26.1.14

Somebody To Love - Capítulo 17 - Little Bad Girl.

Acordei e Justin finalmente estava do meu lado dormindo como um bebê em um sono profundo.

Eu estava com muita fome e por isso apenas escovei meus dentes e fui tomar café da manhã. Pattie estava na cozinha fazendo torradas.


-Olá, Anne. Dormiu bem? 
-Hum... digamos que sim – disse sem graça e me sentando em uma cadeira.
-Justin já acordou?
-Incrivelmente não.
-Na verdade o normal é assim, mas esses dias ele estava preocupado com a sua surpresa de natal.

A torradeira apitou e Pattie levou um susto. Pegou a torrada utilizando um garfo e uma colher com um pouco de dificuldade. E se sentou à mesa.


-Eu ainda não sou uma cozinheira muito boa, mas tento.
-Já pode vender Minced Pies, aquelas estavam ótimas. Você que fez o pudim?
-Não, o tempo estava curto então Justin encomendou – ela disse enquanto assoprava sua torrada.
-Estou sentindo minha orelha esquentar. Falando de mim? – Justin disse entrando na cozinha (Minha mãe fala que quando alguém fala de você sua orelha esquenta, masok)
-Culpada, eu sou uma mãe, não consigo ficar sem mencionar que o meu filho é demais.
-Bom dia, mãe – ele disse e deu um beijo na bochecha de Pattie. – Bom dia Little Bad Girl - ele disse e me deu um beijo na bochecha.

*Flashback On*

-Achei um apelido para você agora – Justin disse com a voz suave.

Já estávamos esgotados e eu pegando uma toalha para ir tomar banho.

-Apelido? Você sabe que eu não gosto dessas coisas de melzinho, mozão e pequena.
-Não é desse jeito.
-De que jeito é então?
-De um jeito mais... Você... Mais Anne Clarke.
-Fala então, tomara que não seja equivocado.
-Little Bad Girl. Você sabe o porquê desse nome e eu tenho certeza.
-Gostei desse! – disse entrando no banheiro.

Sim, eu vou sozinha, não gosto de ir com quem eu fico.

*Flashback Off*

Ri pelo nariz e peguei o leite para colocá-lo no copo.

(...)

Tínhamos acabado de almoçar e Justin se sentou ao meu lado no sofá e passou seu braço pelo meu pescoço.

-Quer vir andar de skate daqui uma hora comigo e os caras?
-Ainda bem que é de dia dessa vez.
-Eu não andei de skate aquele dia, na verdade foi uma desculpa para ir arrumar sua surpresa.
-Sério? E como você tinha certeza de que eu não iria querer ir andar de skate a noite.
-Eu não tinha, me arrisquei.

Beijei Justin e ele pôs as mãos em minha cintura me puxando mais para perto, dei um sorriso safado e voltei a beijá-lo.

Vi Pattie entrar na sala e ir para a cozinha nos olhando estranho. Separei-me de Bieber envergonhada e me sentei um pouco longe dele.

-Tudo bem. Eu vou com você, mas eu preciso ir colocar uma roupa confortável para andar de skate.
-Vá então, Little Bad Girl – ele disse e deu um tapa em minha bunda e eu, é claro, que revidei com um na cara dele e Justin gemeu de dor.
-Isso é apenas permitido nos bastidores, querido, em público não pode.
-Ainda acho que um dia você me mata sem querer – ele disse passando a mão em seu rosto.
-Também acho – falei e dei uma risada antes de entrar no quarto.

(...)

Andamos de skate a tarde toda com os amigos de Justin e a noite apenas eu voltei para Atlanta, ele tinha que ficar, pois é lá onde vivem o pai e os irmãos com quem ele também passa o ano novo. Eu não tenho isso, posso passar onde quiser, mas eu vou passar com Courtney.

Às vezes eu acho que Courtney divide sua família comigo, pois são tantas coisas que eu sei, que compartilho e tudo mais com a família de Courtney. Depois de meus pais morrerem, um ano mais ou menos depois, eu senti que meu lugar era aqui e eu sinto isso, pois quando eu penso, onde eu vou passar o dia de ação de graças, o natal, o ano novo...? Na casa de Courtney. 

Uma semana depois...

Cheguei no trabalho depois das minhas férias e bati o ponto. Fui falar com Tom.

-Boas férias com o Bieber? – ele disse quando eu entrei na sala.
-Claro, ele é... diferente dos meus últimos namorados.
-Quer dizer que ele é mais a mulher da relação – olhei para tom com as sobrancelhas levantadas e ele entendeu.
-O que temos para hoje? – disse mudando de assunto.
-Dois cozinheiros nossos não estão presentes, um está viajando e o outro com conjuntivite então você vai para a cozinha junto com o Bart e o substituto, observação cuidado com ele, ok?
-Porque cuida... – fui interrompida.
-Você verá, agora vá – ele disse e me jogou um avental.

Peguei o avental e me vesti, coloquei aquela touca que eu odiava, as luvas também e fui.

-Oi Bart – disse entrando no lugar.

Lá estavam o Bart fazendo os recheios e um homem até que bonitinho de costas fazendo as massas.

-Então, no que precisam de ajuda?
-Na massa, ajude ele.
-Tudo bem.

Fui ao lado dele e peguei a massa, comecei a bater na massa para ela amolecer e ouvi o cantarolar de sweet child o'mine e olhei para o substituto do meu lado, por isso o "cuidado com ele". Eu sou burra de esquecer que o pai de Logan é o dono dessa filial do Pizza Hut. 

Ele olhou para mim e tirou os fones que nem tinha percebido que ele estava usando.

-Anne? – não respondi e ele me olhou dos pés até a cabeça. – Sempre te amei com essa touquinha, porque deixa seu pescoço mais a mostra – ele disse e mordeu os lábios.
-Já voltou pro trabalho, abusado?
-Já voltou da voltinha com o Bieber?
-Sim – respondi seca.
-Bem, acho que ela nem se compara com a nossa para Los Angeles.
-Se está com ciúmes ou orgulho ferido por me perder, não fique para baixo. Ele é Justin Drew Bieber e você é... o Logan e apenas isso.
-Aposto que esse cara nunca te satisfez como eu mesmo ele sendo Justin Bieber, se fosse por ele você ainda seria virgem.
-Você realmente acha isso?

Ele me olhou com um sorriso e debochado que lentamente foi sumindo e eu via a expressão triste. Ele parou de mexer com a massa, tirou suas luvas de plástico e avançou para me beijar e eu não sei porque eu abri a boca para retribuir e ele começou a passar as mãos pela minha cabeça até que tirou a touca e mexeu um pouco em meu cabelo até eu voltar para mim mesma e o empurrar.

-Eu sei quando desistir, Anne – ele disse saindo da sala revoltado.

(...)

Depois do trabalho, fui diretamente para a casa de Courtney. Eu precisava urgentemente falar com ela.

-Senhorita Courtney está na cozinha, fazendo smoothies.
-Obrigada, Lizzie – disse entrando e indo para a cozinha.

Courtney tinha habilidade com facas, por isso ela me olhou enquanto cortava o talo do morango.

-Olá querida, morango ou limão?
-Vodka – disse me jogando na cadeira.
-Motivos...?
-Logan.
-Ui! Aproveite – ela disse despejando o líquido em um copo de vidro normal.

Bebi um pouco e deixei na mesa o copo.

-Ele achava que eu nunca iria me relacionar com Justin! Não sou freira ou posse dele – disse brava e tomei mais um gole pequeno.
-Era apenas isso? Tempestade no copo de água, Anne – ela disse tirando a parte branca do morango.
-Não, tem outro detalhe, mas eu acho que é acessório, sabe? – disse sarcástica. – Logan me beijou e eu não sei porquê eu não consigo afastar aquele cretino de mim sem reunir todas as minhas forças. É tão difícil, como algo que te consome, um buraco negro maldito!
-Sinto pena é do seu namorado. Ele deve ter colado chiclete na cruz para gostar de você – ela disse fatiando um limão em quatro partes.
-Eu sou interessante e intelectualmente charmosa.
-É porque visualmente você que parece que tem o buraco negro nos olhos!
-Pare de me julgar e me ajude a descobrir um jeito disso parar.
-Isso se chama memórias, faz lobotomia querida.
-Ok você é muito prestativa.
-Tente se preocupar em cultivar seu namoro, focaliza no bom, porque ele faz surpresas, é fofo sempre quer seu melhor, não sei como você não desiste desse sentimento que tem com o Logan tendo um fofo perfeito como ele do seu lado – ela disse despejando as frutas no liquidificador.

Meu celular começou a tocar e eu vi que era Justin.

-Falando no diabo – disse e atendi. – Justin?
-Anne, pode vir aqui em casa? Eu precisava falar com você.
-Bem, eu não... – Courtney ligou o liquidificador e o barulho era extremamente alto. – QUAL É, COURT?! DESLIGA ISSO! – ela me olhou com cara feia e desligou.
-Você está na Courtney?
-Ah, você ouviu isso?
-Claro, né, você grita. Como eu não vou ouvir? Mas se está aí eu acho que você pode.
-É. Eu iria te falar que não tinha nada pra fazer mesmo.
-Tudo bem. Tenho boas notícias. Tchau, little bad girl.
-Ah, tudo bem, tchau.

Desliguei o celular, Courtney voltou a bater a vitamina dela e peguei minha bolsa.

-Justin quer que eu vá na casa dele, te vejo amanhã ou depois.

 Quando fui sair da cozinha ela desligou o liquidificador e me perguntou.

-Você iria mentir para ele, não é?
-Talvez.
-Você falou tanto do Logan, acho que é por isso que ficou parecida com ele.
-Ah, me poupe, Courtney isso não é verdade e agora você me ofendeu! – disse saindo da cozinha.

Mesmo assim eu ainda sim ouvi a resposta que ela falou baixo "se não quer aceitar a verdade..."

(...)

-Estou entrando Bieber! – disse enquanto trancava a porta da sala com a minha chave reserva.

Fui para a sala de televisão e encontrei a criatura jogando pou, tinha até a música tosca.

-Justin, eu esperava mais de você.
-Calma que eu estou quase chegando no espaço side... morri! Ah que beleza!
-Cara, você é um astro pop! Não tem mais nada o que fazer pra criar um pou!
-Claro que eu tenho. Sabe o que eu tenho amanhã? Entrevista ao vivo no Jimmy Fallon com a minha little bad girl! – ele disse como se fosse um presente surpresa.
-E porque você só veio me falar disso agora? 
-Scooter me ligou ontem e me disse a mídia e meus fãs estavam confusos do porquê eu não dava sinal de vida, como está me relacionamento e outros, então ele iria me encaixar o mais rápido o possível no Jimmy Fallon que estava pedindo entrevista e hoje de tarde ele me falou isso.
-Ai meu Deus, por que eu fui namorar um astro pop? Horas...?
-Chegamos lá 15:30 e 16:00 entramos para a entrevista.
-Ah, tudo bem então. Só isso? Pra que existe telefone?
-Ei! Eu estava com saudade de você! Isso não é o bastante? – ele me falou meloso e fez um biquinho fofo.

Cheguei mais perto dele de um jeito que podia ver seus olhos cor-de-mel e olhei fixamente para eles por um tempo, acho que Justin também estava reparando nos meus.

#Mode Justin On#

-É claro que você é o bastante, você é muito mais que o bastante. Às vezes eu me pergunto porque você é tão perfeito comigo se eu sou tão rabugenta e chata com você.
-Anne, eu tenho que ser perfeito com você – eu disse segurando seu rosto.
-Por que você tem essa obrigação?
-Porque eu te amo, Litte bad girl – falei aliviado de que meus sentimentos já tinham sido expressados. 

Anne pareceu estar se lamentando por dentro ou pensativa, parecia um misto de muitas expressões mas a que mais se sobressaía era a de confusão, mesmo não franzindo as sobrancelhas.

Ela apenas me beijou e depois pegou sua bolsa e saiu. Agora sou eu que estou confuso, pois ela não falou que me ama, meus sentimentos não são recíprocos. 

#Mode Anne On#

Ele falou que me ama, ele realmente falou que me ama. Eu não sei se o amo, eu não estou pronta para dizer, porque eu descobri o grande valor e falar isso não sendo verdade eu não conseguiria. 

Tentei beijá-lo para ver se eu conseguiria falar, mas eu realmente não consegui. Tive até um pouco de dó de Justin, pois ele vai achar que eu não o quero mas eu quero e gosto. Meus sentimentos são confusos.

O pior de tudo é que eu não me senti animada, como se eu sentisse adrenalina pulsando, igual eu senti com o beijo de Logan. 

Cheguei em casa me sentindo idiota. Como eu posso não amar alguém que sempre me fez bem e me deixa feliz toda a hora e desejar alguém que me fez mal, que não parece nunca ser honesto a cada palavra que sai de sua boca? E o pior de tudo é, como eu posso gostar dos dois? Eu não quero isso, não quero

∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆ ∆

20 comentários

Eu sei que o capítulo foi pequeno, mas como vocês estavam querendo tanto eu postei esse pouco de cinco páginas.

Eu realmente estou tendo uma falta de imaginação de como introduzir minhas ideias além de que eu estou viciada no twitter e escrevendo um pouco da minha outra fic, mas eu vou sim continuar STL e eu acho que ainda tem muita coisa e capítulos para acontecer antes dela acabar.

Queridas safadinhas de plantão, eu decepcionei vocês, mas nada de reclamar pois fazer hot não está em meus planos.

Eu estou me sentindo um pouco Kiera Cass (escritora de A seleção), por que eu estou fazendo a personagem principal se preocupar com o cara errado hahahhagshsh.

Até eu tenho uma raivinha lá no fundo da Anne rçrç.

Obrigada a todas que me desejaram feliz natal e ano novo :3

O BLOG CHEGOU A 3 MILHÕES DE VISUALIZAÇÕES OH MY BIEBER!

Ah, e Happy Gossip Girl Day (dia da postagem)

Meu twitter: @petrovaglows | Meu Facebook: Maria Eduarda Carvalho


Frase da minha bitch, porque combina e porque ela tá morrendo na série eu já estou de luto.
(Tudo bem amar os dois, eu amei)



23 comentários:

  1. Ooooi, comecei a ler a sua IB hoje e confesso... I'm in love!!
    Caraca muuuito perfeito!!
    Pode divulgar, pf? É baseado em conto de fadas e Justin é um príncipe
    http://imaginebelieberbtd.blogspot.com.br/
    Continuuuua, love s2

    ResponderExcluir
  2. Aaai é tão bom ler sua fic :) Ainda bem que vc falou viu,que história é essa de colocar a personagem principal com o cara errado??? NÃO FAÇA ISSO!!! Kkkkk saudades .... Ah e tem problema sim amar os dois ,a Katherine amou e digamos que não deu certo :p kk I Love you . Continua logo =)

    ResponderExcluir
  3. Acho que ela merece sofrer um pouco sem juss pra aprender a dar valor.

    ResponderExcluir
  4. Continuaaaa
    Bom ter vc de volta ;)
    Amei capitulo
    Ate o próximo

    ResponderExcluir
  5. Anônimo10:59

    uhul finalmente continuee

    ResponderExcluir
  6. Isadora00:35

    Esta perfeito, continua

    ResponderExcluir
  7. Anônimo11:09

    Continuuuua amando *-*


    - Victoria Marques

    ResponderExcluir
  8. Anônimo16:24

    ahhh ela ta ficando louca pra ñ gosta do jus10 -_-

    ResponderExcluir
  9. Brunna Breezy21:36

    continuaaaaaa pfff ♥

    ResponderExcluir
  10. Anônimo21:37

    continua duda

    ResponderExcluir
  11. Anônimo21:38

    continua

    ResponderExcluir
  12. Anônimo21:39

    continua duda eu preciso saber o resto pf

    ResponderExcluir
  13. Anônimo20:36

    continua caraio eu ñ vivo sem essa ib !!!!
    (tá exagerei mas continua pfpfpf

    ResponderExcluir
  14. Cooontinua aaamandooo *-*

    ResponderExcluir
  15. Anônimo23:05

    continuaaaaaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  16. Anônimo16:53

    nossa q demora !! posta o próximo

    ResponderExcluir
  17. Anônimo16:22

    Aaaah posta logooo porra to revoltada aki

    ResponderExcluir
  18. Anônimo17:08

    contiinuuuaaaaaaaaaaaaa pelo amor que você tem ao bizlle

    ResponderExcluir
  19. Anônimo21:27

    Cooooontinuuuuuuuua to amando pelo seu amado Bizzle.

    ResponderExcluir
  20. Anônimo00:26

    ah comtinuua pfpfpfpf

    ResponderExcluir
  21. faz parceria ?? sou nova aqui criei um blog de fanfic do justin tambem ... meu twitter é @mandssgualberto

    ResponderExcluir
  22. Anônimo15:57

    aie..quando é q vc vai continuar ...eu estou curiosa...e ta mt legal..ta perfekti..so q ela TEM q se dar conta q o verdadeiro amor dela é o justin!!!
    Ass: Miaaá ;)

    ResponderExcluir