8.1.13

#IB - Little Angel: Capítulo 54

Cheguei em casa um pouco tensa com tudo isso e não encontrei ninguém. Nem Carly nem minha mãe. Deixei isso de lado e fui tomar um banho. Precisava relaxar e esfriar a cabeça. Fiquei horas no chuveiro, pensando. Queria ter conversado com a Jessie. Mas eu vou dar um jeito nisso, e vai ser logo. Saí do Box e me sequei, passei meu hidratante e vesti um blusão do Superman. Deitei em minha cama, exausta. 

E eu pensando que seria uma tarde divertida.  

Tirando a parte do Bryan. Aquilo realmente me animou. Ajudar alguém é tão bom. Eu me sinto muito bem fazendo isso. Suspirei sorrindo e vi meu celular vibrar na mesa do computador. Levantei e o peguei, vendo a mensagem do Justin.

Posso passar ai?

Sorri. Ele iria me animar, como sempre faz.

Não sei por que perguntou. É claro que pode, bobinho. 

Deixei o celular de lado e peguei o livro dos sonhadores. Sentei na cama, analisando a capa do livro. Não sabia se devia abri-la sem minha mãe estar por perto. Mordi meus lábios, colocando o livro sobre a escrivaninha e Justin respondeu.

Então tá, amor. Daqui cinco minutos to ai.

Sorri. Precisava vê-lo. Ele iria ficar chocado com essa história. Deitei na cama e me ajeitei entre o travesseiro, lembrando daquela cena. Queria conseguir ligar uma coisa com a outra, mas não vejo os fragmentos certos para essa junção. E também queria saber o que a Lilian queria ao estar na casa da Sra. Stubin. Eu sei que foi proposital isso acontecer logo em um dia que eu iria lá. E isso me faz pensar em que lado a senhora está.

Ela sempre foi a minha segunda mãe e de repente, se une ao inimigo? E eu nem sei os motivos disso tudo. Respirei fundo. Eram muitas perguntas sem respostas. Respostas que eu vou custar a ter. Mas vou me arriscar.

Ouvi a campainha tocar e desci as escadas correndo. Olhei no olho mágico e vi Justin ali, com uma carinha fofa. Ri sozinha e destranquei a porta, vendo-o levantar o olhar para mim.

- Hum, Supergirl. – disse ele, me abraçando.
- Seu bobo.

Saí de seu abraço e fechei a porta novamente.

- Como vai, anjo?

“Ela é um anjo, tio Thomas. Eu consigo ver as asas dela.”

- Vou bem. – sorri falsamente e revirei os olhos. – Mentira, eu não vou bem.
- Percebi pela cara que você fez. O que aconteceu?
- Vamos subir primeiro?

Ele assentiu e fomos para o meu quarto de mãos dadas. Justin sentou na minha cama e o olhei sem saber o que falar. Sentei ao lado dele e deitei, fechando os olhos.

- Dá pra me contar? Estou ficando preocupado.

Ri dele e o chamei com os dedos. Ele deitou ao meu lado e olhei em seus olhos cor de mel apaixonantes, me esquecendo dos problemas por um momento.

- Lembra que eu disse que tinha desmaiado ontem?
- Lembro sim.
- Eu tinha acabado de entrar na casa da Sra. Stubin e tinha uma mulher lá. Uma mulher que eu nunca tinha visto na minha vida. E ela se apresentou como Lilian Sparks para mim.
- E o que isso tem a ver com seu desmaio?
- Na verdade, tem a ver com os sonhadores. Eu não te contei antes sobre isso, mas vou contar agora.

Ele assentiu, brincando com meus dedos.

- Os sonhadores são divididos em quatro clãs: Collins, Stubin, Hannagan e Sparks. E há uns dias atrás, eu passei a noite estudando sobre os clãs, só que não terminei de ler porque estava tarde e eu não queria dormir na cadeira outra vez. E, pelo que minha mãe me contou, a Sra. Stubin viajou só para falar com o clã Sparks, e que isso poderia ser relacionado a mim. E aparece essa mulher na casa dela. Ela só sentiu que isso não tinha nada a ver com o Charlie, e sim com eu ter virado uma sonhadora.
- Mas a criação de novos sonhadores precisa necessariamente avisar para os outros clãs?
- Bem, eu não sei. Minha mãe vai conversar comigo sobre isso hoje, mas ela não estava em casa quando eu cheguei.
- Onde você estava? 
- No hospital.
- Vai me dizer que passou mal de novo?
- Bem... eu passei, mas eu fui no hospital das crianças deficientes para visitá-las. Espera, que essa parte da história eu ainda vou contar.

Rimos juntos e continuei, mordendo meus lábios.

- Lá na casa dela, quando eu ouvi o sobrenome da mulher, eu gelei. Fui falar com a minha mãe depois, por telepatia. Ela disse que a Lilian era presidente do conselho e que era para eu tomar cuidado. E justo na hora que ela me disse isso, eu comecei a passar mal. E elas vieram atrás de mim. Parecia que a Sra. Stubin sabia que eu iria desmaiar. Eu senti isso. E eu inventei uma desculpa qualquer e fui para o banheiro, me esconder delas. Eu passei muito mal lá, Justin. Vomitei... tava tudo uma merda.
- Até isso, Angel? Meu deus.
- É. E eu desmaiei na frente delas, acordando no hospital e com a minha mãe no quarto.
- Como sua mãe foi parar lá?
- Ela disse que iria me contar sobre isso também. Eu fiquei um pouco confusa, porque ela estava muito assustada. Você não tem ideia. E elas nem estavam mais no quarto.
- Sua mãe deve ter as mandado saírem.
- Pode ser. E hoje, quando eu saí, eu ajudei um mendigo e comprei um lanche para ele e ele foi trabalhar no hospital das crianças.
- Você fez isso com um mendigo?
- Por quê? Algo contra eles?
- Não, mas... como assim ele foi trabalhar lá?
- Eu primeiro dei dez dólares para ele, e depois disse que iria pagar um misto quente e uma garrafa de água. Acabou que eu o chamei para trabalhar lá no hospital, porque eu sabia que se eu pedisse com jeitinho, o diretor do hospital o deixava morar lá em troca do serviço. E ele adorou, Justin. Apesar de que aconteceu tanta coisa lá no hospital que eu nem vi ele depois.
- Você é muito boazinha, meu amor. – ele colou nossas testas, acariciando meu rosto – Se todos no mundo tivessem sua boa vontade e seu amor ao próximo, nem haveria guerras.
- E você é muito filósofo aos sábados.

Rimos juntos e enlacei nossas pernas.

- O que aconteceu lá? – perguntou ele – Você disse que aconteceram várias coisas lá também.
- Você não vai acreditar, Justin. Eu ainda estou chocada, de verdade.
- Então conta, Angel! Fica fazendo suspense.

Justin fez uma carinha triste e ri dele, apertando suas bochechas.

- Eu falei para o Thomas levá-lo para ver as crianças para eu e ele conversarmos sobre ele ir morar lá e na ausência deles, um menino de cadeira de rodas topou em mim e disse que a irmã dele queria me ver.
- E você conhecia o garoto?
- Não. Nunca tinha o visto antes. O nome dele é Johnny.
- E como a irmã dele iria querer te ver se vocês nem se conheciam?
- Nossa, é verdade. Nem tinha pensado nisso. Mais um motivo para isso ser super estranho.

Fiz uma careta e ele sorriu, começando a brincar com meus cabelos.

- Eu segui o menino e eu entrei na sala que ele entrou também, vendo uma menina, talvez da mesma idade que o menino, ajudando aqueles andadores de idoso, sabe? Treinando o andar. – ele assentiu. – Talvez ela estivesse fazendo fisioterapia, eu não sei. E também tinha uma instrutora com ela, ajudando a menina. E eu fui lá falar com a garotinha. Eu só perguntei o nome dela e ela sorriu, falando que era Jessie.

Eu conseguia ver a cena na minha cabeça. E ela parou exatamente na hora que a Jessie disse sobre eu ser um anjo. E as palavras dela ecoavam outra vez no meu pensamento.

- E ai?
- Ela sorriu e a mulher começou a chorar. – disse, franzindo o cenho.
- Chorar? – assenti, mordendo os lábios. – Por quê?
- Ela disse que a menina nunca tinha sorrido desde que foi para lá. Se o irmão dela estava lá há três meses, é capaz de que fazia três meses que ela não sorria. Ou mais. Não sei como ela vivia. E só foi eu falar com ela que ela sorriu.

Justin sorriu, acariciando meu rosto. Eu sentia as lágrimas brotarem em meus olhos.

- Só de pensar nisso me dá vontade de chorar. – funguei, fazendo-o secar meu rosto. – A mulher me perguntou como eu tinha feito aquilo e ela disse que eu era mágica. Até ai tudo bem. Depois, o Thomas entrou na sala e viu a Jessie sorrindo e ficou surpreso também, perguntando como eu tinha feito a menina sorrir.

“Ela é um anjo, tio Thomas. Eu consigo ver as asas dela.”

Comecei a chorar mais e mordi meus lábios, me arrepiando inteira.

- Ela disse, Justin, que eu era um anjo. E que conseguia ver minhas asas.

Mode Rachel on*

Como Angel iria demorar a voltar, fui ao supermercado com Carly. Compramos o que faltava em casa e mais umas coisas. A menina foi pegar seus preciosos doces enquanto estava nas verduras. Senti um arrepio percorrer meu corpo e molhei os lábios, esperando a visão.

Lilian estava sentada em uma cadeira e um rapaz estava de costas, conversando com ela. Não conseguia ver seu rosto, mas tinha os cabelos castanhos claros como os da tia.

- Você sabe o que tem que fazer, não sabe?
- Claro que sei, tia Lilian. A Angela será minha, somente minha. Se for preciso, até mato aquele namorado desgraçado dela. Eu já tenho um plano, confie em mim.

A mulher sorriu perversa, olhando orgulhosa para o sobrinho.

Voltei a mim, sentindo meu corpo arrepiar novamente. Meus dedos estavam retorcidos. Precisava saber quem é o sobrinho dela. Só sei que foi recente a sua transformação, para eu não saber do garoto. E logo um parente da Lilian. Um sobrinho. Deve ser filho do Robert, já que ela só o tem de irmão. Terminei de escolher as verduras e encontrei Carly, terminamos a compra e voltamos para casa.

Entrei com o carro na garagem e levei as compras para a cozinha, me perguntando se ela já havia chegado. Arrumei as coisas e Carly subiu, indo terminar sua pintura. Subi também, indo até o quarto da Angel e ouvi conversas lá dentro. Parei ao lado da porta e comecei a ouvi-las.

- E você conhecia o garoto? – parecia a voz do Justin.
- Não. Nunca tinha o visto antes. O nome dele é Johnny.
- E como a irmã dele iria querer te ver se vocês nem se conheciam?

Era sim o Justin.

- Nossa, é verdade. Nem tinha pensado nisso. Mais um motivo para isso ser super estranho. Eu segui o menino e eu entrei na sala que ele entrou também, vendo uma menina, talvez da mesma idade que o menino, ajudando aqueles andadores de idoso, sabe? Treinando o andar. Talvez ela estivesse fazendo fisioterapia, eu não sei. E também tinha uma instrutora com ela, ajudando a menina. E eu fui lá falar com a garotinha. Eu só perguntei o nome dela e ela sorriu, falando que era Jessie.

Eles ficaram em silêncio.

- E ai?
- Ela sorriu e a mulher começou a chorar.
- Chorar? Por quê?
- Ela disse que a menina nunca tinha sorrido desde que foi para lá. Se o irmão dela estava lá há três meses, é capaz de que fazia três meses que ela não sorria. Ou mais. Não sei como ela vivia. E só foi eu falar com ela que ela sorriu.

A voz dela era chorosa. Cruzei os braços, a fim de ouvir o resto da conversa.   

- Só de pensar nisso me dá vontade de chorar. – ela fungou – A mulher me perguntou como eu tinha feito aquilo e ela disse que eu era mágica. Até ai tudo bem. Depois, o Thomas entrou na sala e viu a Jessie sorrindo e ficou surpreso também, perguntando como eu tinha feito a menina sorrir.

Conseguia ouvi-la chorando. E tinha emoção na voz também, tirando o tom choroso.  

- Ela disse, Justin, que eu era um anjo. E que conseguia ver minhas asas.

Senti meu coração pular pela garganta. Como assim asas? Que garota é essa? Bati na porta. Ouvi um “entra”, vindo da Angel e entrei, sorrindo.

- Oi Justin – disse, vendo o rapaz sorrir de volta. – Filha, pode me ajudar com as compras? É rapidinho.
- Já venho, Biebs.

Ele assentiu e Angela saiu do quarto, deixando o namorado no quarto. Descemos e respirei fundo, olhando para ela.

- Que história é essa de asas de anjo, Angela?
- Você ouviu?
- Ouvi e não entendi nada.
- Nem eu entendi direito, mãe. Tanto que eu desmaiei depois e nem consegui falar com a Jessie.
- Espera.

Foquei-me nessa menina, sem mesmo saber quem era. Sabia sua localização. Olhei antes na mente da Angel e consegui enxergar a menina, captando-a logo em seguida. Vasculhei suas memórias, suas capacidades. Encontrei um sonho, exatamente que a garota teve há dois dias.

Havia um casal no sonho e duas crianças. Uma delas era a Jessie, e o outro era provavelmente seu irmão, Johnny. O casal eram os pais dessas crianças. Eles morreram um dia antes de eles serem levados para o hospital, a três meses, de acidente de carro. Foi fatal. Por isso a garota não sorria, sentia falta dos pais. E, no sonho, Angel aparece com asas de anjo, levando seus pais de volta para os meninos.

Conseguia ver a cena. Os dois meninos estavam no escuro, sentados no chão e Angel aparece no ar, como uma luz, e a luz se transforma em asas. E, logo em seguida, seus pais surgem, segurando nas mãos de minha filha. E ela os leva até os garotos. Sentia uma ressonância no sonho, como se o irmão tivesse sonhado a mesma coisa.

Coloquei minha mão sobre minha cabeça, mordendo os lábios. Eles são gêmeos. Está explicada a ressonância, e as asas. Mas, no momento... Como a garota pode ver? Talvez por ter visto minha filha apenas com as asas, sua imaginação deve ter falado alto e vê-la com asas.

- Você não acredita no que eu vi. – disse, sorrindo.

Angela me olhava sorrindo, esperando que eu contasse.

- Mas não vou contar. Só mais tarde, quando conversarmos. Seu namorado está te esperando.

Ela fez bico, franzindo o cenho e cruzando os braços, emburrada. Ri dela e a abracei, beijando o topo de sua cabeça.

- E as coisas que eu ia arrumar?
- Eu já arrumei. Era só uma desculpa.
- Mentir é feio, dona Rachel.
- Não queria falar na frente do Justin. E ele está com os pensamentos borbulhando, se quer saber. Acho melhor dar explicações a ele.

Angela assentiu, subindo as escadas. E se as asas forem algum poder da Angel? Voar com asas de anjo? Acho que não. Deve ser algo relacionado a sua aura. Não sei. Preciso me informar sobre isso.

Mode Angel on*  

Voltei para o quarto e terminei de contar para Justin sobre o meu dia louco. Ele ficou surpreso com a história de “anjo”, até estipulou que eu era uma de verdade, mas que mantinha minhas asas escondidas e ri dele. Eu ainda acho que poderia ser só uma brincadeira dela ou como o Thomas disse: algo relacionado à minha aura. Ele passou o resto da tarde toda aqui e depois foi embora.

Fui para a cozinha para pegar alguma guloseima na geladeira e senti me cutucarem nas costas. Carly sempre faz isso.

- Não vai pegar meus cookies, não é?
- Que cookies, menina? Eu ia pegar chocolate, mas já que você disse dos cookies...
- NÃO! – gritou ela, pegando o pacote e correndo até seu quarto.

Dei de ombros. Sabia que ela faria isso. Peguei um pedaço da barra e fechei a geladeira, dando de cara com minha mãe.

- Ai mãe, que susto!
- Podemos conversar agora?
- É claro! 

- Vamos para o seu quarto.

Assenti e fomos enquanto comia meu chocolate. Desejo por doces há essa hora? Estranho. Sentamos na minha cama e esperei ela começar saboreando meu chocolate amargo.

- Vamos começar sobre ontem. Sobre a Lilian.
- Ok. – disse, mordendo meu chocolate.
- Sabe por que você passou mal na casa da Sra. Stubin?
- Novos poderes?
- Isso também, mas eu senti que você não iria desmaiar por conta deles.
- Então foi por quê?
- A Lilian fez isso.

Olhei espantada pra minha mãe e mordi meu chocolate de novo, pensando no assunto.

- Indutor de dores mentais? – perguntei.
- Não. Ela não tem telepatia. Os Sparks não têm telepatia. É um poder chamado Rajada psiônica, que tem o mesmo efeito do indutor de dores, mas pode até matar a pessoa ou fazê-la entrar em estado vegetativo dependendo do grau induzido. E foi ela que te deixou com dor de cabeça.
- Eu até vomitei de dor. Caramba. Esse poder é forte.
- Muito forte. Ela já matou muitas pessoas com esse poder. E o sobrinho dela também tem esse poder.
- Quem é o sobrinho dela?
- Eu não sei o nome dele, mas sei que ele foi transformado recentemente. É assim, Angel. Os meninos se desenvolvem depois das meninas, vamos dizer assim. Você foi com 16, que o certo é 17. E para os meninos, são 18 anos. Então, provavelmente, ele se transformou há um tempo.
- Entendo.
- E A Sra. Stubin chamou a Lilian aqui para te conhecer pessoalmente, para saber os seus poderes e as suas capacidades. Quando a Martha foi a Jacksonville, era para contar a ela sobre você, porque ela já viu que você seria excelente para levar o plano dela adiante.
- Que plano?
- Você se lembra quando eu disse que os Stubin iriam ser extintos?
- Lembro sim.
- Por você ter o sangue de um Stubin e de uma Collins, ela queria que, com a união do sobrinho da Lilian, criasse um novo clã fortíssimo. A união de três clãs em meio de um filho seria invencível. Ainda mais pelo nosso clã e o dela ser muito forte.
- No caso, eu teria que me casar com o sobrinho dela a força? Porque ela sabe muito bem que eu amo outra pessoa.
- Ela pode fazer tudo, de verdade, com você, Angela. Pelo menos antes da sua transformação completa, pois você ainda é fácil de ser manipulada. Mas quando você se transformar, ah, o plano delas irá por água abaixo.   
- Por quê?
- Ah... eu não queria te contar. Mas vou sim. Você será uma telepata completa, Angela. E ela não poderá contra você, mesmo sendo uma telepata completa também. Como você terá acabado de adquirir seu poder, com certeza terá mais impacto contra os poderes de uma senhora. E olha que ela é poderosa para a idade dela.

Ri de minha mãe. Desmerecendo os pobres idosos. Dei a última mordida no chocolate e lambi os dedos.  

- E eu terei mais algum poder além desses?
- Esses eu não vou contar. Agora só faltam mais dois poderes, que no caso, o último será a telepatia completa.
- Ah mãe! Isso é injusto! – fiz bico.

Ela riu de mim e olhou para minha mesa do computador, vendo o Livro dos Sonhos ali. Senti um nó na garganta quando ela pegou o livro e me olhou um pouco brava.

- Onde conseguiu esse livro? – a voz dela foi de um tom ríspido e estremeci.
- Comprei em uma livraria perto do hospital. Não dá pra acreditar só na internet.

Rachel analisou a capa e abriu o livro, o folheando.

- A Sra. Stubin tem um desses. Só que o dela foi dado a ela, passado de pai para filho. Como ela não teve filhos, não pode passar para eles. Só quando ela morrer e designar o livro para outra pessoa que ela queira.
- O dela tem a capa vermelha.
- O dela tem animações e demonstração dos poderes. Esse não. É um livro comum, só explicando os sonhadores. O dela é mágico.

Ergui as sobrancelhas. Por isso tinha uma foto da minha mãe nele. E provavelmente terá uma minha quando tiver todos os poderes.

- Você não terminou de ver sobre os clãs?
- Não. Só vi sobre os Collins e os Stubin.
- Bem, eu posso dar uma resumida para você. Mas no livro te dará bastantes detalhes, citar casos.
- Pode falar.
- Os Hannagan controlam os poderes inversos aos nossos, que são discretos. Eles têm a Telecinese e Manipulação de elementos e matéria como principais. Você sabe o que é a Telecinese?
- Sei sim. Levitar objetos com o pensamento e com a ajuda das mãos.
- Exato. Já a Manipulação de elementos e matéria, os Stubin também possuem. Que é poder controlar os quatro elementos, ou só um deles, e diversas outras coisas. Os Collins também manipulam os elementos, mas é só um deles que entra na nossa lista, a Oneirocinese, que é a manipulação dos sonhos. Já os Sparks têm um dos nossos poderes, que é a Manipulação de seres vivos. E, como eu disse antes, a Rajada psiônica, mas só alguns Sparks possuem esse poder.
- Entendi. E você sabe os poderes desse sobrinho da Lilian?
- Não faço ideia. Não posso invadir a mente dele se não sei quem é.
- Mas não pode invadir a da Lilian?
- Já tentei. A Martha bloqueou a mente dela também. Por isso perguntei se você conseguia bloquear mentes, para bloquear a sua e a minha.
- Queria ter esse poder. – disse, me lamentando.
- Em breve Angel, mas não agora.

Sorri triste e ela deixou o livro no lugar que estava e voltou para a cama.

- Agora vamos falar sobre a Jessie.
Assenti. – Estava curiosa para saber sobre isso.
Nós duas rimos. – É algo tão puro, coisa de criança.
- Ai mãe, conta logo. Você fica enrolando!

Rachel sorriu, se ajeitando na cama.

- Ela teve um sonho com você, filha. Ela e o Johnny. Sonhos conectados por serem gêmeos. E você era um anjo no sonho, que trazia os pais dela de volta para eles. Os pais deles morreram em um acidente de carro antes de irem para o hospital, por isso a garota não sorria. Sentia falta dos pais. E, como ela te viu, imaginou que você era um anjo.

Já estava chorando antes mesmo de ela terminar. Senti meu corpo arrepiar inteiro. Era muita emoção para uma Angel só!

- O Thomas me disse que poderia ser algo sobre a minha aura...
- Thomas? O menino do hospital?
- Sim. Ele trabalha lá no hospital das crianças também.
- E você contou a ele, Angela? – ela ficou brava de repente. – Disse para não confiar em ninguém!
- Eu o fiz prometer que não iria contar a ninguém, mãe. E ele é uma boa pessoa. Confio nele. Tenho certeza que irá guardar o segredo.
- Tudo bem – disse ela, dando de ombros -, esquece o meu nervosismo. Eu também pensei em poder ser sua aura. Alguns dizem que quem possui a aura branca, ou equilibrada, são bondosos, puros e desejam amor ao próximo, como você sempre foi. Sua aura era assim antes mesmo ela ter se tornado um poder, que se intensificou. Você consegue fazer as pessoas se sentirem melhores só com a sua presença, com um sorriso, um abraço. Talvez isso tenha feito a Jessie se sentir melhor em relação a esse trauma e sorriu ao te ver. Já a associação das asas de anjo foi relacionada ao sonho, mas, como a criança é pura, vê muitas coisas que nós adultos não vemos. Quem sabe você tem uma asa de anjo ai?

Ela sorriu após dizer isso e sorri, sem graça. Estava corada. Minha mãe me abraçou forte e sentia as lágrimas rolarem pelo meu rosto, caindo na blusa dela. Estava me sentindo muito bem.

- Filha – disse ela, me soltando -, desculpe ter que acabar com a sua felicidade momentânea, mas eu tenho uma coisa para te falar.
- O que?
- O sobrinho da Lilian está planejando algo e disse que nem o Justin vai atrapalhá-lo. E eu estou com medo de alguma coisa acontecer com vocês dois.
- Ele sabe do Justin? Mas... ele nem sabe quem eu sou!
- A Sra. Stubin deve ter contado a Lilian e a tia contou para o sobrinho. Se bem que na minha visão ele mencionou isso sem mesmo a tia perguntar algo do tipo. Ele mencionou o Justin como “namorado desgraçado”.

Fechei a cara. Já fiquei com raiva desse rapaz sem mesmo conhecê-lo.

- Ele vai ver só. Ninguém chama o Justin disso com más intenções.

*** 

Hey Geliebers! 

Em primeiro lugar, desculpem a demora. Fiz um big para compensá-la. Eu fiquei de "babá" esses últimos dois dias, cuidando de três crianças. Legal isso, né? E eu nem levo jeito pra babá. Fiquei super estressada, ainda mais por uma das crianças ser insuportável. Nem o meu irmão aguentava a menina. Ainda bem que ela foi embora kkk


Só continuo com mais de 35 comentários *-*


Agora que a Angel sabe o plano da Sra. Stubin, o bicho vai pegar. Não acredito que ela virou a casaca e virou outra vilã da história. Tudo só para não deixar "extinto" o seu clã. Que maldita. E o baile? Hm, estou pensando em adiantar um pouco as coisas, o que acham? Duas semanas é muito tempo kkk. Esse baile vai dar o que falar! Ansiosas? (; 

Indicações: 
http://dreamonbelieber.blogspot.com.br/
http://teamobieberimaginebelieber.blogspot.com.br/
http://imaaginebelieberswag.blogspot.com.br/

Resposta para a @ananclara_pn: 

Realmente, a Angel é um exemplo pra muita gente, inclusive pra mim, que fiquei mais boazinha depois de criar ela kkk. Olha, ta até pesquisando sobre os poderes, que lindo. Imagina eu, que tenho o ditado "o que faz o autor é o conhecimento do assunto retratado". Eu leio praticamente todo dia sobre os poderes. E li mais um monte pra selecionar os poderes dos clãs. Gastei três dias pra isso. Ah, e gostei do seu palpite. Bem bolado. lol  

Vou falar uma coisa pra você. Sério, eu fiquei com ciúme quando você fez um desenho pra Gi Flório da Alice e do Jubs e pra mim não. Mano, fiquei bolada. Eu achava que você me amava ); buáaa. Seria pedir demais um desenho divo? chorei legal. /nem sou dramática, imagina.

Gostaram? Comentem! 


Para um fim de post, uma frase para vocês. 

"Quanto mais amamos, mais criamos expectativas de sermos nós os amados. Quem nunca quis, pelo menos uma vez na vida, ter o amor de forma recíproca?"
- Gih Amorim

Amo vocês meninas! 
Beijos, da Gih. 

45 comentários:

  1. PRIMEIRA A COMENTAR? ISSO MESMO? SOCORRO. MILAGRE -q. kra, não sei o que falar mais da sua ib, ela é simplesmente pfta. E se tiver um livro com historia assim sua, eu iria comprar, e se você lançar mesmo, eu quero um autografado, rs. Beijos. -q sóqnão. sdçsldçlsd. ah cada dia que passa eu to mais viciada nisso, como assim? oh god. E esse sobrinho da Lilian? rs. Eu sei quem é, rsrsrs. Sou foda -q sóqnão.

    Continua, estou super ansiosa.

    xoxo, bia.

    ResponderExcluir
  2. OMG! que perfeito divaa *-* aannw que fofinha a menininha falando que ela era um anjo *u* tao fofo *-* ja estou colocando meu plano de matar esse sobrinho da Lilian em pratica,o que acha ? depois te conto como vai ser :@ hahaha enfim diva continuee (:

    ResponderExcluir
  3. Amei o capitulo Gih, ficou perfeito. Finalmente consegui decidir os poderes. Eu suspeitava que a Angel iria contar para o Justin mesmo, afinal ela confia demais nele, e eu acho que isso é uma das coisas que faz a relação deles ser tão bela. Rachel escutando atrás da porta é estranho. Conversa tensa essa, eu continuo achando que o sobrinho da Lilian é o Liam, é a única explicação para já saber do Justin sem Lilian ter comentado algo. Então os Sparks são poderosos, tenho medo que esse sobrinho tente matar o Justin. Sra. Stubin enganando a todos, uma pessoa dessas tem que ser vigiada. Acheu tão lindo a Angel defendendo o Justin, tenho certeza que ela fará de tudo para o Justin não sair do lado dela.Então a Angel pode não ser um anjo mesmo, mas essa história me deixou encucada. Justin super fofo como sempre, ao lado da Angel para o que der e vier. Parece que a Rachel está mais preocupada que a Angel. Só falta dois poderes? Ri demais da Rachel dando a louca por a Angel ter contado ao Thomas.A Angel já descobriu todos os poderes que ela tem até agora? Ri demais da Carly brigando com a Angel por causa de cookies, até parece que só existia aquilo de cookies no mundo kkkkk. Estou ansiosa para o próximo

    ResponderExcluir
  4. Anônimo02:25

    Ameii e ja to com raiva desse sobrinho da Lilian... o Justin é o melhor namorado..rum;) continuua e anciosaa..Bjs Rafa

    ResponderExcluir
  5. Anônimo02:52

    eu tom gostando muito tá muito bom to com medo do que pode acontecer com o Justin continua
    beijos julia

    ResponderExcluir
  6. Tá, tipo, to com raiva! muita raiva desse garoto, sei nem quem é, chegou a passar pela minha cabeça que é o Liam, mas... ah, sei lá. Vou baixar o barraco se acontecer alguma coisa com o Justin!! Ain, to anciosa... mt anciosa! E é mesmo, e o baile? será que vai acontecer alguma coisa lá? oh god! tanta coisa que passa na minha mente que num sei nem de onde tiro isso tudo... amo sua #IB mt diva!!

    ResponderExcluir
  7. OMG! Nao acredito q a sra. Stubins viroua casava..!! Eu gostava tanyo dela..!!
    Olha! Mas o que deu mais raiva foi do tal sobrinho da lilian..! Se ele fizer alguma coisa com a Angel ou com o Justin...Eu emtro na história e acabo com a raça dele..!!kkkkkkk
    enfim...continua flor...!!
    *Amanda*

    ResponderExcluir
  8. Uau esse foi big msm!!! Sinto q o sobrinho da mulher é o thomas :( continua logo!! Vc pode divulgar minha fanfic por favor? Obrigada :) imagineeacreditebelieber.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oh meu deus, Sra. Stubin fez isso, aff. KKK' mais enfim, fiquei com dó do Justin, ooooh deus, acho que como talvez não conseguirão vencer a Angel pelos seus poderes, vão tentar algo contra o Justin e Angel terá que se render kkk ai sei lá.. sou muito imaginativa.. kkkk continua please ^^

    ResponderExcluir
  10. Que perfeito... *---* posta log que capitulo DIVO, será que é o Liam esse sobrinho da Lilian, EU ACHO *---*'

    ResponderExcluir
  11. *OOO* que perfeito Gih , amo sua ib vc éh demais caaraacaaaa . Bjos e continua ?

    ResponderExcluir
  12. Anônimo10:46

    comentando apenas pra dizer que acho que o sobrinho é o thomas bjao

    ResponderExcluir
  13. Anônimo10:53

    O SOBRINHO DELA PODE SER O LIAM, OU O THOMAS. TENHO CERTEZA QUE É UM DELES. E.. ELE VAI APARECER NO BAILE, NÉ ? AI CARA, NÃO QUERO NADA ACONTECENDO COM O JUSTIN, POR FAVOR =(
    CONTINUA LOGO Q EU TO MORRENDO AQUI DE CURIOSIDADE KAKA

    ResponderExcluir
  14. NOVA LEITORA ! ... VEI TO AMANDO TIPO MTT .... ACHO QUE O LIAM É O SOBRINHO DA LILIAN DESGRAÇADO SE FIZER ALGO COM O JUSTIN !

    ResponderExcluir
  15. Ai eu to amando demais essa ib *-* gi vc é mt fod* pra fazer ib's sério, tomas as ib's que vc faz ficam PERFEITAS que raiva do sobrinho da lilian argh e o nome Sra,Stubin vc tirou do filme primeiro amor ou alguma coisa assim né? eu estava vendo esses dias e tinha a Sra. Stubin :) voltando ao assunto a ib ta mt TOP ahahhaha


    beijos Camila :*

    ResponderExcluir
  16. Anônimo11:38

    Esse capitulo foi sinistro hein! Tipo os poderes do pessoal ta me deixando super WHAT? E me fez ficar com medo da Lilian por conta dos poderes dela! A maldita que fez a Angel desmaiar! No fim ela que vai acabar morrendo ~que Deus me perdoe '-'~ E sim eu tenho quase toda a certeza de que o sobrinho da Lilian é o Liam! HAHA se for o Liam mesmo a Lilian ta ferrada porque ele já esta manchado! Imagino a Angel rindo da cara da Lilian quando ela apresenta o sobrinho! Eu ia morrer de rir!
    Eu também to tentando ser alguém melhor depois que comecei a ler! Sabe o verão animal? Então u.u eu vou levar água e ração toda vez que eu sair o problema é que eu sou sedentária… e se sinta orgulhosa por me fazer pesquisar nem a escola consegue!
    SHAWTY EU TE AMO!! PODE DEIXAR QUE EU VOU FAZER UM DESENHO PRA VOCÊ TAMBÉM! Haha faço uns vinte se você quiser!

    Beijos & SWAG ~ vou fazer o seu desenho e te enviar até eu ficar desblock no tt votei muito~ @anaclara_pn

    ResponderExcluir
  17. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHH! Beleza, surtei aqui. A cada capítulo vai ficando mais emocionante, mais viciante e a cada vez me torno mais Gelieber. E a Angel? To com medo desse sobrinho. Será que ele é o Liam? O Liam? É, eu penso isso sim. u.u (haha) E a Selena? O que ela tá fazendo? Adianta o baile flor. Diz que.... sei lá, só adianta hehe
    Queria te contar uma coisa, tipo, eu não sou uma menina rebelde, que finge ser rebelde pras pessoas, sei lá, gostarem de vc, te acharem interessante, vc virar famosa no colégio, ou até se uma vadia (haha). O caso é, não sou outra pessoa entende? Me identifico com a Angel. Não pela beleza, por que disso eu não tenho nada, mas com o jeito. Eu adoro ajudar as pessoas. Se eu pudesse daria emprego a todas. por que dar dinheiro não adianta, elas tem que se levantar e trabalhar (minha opinião). Eu daria comida, eu penso em futuramente, criar uma creche para crianças com câncer, ou com doenças. Ou até mesmo criar uma instituição para pessoas pobres, que moram na rua, etc. Eu queria poder ajudar. Eu sou eu mesma, faço loucuras, sou meio quieta igual a Angel. Me identifiquei com ela. Adoro ler livros, se pudesse teria BILHÕES de livros, sei lá, uma estante cheeeia de livros. Eu adoro ver pessoas sorrindo, pessoas felizes, mas eu nunca falei isso pra ninguém. Eu sou, sei lá, guardo isso pra mim e pra minha best. Meus pais não sabem da minha vida, nem um pouco, não tenho diálogo com a minha mãe. E meu... Desculpa, não vou tocar no assunto, por causa de você... Bom, enfim. Também AMO escrever e adoro incentivar as pessoas. E eu acho que a personagem, a Angel, me ajudou muito a me descobrir mais, mesmo eu sempre sendo assim, ela me ajudou mais ainda, a pensar que posso alcançar coisas bem maiores. Acho que foi por isso que me apaixonei tanto a ler, me apaixonei tanto por você, a escritora, tipo, vc criou tudo, vc fez a Angel, vc me ajudou. Eu acabei de mudar de estado, então, foi bem dificil pra mim, ano passado foi um ano bem dificil, como pra vc tambem foi. EU enfrentei escola nova, minha mãe viaja duas vezes por mes e passa muitas noites fora de casa, então sei lá, queria te agradecer, sou meio mal pra demonstrar o que eu sinto sabe? EU me fecho toda, mas queria te agradecer Gih, brigada mesmo, nunca para de seguir esse sonho viu? Um dia você vai escrever um livro e eu vou comprar (CLARO!) e vou lembrar disso. Eu me vejo lendo seus livros, vc vai ver ;) Obg Gih, briigada mesmo mesmo mesmo. Isso é mais que uma Imagine Belieber, isso é uma história de verdade. Parabéns.
    Ah! E muuuuuuuito obrigada por divulgar meu blog, sei que acho q vc nao vai ter tempo pra ler, mas brigada por divulgar ;) *3*
    Sou MUUUUITO mesmo a sua fã ;) brigada

    ResponderExcluir
  18. Anônimo12:28

    AHHHHHHHHHHHHHHHHHH Q PERFEITO CONTINUA

    ResponderExcluir
  19. OH GOD Q PFTO. CONTINUAA

    ResponderExcluir
  20. Oh God , perfeita demais até me embolei toda aqui pra entender a historia lkdasjldasjladks . Continua logo ta mais que perfeito *-*

    ResponderExcluir
  21. Anônimo13:42

    Perfeito! continua!:))

    ResponderExcluir
  22. Anônimo13:52

    Vishi ficar de babá é foda UHUHSAUH eu estava ficando da minha sobrinha, é uma pestinha UHAUHS
    Continua Gi, ta perfeito * o *
    Larii

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda acho que o sobrinho e o Liam, aquele infeliz.. Nossa to muito curiosa pra saber quando a Angel vai descobrir os proximos poderes, nossa e esse moleque planejando matar o Justin #bolada rs
    Continuuuuua loguuuu

    ResponderExcluir
  24. MEUDEUSSSS me deu até arrepios esse capitulo, que medo kkkk
    O sobrinho da Lilian não vai fazer nada com o Justin nem com a angel, pq ela é mais poderosa hahahaha tomara né KKK
    To amando a história, sem mais...
    Demorei um pouco pra comentar pq tava viajando, mas agora to de volta pra encher o saco aqui nos comentários haha
    Continuaaaa loogoo, to cada vez mais ansiosa, nervosa, curiosa ~~ até rimou kkkkkkkk
    Beeeijoss linda!
    dreamingwith-bieber.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Anônimo14:34

    AI MEU DEUS AS COISAS ESTÃO FICANDO ESTRANNHAS. MEU QUEM É ESSE SOBRINHO CORNO DA lILIAN PENSA QUE É PARA CHAMAR O JUS DE DESGRAÇADO,MEU VOLTA PARA O INFERNO CAPETA KKK MEU A VISÃO DA RACHEL ME DEIXOU ARREPIADA SÉRIO FOI MUITO LOUCA, ME DEU UMA VONTADE DE MATALO.
    *** MUITA ASIOSA PARA O PRÓXIMO CAPÍTULO
    CONTINUA PARA SEMPRE LINDA

    ResponderExcluir
  26. MEEEEEEEEEEEU DEUS, CONTINUAAAAAA

    ResponderExcluir
  27. OH MY GOSH ! Eu já tenho meu palpite de quem seja o sobrinho da Lilian , mas acho melhor não criar expectativas. God , essa fic é muito diva ! É a minha favorita das 18293294 que leio AHSUAIHBASU continuaaaaa <3333

    ResponderExcluir
  28. Status:Amando essa IB *-* Continuaaa

    ResponderExcluir
  29. Anônimo20:29

    AHHHHHHH que perfeição meu deus! A Lilian ainda nem fez nada e já tem milhares de inimigas haha, não que ela não mereça! Poça Sra. Stubin eu confiava em você! Muito lol isso que aconteceu com a Angel e a menininha! Mas a menininha ta certa a Angel é um anjo, o problema é que não conseguimos ver as asas .-. Continua logo! ::ninja:;

    ResponderExcluir
  30. OMG!!!essa historia ta ficando cada vez melhoooor!!!nossa eu tou amando MUITO!!ai..e agora?Ohgod....nao qro nem imaginar o maal q esse cara pode fazer!ai senhor...agora to com medo,ansiosa e curiooosa!aai poste logo por favor o proximo capitulo!!!!Bjs!

    ResponderExcluir
  31. Anônimo20:54

    O LIAM É O SOBRINHO DA FILHA DA PUTA, DESGRAÇADA, BISCATE, VAGABUNDA DA LILIAN, JÁ NÃO BASTA A PUTA DA SELENA, AGORA O LIAM E A LILIAN, ELES DEVERIAM MORRER E IR PARA O INFERNO, ESSES FILHOS DA PUTA, TO DOIDA DE ODIO. Gi eu amo muito Little Angel, eu leio todo dia, e eu gostaria muito que o Justin e a Angel tivesse a primeira vez deles logo, porque ela precisa de uma emoção no meio de tanta coisa ruim. Poe logo essa parte por favor, to morrendo de anciedade ;D by:vih bieber

    ResponderExcluir
  32. Anônimo20:59

    A Angel tem que matar a Lilian e o Liam, auguem tem que ajudar ela a proteger o Bieber gostosão, GI FASSA AUGUMA COISA PELO AMOR DE DEUS, O BIEBER NÃO PODE MORRER :0

    ResponderExcluir
  33. Anônimo21:07

    ESSA SENHORA STUB, O SEI LÁ COMO ELA SE CHAMA, ELA DEVERIA MORRER, ESSA VELHA NOJENTA, QUEM ELA PENSA QUE ELA É PARA OBRIGAR MINHA DIVA ANGEL A NAMORAR COM O PUTO DO SOBRINHO DAQUELA DESGRAÇADA DA LILIAN, E ESSA SENHORA STUB,ESSA VELHA ARROMBADA DO CARALHO, PRIMEIRO ERA AMIGA DA ANGEL, E AGORA DEU PARA VIRAR INIMIGA DELA, A VAI PARA A PUTA QUE PARIU, A ANGEL TEM QUE MANDA ESSA VELHA DA O CÚ,ELA PENSA QUE VIVE NA MONARQUIA, QUE AINDA PODE OBRIGAR AUGUEM A NAMORAR A FORÇA, A VAI TOMA NO CÚ... Gi sem ofenças, mais tira um pouco dessas desgraças, o Justin que é o principal mau apareçe, só aparece esses clãs idiotas, que deveriam ser consumidos pelo fogo do inferno. Eu amo sua historia, ela é muito perfeita, mais eu já estou com saldade daquele romantismo que tinha no começo da historia, agora ela só sabe desmaiar e sofrer por causa desses clãs mauditos, muda isso ai gi, por favor :(

    ResponderExcluir
  34. Anônimo21:10

    posta logo o capitulo 55 huhuuuuuuuuuuuuuuu

    ResponderExcluir
  35. Brunna Breezy22:31

    OMG Tá ficando muuuuuuuuuuuito Bom, curiosa >< Coontinua Kiss Kiss

    ResponderExcluir
  36. sua ib ta cada vez melhor!!!!!!
    amei continua to curiosa
    haha beijos.

    ResponderExcluir
  37. Ta muito perfeito, mas e esse sobrinho da Sparks que filho da mãe, aaah mas tomara que a Angel faça algo muito grave com ele u.u Quem ele pensa que é para falar do Justin dessa maneira! Algo me diz que é o Liam, e que o baile vai ter alguma coisa! Ah meu Deus estou curiosa demais ! Coooontinua logo!

    ResponderExcluir
  38. Amei tá muito perfeita .. Indica amor? .. http://dream-of-belieber-jb.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. Oiie,to amando essa IB!!
    Se voce puder segue e divulga o meu blog: http://believeinyourhearts2.blogspot.com.br/
    Please!! Beijos! *-*

    ResponderExcluir
  40. meu deus vc merece uns comentários do tipo beeeeeeeeem big sabe mais eu n sei oq falar isso ta perfeito vc deve ficar lendo sobre poderes muito tempo sua dedicação a essa história é um coisa q me deixa mais animada pra ler isso ta muito bom agora obre a história como a Sra. Stubin ficou mal credo ai deu até arrepio e esse menino n vai fazer nada com o Jus né to com dó dele tadinho deve ta mais confuso do que tudo rsrsr então a história ta perfeita e só me resta esperar mais um capitulo né beijos :*

    ResponderExcluir
  41. Anônimo17:38

    A ib mais fofa do mundo!! Continua logo flor *-*

    ResponderExcluir
  42. Perfect... Acho qe ja sei qem é o tal sobrinho.

    ResponderExcluir
  43. Eu sei que ta meio tarde para responder mas eu tô lendo do agora e eu acho que o Sobrinho dela do tomas

    ResponderExcluir