vai pra Orlando e ainda mais na believe tour aaaaaaa vou chorar to emocionada por voce e aqui tipo nao tem jeito de voce me levar na mala nao ?????????????
    rsrsrsrsrsrs to brincando MAIS SE PUDER me leve linda (manooo) a IB ta muuuuuiiiitoooo boa e espero que voce consiga postar muitos capítulos antes de ir
    Kisses da julia

    ResponderExcluir
  9. Anônimo07:02

    Kra essa e uma das minhas ibs favoritas!! Ta perfeita!! Kra eu tbm vou p believe tour em abril ahhhhhhhh!!! Continua!! Bjs @beatriz_bieber4

    ResponderExcluir
  10. Continuaaa.. Nossa que sortuda você :) Parabéns

    ResponderExcluir
  11. Brunna Breezy20:27

    Coontinua :3 ta perfeito, Parabêns & Boa Viagem ;) !

    ResponderExcluir
  12. Anônimo00:37

    ameeeeeeeeeeeeei! muito bom mesmo

    ResponderExcluir