25.12.13

Somebody To Love - Capítulo 16 - Minced Pies.

#Mode Anne On#

Estou entrando no jatinho de Justin, pois como ele já ia de jatinho não deixou eu ir em um avião normal sem ele, mas isso foi melhor, porque assim eu não gasto mil dólares para uma viagem internacional.

Hoje é dia 23 de dezembro à noite, dois dias para o natal! Ai meu Deus!

Meu celular apitou, era uma mensagem de Court.

"Ainda não acredito que você vai passar o natal com Justin e a família dele!"

"Por que?" 

Enviei a mensagem e fui ajeitar minha bagagem de mão. O jatinho não era tão grande como um avião normal que pegamos com outros trinta e poucos passageiros, mas sobrava espaço para mim, Justin e um segurança para proteger Bieber. Ele é mesmo uma bixa fresca!

O jeito que as coisas estavam arrumadas era diferente. Tinham quatro conjuntos de duas poltronas com uma mesa na frente.

Meu celular apitou, devia ser Courtney.

"É por causa daquilo. Ou esqueceu de todos os seus natais?"

"Eu sei disso, Courtney. Não precisa ficar me lembrando e eu amo o natal da minha família e da sua."

Respondi e coloquei o celular sobre a mesa da poltrona que me sentei.

Justin se sentou do meu lado e me deu um beijo na bochecha.

-Estou tão feliz que você vai passar o natal com minha família.
-Também estou feliz. Vai ser uma experiência bem diferente celebrar o natal canadense.
-Nem é tão diferente do seu natal! Para com isso.
-Aposto que é bem diferente.
-Canadá não é tão diferente da América, temos natais parecidos.
-Hum... Claro. Acho que eu estava enganada.

Ainda bem que ele não sabe.

-Ah, eu tenho que ir no banheiro antes que decolem e eu tenha que usar esses banheiros de avião.
-Fiquei ofendido! Acha que o banheiro daqui é pior que banheiro de posto? É limpinho, viu?
-Querido, eu vou no banheiro público, que deve ser melhor. Obrigada.
-Tudo bem.

#Mode Justin On#

Anne saiu e depois seu celular apitou e na tela bloqueada mostrou que era uma mensagem e um pedaço da mensagem.

"Você não contou para ele, não..."

Desbloqueei o celular meio preocupado com o que veria.

"Você não contou para ele, não é? Acho que Justin deveria saber que nós comemoramos o natal com um monte de tradições irlandesas! Também devia saber o porquê. Você maltrata demais esse garoto, Anne."

Natal irlandês? Como assim?

Liguei para minha mãe.

-Oi querido! Você já chegou?
-Vamos decolar agora, mãe. Mas eu queria te ligar para te perguntar se você podia pesquisar umas tradições irlandesas de natal.
-Claro, mas por que?
-Explico para você quando chegarmos, mas por favor faça isso para mim?
-Tudo bem.
-Tchau, mãe.
-Tchau, Justin. Eu te amo, querido.
-Também, mãe.

Desliguei e depois Anne entrou no jatinho.

-Falando sobre o que com a Dona Pattie? - ela disse se jogando na cadeira.
-É melhor você só chamar ela de Pattie e eu estava apenas falando com ela sobre umas preparações de natal.
-Legal.

O piloto avisou que iríamos decolar, colocamos os cintos e o avião decolou.

-Falando sobre a minha mãe, tem como nesses dias você esquecer um pouco a sombra preta?
-Posso reduzir, mas não tirar.
-Tudo bem, mas reduza o máximo que puder e tente usar um pouco menos preto no geral, ok?
-Justin! Não tente me mudar! Eu vou tentar pegar mais leve no meu estilo, pois eu não quero que ela não goste de mim mesmo eu tendo esse estilo de "foda-se o mundo". Você importa pra mim e sua mãe é importante para você, então ela é importante para nós.
-Aposto que se minha amiguinha Courtney estivesse aqui ela iria falar que você falar isso é um progresso.
-Parece que você conhece ela bem agora.

Nesses dias eu e Courtney voltamos a nos falar, mas agora como amigos que não querem nada um com o outro. Queria trazê-la para a viagem, mas Anne disse que nem adiantaria pedir, pois ela não passa o natal fora de casa.

-Anne, por que Courtney não podia vir mesmo?
-Ela não consegue passar o natal longe da família, digamos assim.
-Por que "digamos assim"? - disse fazendo aspas com os dedos.
-Por que o natal dela é diferente.
-Diferente como?
-É diferente, porque ela valoriza demais a família.
-Hum... Entendi.

Agora entendi o que Courtney estava falando. Ela não quer me contar que ela é irlandesa. Eu imaginava irlandeses loiros com olhos azuis, Anne tem cabelo preto de olhos azuis, os olhos estão explicados, mas e o cabelo?

Anne começou a mexer no celular e o jatinho ficou em total silêncio. Fui tentar ver o que ela estava fazendo e ela virou o maldito IPhone para um lado que eu não poderia ver e bloqueou a tela.

-Quer ver as minhas coisas, Bieber? Não seja tão ciumento e inseguro. 

Ela colocou o celular na mesa e eu reparei na foto da tela bloqueada.

-Nunca tinha visto essa sua foto. Você está muito linda para não falar com outras palavras.



-Justin! Me respeite! Tarado! Depravado!
-Agora você que tem que me respeitar. Nem falei nada de Courtney.
-Não acredito! 

Anne começou a dar tapas no meu ombro e eu fiquei rindo da cara furiosa dela até que ela parou de me bater e voltou para seu lugar de braços cruzados.

-Essa foto é antiga, não é?
-Sim. Reparou que o meu cabelo está curto?
-É, foi isso. De quando ela é?
-Tinha acabado de fazer 18 anos e Courtney quis me levar para uma premiação que a família dela foi convidada. Tem muita coisa sobre mim que você não sabe, Bieber.
-Então me conta, droga! Você fica falando que eu nào te conheço, mas nunca fala nada! Sempre fica escondendo. Isso é uma deoga, Anne!
-Okay. Pergunte alguma coisa.
-Onde você nasceu?
-Colúmbia, South Carolina, Estados Unidos. Meus pais vieram para Atlanta quando eu tinha dois anos.

Ela não nasceu na Irlanda, então.

-Tem alguma descêndencia?
-Ahn... Irlandesa, é uma bosta, eu sei.
-Sério? Por parte de quem?
-Meu pai nasceu na Irlanda e com alguns meses veio para os Estados Unidos.
-Isso é legal, não é chato.
-Ah, para com isso, Bieber. Pergunta algo sobre minha personalidade ou sei lá.

Descobri o porquê.

-Ok. Pode me mostrar mais fotos antigas suas?
-Carente. 



-Quem é essa do meio?
-Uma amiga que eu e Courtney tinhamos no ensino médio, Megan. Faz muito tempo que não falo com ela.


-Ai meu Deus eu ainda tenho essa foto! Não acredito!
-O que tem essa foto?
-Você realmente acha que eu só tive Courtney, Beatrice e Megan de amigos na minha vida? Eu já tive meu grupo de amigos, amigos homens que eu nunca namorei, já fui todo o fim de semana para a praia.
-Não sabia, Anne, meu processe.
-Acho que já está bom de fotos. Eu vou dormir.

Ela bloqueou a telefone e virou para o lado da janela - que era o oposto do meu lado - e começou a dormir. Fiz o mesmo e dormi.

(...)

O segurança me acordou e disse que faltava pouco para pousarmos e era melhor eu e Anne colocarmos as roupas de frio. No Canadá está nevando e fazendo -9 graus, enquanto em Atlanta faz 19 graus. 

Acordei Anne e colocamos roupas térmicas por cima das que estávamos usando e depois disso tivemos que nos sentar para o avião pousar.

Pegamos nossas coisas, e fomos para o carro que estava nos esperando e nos levou até a casa da minha mãe e Anne continuava quieta eu sinceramente não sei o que está acontecendo com ela. Ela parece voando.

#Mode Anne On#

*Flashback On*

-Não acredito que teremos que nos separar! Vocês sempre foram tão especiais - disse Carol.
-É uma pena. Megan vai para Brown, Rick nerd vai para Iale... - disse Zac triste.
-Zac vai para a Califórnia, Carol vai para Princeton na Inglaterra... - disse a Courtney triste do mesmo jeito triste.
-E vocês duas artistas vão para a WMC - disse Rick tirando um pouco de sarro de mim e Courtney.
-Parem de ser gay vocês! - disse e todos riram.
-Abraço em grupo! - Megan disse. A garota sempre foi açucarada. - Você venha também, Anne!

Nos abraçamos, mas foi tão confuso o abraço que pareceu mais um jogo de futebol americano.

-AGORA VAMOS NOS FORMAR! - Courtney gritou.

*Flashback Off*

-Anne! Chegamos, desça do carro - Justin me chamou e eu "acordei".
-Ah, tudo bem.

Desci do carro e vi do lado de fora um amigo de Justin e a mãe dele. Batia muito vento, ele estava congelante! Por isso moro no sul dos Estados Unidos.

-É um prazer t-te conhecer, Pa-attie - disse com as dentes batendo de frio.
-Oh, querida você não está acostumada com o frio, não é? - disse Pattie chegando perto de mim.
-N-não.
-Venha cá, temos que entrar em casa - ela disse me guiando até dentro da casa e me mostrou onde ficava o sofá - Tire os sapatos, querida. Justin, achei que você fosse um namorado melhor, porque nem ajudar sua namorada você faz. Não foi assim que te ensinei a tratar as mulheres com que nos importamos.
-Eu sei, mãe e também sei que não sou um namorado ruim.
-Justin é realmente um bom namorado, se não fosse ele não me mereceria - disse normalmente.

Ainda estava com um pouco de frio, mas ele tinha reduzido muito depois que eu entrara dentro da casa. O segurança colocou duas malas dentro da casa e o motorista colocou mais duas. Não entendi, pois eu levei apenas uma mala e uma frasqueira, o segurança não vai ficar aqui no Canadá e Justin me disse que ele traria apenas duas malas. 

Pattie olhou para as malas e depois falou com Bieber.

-Termine de fazer o chocolate quente que eu estava fazendo, filho e enquanto isso eu vou acomodar Anne.
-Tudo bem, mãe.

Peguei minha mala, mas Pattie me falou para deixa com o segurança.

-Não precisa, eu gosto de fazer as coisas por mim mesma, se eu posso fazer porque tenho que mandar outra pessoa fazer por mim?
-Justin! Vê se não perde essa garota! - ela gritou para Bieber e eu ri

Pattie me levou para um quarto espaçoso que tinha um banheiro acoplado, uma cama de casal com fronhas azuis claro, um guarda roupa bege e assim como toda a casa, o chão era de carpete.

Deitei minha mala no chão e passei a mão nela para tirar a neve. Justin chegou até nós com dois copos de chocolate quente e deu um para Pattie e outro para mim.

-Justin, o segurança já trouxe suas malas aqui?
-Aqui? Mas esse é o quarto da Anne.
-Quando você veio aqui com a Selena dormiram no mesmo quarto.

Justin puxou Pattie para perto e se ele sussurrar tinha a finalidade de eu não ouvir, ele falhou.

-Eu e Selena tínhamos dois anos de namoro, é diferente e... - interrompi eles falando alto.
-Tudo bem para mim. Justin, nós vamos dividir esse quarto.
-Certeza, Anne?
-Absoluta.

Eu posso dividir um quarto com ele se Selena conseguiu, não sou uma pessoa espaçosa.

Bieber me olhou com a sobrancelha franzida e eu sorri para ele.

(...)

Depois de jantar com Pattie, Justin e seus avós, fui tomar um banho quente para espantar esse frio.

Talvez Courtney estivesse certa de que eu devia ter ficado em Atlanta e passar meu natal irlandês com ela. Eu realmente gosto do meu natal, mas eu quero viver um momento diferente. A família do meu pai quando veio aqui para os Estados Unidos continuou com as tradições e ele quando teve sua família continuou com as tradições. Courtney também tem esse natal, porque a mãe dela era uma amiga próxima do meu pai na Irlanda e meu pai ficou amigo do pai dela. Engraçado, não é? 

Saí do chuveiro e me enrolei em uma toalha e fui pegar uma roupa na minha mala.

-Cuidado pra toalha não cair! - Justin disse enquanto me assustava para minha toalha cair.

Para o azar dele e minha sorte eu tenho reflexos rápidos e consegui segurar a toalha.

-Que engraçado, Justin. Só que pra um menino de ensino médio, vê se cresce.
-Foi só uma brincadeira.
-Tudo bem, mas se você queria me ver pelada era apenas pedir.
-Sério?
-Sério.
-Okay, por favor.
-Não falei que aceitaria o pedido.

Achei minha roupa e fui para o banheiro me trocar. Coloquei meu pijama longo, porque queria fazer birra.

-Seus familiares são legais, Justin - disse me deitando do lado direito da cama.
-Temos o mesmo sangue esqueceu?
-Bicha exibida.
-Mas você gosta da bicha aqui - ele disse passando a mão em seu abdômen.
-Vai colocar uma camisa! Vai ficar doente com esse frio.
-Aqui tem aquecedor, esqueceu?
-Não é o bastante. Vai! - comecei a empurrar ele da cama. - Você está na casa da sua mãe e eu que banco a mãe.
-Eu já sou maior de idade e ela sabe disso. Minha mãe é a melhor mãe que alguém podia ter - ele disse enquanto caminhava lentamente para as suas três malas. É, eu descobri que eram dele.

Na hora de dormir eu virei para um lado e Justin para o outro, ficamos assim por um tempo. Senti Justin se virar para mim e me virei para ele, eu estava acordada ele também. Ficamos nos olhando por um tempo até que ele chegou um pouco mais perto e me deu uma vontade de ficar perto dele.

Cheguei mais perto e encostei minha cabeça em seu ombro e ele pareceu confuso, mas Justin colocou seu braço por cima de mim me abraçando.

Adormeci assim, de um jeito afetuoso que fazia muito tempo que não tinha.

(...)

Acordei e não vi Bieber na cama. Horas, que horas são? Peguei meu celular do criado mudo do lado da cama. Dez e treze! Não existe fuso horário então está certo de todo o jeito.

Acho que perdi o café da manhã, apenas acho.

Fui tomar banho rápido para colocar uma roupa confortável. Eu sei, não é nada eu, mas eu amo muito o natal e minha família sempre entrou de cabeça no clima do natal. Isso é contagioso, cuidado.

Fui para a sala procurar Justin, ele estava falando com um amigo dele. O menino tinha olhos azuis.

-Anne, você conhece... - ele estava falando chegando perto de mim até que parou e me olhou dos pés à cabeça. -  Espera, que roupa é essa?
-Algum problema? - disse feliz.

Ele tocou em meu rosto como se eu tivesse febre, passou a mão no meu cabelo e ficou olhando em meus olhos.

-Temos duas opções, ou você não está acostumada com o frio e pegou uma doença, ou você não é a Anne Labrie Clake.
-Você sabe que eu odeio Labrie, vá a merda, Justin!
-Ryan, pega o remédio, porque essa é ela.
-Para de brincadeira idiota, Justin! Eu apenas sou muito natalina, costume de família.
-Tudo bem então... Onde paramos? Ah é, você conhece o Ryan?

Olhei para ele com cara de bunda e ele entendeu.

-Ryan, não se assuste, ela não morde. Pode vir cumprimentá-la.
-É que hoje o Justin está muito engraçadinho, não é nada.
-Acho que ele não é tão engraçado com você então - Ryan disse sorrindo.
-Pode acreditar, ele é. Agora, eu queria pedir para alguém me mostrar uma loja, um shopping ou alguma coisa assim, onde eu possa fazer as compras de natal.
-Se quiser eu te deixo lá e depois eu e o Ryan vamos buscar o Chaz.
-Tudo bem.

(...)

Não comprei coisas muito grandes para ninguém, apenas uma média para o Justin.

Fui para o quarto e tranquei a porta para fazer as embalagens para os presentes, Justin quis entrar aqui umas cinco vezes. Curioso, sim ou claro?

Quando terminei saí do quarto e fui procurar Justin, ele estava rindo com seus amigos na sala.

-Okay, eu conheço o Ryan e agora deixe-me adivinha, Chaz?
-Isso mesmo. você falou de mim para sua namorada, Bieber?

Justin fez uma cara de bebê e deu de ombros.

-Não me dê esse sinônimo. "Namorada do Justin Bieber", odeio isso, me chame de Anne.
-Anne, eu estava querendo ir com os caras andar de skate, quer ir também?
-De noite? Você pode me achar gótica, mas tem coisas que eu prefiro fazer de dia.
-Tudo bem, eu volto antes que você durma. Amanhã vai ser especial.
-Okay. Ah, outra coisa, se você olhar os presentes que eu comprei eu te mato.

Justin me deu um beijo na bochecha e sussurrou em meu ouvido "eu não vou". Depois ele saiu cantarolando a música Santa Claus is coming to town e eu dei um sorriso.

(...)

Bieber ainda não tinha chegado e já eram vinte e três horas. Fui para a cozinha pegar algo para comer. Abri a porta da cozinha e vi Pattie mexendo uma mistura de cor bege, é a mistura das Minced Pies? Devo estar meio doida.

-Oi, Pattie.
-Olá querida. O que está fazendo aqui?
-Não consegui dormir, por isso queria fazer um pouco de leite achocolatado.
-Tem a mistura no segundo armário e o leite na geladeira.

Fui na geladeira pegar o leite e a geladeira era muito perto de Pattie que senti o mesmo cheiro das Minced Pies, não me aguentei e me virei para ela.

-Hum... Poderia me responder o que você está fazendo.
-Ah, são biscoitos que o Justin gosta de comer no dia de natal, por que a pergunta?
-É que eu fiquei meio doida, pois para mim isso parecia a massa de pequenas tortinhas que minha família fazia recheadas com uma mistura de frutas secas, especiarias e um pouco de carne moída, mas acho que é apenas um costume.
-É normal sentir falta, mas aposto que você vai ter um natal especial aqui.
-É o que eu espero.

Voltei a pegar as coisas que queria para fazer um leite achocolatado e comecei a faze-lo. Coloquei no micro-ondas e Pattie começou a falar comigo enquanto terminava de fazer a massa.

-Bem... Você já deve ter notado que Justin gosta muito de você, muito mesmo Anne.
-É, ele sempre é atencioso comigo - disse tirando o leito do micro-ondas.
-Geralmente é a menina que se considera com o coração partido, mas Justin se machuca facilmente por causa de garotas.
-Entendi, mas eu não pretendo largar ele - disse depois de ter experimentado meu achocolatado.
-Eu não banco apenas a mãe, então também te recomendo deixar ele na linha, ok? Garotas sempre tem que se valorizar e pegar o melhor para elas.
-Pode acreditar, eu sei o que é o melhor e eu sempre escolho o melhor.

Terminei de beber meu leite e fui dormir, no natal não posso dormir depois da meia-noite.

(...)

Acordei às seis horas. Justin não estava na cama de novo, ele deve ter dormido na casa dos amigos. Coloquei uma roupa confortável e natalina.



Peguei meus presentes e fui colocar de baixo da árvore e levei um susto.

A sala... A sala... E-estava... MInced Pies, pinheiro verdadeiro, Papai Noel por todos os lados, vela e tintas... Meu Deus!

-Justin! - eu disse indo em direção ao pinheiro e coloquei meus presentes lá.

Justin apareceu falando no telefone.

-Tudo bem, me entreguem em duas horas. Tudo bem. Tchau. - ele desligou. - Gostou?
-COMO VOCÊ NÃO ME CONTA QUE COMEMORA O NATAL IRLANDÊS?
-Eu não comemoro, mas eu fiz isso para você, na verdade eu tive uma ajuda.
-Espera... Aquilo era Minced Pies eu não estava louca.
-Acho que sim - ele disse estranhando.
-Meu Deus.  
-É, você não imagina a dificuldade de trazer o pinheiro aqui sem te acordar.

Ri apenas de imaginar.

-Experimente alguns Minced Pies da minha mãe, ela não é uma cozinheira muito boa, mas ela tenta.
-Justin Drew Bieber eu te peguei no flagra falando mal de mim! 
-Desculpa mãe.

Comi uma e amei, não é igual a que a mãe de Courtney fazia juntamente à minha, mas tinha um gosto bom.

Ryan e Chaz chegaram e colocaram seus presentes, os avós de Justin também.

Pattie deu uma capinha de Iphone que estava escrito Justin bieber's #1 fan para Chaz, um quatros palhetas para Ryan, um skate branco para Justin enfeitá-lo depois e para mim um gorro natalino. Ryan deu um boné do novo símbolo do time de hóquei da cidade para Chaz,  para Pattie uma caderneta com fotos dela na capa, para mim uma pulseira de couro e para Justin uma camiseta escrita "Home is where your friends are". Chaz deu um porta-retrato para Pattie, uma camisa dos Lakers para Ryan, um relógio que diz a hora do Canadá para Justin e uma bota preta para mim. Justin deu para Pattie uma câmera nova, para Chaz uma camiseta com uma frase engraçada e um autógrafo da Ariana Grande, para Ryan ele deu um relógio e para mim ele fez uma brincadeira de mau gosto fingindo que iria me dar uma camiseta escrita "Anne LABRIE Clarke" e uma seta para meu rosto, mas na verdade ele conseguiu discos de vinil dos Beatles, Guns e do AC/DC.

Meu presente também tinha surpresinhas. Para Pattie dei uma caneca escrita "Mãe coruja", Ryan eu dei um óculos de sol, Chaz eu dei uma camisa do Barcelona e quando fui dar o presente de Justin eu dei uma pista.

-Tem relação com nossa última briga.

Ele abriu animado, mas quando retirou de todo o embrulho e olhou ficou com cara de bunda e todos riram.

-Spray anti-ciúmes. Desenhado especialmente para Justin - ele leu o que estava escrito.

Era um spray de matar insetos que ao invés de estar escrito inseticida e a marca, estava colado em cima o que Bieber leu.

-Muito engraçado, Anne.
-Tudo bem, esse é seu verdadeiro presente - disse e entreguei a ele uma caixa meio grande.

Bieber rasgou o embrulho com ansiedade e ficou muito feliz com o presente. Era um kit para grafitar. Tinha a esponja, as cores eram diferentes, neon e brilhantes.

O resto do meu natal foi perfeito, todos nós decoramos velas e colocamos na janela, depois na ceia, que é comemorada na hora do almoço tivemos peru e de sobremesa pudim de ameixas, sempre foi um dos meus favoritos.

Quando escureceu os amigos de Justin foram embora, Pattie foi dormir e eu e Justin éramos  os únicos acordados na casa assistindo Supernatural deitados no carpete do quarto por causa da minha insistência, Justin queria assistir desenho, porque não tinha nada melhor que não fosse inapropriado ou de terror. Supernatural poderia ser considerado de terror. Era um episódio bem antigo, segunda temporada. Era um espírito de um criminoso que pegava garotas loiras e colocava em passagens secretas e pegava os cabelos delas.

Justin as vezes parecia mais assustado que eu e isso me fazia rir um pouco nas partes mais tensas, acho que ele me achou sádica por causa que ele não sabe que foi por causa dele.

No final do episódio, Jo a garota que tinha caçado o fantasma com eles nunca mais queria ver o Dean na vida dela. Eu, é claro que fiquei brava com isso. O homem é perfeito, um caçador bonito, irônico e com bom goto de música.

-Essa menina é otária demais! O Dean é perfeito.
-Nossa obrigada pela parte que me toca. Fale isso mesmo para seu namorado.
-Justin, não me entenda mal. Eu adoro o Dean, mas ele não existe, assim como um monte de meninas amam mais você do que seus namorados e você é real, mas eu não te trocaria por um Dean - me virei para ele.
-Chateado com você.

Engatinhei até Justin, ele estava sentado com as costas apoiadas na parte de baixo da cama. Sentei-me em seu colo, virada para seu abdômen e comecei a da leves beijos em seu pescoço caminhando até seu ouvido.

-Você é tudo o que eu preciso - sussurrei em seu ouvido.

Justin retirou meu rosto de seu ouvido e começou a olhar em meus olhos enquanto mexia em meus cabelos, ele me beijou e eu não tentei pará-lo eu apenas retribuía, Bieber realmente gosta de mim e ele é meu namorado faz o que? Três meses? 

Estávamos nos beijando tão ferozmente até que eu interrompi o beijo e levantei os braços para o alto e ele achou estranho.

-Tem certeza, Anne?
-Absoluta

Justin tirou minha blusa e eu abri sua camisa quase quebrando os botões e já desabotoei a calça também. Justin terminou de abaixar sua calça e a chutou para trás, depois disso abaixou minha leggin de árvores de natal e eu a joguei para o alto indo parar na televisão.


Eu talvez me arrependa disto, mas agora eu não ligo mais.


 † † † † † † † † † † † † † † 


(Minha montagem se alguém pegar, avisa porque se não avisar... Plágio é crime, bitch! Vou estapear!)

 Santa Claus Is Coming To Tooooooooooooooooown. 

 All I Want For Christmas Is Yooooooooooooooou.

 Kiss Me Underneath The Mistletoe.

 Pa Rum Pum Pum Pum.

 † † † † 

 Olá para você que tem e não tem espírito natalino, eu tenho de sobra :D 

Capítulo natalino e eu sei que passei raiva nas que queriam um hot, mas insinuação de um foi seu presente, ok? A Santa Duda/Mamãe Duda Noel foi legal com vocês.

Amei a surpresinha do Justin para a Anne e falando nisso... É isso mesmo produção? Anne tem descendentes irlandeses? Sim é isso mesmo, Courtney também.

Eu dei uma olhada na votação e estava o Justin ganhando como seu personagem favorito! Congrats, Justin, você é perfeito mesmo e mereceu uhules!

Anne, doe seu namorado para as necessitadas (eu).

Depois de todos aqueles inconvenientes problemas de que pessoas achavam que eu era a Gih, e confundindo todo mundo nessa bagaça... Criamos uma foto de assinatura chamado by, ok? Podem ver o meu lá em baixo u.u

Respondendo...

Carol Sanches:
*o* *o* Como a Anne pôde? *o*
Continua...
Resposta:
Dizem que a bebida nos faz ser impulsivos e ver as coisas sem consequências.

Anônimo:
Oii. Amei sua IB . Então eu fiz uma IB E pra mim ela esta boa. Qeria pode-la postar aqui
Pfv Me responde
Ass:Ingrid
https://www.facebook.com/ingridvitoria.reis
Resposta:

Isso se vê com a dona do blog, a Gih. Veja na última imagem quem eu sou, ok?

Como tenho certeza que só nos veremos depois do ano novo, quero mandar um conselho para vocês todas...
(Novo ano, nova vida)

 Happy holidays
 Happy Christmas
 Happy New Year, 
 Duda ♥ 

30 comentários:

  1. Heeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeelllllllllllllllllllooooouiiiiiiiiiiisssss FELIZ NATAAAL! EU TBM TENHO ESPIRITO NATALINO DE SOBRA! uhuuul ~~~dingol bel dingol bel acabou papel, nao faz mal, nao faz mal limpa com jornal... ~~ kkk Ameeeei! To divando vc e sua fic continua Logo... e EU QUERIA DE NaTAL QUE O JB ME ENGRAVIDASSE! (depois te dou ele -- sqn) Me ajudam?

    ResponderExcluir
  2. Anônimo19:20

    Primeiro de tudo: FELIZ NATAL PARA VOCÊ E SUA FAMILIA E TENHAM UM PRÓSPERO ANO NOVO!!!! *.* Tenham tudo de bom flor e que seus sonhos se realizem, tá?
    Bom, sobre a IB... Tipo, me ensina a fazer algo perfeito assim? Por favor? Diz que sim... Sim? ~~~~ lê influência do Chaves~~~~ Sério, a cada capitulo fica cada vez melhor *.* e mal vejo a hora de ler o próximo, mas aproveite bem o natal e o ano novo :-) Bom, eu peguei a sua montagem, ficou linda demais para não pegar *.* Justin, gato como sempre u.u
    Continua assim que puder, tá perfeito.
    Daya

    ResponderExcluir
  3. Carol20:35

    FELIZ NATAL FOUFA *-*
    adorei o capitulo e ainda mais a parte que tem supernatural (pq? pq eu sou uma hunter \o/) voltando a ib vc me matou nesse final, estou aguardando ansiosamente pelo proximo cap ;D beijos flor

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10:25

    Peeeerfeeeito aamando , vishh perfect '

    - Victória Marques

    ResponderExcluir
  5. Anônimo20:20

    Ameei , continua...~Leitora Nova~ Feliz Ano Novo
    #RafaellaCavalcante

    ResponderExcluir
  6. Foi muito romântico esse capítulo. Tão bonitinho o Justin fazer um natal irlandês para a Anne. :)
    Continua...

    ResponderExcluir
  7. Tao fofo o juss fazer a surpresa pra anne
    Adorei o capitulo
    Feliz natal (atrasado)
    Feliz ano Novo
    Boas festas

    ResponderExcluir
  8. Isadora23:05

    Amei, muito perfeito. Continua

    ResponderExcluir
  9. Divulga meu blog pra mim? imaginebeliebersangueroxo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Um blogger de historias variadas : por favor da uma passadinha lá. Beijos
    http://stephanie-honorato.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. ta pefeita flor continua!! amo sua ib!!

    ResponderExcluir
  12. Anônimo00:27

    Socorr to morrendo com esse capitulo, 😍👏 continua pf

    ResponderExcluir
  13. Anônimo21:17

    anne tinha que ficar mais um tempo no canada >.<

    ResponderExcluir
  14. Anônimo19:37

    continuaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  15. Anônimo02:10

    HOT, HOT, HOT. Ok to morrendo, socorr com esse capítulo, sem or.... Continua

    ResponderExcluir
  16. Brunna Breezy23:51

    continuaaaaaaaa plmds <3

    ResponderExcluir
  17. Anônimo00:53

    Caralha, ta muito boa ❤

    ResponderExcluir
  18. Camilly11:34

    Vc esta querendo me matar só pode

    ResponderExcluir
  19. Anônimo00:34

    Continuaaaa <3

    ResponderExcluir
  20. Anônimo04:11

    Continuaaaaaa girl

    ResponderExcluir
  21. Anônimo12:36

    AAAAAAAAAAA PROXIMO CAP SERA HOT?

    ResponderExcluir
  22. Anônimo20:22

    postaaaa logoooo ansiosa d +

    ResponderExcluir
  23. Anônimo23:07

    poooooostaaaaaa omg bem na parte boa cara =<[contínua

    ResponderExcluir
  24. dsujghdfoffgoufg mim segura! okokok eu aguento! continuuuuuuua

    ResponderExcluir
  25. continua! *--------*



    --------------------------------
    meninas!,não tãããão perfeita como essa mas... da só uma olhadinha,e cometem o que acha sim?
    beijuss e obg!

    BY:Dany

    http://imaginebelieberoamor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Ano Novo Vida Nova e Agora que li o capitulo natalino pq não sabia que vc tinha postado :p Bosta em !! kkk ta perfeito :)

    ResponderExcluir
  27. Anônimo09:47

    ahh continua ñ aguento mais esperar ta d+ (:

    ResponderExcluir
  28. Heyy!! ooiiii , meu nome é andrea leituga e eu so sua NOVA LEITORA!! , cara tenho que te falar mais sua ib ta tipo PERFEITA , sabe eu ja acho que vc pode continuar sabe, mds cara eu juro que ta d+ sua ob, mas seria mais legal se a mocinha continuasse
    bjoo
    XX deia

    ResponderExcluir
  29. awwn que perfeito..continua mds que maravilha kk *-* segue eu no twitter floor @DOCINHO_biebeer

    ResponderExcluir
  30. Continuaaaa linda ta peeeerfeita... esperando ansiosa pelos próximos episódios dessa fic FABULOSA

    ResponderExcluir