17.7.14

#IB - Little Angel, Second Season: Capítulo 8

Aviso no final! (lê-se motivo do meu sumiço)

Desculpem pelo meu desaparecimento do hemisfério blogueiro, estava em Hogwarts, comprei docinhos e bebidas gasosas em Hogsmeade e depois dei um pulinho no Condado conversar com o Sam meigo, vendo se ele tinha notícias do Frodo e do Gandalf, ainda tentei falar com o Legolas para ele me ensinar a fazer pão élfico mas não consegui, foi uma viagem exaustiva, espero que entendam. (amantes de Harry Potter e Senhor dos Anéis me abracem, amo vocês) ♥

Aniversariantes de todos esses meses que eu fiquei sem postar se considerem presenteados devidamente com este capítulo meigo e destruidor de carreiras uhashs

Espero que gostem!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Mode Liam on*

Minha cabeça doía muito. Ouvia um celular tocando, mas não sabia de onde vinha o som. Não conseguia abrir os olhos. Sentia meu corpo doer, minhas costas estavam formigando. Estava deitado em algo rijo e áspero, grosso. O barulho do celular voltou a soar em meus ouvidos. Levei minhas mãos à cabeça, tocando em algo. Parecia uma folha seca. Franzi o cenho e toquei onde estava deitado. 

Não pude evitar ranger os dentes. Angela me pegou outra vez. Abri os olhos com dificuldade e ouvi ruídos. Havia um esquilo sobre meu tórax me olhando com a cabeça levemente inclinada para a esquerda. Revirei os olhos e ouvi outra vez o celular tocar. Busquei-o em meus bolsos e olhei para o chão, vendo o quão alto eu me encontrava no momento. Mais ou menos uns dois metros. Pelo menos meu celular resistiu à queda. O esquilo grunhiu e olhei para ele, logo mordeu meu nariz e gemi de dor, me contorcendo e caí do galho. 

Não havia palavras para descrever a minha dor. Tinha uma dor gritante no braço direito. É claro que o quebrei, não esperava cair de uma queda dessa ileso. Ajeitei-me nas folhas e consegui avistar aquele maldito esquilo, que parecia tirar chacota de mim no topo da árvore até correr por dentre os galhos. O ringtone do celular ecoou nos meus ouvidos, o celular estava do lado da minha orelha e quase fiquei surdo.

"Deixa esse celular no máximo, Liam. Quero ver se não vai me atender por conta disso." 

Sim, minha tia é uma chata.