30.9.13

Somebody To Love - Capítulo 8 - Anda melhor que a Rihanna

ATUALIZADO:
http://jdrewbfever69.blogspot.com.br/2013/07/somebody-to-love-personagens_25.html

Quero dedicar este capítulo para minhas amigas especiais que tornaram meu aniversário especial. Tem um pouco de vocês três, Gih, Marcela e Lele.


Por isso vai ter muitas músicas, mas é opcional, tanto que eu não vou fazer legenda.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~
#Mode Anne On#

No pouco tempo em que eu me encontrava naquele metrô eu pensei em por que eu gostava de Justin, afinal, ele é o oposto de mim e gosta de garotas o oposto de mim. Por que ele foi gostar de mim? Mas essa ladaínha de que opostos se atraem é para as desesperadas. Eu sinceramente não me importo em ficar para titia. Mas ficar uns três anos sem ninguém para pelo menos dar uma ficada deve ser ruim, isso eu não gostaria.


Já sei! A coisa mais primitiva e de putas possível, mas é minha conclusão. Atração. É atração corporal! É por causa que tem uns meses que estou na seca e Justin fica pagando pau para mim sendo muito gostoso. Talvez eu teste isso.

Cheguei na casa de Justin e ele estava mexendo no Twitter e nem percebeu eu entrando com a chave que ele deu para mim, sim, ele me deu uma chave mesmo fazendo umas três semanas que o conheço. Achei que famosos fossem discretos e reservados.

-Justin! - chamei sua atenção.

-Ah, oi Anne.
-Justin, se você não quiser ficar comigo e me ajudar com a minha entonação, eu vou embora. Não quero ser um incomodo.
-Me desculpe é que eu estava pensando em algo.
-Tudo bem. Vamos?
-Claro.

Fui até a sala de ensaio de Justin. A casa dele pode ser meio pequena para um astro, mas não é tanto. Sentei-me em uma poltrona que ele tem na sala de ensaio. Fiz uma cara sonolenta e Justin sorriu.


-Bieber, eu tenho que estudar a música do meu teste - disse mais fofa que o normal.

-É uma música do Camp Rock, não?
-Sim, We Rock.
-Eu tenho essa música no pen-drive que o seu professor me passou para ensaiar.
-Você fala com o gay?
-Que preconceito. Sim, a minha matéria é meio que interligada com os ensaios, qual o problema?
-Sei lá, ele é meio chato. Uma bicha exigente e que força a voz. Tem aqueles gays legais que você conversa de boa, mas o Miles é meio... Antiquado.
-Eu sei, mas trabalho é trabalho.

Justin ligou o som e colocou na música e a minha opinião é que parecia uma música de coletânea infantil, mas eu tenho que cantar então vai ter que ser essa.


Cantei a música e Justin me corrigiu umas três vezes e depois de uma meia hora eu consegui atingir o que ele chama de ponto artificialmente perfeito, quer dizer que eu cheguei em um ponto que parece a música gravada e não acústica.


Depois Justin me ajudou a deixar mais natural como se eu gostasse da música como gosto de AC/DC.


Terminei de ensaiar, mas ainda tinha energia.

-Fiz tudo o que precisava e está sobrando tempo. Inveja?
-Não, afinal, sou um astro pop com 45 milhões de seguidores no Twitter. O que quer fazer agora?
-Hum... Já sei! Tem como conectar o celular com seu som?
-Claro, aqui é outro nível.
-Ui, fodão.
-Os pisca-pisca tem inveja.

Vou confessar que ri demais com isso.

Sentei-me no chão e conectei meu celular com um cabo no som e comecei a procurar a música desejada.

-Que planos diabólicos está planejando?
-Você vai me agradecer depois disso. Só isso que digo.

Achei a música! Coloquei Seven Nation Army bem alto, o solo de guitarra já tinha começado.

-Vou te ensinar a gostar de boa música, Bieber - um pouco mais que isso.
-Quer dizer seu precioso rock?
-Exatamente.

Cantarolei um pedaço da música e me levantei do piso.

-They're gonna rip it off. Taking their time right behind my back. And I'm talking to myself at night

Puxei Justin para mais perto e ele veio meio monótono, por isso, avancei contra Justin e tomei seus lábios sem me importar com o que ele queria, mas eu sabia que ele queria, tanto que ele reagia, reagia muito bem!

Bieber me empurrou contra a parede e voltou a me beijar, abaixando os beijos até o pescoço.

-Não está muito quente com essa sua calça, Anne? - ele me perguntou com um sorriso safado.

-Não, obrigado pela consideração - disse sarcástica.

Voltei a beijá-lo, mas agora comecei a arranhar suas costas por baixo de sua camisa.

Tudo estava muito bom até meu celular tocar o agudo barulho de um telefone antigo, que era meu toque.

-Justin, eu tenho que atender - disse separando meus labios dos dele.
-Não, Anne. Deixa cair na caixa postal - ele passou a mão em minhas coxas enquanto falava.
-Solte-me ou vai ser castrado agora mesmo e vai abaixar a música - ordenei.

Justin me soltou e fez bico, mas eu pouco me importei.

Era Courtney. Atendi e fingi minha voz brava.

-Anne? - ela estava com uma voz meio fina, se estivesse vendo ela aposto que ela estaria com um olhar de submissão amigável.
-Sim - disse ríspida.
-Você poderia vir aqui em casa?
-Trabalho.
-Você me desculpa?
-Claro. Depois do trabalho eu passo aí.
-Obrigada, eu não sei como você me aguenta...
-Também não sei.
-Ei!
-Nós duas somos insuportáveis.
-Talvez.
-Sempre, mas agora eu vou voltar a trabalhar.
-Tchau.

Desliguei e Justin já começou a me perguntar coisas.

-Quem era?
-Ah, era Court.
-Vocês já estão de boa?
-Sim.
-Ela me falou que iria parar de te dar carona.
-Ela sempre me fala isso e você foi fofoqueiro.
-Desculpa por me preocupar.
-Desculpas aceitas.

Justin me mostrou a língua.

-Minha vez de por uma música.
-Achei que você quisesse continuar.
-Não mais.

(A música seguinte é  Lego House - Ed Sheeran, mas não vai ser mencionada)

Justin começou a mexer no som e pegou uma música meio melosa. Depois ele veio até mim e pegou em minha mão esquerda levemente e depois a direita e a colocou em sua cintura.

Justin começou a dançar comigo e eu o acompanhei. 

-It's all for you - ele cantarolou em meu ouvido.

A música ficou mais rápida, Justin me ropiou e eu dei uma risada.

Espera... Eu estou sentindo uma corrente elétrica de hormônios da felicidade igual eu costumava sentir. Eu acho que a teoria da atração falhou.

-And out of all these things I've done. I think I love you better now. I'm out of sight, I'm out of mind. I'll do it all for you in time. And out of all these things I've done. I think I love you better now - ele fez de novo.

Bieber parece estar cantarolando as partes que o lembram de mim. Achei fofo, por isso abracei-o forte e afundei minha cabeça em sua clavícula com sua tatuagem. Ele cheirava forte um perfume masculino. Apertei mais meus braços entrelaçados em sua barriga e senti o algodão com uma textura fofa de sua camisa. 

Bieber levantou meu queixo fazendo com que eu olhasse em seus olhos cor de mel e voltamos a dançar, mas eu abraçando ele.


A música parou e eu meio que percebi o que aconteceu nesse momento, acho que as informações não estavam chegando a parte que raciocina do meu cérebro.

Eu achei Justin fofo e achei minha teoria falha, eu abracei ele. Deve ser por causa do clichê adolescente realizado, mesmo eu tendo deixado de ser adolescente. Eu tenho 20 anos! Não vou tentar achara meu príncipe encantado, é o que Justin quis se passar, mas ao contrário dos filmes, príncipes encantados são desculpa de titias por estarem sozinhas. Eu não preciso de um falso príncipe, eu não preciso disso.

-Vou para o trabalho.

Disse e corri para a porta com minha bolsa, antes de Justin me responder. Eu vou chamar um táxi, não estou afim de ir de metrô instável deste jeito.

O táxi chegou rapidamente, pois aqui fica perto de empresas de táxi.

Quando cheguei em casa desatei a gemer, não chorar, pois eu não vou me permitir.

Como eu posso estar me apaixonando de novo? Eu não quero isso!

Parei de choramingar e fui me arrumar para o trabalho, afinal, meu mundo não pode e nem vai parar por causa de um garoto.

(...)

Toquei a campainha da casa de Court e Lizzie a atendeu com um sorriso.

-Eu sabia que você viria cedo ou tarde, Anne. Courtney está no quarto dela e faça-me um favorzinho obrigando ela a abrir aquelas cortinas e janelas para entrar um pouco de ar puro - fui entrando e conversando com Lizzie.
-Deixe comigo, Lizzie. Minhas brigas com a Courtney são pequenas, pois nós não conseguimos ficar afastadas.
-Acha que não sei disso? Pois sei e conheço muito a Senhorita Courtney.
-Mas você praticamente criou Court, é mais próxima e intima dela do que sua própria mãe.
-Nada de desrespeitos com a Senhora Brown.
-Você sabe que eu não quis falar nada  que não seja verdade ou que seja maldoso - disse e entrei no quarto de Courtney.

Minha amiga estava sentada em frente ao computador assistindo reprises de seriados com cookies e uma caneca de chocolate quente que pareciam estar intactos. Quando me viu, ela pausou o seriado e se voltou para mim.

-Cookies! - corri até os cookies - Como você pode não atacar Cookies?
-Eu tenho auto controle - quando me viu, ela pausou o seriado e se voltou para mim.
-Mentira! É muito difícil, diria que quase impossível, ainda mais com os cookies perfeitamente feitos pela Lizzie.
-Obrigada Anne  - Lizzie ainda estava na porta ouvindo nossa conversa.
-Elizabeth, o que está fazendo espionando nossa conversa? - Court disse.
-Tudo bem, eu vou lá assistir televisão.

Courtney saiu da cadeira entrou no closet procurando uma roupa e me disse:

-Eu estava pensando em irmos pegar alguns filmes na locadora.
-Okay, mas antes você vai abrir a janela.
-Por que?
-Eu prometi para Lizzie.
-Você está fazendo planinhos com a Lizzie, não é? 
-Apenas para o seu bem.

Chegamos à locadora e ficamos procurando diversos filmes até que concordamos em dois filmes. Nárnia e Truque de mestre.

Fomos até o caixa para passar o filme e Courtney começou a falar com o empregado, que até era novo e bonito. Tinha olhos castanhos, cabelo preto em um pouco de topete.

-Sou uma caçadora de vampiros. Você já viu um vampiro?
-Não... -  ele olhou com uma cara estranha para Courtney.
-Pode me agradecer agora ou depois. Para mim tanto faz...

O empregado sorriu com a cabeça baixa.

-Que tal eu te agradecer com um cinema? Acho que é o mínimo por você nunca ter deixado um vampiro me matar.
-Primeiro eu preciso saber seu nome.
-Max. Agora retribua meu favor.
-Courtney.

Max anotou seu telefone em um pedaço de papel e entregou para ela. Court saiu da loja e ficou com a expressão tensa o resto da viajem até sua casa ela, incrivelmente permaneceu em silêncio.

Estávamos em seu quarto esperando Lizzie dar um jeito no DVD.

-Por que ainda não mencionou nada sobre Max. Geralmente, te conhecendo, eu diria que ao sair da loja você ficaria histérica.
-É que eu não sei se vou sair com ele e você pode me achar doida, mesmo.
-Mas por que você não vai? Ele parece ter uma conexão tão boa com você...
-Bem, eu ainda não esqueci Justin.
-Ah, de novo isso? Ja que Justin não te quer, saia com Max.
-Como você pensa que Justin não me quer? Não te contei nada.
-Bem, é que eu deduzi, já que se ele te quisesse você já teria partido para cima do pobre garoto.
-Isso é uma pura verdade.

(...)


-Nárnia é fantástico! Por isso é um clássico, ou por isso deveria se tornar um clássico, assim como Romeu e Julieta só que mais famoso ainda - Courtney disse tirando o CD da bandeja do DVD.

-Eu sei! Já pensou que louco seria se de apenas um guarda-roupa simples e comum como o seu, você pudesse ir para uma dimensão alternativa?

Courtney me olhou com uma cara estranha e eu entendi, por isso devolvi o olhar.


-Mas antes precisamos de boa música. - Court mexeu em seu computador e achou uma - The Wanted - Walks Like Rihanna.


Até que não é má. Legazinha.

-Vou primeiro! - Court anunciou e foi andando até o closet durante o refrão "She walks like Rihanna".
-Você fez isso de propósito para ser bem no refrão! 
-Fazer o que se eu ando como a Rihanna e você não?
-Por favor, você nunca será Rihanna.
-E você nunca vai ser Tay Momsen!
-Ah! Quando inventarem a música Walks like Momsen, essa música vai ser especialmente para mim, OK?

Rimos e brincamos com o guarda-roupa depois assistimos Truque de mestre, por isso dormi em sua casa.

Eu e minha amiga necessitamos uma da outra, nós duas fazemos bem para nós duas, nós ficamos felizes em momentos sozinhas e mesmo sendo diferentes, nós nos entendemos. Apesar de todos os meus conceitos eu sou doida com minha amiga.

Eu amo ela tanto. Minha melhor às vezes é doida demais, às vezes fica brava, todas às vezes ela me suporta, todas as vezes ela me ajuda e todas as vezes ela me entende como ninguém vai.

Mas quem liga? Aposto que ela anda melhor que a Rihanna.


<3<3<3<3<3<3<3<3<3<3<3<3

Hey hey guys.

Desculpas 1000 vezes pela minha pessoa não ter postado rápido. Eu tinha muuuuuitas provas difíceis e acabaram agora, mas de qualquer jeito me desculpem. Eu vi os comentários falando que vocês estavam esperando e isso cortou meu coração, sério, eu estou culpada. A minha culpa é muito grande quando eu faço uma coisa errada que eu reconheço. *feel like Stefan u.u *

20 comentários.


Decidi dedicar o capítulo por que deu vontade e pronto, hum! Também pelo meu niver que elas me deram muita felicidade e uma ovada, apenas da Letícia. Ainda que essa putenha ganhou o primeiro pedaço do meu bolo e a melhor parte do capítulo (a parte da Court). Conseguiram ver o quanto eu amo essa maluca?

Tem prisioners aqui? Gostaram da última música? Hehehe.

Um recado para a Anne. Não tem como resistir ao JB.

E no último capítulo teve gente que falou sobre a Selena, mas eu só direi uma coisa.

Ela é um personagem! Vocês podem imaginar outra Selena, não precisa ser Selena Gomez, esse é só o meu jeito de imaginar.

Indicações:

Respostas (meus comentários sobre a resposta vão estar em negrito e pequenos):

Anônimo:
"Linda, eu adoro as suas fics. Mas posso te pedir um favor?? USA O CORRETOR ORTOGRÁFICO, PELO AMOR DE DEUS.

Obrigada, bjs, posta logo"
Resposta:
Tudo bem, eu tenho alguns erros, mas não são muitos. Esse capítulo que você comentou a Gih e eu olhamos e lemos para corrigir  e me desculpe se seu pedido não for atendido por que como meu computador é da Apple não tem corretor.
Eu fiz uma brincadeira no início, mas depois apaguei, não sei se a autora viu, pois está em anony e isso foi desnecessário.

Anônimo:
"a cara, vai tomar no cu, posta logo essa birosca, eu to aqui esperando igual uma louca, se é pra postar de uma em uma semana, pelo menos posta capitulos maiores ¬¬"
Resposta:
Vou colar a minha resposta inicial e adicionar mais coisas.

Querida, quer ler? Quer mesmo? Então você depende de mim! Eu que mando nessa "birosca"(eu não sei o que é isso). Eu faço o que eu posso, ok? Se for maior vai ser de duas em duas semanas. Agora, se não quiser ler tudo bem. Vá com Deus. Mas eu vou tentar aumentar um pouco pela demanda. 

Frase de acordo como capítulo de amizade LOL.
(Querida melhor amiga. Eu sinceramente não sei o que eu faria sem você)

 Love for fans and hate for haters, 
 Duda®. 

22 comentários:

  1. Anônimo20:36

    Primeira a comentar *0* , vc esta desculpada okay? Mas pf faça capitulos maiores sua ib esta muito boa, fico mais ansiosa a casa dia que passa!!
    Iejfjenjdjskenie

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo21:35

      GENTE, VE O BLOG DA MINHA BFF, CUSTA NADA !!! E DIVULGUEM O BLOG DELA, > http://im4ginepniners.blogspot.com.br/2013/10/will-is-now-forever-sinopse.html

      by: Ana

      Excluir
  2. AAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH finalmente eu já tava arrancando meus cabelos de tanta ansiedade hahaha que perfeito esse capitulo estou literalmente apaixonada por essa IB ♥

    ResponderExcluir
  3. Lhe desculpo pela demora
    Boa sorte nas provas
    Sua fic ta Super
    E continuaaa

    ResponderExcluir
  4. Anônimo12:57

    continua amoreeee <3

    ResponderExcluir
  5. Anônimo16:20

    Continuua sua linda ta mt perfeito !

    ResponderExcluir
  6. Anônimo14:37

    continua

    ResponderExcluir
  7. Anônimo16:34

    continuaaaaaaaaaaaa, por-Geisiele

    ResponderExcluir
  8. Anônimo18:29

    Contiinuaa perfeitoooo E CONTINUA LOGO PLEASE E OS CAPITULOS ESTÃO OTIMOS NAO LIGA PRA ELA , mais eu tô A-M-A-N-D-O

    By : Victoria Marques

    ResponderExcluir
  9. Meu dels...que perfeito!Afs gata,iria ficar mais perfeito ainda se rolasse um hot não?Buáa,caralho,celular estraga prazeres '-' que merda!
    Mas amore,eu divo mais que a Rihanna!U.u
    Então,continua viu?Kisses com swag!

    ResponderExcluir
  10. Anônimo17:39

    Continua, peerfeitoooooooo ameei

    ResponderExcluir
  11. Anônimo14:30

    Continua perfeitooooooo ta grande hein ? Kkkk bejuuuux

    ResponderExcluir
  12. Anônimo14:32

    Continua ta foda :)

    ResponderExcluir
  13. Anônimo14:49

    continua perfeito!

    ResponderExcluir
  14. Anônimo14:01

    Continuaa !

    ResponderExcluir
  15. Brunna Breezy19:10

    Ain mds tá peeerfect , plmds continueeeeee ♥

    ResponderExcluir
  16. Anônimo23:55

    continua

    ResponderExcluir
  17. Anônimo21:50

    continua

    ResponderExcluir
  18. Anônimo00:55

    continue girl

    ResponderExcluir
  19. Anônimo00:57

    ta mara continua

    ResponderExcluir
  20. Oi, eu sempre acompanhei sua IB e amo demais. A minha favorita é a The Skater Girl. Sei que vc já terminou, mas sempre leio ela, já li umas 5 vezes :). Sou Belieber, assim como vc, e queria a sua ajuda para divulgar meu IB. tenho muitos sonhos e um deles é que as Beliebers se identifiquem com a minha Imagine. obrigada, sou sua fã.

    ResponderExcluir