17.12.13

Somebody To Love - Capítulo 15 - Primeira briga.

#Mode Anne On#

Entrei em minha primeira cena, onde falava sobre realizar o sonho de finalmente estar no Camp Rock e blá blá blá.

Estava concentrada, mas ao mesmo tempo preocupada em como seria desconfortável certas cenas com Logan, porque não fizemos o Camp Rock em si, Sr. Miles fez umas adaptações para que fosse mais realista com jovens de 16 anos com seus hormônios à flor da pele e agora eu me arrependo disso.


Depois que ela chega, vai até a cabana dela.

-Você é uma alone total, não é? Como você não sabe que o gostoso do Shane está aqui? Ele é uma estrela!
-Eu não me lembro desse artista.
-Olhe aqui uma foto. Eu sou fã desse cara.

Na primeira vez que a personagem principal conhece as colegas de cabana, era para a Tess mostrar posters com computação gráfica que os substitutos fizeram para o Gabe, mas ao invés disso tivemos que usar uma foto do Logan, me deu vontade de rasgar aquela bosta.

Depois de muita conversa e encheção de linguiça para conhecer mais o Shane, Mitchie sai da cabana para ver o resto do acampamento e ela vê o Shane com um braço na cintura de uma garota e o outro braço na cintura de outra garota, até que ele bate na bunda da putinha 2 e beija a putinha 1. Era para a personagem ficar olhando com um cara triste para fazer sentido que quando ele saísse da cena a personagem começasse a cantar That Should Be Me, - dica do Justin, exibido como sempre - mas eu não pude me segurar a revirar os olhos e fazer cara de nojo, apenas parei por que a platéia riu e eu percebi o que tinha feito

De qualquer jeito eu ignorei isso e cantei assim mesmo. 


Outra razão por eu não gostar dessa personagem é que ela vê o cara pervertido da porra e ainda quer ele, por que ele é lindo e é o famoso Shane Gray. É claro que eu gosto de um pervertido famoso também, mas eu não corria atrás dele e ele que fez valer a pena nosso relacionamento.

Depois da Mitchie saber sobre o final Jam e fazer umas aulas com o Shane de dança - característica que me lembra sempre o Justin - e passar uns dois dias lá, ela vai ao lago depois de trabalhar com a mãe e senta perto do lago para pensar sobre as mentiras de que os pais dela trabalhavam como empresários e médicos e nisso o astro vem e se senta ao lado dela e eles começam a conversar. Como ela estava triste nem ficou correndo atrás dele.


-Por favor, não me fale que virão meninas aqui te encontrar e quebrar esse silêncio.
-Não, só eu. Você que quebrou o silêncio, não sei o que fala de mim.

Ele tira do bolso um cantil prata e começa a beber - é pra representar bebida alcoólica, mas  é claro que é só água - e oferece para Mitchie, ela aceita. Eles começam a conversar um monte de coisas sobre ser você mesmo e etc, mas eu estou preocupada com uma certa outra parte.

-Você até que é bem legal, sabe conversar - ele fala se aproximando da minha personagem e meu coração começa a palpitar e minhas mão começar a suar enquanto e apenas repito para mim mesma, para agir como a personagem e pensar que esse é o Gabe.

Logan me beijou de verdade! Não foi técnico! Aquele filho da puta achou que eu iria aceitar? Arranhei a mão dele que não estava à mostra para o público e ele entendeu.

A cada cena que muda a cortina se fecha para a troca de cenário e de figurino. Quando a cortina se fechou eu fui dar uns tapas na cara de pau de Logan, mas ele segurou minha mão.

-Aprendi como se lida com você, Anne e você sabe que eu sei, tanto que bem no fundo, tirando sua mágoa e seu ódio, que eu sei que você ainda se sente magoada e abalada, você sabe que eu sou a pessoa certa para ficar com você.
-Logan, eu não Perséfone para aguentar ficar no inferno, porque ficar com você seria o inferno, encaremos esse fato.
-Se arrume no cenário que eu tenho que sair - ele disse e me deu um beijo na bochecha.

Limpei minha bochecha enquanto me posicionava para a próxima cena. Logan está muito abusado, talvez seja hora de mostrar para ele quem manda.

(...)

-Venha, Mitchie! - Shane estava guiando Mitchie pelo braço para sua cabana. - Eu tenho uma cabana apenas para mim, não tem nenhum problema nós ficarmos aqui.

Os dois se sentaram na cama e conversaram um pouco.

-Eu te amo, Mitchie.
-Eu te amo, Shane - senti nojo ao falar isso sorrindo e olhando para Logan.

Outro motivo que eu acho a personagem patética é que tem 4 dias que ela está com o cara e ela já ama ele. Acho que o Sr. Miles é iludido demais, só acho. Depois desses eu te amo eles começam a se pegar ai eles deitam na cama se pegando e a cortina se fecha.

Acho que me acostumei a não sentir tanta agonia ao fazer coisas carinhosas com Logan e ser profissional, acho que isso é bom, ou não. 

Na peça a mãe da Mitchie fica preocupada porque ela não aparece para o trabalho e vai na cabana dela ver se ela está bem, então Tess e Shane descobrem, depois a notícia é espalhada por causa da briga da Mitchie e da Tess.

A próxima cena tem o cenário dividido por uma "parede" e de um lado está eu e do outro tem Logan. Os dois estão tristes, sentados do mesmo jeito como se fossemos o reflexo de um espelho e começamos a cantar Mirrors - Justin Timberlake com nossa coreografia sincronizada.

Minhas mãos tocavam as mãos de Logan como se os personagens estivessem escorados em um espelho, olhando para seu reflexo. Fiquei feliz por dentro, pois a química dos personagens era palpável, aposto que a platéia conseguia sentir, sentir que um personagem precisava de outro e os personagens sentiam sentimentos fortes um pelo outro. 

Também estava feliz, porque Logan conseguiu me acompanhar e vice e versa, eu tinha muita dificuldade em acompanhar Gabe. Logan tem talento, mesmo eu o odiando não posso negar que ele é um filho da puta, traidor e mentiroso talentoso e isso me deixa com mais raiva.

Agora vem a parte mais High School Musical do mundo. No refeitório ela estava sentada sozinha e ele se sentou em uma mesa com os amigos e os dois se olharam depois desviaram o olhar e do nada eles começam a cantar The story of us - Taylor Swift e o refeitório começa a cantar junto depois de dois versos! Isso pode ser um argumento para minha teoria que Sr. Miles fuma maconha mais do que o devido.

(...)

Chegou o dia do Final Jam. O Sr. Miles cortou aquela parte que ela tinha sido acusada por que iria ficar mito grande, então essa parte eu achei a mais entediante e sem sentido. A Tess canta I wanna go - Britney Spears, e a Mitchie canta o original que é This is me e como o Shane estava procurando uma voz para fazer um dueto e ele amou a voz dela e a música, ele subiu no palco, quase sendo impedido pelas tietes e começou a cantar com ela. Muito normal.

A outra menina canta Heart by heart - Demi Lovato e ela ganha, não sei como, porque um dos jurados gostou tanto da música que foi cantar, mas tudo bem. Eu pedi pra trocar de música com a Charlie, - a menina que faz o papel da que ganhou - porém o bixa exaltado falou que eu não podia trocar. O que eu posso fazer se eu gostei da música?!

No final aparece uma semana depois, todos cantando a música We rock, felizes e com a Mitchie e o Shane puxando a música. Que falsidade bonita.

Essa foi a primeira e última vez que eu me enturmo com a minha classe.

Duas horas de peça, duas horas aguentando o Logan. É, foi essa bosta que saiu de duas horas de tudo isso.

Nos despedimos do palco e fomos para a coxia e fizemos um círculo com as mãos dadas e Sr. Miles começou a falar.

-Eu imagino que saibam que essa foi a última peça de vocês aqui Na Wild Music College, foi a última vez que eu coordeno vocês e eu estou muito feliz por essa peça e eu devia ter trabalhado mais uma mocinha - Sr. Miles olhou para mim, que estava do seu lado e eu ri - faz muito tempo e eu sei que ela um dia vai ser muito famosa, assim como todos vocês e eu quero que quando forem famosos falem de mim, ok? Se não eu passo com uma escavadeira por cima de vocês! Anne e Logan, vocês são artistas muito preciosos e mesmo que tenham terminado vocês combinam tanto juntos, como falam os jovens na internet, eu shippo.

Olhei para Courtney e ela me olhou, nós duas começamos a rir.

-Eu amo todos vocês, amo todos os meus discípulos - isso é como ele nos chama ao invés de alunos - e essa peça foi melhor que o High School Musical da turma do ano passado. Eu não vou falar mais se não eu vou atrasar madames como Courtney para se arrumar para o baile - eu e Courtney rimos e desfizeram o círculo.

Esqueci de mencionar que ainda tem o baile de inverno daqui uma hora, porque nós temos as férias de natal e depois vai ser o último semestre. 

Chamei Courtney para ir ao banheiro comigo. No banheiro eu a abracei e comecei a chorar em seu ombro, ela me entendeu e começou a passar a mão em minha cabeça.

Uma coisa que eu sou sentimental é saudade, eu já sentia saudade da minha rotina, do Sr. Miles, das peças, mas também foi muito difícil ficar com Logan como antes e ouvir Sr. Miles dizendo aquilo.

Eu não me engano, eu sinto falta de como as coisas eram, mas eu não sei se consigo ignorar o passado e simplesmente recomeçar com Logan, tenho quase certeza de que não conseguiria. Também porque eu tenho um ótimo namorado, qualquer mulher iria querer alguém como Justin ao seu lado.

Depois de eu desabar meus sentimentos em forma de lágrimas, fomos para a casa de Court nos arrumar.

Os bailes na nossa faculdade não são levados tão a sério como passa em filmes de ensino médio norte-americanos, tanto que se fossem iria quebrar as pessoas, porque como somos uma faculdade de música tem um a cada final bimestre e isso quer dizer que tenho esse baile, o próximo e mais um.

(...)

-Eu esperava uma coisa mais rocker de você, Anne - Court disse me olhando, enquanto nós entrávamos no carro.
-Vou fingir que não ouvi isso. Você queria que eu fosse como no primeiro baile?! 

Court deu uma risada grande e voltou a procurar a chave na bolsa.

-Pare com isso, eu sei que fui horrível!
-Horrível, não é a palavra. Hum... - ela disse ligando o carro - Eu diria mulher do Drácula.

Mostrei o dedo pra ela e ela riu.

-Não tire sarro de mim, barbie girl.
-Ah não! Eu sou mais elegante pode parar! Eu não uso tanto rosa.
-Mas devia usar alguma cor! Só usa branco, coral, azul bebê. Coutrney, você é branca. BRANCA! Tente parecer viva!
-Chata. - ela disse e me deu um tapinha no ombro enquanto dirigia - O que te deu hoje?
-Hoje estou atacada! 
-Ui que fogosa!

Max, o cara Courtney está quase ficando, foi com seu carro e Courtney foi com o dela. Isso foi por causa de um baile fracassado que ela teve que voltar de taxi, então ela não gosta de depender de acompanhantes mais.

Chegamos na festa e Max estava sentado em uma mesa conversando com uns caras que ele devia conhecer e Justin estava rodeado de garotas enquanto ele me esperava sentado na mesa da  Sra. Augustine, a professora de dança do segundo ano de faculdade.

Confesso que um ciúmes básico me bateu, uma vontade de arrancar Bieber daquela mesa e cuspir na Sra. Augustine, pois na faculdade, ao contrário da escola, não temos apenas quarentonas casadas, e sim... Uma... Uma, Sra. Augustine. Ela tem uns 27, ou por aí, mas parece uns 22, loira por nascença, bonita, bem cuidada, agora ela está usando um vestido azul armado.

Como minha melhor amiga, depois de chamar Max e colocarmos nossas coisas em uma mesa que tinham amigos do Max e nossos amigos,  Courtney foi falar com a Sra. Augustine e eu fui buscar meu namorado. Cutuquei Justin e ele me olhou.

-Anne, você está linda - ele me disse meio desanimado.
-Okay - disse desanimada do mesmo jeito que Justin. (Aposto que irritei as que leram a culpa é das estrelas hehe)

Estavamos em um silêncio eterno enquanto Courtney estava convencendo a Sra. Augustine a pegar um ponche com ela. O pior de tudo era que eu não sabia o porquê, Bieber sempre foi tão animado. 

-Justin, eu deixei minhas coisas em outra mesa, porque não vamos para lá, além do mais, tem muitas meninas te sondando aqui - disse ainda em pé.
-Ah, tudo bem, então.

Puxei a mão de Justin, e o guiei até um canto do salão onde ninguém parecia ligar para nós ao invés de nos sentarmos na mesa.

-Por que você está assim?
-Assim como?
-Deprimido e desanimado.
-Não é nada.
-Essa frase não está adequada para o momento. Fale-me.
-Anne, eu já disse que não é nada. Agora, onde é sua mesa?
-Eu não gosto de pessoas mentindo para mim, ou me fala, ou eu também vou entrar na farsa de fingir que tudo está bem.
-Se eu digo que não é nada você tem que acreditar em mim, porra! Estou com um pouco de sono, é só isso.

Escorei-me na parede, respirei fundo e voltei a ficar normal.

-Tudo bem, Justin. Acho que era apenas paranóia minha.

Bieber me abraçou forte e sussurou em meu ouvido.

-Acho que essa peça foi informação demais para você
-Obrigado. Agora pode me soltar.
-Mas eu não quero.
-Para de ser meloso demais! Isso é uma porra desnecessária.
-Ai como você está fria hoje!

Ele me soltou, depois disso eu o beijei e coloquei minhas mãos por baixo de sua blusa, tocando suas costas e sussurrei em seu ouvido com uma voz rouca.

-Pelo contrário, querido, hoje eu estou atacada - disse e passei minhas unhas pela suas costas, arranhando-o levemente.

Justin começou a beijar meu pescoço e me puxou para mais perto, me colando ao seu corpo. MEU DEUS! Ele já está excitado!

-Não agora e não aqui, Bieber. Espere um pouco, que no final da noite talvez... - disse o afastando de mim.

Guiei Justin até minha mesa e nos sentamos de frenet para Courtney e Max. Conversamos um pouco e Justin voltou a ficar um pouco desanimado. Começaram a tocar música boas e contagiantes então eu fiquei com vontade de dançar.

-Justin, vem dançar comigo.
-Agora?
-Sim, por que? O que tem agora?
-Nada.
-Tudo bem, então você pode vir dançar comigo.
-Ah, tudo bem.

Entramos na pista enquanto estava no fim de uma música da Kesha. Começamos a dançar um pouco e uma parte da minha turma de ensaio começava a vir para a pista de dança. 

Começou a tocar Clarity - Zedd e todo mundo gritou. Fizeram uma roda e pessoas começavm a entra e dançar. Empurraram-me para a rodinha bem no refrão e eu comecei a dançar até que alguém gritou "A melhor protagonista de todas!" E do nada todo mundo começou a gritar para mim, no sentido bom e me levantaram com aquela "cadeirinha com os braços". Por um lado estava me divertindo e por outro estava morrendo de medo de cair, mas todos me sustentavam lá em cima.

Depois a música foi mudando paraJessie J - Wild e por incrivel que pareça eles ainda me sustentavam lá em cima depois de 20 minutos! Mas foi por pouco e na hora do refrão eles começaram ame descer e eu me apoiei em alguém sem ver quem era para descer como se a pessoa fosse um daqueles postes de bombeiros que eles descem agarrados.

Olhei para o lado e Justin estava de boca aberta por uma razão ruim. Olhei para a pessoa que eu tinha usado como poste de bombeiro e ainda estava abraçada, por dentro me assustei. Dei giros me afastando de Logan e parando em Justin. Ele estava com cara de bunda.

-Eu gosto de você, idiota - disse envolvendo seu pescoço com minhas mãos.
-Tudo bem, mas eu quero me sentar um pouco. Depois eu volto aqui, ok?
-Ok, babe.

Dancei algumas músicas até que começaram a passar o "copinho" e eu acho que sabem o que tem lá. Nas férias eu vivia brincando disso.

O copinho estava passando com o ritmo de Play hard - David Guetta, pois todos estavam dançando. O copo chegou em mim e eu o peguei enquanto todos falavam em um coro a palavra "vira". Senti o cheiro do álcool e vi a cor do líquido. Vodka.

-Como vocês são previsíveis! - disse e virei o copo.

O jogo continuou e eu virei mais uns três copos.

(...)

Acordei no quarto de Courtney. A dor de cabeça estava muito forte.

-Courtney!

Ela não respondeu. Tirei a coberta e vi que estava apenas com minha blusa do Red Hot. Rezei mentalmente para que o tio Finn não estivesse em casa e comecei a andar pela casa procurando Lizzie. Fui até a cozinha e vi ela fazendo vitamina. O som do liquidificador ficou mais estridente e me fez gritar de dor.

Courtney desligou o liquidificador e veio até mim.

-Lizzie já foi comprar boldo para você, agora vá tomar um banho.
-T-tudo bem.

Fui para o banheiro de Courtney e senti um cheiro de produtos de limpeza forte.

(...)

-Acho que agora vai passar um pouco a enxaqueca, obrigada Lizzie.
-Senhorita Anne tem que ser mais sóbria - disse Lizzie recolhendo meu copo.
-Tento fazer isso faz tempo, Lizzie. Nunca dá certo. Todas as férias desde os 18 anos esse projeto de gente fica bêbada pelo menos três vezes - Courtney disse dando tapinhas em meu ombro.
-Tudo bem, agora Courtney vai me falar tudo o que aconteceu ontem.
-Você quer mesmo saber?
-Ah, acho que não... É claro que eu quero! Fala logo!
-Tudo bem. Até onde você se lembra?
-Terceiro copo que tinha tequila misturada com vodka e eu escorreguei na pista. Que mico!
-Você não vai gostar do resto, então. Você tomou mais um copo e Justin achou que você estava exagerando e ele tentou te levar para casa e você falou para ele que já sabia que ele estava chateado com você e sabia que era por causa da peça e ele falou que você só sabia metade de tudo, mas gosta de se achar e como se acha tanto, acha que sabe de tudo e isso sempre se repete. Você começou a xingar ele e falar que ele é que não sabia como você era. No final você falou... - Courtney começou a rir - Você que vai sair perdendo porque eu não vou te dar.

Courtney teve um ataque de risos.

-Tinha muita gente lá? Eu falei com voz de bêbada? Eu falei muito alto?
-S... Sim - ela disse parando de rir.
-Para qual pergunta?
-Todas! - ela voltou a rir e eu fiquei boquiaberta. 
-Tem mais coisa? - Court balançou a cabeça significando um "sim" - É mais paga mico que isso ou no mesmo nível?

Ela começou a parar de rir e respirou fundo.

-Na verdade elas são chocantes, no ruim.
-Jesus!
-ainda bem que o Justin não viu, ele foi embora depois da sua frase cômica.
-Fala logo! ASSIM EU FICO NERVOSA! - gritei e me levantei do sofá.
-Tudo bem. Você beijou Logan.

Minhas pernas ficaram bambas. Engoli em seco me sentei de novo ao lado de Courtney, sua expressão parecia como se ela estivesse esperando eu desabar em seu ombro e chorar, por isso me mantive estável.

-Quando foi isso?
-Ah, foi mais para o final da festa e vocês não estavam visíveis. Eu fui procurar você e vi você se agarrando com Logan, então te levei embora depois de você reclamar muito e aqui em casa e, como todo o bêbado você vomitou e eu te prendi no banheiro para você tomar um banho.
-Mais algo micante, ruim ou péssimo?
-Não. Agora temos a questão de você pensar o que vai fazer.
-Sobre o que?
-Tudo, Anne. Você não pode deixar isso de lado. Tem que ir atrás de seu relacionamento uma vez na vida como antes.
-Eu fazia isso antes e me dava mal.
-Não, você apenas não fazia direito.
-O que eu faço?!
-Quem você quer? Sério, Anne. Você tem que escolher um, não pode ficar oscilando.
-Eu sei o que eu quero! Eu só estava bêbada e carente, porque tinha brigado com Justin.
-AH! PARA COM ISSO!
-A vez de Logan passou, agora eu achei alguém melhor.
-Que essa seja sua decisão.
-Essa é.
-Obrigado, Senhor! Ela escolheu o certo!

Dei um tapa no ombro de Courtney.

-Outra questão polêmica. Você vai contar para seu namorado sobre esse... Beijo?
-Justin nunca vai saber disso, ok? Nunca.

(...)

Justin abriu a porta e eu entrei.

-Justin, Courtney me falou o que eu fiz. Eu não sei se estou envergonhada ou triste.
-Eu estaria os dois - ele me disse rindo um pouco.
-Quando você disse que eu só sabia metade de tudo, quer dizer que um pouco era por causa da peça?
-Ah, eu fiquei meio incomodado mesmo.

Ouvi uns três bipes e Justin foi a caminho da cozinha, eu o segui ainda conversando.

-Você pode ser mais... Específico?
-Bem, o que me incomodou foi sua proximidade e química tão palpável com Logan. Fui específico o basbate? - ele disse abrindo o micro-ondas.
-Espera, você estava bravo por causa disso? Eu não acredito!
-Quer chocolate quente? - ele disse retiarndo com um pano cuidadosamente um copo.

Estamos no inverno e também a uma semana do natal, então está um pouco mais frio de noite, mas não é muito, pois moramos na Geórgia, Atlanta, ou seja, o sul do país o que significa que estamos mais perto da linha do equador e consequentemente fica tudo mais quente do que no norte que fica mais perto dos polos e longe da linha do equador.

Banquei uma perfeita professora de geográfia e eu odiava essa matéria.

-JUSTIN PARE DE SER CÍNICO COMIGO!

Ele deu mais um gole em seu chocolate e me respondeu.

-Cínico? Essa palavra existe? - ele disse calmo.
-Corta essa e me fale todos os porquês de você estar bravo comigo. Seja um pouco direto.
-Bem, acho que você devia ter me avisado de um encontro com Logan na Starbucks para decidirem onde e em quais dias de semana iam colocar PARES DE CHIFRES EM MIM! - ele foi aumentando o tom de voz até que Bieber começou a gritar comigo.
-Como você é idiota. Eu sei que devia ter te contado, mas não se trata de nada que sua mente paranóica pensa, querido - disse com a voz baixa, mas estressada.
-Então do que se trata, Anne? Conte-me, pois eu não sei o que pensar.

Agora eu tenho uma dúvida. Será que é melhor eu dizer que fui para ouvir sua história ou eu fui para ameaçá-lo? Acho quese eu mentir vou me ferrar mais do que com a verdade.

-Ele iria me contar tudo detalhado sobre o período da traição.
-AH MUITO BONITO! Então você quis ir lá para ouvir as desculpas dele e dar uma chance pra ele. Que legal. Deixa eu te aplaudir, Anne! - ele começou a bater palmas e eu segurei suas mãos.
-Pare de fazer tempestade em copo d'agua, Justin. Penso que eu ir lá para distinguir o que eu fiz de errado para não repetir em futuros relacionamentos é um amadurecimento grande e todas essa lembranças derramadas sobre mim me lembram que a vez de Logan tentar ficar comigo já passou e tem alguém me esperando para viver o presente como um recomeço sem todos esses fardos de lembranças. Eu quero você, Justin Drew Bieber.
-Deixe-me adivinhar, Courtney te ensinou meu nome?
-Por que você está sempre errado? Eu vi em um documentário.
-Que documentário?
-Neversaynever - disse rápido e embolado.
-O que?
-Eu assisti Never say never, okay? Processe-me!

Justin deu uma risada breve e depois me beijou. 

-Acho que sobrevivemos à nossa primeira briga - ele disse animado.
-Não me fale que você vai ser igual essas meninas que contam até a primeira vez que se abraçaram, não é?
-Claro que não! Mudando de assunto, tenho algo sério para te pedir.
-Fala logo! 
-Quero que você venha passar o natal comigo e com a minha família em Stratford.

Fiquei boquiaberta, sentei no sofá e Justin se sentou de frente para mim, seu sorriso já tinha se desfeito.

-Mas tudo bem se você não quiser, porque o natal é uma coisa muito importante para não se passar com a família e... - o interrompi.
-Que família eu tenho aqui?
-Não sei. Mas eu também sou um namorado muito recente e o natal é uma data importante, até mesmo, porque eu quero sair do país e ir para uma cidade no Canadá e... - o interrompi de novo, esse garoto fala demais!
-Pare, apenas pare um pouco de falar. Justin... Seria um prazer passar o natal com sua família.
-Mas...?
-Sem "mas", eu vou com você. 
-Sério? - ele disse animado como se fosse um cachorrinho prestes a ganhar um petisco.
-Sério.

Justin "voou" em mim e começou a me beijar.


ΩΩΩΩΩΩΩΩΩΩ

Miss me?

Esse capítulo teve umas 8 páginas e meia, praticamente! *o*

Bem, eu vou viajar dia 17/12, porém vou deixar o capítulo com minha priminha para ela postar por mim. COMENTEM ATÉ O NATAL NO MíNIMO, ok? 20 comentários.

Anne, que feio fazer isso com um namorado tão fofo! Falando na fofura, lá vem o natal! Natal sempre e fofo *-* e vai ser para Anne.

O meu natal vai ser muito fofo, porque eu vou para Gramados, no sul e lá o natal é super valorizado e iluminam tudo etc etc.

Teve uma menina me cobrando Little Angel aqui em Somebody To Love então ponham uma coisa na cabeça... EU NÃO SOU A DONA DO BLOG E NEM A ESCRITORA DE LITTLE ANGEL!!!! 

Isso tudo só para dar uma destacada e ver se entendem u.u

Estou muito viciada no Twitter, então quem quiser me seguir lá ou entrar em contato @onevampbelieber.

Respondendo...

kelly cristine mendes vieira:
Ai tava com saudade,o povo não comenta!!Que bom que vc postou porque esse capítulo ta ótimo!!Sério o Logan não é tão o mal,to dizendo que ele é tipo o Damon :P
Resposta:
Quando você mencionou que achava ele do tipo do Damon eu associei umas coisas, mas calma, ele não é tão perfeito quanto o Damon. Damon é perfeição ilimitada u.u

Anônimo:

Velho que perfeito, vou me casar com vc

Resposta:

Dear anony,
Me desculpe por arruinar seu sonho, mas eu só vou me casar com alguém do padrão de beleza Justin Bieber, Ian Somerhalder e Zac Efron. Por causa disso eu vou morrer sozinha, com 20 gatos e cultivando flores, ok? 

Indicações:

http://imaginecomojbeojerry.blogspot.com.br/
Recadinho para a Anne:
(O passado está sempre conosco, esperando para bagunçar o presente - Gossip Girl)

 Love u all, Duda.

24 comentários:

  1. Adorei o capitulo super divo
    adorei Anne bebada ri muito
    Esse final foi muito fofo
    Feliz Natal e boa viagem Duda (minha xara)
    Até o próximo capitulo

    ResponderExcluir
  2. Anônimo12:06

    continuaaaaaa

    ResponderExcluir
  3. Anônimo12:46

    A\AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA MDS MDS MDS,

    ResponderExcluir
  4. kkkk eu ri muito com esse capitulo sério,não sei quem é pior bêbada Courtney ou Anne!!kkkk ok vou manter um pé atrás com o Logan , porque estou com muita duvida se ele é bom ou ruim.... Por isso associei ele com o Damon,de certo modo ele ainda carrega maldade que começou na 1ª temporada... Então acho que eles tinha algo a ver!! Só continuando para saber!! Então... CONTINUAA

    ResponderExcluir
  5. *o* *o* Como a Anne pôde? *o*
    Continua...

    ResponderExcluir
  6. Carol21:49

    Girl que capituo é esse? simplesmente adorei, tipo TUDO, agora fico curiosa pra saber como o justin vai reagir ao beijo do logan e da anne, e assim a frase que eu mais gostei do cap foi "Você que vai sair perdendo porque eu não vou te dar." morri de rir com isso. Bjs !

    ResponderExcluir
  7. Anônimo22:43

    Continuaaa Gata

    ResponderExcluir
  8. Isadora00:21

    Ahh, esta muito perfeito. Continua

    ResponderExcluir
  9. eitaaa , não sei não esses dois, continuaa

    ResponderExcluir
  10. Anônimo01:28

    Anne bêbada foi a mais kkkkkkkkkkkkk continua

    ResponderExcluir
  11. Anônimo10:56

    Continuuuua amaaando peeeerfeect !

    - Victória Marques

    ResponderExcluir
  12. Anônimo21:45

    Oii. Amei sua IB . Então eu fiz uma IB E pra mim ela esta boa. Qeria pode-la postar aqui
    Pfv Me responde
    Ass:Ingrid
    https://www.facebook.com/ingridvitoria.reis

    ResponderExcluir
  13. Anônimo22:30

    continua mari

    ResponderExcluir
  14. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderExcluir
  15. Anônimo22:05

    continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  16. Anônimo22:48

    Continua please 😍👏

    ResponderExcluir
  17. Anônimo00:21

    continua flor

    ResponderExcluir
  18. Brunna Breezy14:02

    continuaaaaaaaa ♥

    ResponderExcluir
  19. Anônimo23:27

    continua foufa >.<

    ResponderExcluir
  20. Anônimo18:02

    continua continua continua continua continua continua continua continua continua continua continua pf ta pfto

    ResponderExcluir
  21. Anônimo01:13

    Ta perfeituuu continuaa!!
    Comecei a fazer uma imagine também, mas não pense que quero roubar suas leitoras kkk
    http://enigmasdeumpassado.blogspot.com/b/post-preview?token=jtKnKUMBAAA.fH6SWSCDdTPjjRzORyNDRQ.4ji6xLKFyoCRDB2Bn8aIXw&postId=4110060042422617718&type=POST

    Não irei deixar de ler a sua fic :)

    ResponderExcluir
  22. Anônimo18:29

    Eu amava esse blog, era tipo, o top! Mas agora tem muitas histórias, nenhuma tão boa como as primeiras, e nenhuma posta com frequência! É super aceitável se você(s) não quiserem postar mais(claro, quem pode obrigar vocês a postar?) Mas avisem, por favor!

    ResponderExcluir