26.6.13

#IB - Blue Jeans- Capítulo 45.

Aqui em cima vai ser meio que um dicionário para as palavras coloquiais e estrangeiras, ok? Ela estão em negrito.

TicTac: Presilha.
Xuxinha: Elásticos de cabelo.
Gloss: Brilho labial.
---------------------------------------------------------------------------------------
#Mode Scooter On#

Justin ainda estava no carro comigo, o trajeto era longo, ele ainda estava me falando coisas nada a ver, por causa do efeito do álcool, quando tocou, no rádio, uma musica triste sobre amor e com o ritmo triste. Nunca vi isso acontecer com Justin, por esta causa, mas, há uma primeira vez para tudo. Ele colocou as mãos sobre sua face e começou a chorar.

-Por que Scooter? O que eu fiz de errado? Ali não gosta de mim? - ele disse ainda chorando igual uma criança.
-Bieber, eu não sei te dar conselhos. Não sou bom nisso, mas uma coisa eu sei. Alice te ama, ela deve estar precisando, tente entender o lado dela... Sabe...? - disse olhando para o trânsito, que tinha parado.
-Você acha que eu sei de algo nesse momento Scoot? Eu estou bêbado, cara. Nunca mais vou beber, não te aconselho, não Scooter.

Bêbado não é bêbado sem essa conversa de que bebida é ruim, não pode beber. Bufei, não pelo o que Justin falou e sim pelo trânsito parado, Justin bêbado e Pattie em casa preocupada.

-Justin, eu tenho muito mais experiência em bebidas do que você, por isso acho que sei como me cuidar.

Troquei a estação de rádio, estava tão entediado! De repente começou a tocar Nothing Like us, justo do bêbado orgulhoso que está no banco traseiro de meu carro. Justin começou a cantar no começo, mas depois voltou a chorar.

-Nunca vai ter nada igual eu e Alice Scooter! Nunca! Onde está o telefone? Eu preciso ligar para ela e implorar!
-Não, Justin! Você está bêbado. Ligue amanhã de manhã.
-Mas ela vai chegar em Nova York e eu preciso que ela fique! - ele choramingou igual uma criança mimada.

Justin começou a vasculhar de baixo dos bancos, até que o esperado dele aconteceu.

-Scooter socorro! Minha cabeça ta presa, caralho! Eu vou morrer! Vão ter que cortar minha cabeça para e sair daqui e depois... - eu o interrompi.
-Justin! Quieto! - ordenei come se ele fosse um cachorro- Para de se mexer, eu vou aí atrás te ajudar.

Bêbados são um saco, viu?

Tirei o cinto de segurança e fui lá para trás. Virei um pouco a cabeça de Justin e puxei. Bieber saiu de lá facilmente e começou a me abraçar.

Revirei os olhos e voltei para o meu assento, depois o trânsito colaborou um pouco e fomos em direção à casa.

#Mode Justin On#

Acordei com uma dor de cabeça imensa! Isso deve ser a sensação de ressaca.

Desci para a cozinha, ainda de pijama e descalço. Chegando lá vi minha mãe comendo uma torrada com manteiga.

Me sentei em uma cadeira e fui pegar algumas torradas, quando minha mãe agarra minha mão.

-Justin, sente naquele lugar no canto da mesa, tem um xarope de boldo que anestesia a ressaca, que você deve estar sentindo. - ela falou seca e soltou minha mão.

Me levantei e fui até aquela cadeira, assim que me sentei senti o cheiro esquisito e fiz uma cara feia. Minha mãe riu de mim.

-Cortesia minha, não é? Agora engula, não vai ser pior do que a dor de cabeça. - minha mãe disse ainda rindo.

Tampei o nariz e desci goela a baixo o xarope. Aquilo era horrível! Peguei o suco, derramei no copo e rapidamente o coloquei na boca para tirar aquele gosto nojento de minha boca.

-O que você colocou no xarope além do necessário, Dona Pattie?
-Hum... Acho que foi gema de ovo para dar muita força para você, querido. Agora aprenda que ficar bêbado resulta em xarope de boldo. - ela disse calma e depois deu um sorriso.

-Tudo bem, você está me assustando. Vou subir...

#Mode Alice On#

Depois de um tempo vi que não conseguia dormir para passar o tempo perto de Sophie.
Por sorte eu comprei um livro antes de embarcar que Gabi lia e ficava me falando que era lindo, mas nunca fui muito chegada.
Abri o livro ainda no plástico da banquinha do aeroporto, onde o comprei. Comecei a ler e como não tinha nada melhor, fiquei lendo até o avião pousar no chão de Oklahoma.
Quando decolei, eram 4 horas da tarde e vinte minutos, cheguei em Oklahoma às 7 horas e 35 minutos. É... Eu li mais do que imaginava.
Assim que saí do avião liguei meu celular. Saíram 5 notificações do Kik. Eram de Gabi, fazia um tempo que não conversava com ela.

Abri as mensagens e vi que não eram boas.

Gabi: uma coisa aconteceu com Josh. Você precisa saber.

Respondi imediatamente:

Ali: o que Gabi? Ele se acidentou ou machucou?

Ela não me respondeu, então guardei o celular na bolsa. Meu próximo vôo era às nove horas da noite, achei que iria ter mais tempo de olhar a cidade, mas não iria conseguir chegar ao aeroporto a tempo, então fui olhar as lojas do aeroporto.

Antes de sair da casa de meus pais peguei todo o dinheiro que eles tinham guardado para comprar um apartamento para mim e tudo mais. Não sabia exatamente o total, porém era bastante dinheiro.

Nas lojinhas comprei alguns casacos a mais, pois lá em Nova York faz frio. Não tinha tantas coisas para fazer, apenas comer, mas eu não estava com fome, tinha comido no avião. 

Fui para o check-in e depois me sentei em um banco, esperando a hora do embarque. 

Não tinha absolutamente nada para fazer então procurei a carta de Justin. Eu li pela segunda vez e lágrimas começaram a rolar involuntariamente. Queria que ele estivesse aqui comigo... Mas ele não me deixaria seguir meu objetivo. Só de pensar em meu objetivo de ir à Nova York, sequei minhas lágrimas com as costas de minhas mãos e guardei a carta.

-Vôo 38273 com destino à Nova York embarque na pista 2.

Chamaram meu vôo. Entrei no avião e me sentei em meu assento com o livro em minhas mãos. Logo após, Sophie se sentou e disse revirando os olhos:

-Sabe, está chato ficar te encontrando!
-Eu estou na mesma, pois se acha que eu gosto de estar perto de você, se enganou muito. Vai ser mais fácil se você fingir que não me conhece. - disse abrindo o livro para me desconectar do mundo e principalmente de Sophie.

Acabei o livro e estou no meio do vôo do lado da Sophie! Ela estava quieta ouvindo música, quando ela começa a cantarolar.

-Cause all I need is a beauty and a beat who could make my life complete...
-Você deve gostar das musicas do meu namorado...
-É esquisito falar isso para você, mas, eu sou belieber e eu te odeio. Você não merece o Justin! Eu estaria em casa com ele ao invés de em um avião para Nova York. Aposto que vai ficar com um monte de pessoas e mentir para ele.

Uma lágrima rolou contra minha vontade e a sequei antes mesmo de ela cair de meu rosto.

-Coitadinha! Se arrependeu agora, jumenta?

Eu fique com tanta raiva que sentia meu sangue ebulir e eu me descabelar por dentro, quando não aguentei e tive que dar uns bons tapas naquela vadia.

Dei um tapa na cara de Sophie e ela pôs a mão no lugar atingido.

-Você vai... - a interrompi.
-Estou cansada de você, vadia! - dei outro tapa antes de ela reagir.

Quando caiu a ficha de que eu a bati duas vezes sem ela revidar ela ficou doida. Sophie soltou seu cinto de segurança e pulou em cima de mim me arranhando. A aeromoça viu na hora e separou Sophie de mim.

-Senhorita! Eu acho deveria vir comigo e tomar um calmante. - a aeromoça falou levantando Sophie.
-Não preciso de nada! Foi ela que me atacou! Olhe essas marcas no meu rosto! - ela apontou para sua bochecha.
-Isso foi só para me defender dos ataques dela! Não fiz nada antes, merda.
-Se você não vier vamos ter que fazer um pouso forçado e te deixar.

Sophie resmungou e foi de nariz empinado até a cabine da tripulação. Sorri feliz sabendo que não iria ter que sentar perto daquela metida.


Depois disso dormi tranquila sem a preocupação de uma foto feia minha caísse na Internet.

(...)

Nova York... Uma cidade grande, onde tenho que procurar um homem, um determinado homem.

Saí do aeroporto e fui para um hotel de confiança. Já tinha passado uma semana em Nova York, por isso conhecia lugares turísticos. Iria ficar no hotel até achar um apart hotel.

Eram uma da manhã de Nova York. Fiz a entrada do hotel e subi para meu quarto, teria que descansar, amanhã seria um grande dia. Em Calabasas deve ser por volta de umas dez horas da noite, o que será que Justin está fazendo? Tomara que não esteja trancado em um quarto, triste

Adormeci no instante em que deitei na cama.

(...)

Acordei com o despertador que coloquei em meu celular.

Me levantei e me arrastei para o banheiro. Olhei-me no espelho e vi olheiras enormes em meu rosto, meu cabelo super bagunçado e estava com uma cara horrível. Bem, eu não dormia o suficiente desde que descobri sobre meus pais e tudo mais.

Fiz minha higiene e passei um creme em meu corpo, saí de tolha e fui até o quarto. Antes de me arrumar liguei para Jack, na esperança de saber mais sobre Marccus Brock.

-Jack, aqui é Faith, queria saber o que você soube a mais sobre o Marccus Brock.
-Por favor, são 5:33 da manhã, o que quer com essas informações a essa hora?
-Aqui são 8 horas e quem faz as perguntas sou eu, pois eu que pago. Tem como me passar as informações?
-Faith, não me fale que foi atrás dele... - ele disse preocupado.
-Me diga! Eu aumento mais duzentos para não ficar se metendo em minha vida! - disse irritada.
-Tudo bem, fechado. Bem... Tenho o endereço dele, trabalho e algumas informações pessoais.
-Fale tudo começando pelo endereço. - ordenei com um papel e caneta na mão.
-Fica na Park Ave, região do Upper East Side, perto do central Park.
-Tudo bem, eu o encontro em uma casa, escritório, apartamento...?
-Apartamento, chama-se Uptown. Só falo para ter cuidado, pois ele, além de traficar bebês, é um grande gerente de tráfico de drogas.
-Sei me cuidar.
-Vocês é uma pessoa pública, as pessoas te conhecem.
-Então dou um jeito.
-Tudo bem, faça de seu jeito. As últimas informações são que não se sabe se ele pode ter outras identidades e várias pessoas que entram em seu apartamento mencionam o sebrenome de seu pai, então, para entrar fale que você tem ordens do senhor Raison.
-Anotei tudo, tchau Jack. - ele desligou assim que dei tchau.

Bem, para Marccus ele não me reconhecer, tive uma ideia.

Coloquei uma roupa(será revelada depois) e prendi meus cabelos com um TicTac, peguei algumas xuxinhas e coloquei na bolsa. Apenas passei um gloss sabor morango.

Desci de meu apto e fui em direção á avenida. Levantei a mão em um sinal, para chamar um táxi. Um parou em minha frente, entrei e falei com o taxista.

-Você sabe em que shopping posso encontrar uma loja de perucas boa?
-Sim, taxista sabe de tudo, moça. É no shopping Liberty.
-Então dirija até lá.

O taxista assentiu e avançou pela estrada.

-Pode me dar umas coordenadas até a loja? - disse durante o trajeto, ainda dentro do táxi.
-Claro, conheço a cidade como minha mão. Na entrada vai ter muitas lojas de materiais, depois de sapatos, passe as lojas de sapatos e vai ver uma loja da Calvin Klein, depois dela vai ter a loja de perucas, o nome é Rose.
-Muito obrigada.
-De nada. Chegamos.

Paguei o táxi e fui em direção ao endereço que o taxista me disse. Cheguei à loja, ela era bem chique, tinha muitas vendedoras.

-Bom dia senhorita, o que procura? - uma vendedora alta me atendeu.
-Não quero ser reconhecida. Tem alguma sugestão?

A vendedora me olhou de cima para baixo. Teve uma ideia.

-Já assistiu o preço do amanhã? Com Amanda Seyfried? - neguei com a cabeça- Bem, sua roupa é muito parecida com a dela, que tal uma peruca ruiva igual ela usava?(roupa inclusa)
-Me parece bom... Vamos fazer o teste.

Acabei levando a peruca ruiva, mesmo. A moça me indicou um salão onde minha maquiagem irá me deixar diferente.
---------------------------------------
Hey! Eu voltei e me desculpo pela demora. Não tenho capítulos prontos, a Gi Flório, quando me aceitou, disse-me sua ideia, então tive que entrar no contexto mudando algumas coisas.

Esse filme aí(O preço do amanhã) é MUITO perfeito e achei a peruca ideal, então, coloquei. 

As informações do prédio são verídicas, menos o nome, olhem meu esforço! SQN *-*.

Bem, eu continuo com 15 comentários, pois é meu começo. Eu fique contente com os 22 comentários, vocês me deram apoio e eu amei, obrigada. Estou de férias, por isso será mais rápido da próxima vez, eu prometo.

Divulgando u.u:

http://bieberfever-imagine.blogspot.com.br/

http://muleka-beli3ber.blogspot.com.br/

http://fanficsjustinbieberr.blogspot.com.br/

http://imaginebelieberfeverimagination.blogspot.com.br/

http://imaginecom-ojustin.blogspot.com.br/


Duda 

15 comentários:

  1. Olha ,, pra quem ta começando você é ótima ,, parabéns !! ta muito boa a IB ,, to muito curiosa ,, antão por favor não demora não ,, odeio ficar curiosa eu tenho pesadelos rsrsrs' mas é verdade ... Bom ,, eu sou a primeira a comentar Ebaaa ... eu acho ... enfim .. Continua por favor ! 2Beijos !

    ResponderExcluir
  2. Anônimo09:44

    Continua!

    ResponderExcluir
  3. Maria só me surpreendendo kkkkkkkk ta muito bom mesmo maria, e agora as 2 escritoras do blog soa minhas kkkkkkkkkkk vc e a gih só minhas né? voltando ao IB eu to curiosa e com medo do q esse cara vai fazer com ela... acho q é isso bjos

    ResponderExcluir
  4. Anônimo13:13

    CONTINUA..........

    ResponderExcluir
  5. Amei,muito perfeito :D Selinho > http://jelenaforeversgjb.blogspot.com.br/2013/06/meu-primeiro-selinho.html (eu amo suas ibs)

    ResponderExcluir
  6. Perfeito anjo amei. Coitado do Jus, quero ver no que isso vai dar .Continua logo

    ResponderExcluir
  7. Cara que saudade de BJ(apesar de começar a ler semana passada)!!!Amore,eu sei que claro,você não escreve como a Gi Florio,mas você também escreve perfeitamente!!!Eu adorei o cap.44 o 1 capitulo que vc postou aqui no blog....e também não deixo de falar que tá perfeito *-*
    Mas enfim amore,continua!Beijos!

    ResponderExcluir
  8. perfeito. continuaa ^^
    Bem vinda

    ResponderExcluir
  9. Hahah ameeii eu ri com o Justin bêbado parabéns ! Coontinuaa flor ta perfeita

    ResponderExcluir
  10. Nossaa!!Com certeaza vc e uma otima escritora!!! Amei o capitulo,Justi bebado kk' amei,Nossa O PREÇO DO AMANHA e mmuuuito legal (: Tambem amei ele,a roupa e peruca ficou legal :) To amando vc!!!Continuaaaa...

    ResponderExcluir
  11. Camilla14:50

    MDS, amei o capitulo, tah PERFEITOO, vc e mesmo uma escritora MARAVILHOSA, bem vinda ao blog, eu sei que todo undo vai amar vc (eu amei hihi).
    Continua logo, Beijos

    ResponderExcluir
  12. Jessica15:29

    continua por favor a ib ta msm perfeitaaaaaa

    ResponderExcluir
  13. Anônimo14:37

    Continuaaa please

    ResponderExcluir
  14. Laura Araujo14:42

    OMG *------* Amei o capitulo, eu quero ver como ela vai ficar de disfarce (linda claro), e tadinho do justin gente, continua logo, eu preciso do próximo capitulo.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo18:28

    continuaaaa

    ResponderExcluir