13.8.13

Somebody To Love- Capítulo 3- Uma chantagem barata.

#Mode Justin On#

Por que não paro de pensar no arrepio que senti quando Anne cantou? Aquilo me parecia algo angelical o jeito que ela cantava, os movimentos que fazia com o braço... 

O que está acontecendo comigo?

Não consigo dormir, pensando nas possibilidades de incentivar ela a cantar, ouvir ela me agradecendo, sentir ela me abraçando e ela cantando para mim... Argh! Que raiva!



#Mode Anne On#

-Oi, Tom - disse entrando na área dos funcionários.
-Chegou bem na hora Anne - Tom disse ajeitando algumas pizzas para levar.
-Eu sei. Tem algo para eu levar?
-Pizza da mesa cinco - ele me entregou uma das pizzas que estavam com ele.
-Obrigada.

Peguei a pizza e levei até a mesa e voltei para a cozinha. Me sentei em uma das cadeiras e Tom em outra.

-Ainda economizando para o carro?
-Sim, mas sem chance de eu deixar a Courtney saber disso. Ela teria um ataque. "Você não quer vir comigo? Minha companhia não é o bastante?", se como ela é.
-Claro, mas falta quanto para você comprar o carro?
-Dois mil dólares. Daqui dois meses ele vai estar em minhas mãos.(O salário dos Estados Unidos é bem diferente do Brasil. Confira para dúvidas)

(...)

Acordei antes de Courtney chegar aqui em casa, isso é raro.

Fui rastejando até o banheiro. Olhei-me no espelho e não sei por que, tentei sorrir. Sabe? Ficar sorridente e bonita. Tolice a minha. Qual a razão? Qual a finalidade? Acho que me tornei uma pessoa sozinha e triste depois que Logan me magoou. 

Dizem que o amor faz coisas lindas com você e a falta te deixa horrível. Bem, eu nunca vi o amor fazendo algo de bom além de te deixar uma iludida achando que a vida é um mar de rosas e que uma pessoa vai querer você bem, mais do ele mesmo, mas depois que isso se quebra você pensa "Como eu fui burra, mas agora o que faço da minha vida? Ninguém se importa comigo".

*Flashback On*

-Anne. - Logan me chamou - Anne! Volte aqui! Me deixe explicar! Por favor!

Minhas lágrimas transbordavam. Como uma coisa pode ser tão certa e perfeita depois se tornar a coisa mais complicada e errada do mundo?!

-Não Logan, não tem explicação! Eu achei que nós fossemos real. Eu realmente achei! Você foi uma pessoa tão miserável! Você só quer fazer joguinhos com as pessoas e eu estou tão magoada! Nunca mais apareça na minha frente! - cheguei mais perto dele e falei cuspindo as palavras - Eu acabei de adquirir o ódio mais profundo que pode existir! - disse baixo em seu ouvido.

Saí correndo na rua mesmo estando de noite.

*Flashback Off*

Uma lágrima estava escorrendo em minha bochecha, apenas de lembrar. Limpei-a rapidamente e fui tomar banho.

Fiz o resto de minha higiene e fui para meu quarto. Court estava lá em meu quarto vendo um site do One Direction sentada em minha cama.

-Vai pedir para o Tio Finn colocar a One Direction para trabalhar na WMC? - disse abrindo o guarda roupa procurando uma roupa.
-Não, Justin Bieber já está bom, porém mesmo se eu quisesse meu pai não deixaria.
-Claro, até porque o reitor é tão sério - disse sarcástica.

Escolhi uma roupa e me arrumei. Passei maquiagem preta.

-Vamos Court?
-Claro.

(...)

Estava esperando Court terminar de se arrumar para a aula de dança.

-Não foi uma droga o professor cancelar a audiência? - disse revoltada.
-Eu sei, eu ensaiei e você também. Agora só depois.
-Só por causa do Bieber você vai ser uma lesma para se arrumar? Está demorando - mudei de assunto.
-Não quero estar feia e no final tudo isso vai adiantar, acredite - ela disse arrumando seu cabelo em um rabo.
-Eu vou antes, então.
-Te encontro lá.

Enquanto estava indo para a sala de dança e Justin me puxa para o canto.

-Anne eu quero falar sobre as aulas particulares - ele disse ainda segurando meu braço.
-Não, você não vai falar, pois eu não vou fazer aulas particulares com você - soltei meu braço de sua mão e continuei caminhando.

Entrei na sala, fui para um dos cantos e comecei a me alongar.

Justin entrou na sala, veio até mim e me puxou para frente pelo braço.

-Hoje você ensaia aqui na frente - ele disse sério.
-Não quero.
-Mas vai, se não quiser ir para a sala do reitor.
-Você está falando comigo como se eu fosse uma criança!
-Eu não ligo, só ligo para que você fique aqui na frente hoje.

Bufei. Que chato! Isso já é implicância demais, até para ele!

Fique na frente a aula inteira e foi um tormento. Ouvir as meninas cochichando sobre mim, sobre o Justin e depois sobre os ficantes delas. Que irritante!

Quando a aula terminou fiquei na sala enquanto os outros saiam pela porta de madeira rústica. Bieber estava bebendo água de sua garrafa.

-Oi, Anne. Sabe, a aula já acabou, pois se você não notou todos já saíram - ele falou pausadamente e sendo irônico.
-Feche a porta. Apenas... Feche a porta, agora - disse séria.

Bieber fechou a porta voltou, se sentou-se em cima da mesa e começou a mexer no cabelo.

-Por que?! Por que está fazendo isso comigo?! Comigo! Justo comigo! - disse um pouco alterada, mentira, muito alterada.
-Sabe, você tem uma fonte de talento extraordinária, sinceramente, é muito boa e quero te treinar e te apadrinhar como fiz com a Carly Rae Jepsen, porém você é na sua e já percebi que não gosta do meu tipo de música. Por isso vou fazer uma coisa melhor para você. Eu vou te ajudar a aprimorar seus talentos e se você não quiser eu conto para o reitor que você colocou aquela bomba no armário da Madison, eu vi e, além disso, eu sempre vou colocar você na frente.

Como ele ousa me chantagear? Como esse professor é tão burro? Eu vou ser superior a ele, ou pelo menos, tentar.

-Uma chantagem barata? Sabe que isso pode ser colocado contra você, não sabe?
-Você tem provas? Porque se você for me entregar para o reitor eu vou falar que é sua desculpa para que eu não conte para ele sobre a Madison. Uma palavra de professor vale mais que mil frases de alunos.
-Você é um puto que não tem nada para fazer!
-Isso que dizer que você concorda?

Tudo bem, ele está sendo superior. Bieber me deixou encurralada e cheguei em um ponto que, se eu me movesse, me apertaria mais.

-Tenho condições. Você não pode comentar disso com ninguém muito menos com Courtney Brown, nunca fale isso para ela. Essas aulas vão ser nossos segredos, apenas nossos. Também não pode ser na minha casa e não podemos comentar disso na escola, aqui é como se eu fosse uma aluna qualquer. Promete?
-Prometo de dedinho - ele disse afeminado me dando o dedo mindinho.
-Sai pra lá! Você é gay mesmo? - Perguntei curiosa.
-Magoei com essa. Claro que não. Eu namorei um monte de garotas como você já deve saber. - ele ainda não entendeu que eu não sou que nem  as outras garotas e não sei nada a seu respeito?
-Que bom para você. Que dia e horas vamos nos encontrar?
-Cinco horas, hoje e na minha casa.

Já sei como sair dos planos dele. Uma desculpa verdadeira e estratégica.

-Vish! Eu tenho que trabalhar. 
-Sem problemas. Você começa a trabalhar às sete horas e eu cubro o dinheiro que você perdeu.

Discutir com ricos é muito difícil. Ele venceu, eu vou ter que fazer essas aulas particulares estúpidas.

-Tudo bem, assim eu ainda vou estar dando duro por meu dinheiro. Tchau Sr. Bieber, te vejo em notas altas.
-Tchau Srta. Clarke.

Saí da sala e fui atrás de Courtney, achei ela entrando no refeitório. Coloquei a mão em seu ombro.

-Anne. - ela se virou para mim - Que bom que você está chegou, pois tenho que te avisar que vamos comer aqui. Como você demorou na conversa com o Bieber e eu teria que abastecer se fossemos de carro, chegaríamos atrasadas aqui na escola.
-Tudo bem, Court.

Pegamos nossa comida e nos sentamos em uma mesa vaga. Estava terminando de comer quando Justin se senta em nossa mesa do lado de Courtney. 

-Olá Courtney... Anne - ele disse.
-Oi, Justin. - Court diz escondendo seu entusiasmo. - Como vai?
-Bem, mas tenho bastante trabalho para fazer às cinco horas.

Engasguei com o que ele disse, porém nenhum dos dois cegos notou. Bebi um pouco de água e passou.

-Algum dia temos que sair e eu te apresento um amigo meu.
-Adoraria conhecer seu amigo.
-Ele é legal, eu prometo. Louco, mas legal.
-Aposto que sim.
-Tenho que ir Courtney.
-Tudo bem, afinal, você tem aulas e tudo mais.
-É - Justin disse se levantando.

Ele se foi e Court começou a ter um ataque epiléptico.

-Justin Bieber disse que quer que eu conheça seu "amigo"!
-Se contenta apenas com o amigo? Estava tão destinada a ter o Bieber.
-O "amigo" é ele, sua idiota.
-Talvez não. Ele falou de um jeito que não pareceu muito.
-Anne! Você não entende de garotos, deixe isso comigo.
-Ui, especialista.

(...)

-Vá a merda, Justin! M-E-R-D-A - soletrei para ele a palavra.
-Vamos treinar meu tipo de música e não adianta você reclamar.
-Eu venho aqui forçada e tenho que treinar o seu tipo de música pop broxante!! POUPE-ME! - gritei.
-Já descontou a raiva? - ele me disse calmo e indiferente.
-Um pouco...
-Vamos começar então?
-Antes, me diga o que você estava planejando quando falou com a Court?
-Nada de mais. Eu achei ela legal e estou me sentindo meio sozinho já que eu não estou mais com o team Bieber e meus amigos do Canadá, por isso eu quero uma amiga.
-E o papo do seu amigo...?
-É verdade, quero apresentar ela para o Chaz da próxima vez que ele vier aqui. O cara está na seca.
-Só por causa da seca? Isso vai ferir os sentimentos dela ou outras drogas que ela tenha no coração. 
-Na verdade eu a escolhi, pois a achei louca igual o Chaz. Eles vão combinar, acredite.
-Tá bom então.
-Podemos começar?
-Agora sim.

Justin me deu umas letras, eu li, cantei, ensaiei, ele me corrigiu, nós até brincamos e rimos um pouco.

Tirando pela música do estilo de Justin, foi legal o ensaio, quer dizer, foi mais legal do que eu pensava.
Eu acho... Que eu talvez... Apenas talvez... Possa me sentir meio que... Feliz quando Justin está perto. Mas não é nada de mais!

#Mode Justin On#

Depois de um tempo que acabou o ensaio meu celular tocou, era Fredo, portanto atendi.

-Hey Fredo.
-Eai, Justin? Gostou de Atlanta?
-Sim, gostei bastante daqui.
-Legal. Selena estava falando de você.
-Alfredo, eu sei que você é amigo dela, eu também sou, mas eu sou apenas amigo.
-Cara, ela não fica mais com ninguém. Ela te quer Biebs. Selena é uma boa garota, você já a amou, aposto que consegue reatar.
-Desculpa Fredo, eu acho que não.
-Tudo bem, então. Não vou conseguir te forçar.
-E como está o team Bieber sem mim?
-Não é o mesmo, porém ele vai bem.
-Fale para eles que mandei um oi.
-Eu tenho que ir e eu mando o recado. Tchau, Justin.
-Tchau, Fredo.
Desliguei o celular.
Na hora que estava falando com Alfredo, me deu vontade de falar para ele sobre a Anne, mas ele veio com esse papo de Selena. Realmente fui feliz com Selena, mas eu acho que não tinha o sentimento de namorado por ela, aquele fogo se apagou e ela ficou mais como se fosse uma amiga.
Agora chega de falar de chamas apagadas, vamos comentar das acesas. Mesmo que tenha me sentido mal por ter chantageado Anne, valeu a pena para ter um ensaio com ela. Parece-me que ela é uma garota fechada, pois ninguém conseguiu fazer com que ela se abrisse, ninguém conseguiu ir até seu interior e tentar fazê-la realmente feliz.
Talvez falte alguém que a entenda ajude e apoie. Talvez ninguém certo apareceu, mas ainda pode. Talvez possa ser eu, talvez não. Tenho que esperar o tempo passar para ver.

Amanhã ainda vai ser uma luta para talvez conseguir seu afeto, porém algum dia eu vou conseguir, então meu esforço será recompensado.

Às vezes acho que querer ela é como querer chuva em um deserto. Possível, mas pouco provável.

---------------------------------------------
Hey Girls.

Teve dificuldade para chegar aos vinte comentários. Não estão gostando? Se não estiverem por favor façam uma critica construtiva, indicando o que acha que está estranho, confuso e etc.

Para as lindas que comentam, obrigada. 

Eu me abri com vocês no grupo, porque a Gih falou que seria bom e queria dizer obrigada para a Carol e Jacqueline(se eu esqueci de alguém, desculpe e é porque não vi ainda) por me dar apoio nos comentários mais do que a própria Gih, que está viciada em uma música do Patolino sobre uma mago gay e ficou enchendo meu saco. Então eu bloquei ela do meu facebook.

Somos normais igual o Justin, ok?


Agora pulando para a IB.

JB, que coisa feia! Pattie não te criou para chantagear pessoas, viu? Mas eu gostei da chantagem hehehe.

Próximo capítulo vai ser especial. Altos planos.

Quero 20 comentários para eu postar o próximo. Leitoras fantasmas e leitoras que comentam e me deixam feliz tem que comentar <3.

Indicações: http://fanficsjustinbieberr.blogspot.com.br/



Uma frase que está combinando muito comigo:
(Uma grande escola cheia de vadias falsas)

Na minha escola é, praticamente, só isso. :/

 -Duda. 

21 comentários:

  1. Anônimo21:34

    Muuuuuuuito legal a sua ib. Tou adorando! Só acho que voce nao devia ligar pros comentarios e postar logo. Está muito boa mesmos, perfeita!
    --Triz

    ResponderExcluir
  2. Estou amando a IB. Continua logo, por favorzinho?

    ResponderExcluir
  3. Coisa feia doutor Jus, foi chantagear a Anne, cade a educação que dona Pattie te deu ? E cara o Justin já tá pensando lá na frente, e acho que Chaz e Court da certo mesmo kkk. Continua logo Duda, Bjs

    ResponderExcluir
  4. Anônimo13:15

    Só eu que acho a cara do Justin bancar um de cupido? com aquela carinha linda de anjo daria até para ser cupido *-* e acho que a Court e o Chaz formariam um belo casal e... que isso hein senhor Justin Drew Bieber? Chantageando a menina, coisa feia... Não pode não u.u mas é por um bem maior... e tá adiantadinho hein justin? pensando lá na frente, só não esquece do agora viu? kkkk tá, sou meio doida kkkk. bom, sua IB está perfeita, você tem muito talento, sério mesmo e mal posso esperar pelo próximo. você me deixou curiosa Duda(mais curiosa que já sou) então por favor, posta assim que puder e der seus mais que merecidos comentários, bjos.
    Daya

    ResponderExcluir
  5. q isso flor a sua ib está ótima,perfeita...
    continua logo pf

    ResponderExcluir
  6. Suua IB Ta PER-FECT HIHI . To adorando . Continua Please ♥

    ResponderExcluir
  7. own ficou meigo esse capitulo. continua

    ResponderExcluir
  8. KKKKKKKKKK Q COISA FEIA Justin ! PATTIE SEU FILHO TA SENDO MAL DMS

    ResponderExcluir
  9. Anônimo00:07

    aaaaameeeeeeeiiiii ! diva ! linda ! pfta ! continua !

    ResponderExcluir
  10. Brunna Breezy02:07

    OMG to viciada :3
    Continuuuuuua prfv

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. olá, eu estou a ler todas as imagines desse blog e tou a amar todas ,continua c:
    Podes divulgar por favor http://lonelygirlimaginesdobieber.blogspot.pt/
    Comecei agora e gostava q alguém vi-se tmb as minhas imagines, obrigada c:

    ResponderExcluir
  13. Anônimo13:36

    Continuaaaaa .. tá perfeitaaa <333 ve se não some de novo hahaaha

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  15. Eu estou amandoo a História!!Ta muuito legal assim!!Amei o capitulo,e estou doida para ver o q tem de especial no proximo capitulo!!

    ResponderExcluir
  16. Olha eu aquiii com mais um capitulo kkkk Gente faltam 2 capítulos para acaba a primeira temporada do My Destiny ... então vamos logo comenta porque a mamãe aki quer posta ... http://fanficsjustinbieberr.blogspot.com.br/ continuaa

    ResponderExcluir
  17. Anônimo12:39

    Estou amandooooo! Estou ansiosa para ver o próximo capitulo!!

    ResponderExcluir
  18. Anônimo13:49

    Esta perfeito!Continua..

    ResponderExcluir
  19. Divulgue meu blog por favor é jdbprincipedoswag.blogpot.com
    Continua eu amo sua IB

    ResponderExcluir
  20. http://fanficsjustinbieberr.blogspot.com.br/ mais um capitulo meus amores kkk esse e o penúltimo da temporada :(

    ResponderExcluir
  21. Anônimo21:58

    continuaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir